Capitão Assumção
Capitão Assumção
terça, 11 maio, 2010
Quatro bairros sob toque de recolher em Vila Velha

Fonte: GazetaOnline


Natalie Marino
nmarino@redegazeta.com.br

Da redação multimídia

Moradores e comerciantes dos bairros de São Torquato, Cobi de Baixo, Cobi de Cima e Nova América, em Vila Velha, acordaram sob o toque de recolher, com cartazes afixados nas paredes de estabelecimentos comerciais, na manhã de ontem.

O decreto é em luto pela morte de Carlos Alberto Raither Lino, 20 anos. Ele morava em Cobi de Baixo e foi assassinado dentro de uma casa em Pedra dos Búzios, mesmo município, na tarde de domingo, durante um churrasco em comemoração ao Dia das Mães.

Segundo a polícia, Carlos Alberto invadiu a casa do homem que matou o sobrinho dele - o adolescente Dhemerson Rach Junior, morto em julho do ano passado - para se vingar, na tarde de domingo. Ele chegou ao local de moto, sacou a arma e chegou a atirar contra o outro homem, que conseguiu tirar a arma de Carlos Alberto e atirou para se defender.

Cartazes informando sobre o luto ordenavam que os comerciantes deveriam manter os estabelecimentos fechados até que fosse dada uma “segunda ordem”. Uma farmácia e um minimercado de Nova América, que tiveram cartazes afixados nas paredes, resolveram abrir os estabelecimentos.

Só que a atitude de enfrentamento à ordem não agradou aos criminosos que, não satisfeitos, retornaram aos comércios e, pessoalmente, entregaram novos bilhetes. Em um dos estabelecimentos, um dos comparsas de Carlos Alberto chegou a bater a mão no balcão e exigir o fechamento do comércio.

Em outra loja, um homem entrou, enquanto outros três esperavam do lado de fora. “Eles falaram que era para fechar, porque tinha morrido um amigo deles”, contou um funcionário.

"Eles foram abusados. Cheguei a ficar com o comércio fechado, mas abri depois que a polícia apareceu”
X. , 42, funcionário de um comércio em Nova América

"Nós não estamos enfrentando a ordem. Na verdade, temos vontade de trabalhar e muitas contas a pagar”
X. , Gerente de uma loja em Nova América

Polícia diz que vítima não era famosa na região
Os delegados da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), José Lopes e Josemar Sperandio, disseram desconhecer o que motivou o toque de recolher nos bairros, já que Carlos Alberto Raicher Lino já foi preso por furto, mas não seria um bandido de renome. Mesmo assim, o policiamento na região estava reforçado por radiopatrulhas do Batalhão de Missões Especiais (BME) e do 4º Batalhão da PM, que foram vistas rodando nos bairros de São Torquato, Cobi de Baixo, Cobi de Cima e Nova América. Até policiais de outros batalhões atuaram ontem no reforço do patrulhamento, mas informaram que a presença deles fazia parte da ronda de rotina.

Outros bairros que já foram ameaçados
04/05/2010 – Uma creche e três escolas públicas foram obrigadas a fechar as portas depois que traficantes passaram armados nas ruas impondo o toque de recolher, segundo populares. De acordo com a polícia, diversas gangues de tráfico estão disputando o domínio entre si

31/03/2010 – Moradores do bairro Resistência, em Vitória, viveram um dia de medo, após toque de recolher ordenado por traficantes. A ordem para fechar comércio, escolas e unidade de saúde partiu dos aliados do traficante Amaurício Pereira Sabatine, 17 anos, executado um dia antes

18/03/2010 – O comércio e escolas do bairro Padre Gabriel, em Cariacica, foram obrigadas a fechar as portas por 30 horas, depois de toque de recolher. Nem mesmo a presença de policiais militares e do secretário de Segurança Rodney Miranda deixou a população do bairro tranquila. A ordem teria partido depois que Giovani de Oliveira, considerado o “xerife” do tráfico, foi morto por espancamento dentro do Presídio de Segurança Máxima I, no Complexo de Viana.

postado por 122400 as 10:31:57 #
0 Comentários

Comente este post!   |    <<< Voltar para Início

 
Perfil
122400
Meu Perfil

Links
Blog Grátis

Palavras-Chave
terror
bandidage
insegurança
bandidos
assassinos
assassinatos
ladrão

Favoritos
Não há favoritos.

adicionar aos meus favoritos


Colaboradores do Blog


Comunidades
Não há comunidades.

Posts Anteriores
Dupla tenta assaltar mulher e troca tiros com PM em Itapoã
Uma pessoa é assassinada a cada quatro horas no Estado
Ainda mais lentos
O circo do colégio de líderes não quer votar a PEC 300
Mesmo sem votação da PEC dos policiais, parlamentares se mobilizam
Prazo para movimentação de títulos eleitorais encerra-se em 05 de maio
PEC 300: governo quer empurrar com a barriga.
No aniversário da corporação, militares lutam pela votação da PEC dos policiais
Pressão por piso salarial aumentará no Congresso
Mantida pressão a favor da PEC dos policiais para resolver o impasse

Arquivos
2010, 01 maio
2010, 01 abril
2010, 01 março
2010, 01 fevereiro
2010, 01 janeiro
2009, 01 dezembro
2009, 01 novembro
2009, 01 outubro
2009, 01 setembro
2009, 01 agosto
2009, 01 julho

7437 acessos
CRIAR BLOG GRATIS   
..