Conquiste e Fidelize Clientes
Conquiste e Fidelize Clientes
20080722
Ética: esta conduta vale ouro!


Em um mundo globalizado, onde a competitividade é extremamente acirrada, a conduta do profissional faz toda a diferença e possui o poder de estabelecer as regras do jogo. Portanto, a pessoa que possui um comportamento ético ao exercer sua profissão irá não apenas destacar-se dos demais, mas posicionar-se no mercado com um diferencial, o que contribuirá e muito para que o mesmo permaneça por um longo tempo, tendo sua carreira, além de consolidada, respeitada.

Admite-se que o profissional, cujo pilar de suas ações seja baseado na ética, além de possuir conhecimento e fazer uso do código de ética de sua profissão, age com integridade e transparência. A integridade no exercício da função significa agir em conformidade com seus princípios morais e valores, sem prejudicar as demais pessoas à sua volta, zelando e preocupando-se sempre com a boa reputação de seu nome.

Desta forma, o trabalhador ético, preocupa-se de forma obstinada com sua imagem, pois, tem plena consciência de que ainda tendo muito conhecimento, competência e talento, caso obstrua sua figura, sua permanência no mercado ficará comprometida, correndo-se então enorme risco de ser expulso do mesmo. Por esta razão, além de agir como um intra-empreendedor, preocupando-se em edificar a empresa onde atua, age com muita transparência e seriedade, tendo sempre o cuidado de agir em conformidade com a ética.

De todo o modo, verifica-se que o profissional ético é digno de confiança e possui grande credibilidade, o que lhe confere a oportunidade de realizar grandes negócios. Portanto, além de obter dividendos, agrega valor fazendo um diferencial, desenvolvendo produtos e/ou serviços de qualidade, atendendo e ganhando mercado, contribuindo então, não só para alavancar sua carreira, desenvolvendo e crescendo profissionalmente, como também para que a organização onde atue deslanche no mercado avançando cada vez mais.

Pode-se dizer que ele sabe que o resultado obtido depende da soma de esforços de vários colaboradores. Por isso, valoriza-os e atua de forma a proporcionar um ambiente harmonioso, onde prevaleça um grandioso trabalho em equipe, em que todos possam operar de forma integrada, inter-relacionada e interligada, dando sua contribuição através do somatório de conhecimentos, bem como de experiências, e exercendo sua função em prol dos objetivos a serem alcançados, obtendo assim resultados esperados.

Vale enfatizar que o profissional, quando age de acordo com a ética, atua sempre tendo o cuidado de zelar pela transparência nas ações e pelo respeito, prezando não apenas pelo bom convívio, mas agindo sempre com profissionalismo em quaisquer circunstâncias, assumindo responsabilidades e implicações advindas do seu exercício na função. Pautado sempre pelo bom senso, democracia, solidariedade, generosidade e pela justiça, procura manter um equilíbrio dentro da organização junto aos Recursos Humanos, realizando uma tomada de decisão de forma mais consciente.

Aparentemente trata-se de um conjunto de virtudes um tanto difícil de encontrar-se em uma só pessoa. Ocorre que a ética é a mãe de todas elas. Se um funcionário tem esse valor, por princípio, as outras virtudes podem ser desenvolvidas ou estimuladas. No lado oposto, se o profissional não tem caráter, dificilmente pode-se conseguir algo produtivo dele. Assim, não é complicado ter em uma empresa um time de pessoas de qualidade, mas inexoravelmente todos devem ser éticos como característica primordial.

É de conhecimento geral que a discussão sobre a ética no Terceiro Milênio ficou ainda mais evidente; por conseguinte, a necessidade do zelo, tanto pela imagem do profissional quanto pela imagem da organização, emergiram e emergem cada vez mais. Assim, é preciso lembrar a todo instante que “arranhões” na figura deixam cicatrizes, o que não é nada bom; logo, colaboradores e empresas devem estar comprometidos em atuar sempre de acordo com valores e princípios éticos. Desta forma, cultivar a ação ética em nossa vida profissional deve ser hoje mais do que uma preocupação, mas uma obrigação, sendo inerente a todos os funcionários e companhias que desejam permanecer por um longo período no mercado, de forma respeitada, conduzindo à sua solidificação.

Ademais, é preciso lembrar que antes do colaborador ser um profissional, este é um ser humano que, além de deter conhecimentos, habilidades e talentos, possui anseios, necessidades, valores e princípios, e que a ética é inerente às pessoas. Pensando assim, a missão, a visão e a cultura organizacional, bem como o programa de ética de uma corporação, deverão ser muito bem elaborados e definidos, pois irá nortear todas as ações, definindo rumos e a maneira de caminhar, bem como estratégias, princípios e condutas a serem seguidas.

A esse respeito, julgo oportuno salientar que, com o objetivo de coibir a prática antiética dentro de qualquer empresa, o profissional que não agir em conformidade com a ética na organização deverá ser punido. Daí correndo-se então, o risco de ser banido não só da empresa onde exerce sua função, como também do mercado, o que poderá comprometer toda sua carreira profissional.

Todas essas ponderações levam à seguinte conclusão: as organizações fazem a contratação dos profissionais observando seus conhecimentos, habilidades e talentos, mas realiza a demissão baseando-se nas suas atitudes, condutas e comportamentos. Portanto, uma auto-avaliação ajudará e muito ao funcionário que queira permanecer neste mercado incerto, no momento em que através desta ação o profissional poderá rever, repensar, reavaliar a si próprio e mudar, conscientizando-se de que, se agir de forma ética, poderá evitar dissabores e contratempos futuros.

Artigo escrito por:

Marizete Furbino

Site RH.COM.BR

___________________________________________________________________________________________

"Não há sentido em ser exato quando você nem sabe sobre o que está falando."
John Von Neumann

Que os seus corações recebam uma dose extra de felicidade essa semana.

Um forte abraço e até a próxima matéria.

Adenivaldo S. Alves (Denny) 

Denny é Consultor Empresarial e presta serviços para um seleto grupo de mais de 40 escolas de informática espalhadas por todo o Brasil.

Visite seu escritório Virtual: www.dennyconsultoria.com Em atualização

Para falar com Denny adicione o seu MSN: denidobem@hotmail.com


postado por 51514 as 05:44:22 #
0 Comentários

Comente este post!   |    <<< Voltar para Início

 
Perfil
51514
Meu Perfil

Links
Blog Grátis

Palavras-Chave
Ética
esta
conduta
vale
ouro

Favoritos
Conquiste e Fidelize Clientes
mais...

adicionar aos meus favoritos


Colaboradores do Blog


Comunidades
Não há comunidades.

Posts Anteriores
Quando consultar um consultor ?
Paixão, carreira e sucesso
Como implantar a avaliação de desempenho
Sua atitude determina sua altitude
Simplicidade
Você é importante para mim e eu para você!
Sua Marca
Motivação, atitudes e lei da atração
Como Me Motivar Diante de Desilusões
Até quando você pode aguentar?

Arquivos
2009, 01 fevereiro
2009, 01 janeiro
2008, 01 outubro
2008, 01 setembro
2008, 01 agosto
2008, 01 julho
2008, 01 junho
2008, 01 maio
2008, 01 abril
2008, 01 março
2008, 01 fevereiro
2008, 01 janeiro
2007, 01 dezembro
2007, 01 novembro
2007, 01 outubro
2007, 01 setembro
2007, 01 agosto
2007, 01 julho
2007, 01 junho

34206 acessos
CRIAR BLOG GRATIS   
..