Anselmo Rodrigues
Anselmo Rodrigues
sexta, 09 abril, 2010
TRAGÉDIA NO RIO DE JANEIRO



É cada vez, mais assustador ver manchetes como esta... e o pior é ter a certeza de que nada vai mudar, pois entra ano sai ano e os políticos na caça desenfreada por "poder e dinheiro, são capazes de qualquer acordo espúrio para se perpetuarem e no caso em questão, o que é uma vida humana para eles? nada....
Foi só mais um voto que se perdeu, mas na próxima eleição, o povo volta a trocar o voto por um barraco no morro, uma dentadura, uma bola, um jogo de camisa de futebol, um churrasco, um troféu.... e vida que segue.. comigo isso não acontece...
Quando será que o povo brasileiro vai acordar e ver que o poder está em suas mãos?!
VAMOS ACORDAR!!!!!
Este ano tem eleição, é uma boa hora para dar um recado aos governantes...
Será que o povo terá consciência nas eleiçõe ou já terão esquecido mais esta tragédia?...
Será que vão continuar se vendendo por uma "bolsa" escola, gás, celular, cultura, etc...
Até aundo vamos ver os hospitais públicos na situação em que as tv's mostram diuturnamente em seus telejornais... pacientes morrendo nas filas e o que é pior em alguns casos, equipamentos caríssimos sendo deteriorados sem ao menos terem sidos usados, por pleno descaso, desleixo, ou sei lá por qual interesse... é revoltante!!!!

postado por 65606 as 02:10:50 # 0 comentários
sexta, 12 fevereiro, 2010
"O homem que veio da sombra"

O texto a seguir, foi retirado do livro: 
 
"O homem que veio da sombra"
de Luiz Gonzaga Pinheiro
 
Em uma séria reflexão sobre a pobreza das palavras,notadamente quando se quer expressar sentimentos, o autor, preparou umpequeno dicionário para que seus netos asentendessem mais profundamente, sem a formalidade das regrasgramaticais ou amarras filosóficas, o significado de algumas palavrasimportantes na vida de qualquer pessoa.
 
Aí estão:
 
Adeus: É quando o coração que parte deixa a metade com quem fica.
 
Amigo: É alguém que fica para ajudar quando todo mundo se afasta. 
 
Amor ao próximo:É quando o estranho passa a ser o amigo que ainda não abraçamos.
 
Caridade: É quando a gente está com fome, só tem uma bolacha e reparte.
 
Carinho: É quando a gente não encontra nenhuma palavra paraexpressar o que sente e fala com as mãos, colocando o afago em cada dedo
 
Ciúme: É quando o coração fica apertado porque não confia em si mesmo.
 
Cordialidade: É quando amamos muito uma pessoa e tratamos todo mundo da maneira que a tratamos.
 
Doutrinação: É quando a gente conversa com o Espírito colocando o coração em cada palavra.
 
Entendimento: É quando um velhinho caminha devagar na nossa frente e a gente estando apressado não reclama.
 
Evangelho: É um livro que só se lê bem com o coração.
 
Evolução: É quando a gente está lá na frente e sente vontade de buscar quem ficou para trás. 
 
Fé: É quando a gente diz que vai escalar um Everest e o coração já o considera feito.
 
Filhos: É quando Deus entrega uma jóia em nossa mão e recomenda cuidá-la 
 
Fome: É quando o estômago manda um pedido para a boca e ela silencia. 
 
Inimizade: É quando a gente empurra a linha do afeto para bem distante.
 
Inveja: É quando a gente ainda não descobriu que pode ser mais e melhor do que o outro. 
 
Lágrima: É quando o coração pede aos olhos que falem por ele.
 
Lealdade: É quando a gente prefere morrer que trair a quem ama.
 
Mágoa: É um espinho que a gente coloca no coração e se esquece de retirar.
 
Maldade: É quando arrancamos as asas do anjo que deveríamos ser.
 
Morte: Quer dizer viagem, transferência ou qualquer coisa com cheiro de eternidade.
 
Netos: É quando Deus tem pena dos avós e manda anjos para alegrá-los.
 
Obsessor: É quando o Espírito adoece,manda embora a compaixão e convida a vingança para morar com ele.
 
Ódio: É quando plantamos trigo o ano todo e estando os pendões maduros a gente queima tudo em um dia.
 
Orgulho: É quando a gente é uma formiga e quer convencer os outros de que é um elefante. 
 
Paz: É o prêmio de quem cumpre honestamente o dever.
 
Perdão: É uma alegria que a gente se dá e que pensava que jamais a teria. 
 
Perfume: É quando mesmo de olhos fechados a gente reconhece quem nos faz feliz.
 
Pessimismo: É quando a gente perde a capacidade de ver em cores.
 
Preguiça: É quando entra vírus na coragem e ela adoece.
 
Raiva: É quando colocamos uma muralha no caminho da paz. 
 
Reencarnação: É quando a gente volta para o corpo, esquecido do que fez, para se lembrar do que ainda não fez.
 
Saudade: É estando longe, sentir vontade de voar, e estando perto, querer parar o tempo.
 
Sexo: É quando a gente ama tanto que tem vontade de morar dentro do outro. 
 
Simplicidade: É o comportamento de quem começa a ser sábio.
 
Sinceridade: É quando nos expressamos como se o outro estivesse do outro lado do espelho.
 
Solidão: É quando estamos cercado por pessoas, mas o coração não vê ninguém por perto.
 
Supérfluo: É quando a nossa sede precisa de um gole de água e a gente pede um rio inteiro.
 
Ternura: É quando alguém nos olha e os olhos brilham como duas estrelas.
 
Vaidade: É quando a gente abdica da nossa essência por outra, geralmente pior.
 
Definições fantásticas...Eu nãoencontraria palavras mais lindas e sábias para defini-las...Deixem-nasencher teus corações e que possam ter um maravilhoso início de semana!
 
Luiz Gonzaga Pinheiro é natural deFortaleza (CE), onde exerce a profissão de professor de Ciências e deMatemática, na rede pública do Estado. Engenheiro pela UniversidadeFederal do Ceará e licenciado em Ciências pela Universidade Federal doCeará, tem mais de uma dezena de livros publicados.

postado por 65606 as 05:27:11 # 0 comentários
sábado, 30 janeiro, 2010
A FORÇA DO AMOR

A Força do Amor

                            Anselmo Rodrigues

 

Ser forte é amar alguém sem esperanças de sercorrespondido...então sou forte, porque te amo, sabendo que nunca serásminha...

 

Ser forte é deixar-se amar, sem nada sentir... entãosou forte, pois dou a outra o amor que seria para ti...

 

Ser forte é esperar pela pessoa amada sabendo que elanão vem... então sou forte, pois te espero sabendo ser em vão...

 

Ser forte é ser alegre quando se está triste... entãos ou forte pois cubro meu rosto com falsa alegria...

 

Ser forte é desejar a paz quando não se tem calma...então sou forte, pois cubro minha ansiedade com uma calma inexistente...

 

Ser forte é sorrir com os lábios, docilmente, tendo atristeza dentro d’alma... então sou forte, pois sorrindo, mato-me por dentro,sufocando meu coração, sedento de amor...

 

Ser forte é ver alguém a quem se ama, ir embora sedespedindo com um sorriso, tendo lágrimas na voz... então sou forte, pois nomeu pranto oculto, eu me afasto de você sorrindo...

 

Ser forte é guardar um segredo, quando se quer gritarpara todo mundo que se está amando... então sou forte, pois fico mudo,guardando só para mim esse amor incontrolável...

 

Ser forte é consolar quando se está triste,precisando de uma palavra amiga... então sou forte, pois não encontro uma sópalavra  amiga que sirva de conforto paraminha dor...

 

Ser forte é saber amar, conhecer a força do amor, nãotendo ninguém para dar... então sou forte, pois tenho no peito muito amor paradar... e tu me rejeitas...

 

Ser forte é saber conservar um amor, mesmo que sejaimpossível.

 

Ser forte mesmo, querida é conseguir viver longe deti!

 


postado por 65606 as 04:31:28 # 0 comentários
 
Perfil
65606
Meu Perfil

Links
Hotéis no Brasil
Encontra Brasil
Guia MT
Encontra Mato Grosso
DNS Dinâmico
Blog Grátis

Palavras-Chave
AMOR

Favoritos
Anselmo Rodrigues
mais...

adicionar aos meus favoritos


Colaboradores do Blog


Comunidades
Não há comunidades.

Posts Anteriores
TRAGÉDIA NO RIO DE JANEIRO
"O homem que veio da sombra"
A FORÇA DO AMOR
AMOR de VERDADE
LIBERDADE
LISTA DE AMIGOS
FUGA
Acabou o Campeonato
O QUE FAZ O MEDO
A PERFEIÇÃO DE DEUS

Arquivos
2010, 01 abril
2010, 01 fevereiro
2010, 01 janeiro
2009, 01 outubro
2008, 01 dezembro
2007, 01 dezembro
2007, 01 novembro
2007, 01 outubro
2007, 01 setembro
2007, 01 julho

1183 acessos
CRIAR BLOG GRATIS   
..