EDUCAÇÃO E INFORMAÇÃO
EDUCAÇÃO E INFORMAÇÃO
quinta, 15 novembro, 2007
POEMA


Poema do poeta radicado em Poções – Bahia, AFFONSO MANTA, falecido no dia 03 de Dezembro de 2003. Esse poema não foi concluído e foi escrito dias antes do seu falecimento.

INSCRIÇÃO FINAL

Quando eu me for na barca da saudade

Para o país de onde não volte mais;

Quando da morte a densa liberdade

Imprimir em meu rosto os seus sinais;

Quando o meu coração ficar parado

E os meus olhos alguém quiser fechar,

Façam de conta que eu estou cansado

E vou dormir para me repousar...

Fiquem meus versos só como lembrança

Dos mundos que eu criei por ter sonhado,

E que meu mundo alegre de criança

Não fique ali onde eu for sepultado...

Quando, apesar do meu amor à vida,

Eu for cinza no túmulo esquecida...

Para o país de onde não volte mais;

Quando da morte a densa liberdade

Imprimir em meu rosto os seus sinais;

Quando o meu coração ficar parado

E os meus olhos alguém quiser fechar,

Façam de conta que eu estou cansado

E vou dormir para me repousar...

Fiquem meus versos só como lembrança

Dos mundos que eu criei por ter sonhado,

E que meu mundo alegre de criança

Não fique ali onde eu for sepultado...

Quando, apesar do meu amor à vida,

Eu for cinza no túmulo esquecida...


postado por 78426 as 08:44:18 #
0 Comentários

Comente este post!   |    <<< Voltar para Início

 
Perfil
78426
Meu Perfil

Links
Blog Grátis

Palavras-Chave
poema

Favoritos
EDUCAÇÃO E INFORMAÇÃO
mais...

adicionar aos meus favoritos


Colaboradores do Blog


Comunidades
Não há comunidades.

Posts Anteriores
ARTIGOS
CARICATURAS
BATE BOCA
MANCHETE
Tradução da Letra da Música: Still Loving You - SCORPIONS
Parabéns!
POEMA
CHARGE DO DIA
POESIA
EDUCAÇÃO

Arquivos
2007, 01 dezembro
2007, 01 novembro
2007, 01 outubro

3109 acessos
CRIAR BLOG GRATIS   
..