Arquitetura Líquida
Arquitetura Líquida

quarta, 31 outubro, 2007
Zaha Hadid

Zaha Hadid é uma arquiteta iraquiana nascida em Bagdá em 31 de outubro de 1950, é e identificada  com a corrente desconstrutivista da arquitetura.

Inicialmente formou-se em matematica na Universidade Americana de Beirute. Após se formar, passou a estudar na Architectural Association de Londres. Depois de se graduar arquiteta tornou-se membro do Office for Metropolitan Architecture, trabalhando com seu antigo professor, o arquiteto Rem Koolhaas. Em 1979, passou a estabelecer prática profissional própria em Londres. Daí em diante, sua obra passa a possuir certo renome. Na decada de 80, também lecionou na Architectural Association.

Grande parte da obra de Zaha Hadid é conceitual, embora seus projetos executados incluem:

·        Vitra Fire Station (1993), Weil am Rhein, Alemanha

·        Centro Rosenthal de Arte Contemporânea (1998), Cincinnati, Ohio, EUA

·        Terminal Hoenheim-North & estacionamento (2001), Estrasburgo, França

·        Bergisel Ski Jump (2002), Innsbruck, Áustria

Zaha Hadid também realizou trabalhos de interiores alto-padrão, incluindo a Zona da mente no Domo do Milênio em Londres. Vencedora de diversas competições internacionais, alguns de seus projetos vencedores nunca foram construídos.

Em  2004, Hadid se tornou a primeira arquiteta mulher a receber o Premio Prittzker de Arquitetura pelo conjunto de sua obra. Anteriormente ela também foi premiada pela Odem do Império Britanico pelos serviços realizados à arquitetura.



postado por 60396 as 01:18:04 0 comentários
Rampa de Esqui

"Em dezembro de 1999, a equipe de Zaha Hadid venceu o concurso internacional para a nova rampa de esqui da montanha Bergisel, em Innsbruck, Áustria. Uma obra que custou 4,3 milhões de euros, a rampa, a maior da região, foi inaugurada em 2002.Ela faz parte de um grande conjunto olimpico e substitui uma antiga plataforma, inadequada para competições internacionais. "

Nessa obra Zaha utilizou-se da paisagem natural para determinar a forma da rampa que parece ser uma extensão da paisagem natural.

" O edifício é um híbrido entre modernos espaços destinados ao esporte e áreas públicas, que incluem café e terraço panorâmico. Com 90 metros de comprimento e 50 de altura, o edifício é uma combinação de torre e ponte. Estruturalmente, ele se divide em torre vertical de concreto e uma estrutura espacial de metal, que contém a rampa e o café. Dois elevadores conduzem os visitantes até o café, localizado 40 metros acima do pico da montanha Bergisel. Dali pode-se observar a paisagem alpina e, ao mesmo tempo, ver os atletas voando sobre Innsbruck."




postado por 60396 as 01:17:02 0 comentários
Rosenthal Center for Conteporary Art

"Localizado em lote de esquina em Cincinnati, capital do estado de Ohio, o Rosenthal Center for Contemporary Art  possui espaços para exposições temporárias, instalações e performances, mas não para mostras permanentes. O edifício abriga ainda salas de aulas, setor de preparação de exposições, escritórios, loja e café.

Para intensificar o movimento de pedestres na redondeza e criar um espaço público dinâmico, a entrada, o lobby e as áreas ao redor do sistema de circulação são organizados como se fizessem parte do tecido urbano. Começando na esquina, o piso de concreto se transforma em parede, adquirindo a forma de fundo infinito de um estúdio de fotografia.

Erguendo-se e deslocando-se, essa continuação do tecido urbano imaginada por Hadid conduz os visitantes para a rampa que leva ao mezanino, e continua subindo até penetrar na caixa preta, onde está a galeria de exposições. Esta, em contraste, expressa-se por uma sucessão de polimentos no material de revestimento, como se tivesse sido esculpida em um único bloco de concreto que flutua sobre todo o lobby.

Os espaços de exposições podem mudar de tamanho e forma, para acomodar a grande variação de escala da arte contemporânea.
Por estar em lote de esquina, o projeto possui duas fachadas, diferentes mas complementares. A face sul, aberta para a 6th Street, forma ondulações e uma pele transparente que permite observar o interior do RCCA. A fachada leste, na Walnut Street, apresenta-se como uma  escultura salienye, que produz uma marca, em negativo, do interior das galerias. "




postado por 60396 as 01:16:31 0 comentários
Perfil
60396
Meu Perfil

Meus Links
Hotéis no Brasil
DNS Grátis
Blog Grátis
Criar Blog
DNS Grátis
Blog Grátis
Hoteis

Palavras-Chave
>> obracritica

Favoritos
EM PROCESSO DE FORMAÇÃO...
mais...

adicionar aos meus favoritos


Colaboradores do Blog


Comunidades
Não há comunidades.

Posts Anteriores
>> Zaha Hadid
>> Rampa de Esqui
>> Rosenthal Center for Conteporary Art
>> Critica Zaha Hadid
>> Zaha Hadid
>> Comentário do crítico László F. Földényi acerca de Libeskind
>> Daniel Libeskind
>> Libeskind, construindo com sentimento...
>> O Ground Zero
>> Comentário de Libeskind

Arquivos
2007, 01 outubro
2007, 01 setembro
2007, 01 agosto
2007, 01 junho
2007, 01 maio

6141 acessos
CRIAR BLOG GRATIS   
..