Continuação do Livro de Renesmee
Continuação do Livro de Renesmee

quinta, 07 janeiro, 2010
Capítulo 21

JACOB...

21. FINALMENTE LA PUSH!

Minha dor tinha entrado no campo e tentado fazer um home run, mas eu fui mais rápido e consegui pegar a bola a tempo. Resultado: a dor está fora!

Minha garotinha estava de volta, inofensiva como sempre, deitada sobre meu tórax enquanto o avião seguia para casa, Renesmee dormia e ressonava alto. Devia estar exausta. Sem aquela roupa preta, parecendo funcionária de uma funerária, ela era apenas a Renesmee meio humana e meio vampira que eu tinha sofrido impressão.

Gostando ou não nossos destinos estavam mais do que traçados, nossas vidas pertenciam ao mesmo caminho. Eu agora precisava apenas de respostas, mas isso era em La Push, e não, não era Renesmee que me daria essas respostas. Pelo menos não as respostas sobre a mistura de nossas espécies, mas eu queria uma resposta dela e ela não teria como escapar de me dar.

Tudo dependia de um único ponto de vista e eu estava sendo racional até aqui. Não sei porque uma onda de raiva súbita não me subiu a cabeça e  não fez com que eu fosse pegar Renesmee lá dentro sozinha com aquele vampiro detestável.

Estava na cara que ele iria se aproveitar dela, da fragilidade e do remorso que ela estava sentindo. Eu não sou nenhum retardado para não saber que ele tinha feito tudo aquilo por um motivo, e esse motivo não me agradava nem um pingo.

Uma barra de chumbo tinha sido tirada de mim ontem, e hoje e para sempre eu tinha a certeza de que Renesmee seria só minha. A concorrência existia, mas não me assustava, porque eu sabia que ela não poderia sentir por mais ninguém o que sentia por mim, e vice versa.

Eu particularmente, detestava viagens longas, ainda mais tendo mudanças de horários e de clima. Chegar em solo americano foi como estar faminto e ter um prato de sopa na sua frente.

-Enfim, em casa!-eu disse alto, assim que desci do avião e cheguei ao aeroporto de Seattle. Dali até Port Angeles era outro vôo, e depois mais uma hora de carro.

Diante da casa de Renesmee, ajudei os Cullen a tirar as malas dos carros e Nessie deu uma longa olhada para sua casa.

-Aqui é o seu lugar.-Bella disse, segurando a mão da filha.

-E você tem muita coisa o que contar, mocinha!-Carlisle disse, quando estávamos dentro da casa.

Ainda era domingo, fazia três dias que eu tinha me ausentado, eu precisava saber como andavam as coisas em La Push, saber como andava os meninos. Mas eu não podia deixar escapar o tempo que eu tinha com ela, não hoje, depois de uma semana de perigos longe de casa, como uma completa criança seduzida por um vampiro fedorento.

-Eu apenas tenho uma péssima notícia...-ela começou, em pé no meio da sala.

-Nada vindo de Volterra é uma boa notícia, meu bem!-Rosalie disse eu tive que concordar, parece que debaixo daquele cabelo loiro existia algo como bom senso, porque inteligência não tinha.

-Eu sei. Mas é o porque de eu ter ido para lá. Eu devo pedir mais desculpas ainda por isso. Tudo era falso.-ela disse, seu olhar vagou pelo chão da sala.

-Como assim? A porção, Edward falou de uma porção, que eu gostaria muito de analisar. Você a usou ou está com ela aí?-Carlisle disse, parecendo animado com o que causou esse grande problema.

-Não está comigo. Eu ingeri. Mas não aconteceu nada. Alec me explicou que...-a pausa dela foi por causa do meu longo suspiro. Aquele nome me dava nos nervos! Olhei para os olhos apreensivos de Renesmee e incentivei-a a continuar-...Ele me explicou que eu deveria ter tomado a porção como vampira e não como meio humana. Assim, por causa da minha espécie, ela não fez efeito algum.-ela disse, estava muito desapontada.

-Hey! Espere um momento...-Alice disse, parecendo animada. Seus olhos estavam fazendo uma conexão wi-fi com o futuro, eles ficaram distantes e depois voltaram.

-O que foi? O que você viu?-Jasper esperava ansioso por uma resposta.

-Eu não vi nada. Quer dizer, sobre o futuro da Nessie. Antes eu podia ver uma vampira conosco, mas agora não vejo nada, apenas uma escuridão. Não há futuro!-ela disse sorrindo e eu sorri também. Um enorme sorriso se abriu no rosto de Renesmee e ela me olhou, seus olhos também sorriam.

-Isso requer um estudo de amostrar do seu sangue, Nessie. Eu vou até o laboratório... Jacob, se importa em dar uma mordida em sua namorada?-Carlisle sorriu e piscou para mim.

-Mais é claro que não!-eu falei e Nessie me olhou, com a cara um pouco preocupada. Levantei e andei até ela- Onde quer sua mordida, senhora Black?-sorri e ela me deu sua mão. Hum... na mão? Não era o melhor lugar.

-Pode doer um pouco...-eu avisei e ela me olhou como quem diz “Você não faria isso pra valer!”.

Segurei sua pequena mão calorosa, seus batimentos estavam rompendo a barreira do normal. Aproximei minha boca da sua pele intransponível e com meu canino a mostra, passei-o na superfície, causando um leve rasgo na sua pele que deixou escapa uma gota grande de sangue.

-É tudo o que preciso. Obrigada Jacob.-Carlisle recolheu o sangue em um algodão e logo a pele de Renesmee se reconstituiu como se nada tivesse acontecido.

-Só isso? Tem certeza que não precisa que eu morda em mais nenhum lugar? Eu não sou vampiro, mas posso dar um jeito nisso...-falei, encarando a cara frustrada de Nessie. Levei minha boca até seu pescoço e ela suspirou alto.

 -Querem se morder, arrumem um quarto e acabem com isso!-Emmett disse e Nessie recuou com as bochechas corando.

-Vamos seguir seu conselho...-eu brinquei, puxando Renesmee pela mão. Ela me olhou assustada. Pisquei para ela e olhei para a porta. “Privacidade, bobinha!”, eu pensei e a pergunta veio a minha mente. Aquela que eu tinha guardado no fundo obscuro da minha mente.

-Ei! A escada para os quartos é essa aqui!-Emmett gritou assim que passamos até a porta da frente.-Ah! Entendi! Querem derrubar a choupana de Bella! Ou então quem sabe sexo na floresta? Animal, não crianças?-Emmett gritou e eu ouvi risos até estarmos completamente fora do campo de visão. Sabendo ainda que eles nos ouviriam, eu olhei para Nessie, disposto a fazer essa pergunta em La Push.

-Que tal irmos em direção ao mar?-eu sugeri e ela me olhou um pouco contrariada.

-Eu gostaria de esperar o resultado da análise de Carlisle aqui. Você se importa? Depois nós podemos ir até lá. Gostaria de ver os garotos.-ela sorriu e eu não gostei muito. Eu não podia mais esperar para perguntar aquilo a ela.

Então tá, vai ser aqui e agora...

-É... que... eu gostaria de te fazer uma pergunta...-eu comecei e ela me encarou, me encorajando.-Meio que é complicado o que eu quero saber...-com medo de insinuar um ciúme ou qualquer coisa parecida, eu pensei em escapar, mas não dava, eu tinha que saber.

-E o que é?-ela me encarou, suas bochechas ficaram rubras e eu não podia mais parar a pergunta que estava escorregando da minha língua.

-Você beijou aquele vampiro ou teve qualquer outro contato além com ele?-de uma vez, e rápido falei e a encarei sem dar chance de seus olhos fugirem e inventarem algo. Mas acho que ela não mentiria.

-Ãh? O quê? Não! Quer dizer...

-Quer dizer...?-eu me inclinei respirando com dificuldade.

-Isso é complicado...-ela desviou o olhar e eu puxei seu rosto com cuidado para que seus olhos voltassem para o meu.

 -Eu fui chifrado, não fui?-com um tom sério, encarei seus olhos profundamente e senti um sim vindo de lá.

-Não foi, quero dizer, foi só um beijo! E não vale me acusar de traição por que você viu a Sarah pelada!-ela rapidamente acusou e desviou os olhos. Qual o problema das mulheres? Elas sempre colocavam a culpa na gente mesmo estando erradas. Isso era detestável.

-Ow! Mas eu não beijei a Sarah tampouco vivi com ela em uma casa ou o que quer seja aquele lugar.

-Ow digo eu! O que está insinuando Jacob Black? Eu e Alec apenas nos... nos... ah! Você sabe... quando eu ia me despedir dele, e não foi um beijo de amor, foi mais de agradecimento. Não sinto nada por Alec Volturi e nunca senti. Eu amo você, Jake...-ela disse e me olhou profundamente.

-É meio difícil acreditar nisso quando um vampiro ganha beijos seus e eu recebo declaração sem nenhum...-fiz um biquinho e fechei os olhos, mas recebi em vez de um beijo uma cotovelada no estomago.

-Au! Isso dói!-eu falei, envolvendo meu abdômen nos meus braços.

-Foi só um beijo Jacob! Não ouse tocar nesse assunto novamente ou não vai ganhar mais beijo algum.-ela disse, puxando meus braços e eu a enlacei pela cintura.

-Então estamos lidando com uma greve...-eu brinquei, alisando seu cabelo.

-E ela começa quando você acusa seu braço direito de traição.-Nessie disse, colocando as palmas das mãos no meu rosto. Estremeci.

-Meu braço direito só não... meu braço esquerdo, minhas pernas, minha cabeça, meu coração... resumindo meu corpo todo!-eu falei e senti seus lábios nos meus, urgente, como um pedido de perdão. E eu aceitei, contanto que morresse ali essa história.

-Renesmee...-era Carlisle que a chamou, em um tom baixo, mas audível.

Ela parou, enérgica e ofegante. Me deu sua mão e eu fui com ela até dentro da casa.

-É, a porção pode não ter te transformado em humana, mas o que quer que ela tenha feito, não vai mais deixar que você se torne uma vampira.-Carlisle sorriu, perto da escada.

-Até quando?-ela quis saber, sua voz com uma alegria pronta para explodir a qualquer minuto.

-Cientificamente, para sempre.-Carlisle afirmou. E os cientistas não erram, eu acho.

Ela me olhou, seus olhos brilhavam de felicidade. Renesmee pulou em meu pescoço e eu a segurei, vendo os rostos contentes.

-E então, Jacob. Como se sente no meu lugar?-assim que Renesmee saiu da sala com Carlisle e Esme para entender o processo, Edward se aproximou de mim, Bella do seu lado.

-O quê?-eu falei, tentando ver onde eu estava sentado.

-Como se sente sendo traído por um vampiro?

-Edward!-Bella o olhou, indignada. E depois me olhou sem entender muito bem a piada.

-Ele me submeteu a essa mesma situação, algo que eu não podia impedir, os dois juntos em uma tenda naquele inverno que Victória atacou com seu exército de recém nascido.-Edward disse, relembrando os velhos tempos.

-Mas Jacob não me beijou na tenda.-Bella se defendeu, olhando sem graça para Edward, se ela pudesse corar, teria ficado igual a um tomate.

-Não, mas depois se beijaram. E não foi nada legal ouvir os pensamentos triunfantes de Jacob por dias. Agora, eu quero saber, como ele está se sentindo tendo sua namorada beijada por um vampiro.-Edward me encarou, seu olhar era severo, mas seu sorriso zombava de mim, por dentro e por fora.  

-Edward, amor! Você está agindo como um adolescente que você não é!-Bella sorriu para mim.

-Deixe ele Bella. Vou matar sua curiosidade. Eu não acho ruim, até porque, eu confio em mim e pra falar a verdade não me afeta em nada. Renesmee não trocaria meu beijo por o de um vampiro. A diferença, meu caro, é que Alec não é um lobisomem sarado e quente, é uma pedra fria. “E aposto que a Bella gostou do meu beijo...”-falei só no meu pensamento e seu sorriso se alargou.

-Emmett, me passe meus dez dólares! Ele está morto de ciúmes!-Edward gritou e Emmett apareceu na escada com uma cara de decepção.

-Eu sabia que ia perder. Mas dez dólares não foram muita coisa. Mesmo assim você não vale tudo isso, vira lata!-Emmett me socou e eu encarei Edward, um pouco perdido.

-Hey! Eu não estou com ciúmes!-me defendi e defendi minha integridade privada.

-O que ele pensou?-Emmett disse, tirando o dinheiro do bolso. Bella riu olhando para mim e depois encarando Edward.

-Pensou de forma presunçosa, tentando me chatear com a ideia de Bella ter gostado do beijo dele. Convencido!-Edward bateu a mão de leve na minha cabeça e colocou o dinheiro de Emmett no bolso.

-Jake! Não acredito que pensou isso?!-Bella me olhou de lado.

-Estavam se divertindo sem mim?-Renesmee descia as escadas, radiante.

Salvo pelo gongo!

-Estavam se divertindo as minhas custas! Vamos logo para La Push, vampiros não são confiáveis!-eu atirei me levantando e indo pegar a mãe dela.

-Não façam isso! Não deixem meu Jacob constrangido.-ela olhou dura para Emmett e depois para Edward.

-Difícil. Ele se constrange sozinho!-Edward disse e eu fiz cara de desdém e conduzi Renesmee até a porta.

-Ei! Renesmee! Antes das dez da noite em casa. Nada de matar saudades pelo caminho...-Edward disse e Bella o olhou incrédula e Emmett sorriu também.

-É! Nada de moitinha esta noite, crianças! Uhuu!-eu não pude deixar de rir, olhando por sobre o ombro.

-Engraçadinhos. Jake!-ela disse quando eu ia descendo as escadas

 -Que foi?-eu perguntei, com ingenuidade, roubando um beijo da sua expressão séria.

Começamos a correr em direção a floresta. Ela brincava comigo, corria mais rápido me fazendo querer persegui-la. E eu entrei na sua brincadeira, logo estávamos na casa de Rachel, havia algum movimento lá dentro.

Entrei rápido, Renesmee me acompanhou, sua cara preocupada também me fez tremer. Leah estava na sala, com Kall sentado nos sofá. Na cozinha ouvi a voz de Paul e a de Sam conversando. Os garotos estavam lá também.

-O que houve?-perguntei a Leah que me olhou um pouco indiferente, com seu humor costumeiro.

-Oi, pra você também. Rachel teve uns desmaios e perdeu um pouco de sangue, então minha mãe veio ver o que aconteceu.

-Sua mãe ou La Push inteira?-perguntei, espiando a porta da cozinha.

-Não exagere! Onde ela está, Leah?-Renesmee perguntou e eu achei que o quarto seria o local apropriado.

-No quarto.-Leah disse azeda, ela pensou o mesmo que eu.

-Ela pode receber visitas?-educadamente, Nessie perguntou.

-Não sei, se estiver acordada.-ela sorriu e Renesmee me olhou, como quem faz um chamado silencioso.

Segui ela pelo corredor que eu conhecia bem, a porta do quarto de Rachel estava aberto. Ela devia estar acordada.

-Rachel?-chamei e entrei na frente de Renesmee.

-Jake! Graças a Deus!-Rachel se ergueu e abriu os braços. Ela estava deitada, sua cara não estava nada bem, parecia fraca.

-Quanto mais grávida você fica, mais dramática!-eu disse, e abracei-a. depois que ela me soltou, olhou em volta e percebeu Renesmee na porta.

-Oh! Olá, Nessie? como está?-ela perguntou sorridente. Renesmee devia estar envergonhada por ela ter sido o motivo da minha saída sem esperança de retorno.

-Oi, Rachel! O que aconteceu? Você está bem?-Nessie se aproximou da cama, Sue vinha do banheiro com uma toalha úmida nas mãos.

-Ela está melhor agora. Teve um pequeno sangramento de um susto que ela levou recentemente.-Sue parecia amarga.

-Quem te pregou uma peça?-eu perguntei, já me preparando para procurar.

-Na verdade, não foi uma peça. Ouvi os meninos comentando que talvez você não voltaria do seu tur pela Itália. Então tudo apagou...-a voz dela estava carregada de decepção. Eu busquei as tábuas do chão, e esperei alguma coisa inteligente pra dizer a ela.

-Não culpe o Jacob, Rachel, me culpe. Foi tudo culpa minha. Ele apenas foi tentar me fazer enxergar a burrice que eu havia feito. Por favor, me perdoe. Espero que esteja tudo bem com seu bebê!-Renesmee falou, se ajoelhando do lado da cama de Rachel.

-Não se preocupe, está tudo bem.

-É, e a culpa não é sua. Eu fui por que eu quis, e você só foi um dos meus motivos.-eu falei, cruzando os braços. Renesmee, Rachel e Sue me encararam para saber os meus outros motivos.

-E então? Estou ansiosa para saber seus outros motivos...-Renesmee me olhou, seu olhar estava gelado.

-Bem... eu também tenho o direito de conhecer a Europa, não tenho?!-falei e todas reviraram os olhos.

-Que bom que você voltou, meu irmão! Não faça isso nunca mais ou não terá mais sobrinhos!-Rachel disse, bagunçando meu cabelo.

-Pena que não dei um susto no Paul. Bem que você podia viver viúva...-brinquei, não tendo certeza se era mesmo brincadeira.

-Jacob!-ela me deu um tapa no braço.

-Aliás... tem muita gente que quer te ver. Não estão muito feliz com o novo alfa que você designou...-Sue disse e eu me lembrei de retomar o meu posto.

-Hey! Você designou um novo alfa? Você pode fazer isso?-Renesmee perguntou, se levantando do chão enquanto eu me erguia da cama.

-Eu sou o alfa, eu decido o que quero fazer e faço.

Saí do quarto de Rachel em direção a cozinha onde eu sabia que ia encontrar grande parte do bando.

-Hey, filhotes de lobo! O chefe voltou!-eu disse, enquanto entrava de braços abertos. Tá certo, não esperava abraços, mas um tomate também não.

-Quem foi?-perguntei olhando as caras de “não sei de nada” daqueles traidores.

-E então? A Europa é mesmo legal como dizem?-Quil quis saber, mordendo uma maçã.

-Não, prefiro aqui. Ei, como foi seus dias de alfa júnior?-perguntei, ainda limpando o sumo vermelho do tomate. Eu ainda iria descobrir quem jogou.

-Pra falar a verdade, pra mim chega! Não quero mais ser alfa nem Omega! De que adianta ter o título se essa cambada de idiotas não te obedecem? É uma droga!-ele disse, cruzando os braços.

-Bom saber!-falei, procurando uma cadeira para sentar.

-Novidades pra você, grande lobão chefe...-Embry disse, do lado da pia.

-Boas ou ruins?

-Sei lá! O caso é que, o nosso grupo diminuiu. Os mais novos nem alguns veteranos não estão mais se transformando. A febre foi embora. Estamos em um pequeno grupo de seis aqui.-Embry falou olhando em volta.

-Quer dizer que só eu, você, Jared, Quil, Seth e...

-E Collin.-Sam completou.

-Obrigado. Só nós estamos nos transformando?

-Exato. E eu acho que mais gente vai ficar sem a transformação...-Jared disse.

Isso era bom e ruim ao mesmo tempo. Bom porque os garotos iriam voltar ao normal sua vida, sua rotina. Mas o tribo ficaria vulnerável. Se bem que da outra vez, a febre foi bem rápida. Mas tudo estava tomando seu rumo, a vida começava e um dia tinha que terminar. Menos a minha. Pra mim seria difícil ver todos indo, e eu ficando aqui. Ver os filhos de Rachel crescendo, ela envelhecendo, todos morrendo e permanecer vivo com um único objetivo... ficar ao lado dela.

Renesmee estava na sala, seus olhos colados em mim, esperando qualquer reação minha. Ela era compreensível e até um pouco maluca. Ir pra Itália pra poupar meu sofrimento de ficar ao seu lado pela eternidade. Isso não me aprecia tão ruim assim e ainda mais agora que ela não seria mais uma pedra.

-Nessie...-Seth disse, batendo a mão na testa.

-Sim?-ela perguntou, se levantando da poltrona e vindo até a porta da cozinha e encarando Seth.

-Adivinha...-todo excitado, ele pegou as mãos dela. Seus olhos brilhavam.

-Hum... nunca fui muito boa de adivinhar as coisas.-ela disse delicadamente, e Seth não percebeu a ironia no seu tom.

-Eu estou namorando oficialmente com Andie. Não é incrível?-ele parecia que iria arrancar as mãos de Renesmee, se ela não fosse indestrutível, eu mesmo tiraria as mãos dele de lá.

-E os pais dela?-Nessie pareceu preocupada.

-Eu falei com o senhor Silverstone. E sabe o que ele disse? Que achava legal e me ofereceu um emprego lá na concessionária dele. Sou assistente de revisão de motores! Não é a melhor coisa do mundo!-ele olhou para o sorriso lindo se formando no rosto de Seth.

-Ser mecânico júnior de um riquinho metido a besta? Acho que não...-Embry zombou.

-Mas vale a filha dele, cara!-Quil disse, e todos gargalharam, eu não fui exceção. Mas tive que me conter com outro olhar gelado de Renesmee.

-Isso é incrivelmente maravilhoso! Meu Deus! Não vejo à hora de encontrar com Andie! Mas, espera um pouco... você disse o que para Andie do meu sumiço?-Renesmee encarou a cara sorridente de Seth.

Seth largou suas mãos e coçou a cabeça como se estivesse tentando lembrar ou arrancar algo do seu cérebro.

-Acho que falei alguma coisa sobre uma viagem de urgência. É, foi isso sim. Um parente doente na Europa. Andie ficou muito impressionada!-ele disse, seu sorriso largo.

-Isso ela já estava, lerdão!-eu disse, puxando Renesmee.

-E o casamento de vocês dois, Jacob, sai quando?-Sam me olhou sério e eu olhei para Renesmee que sorriu sem graça.

 -Eu casaria amanhã. Mas não depende só de mim, sabe...-eu brinquei e Renesmee não me cotovelou. Ela já sabia qual era o nosso destino.

-Espero que aconteça logo. O do Sam foi maior festa. O seu tem que ser maior. Estilo quileute!-Paul disse, animado.

-Tia Alice ficaria muito decepcionada se ao organizasse...-Renesmee suspirou.

-E porque ela não organiza uma festa quileute?-Sam perguntou.

-Porque festas Quileutes organizadas não são festas Quileutes!

-É!-Quil e Embry bateram as mãos.

-Mas se haver votação sei que a maioria daqui ganha, então...

-É, Nessie. até porque vampiros não comem... o que nós comemos. Jared  ressaltou.

-Ok, mas isso não vai ser agora. Ainda tem mais alguns meses para se pensar nisso. Veja você Jared. Nem fez uma festa e já mora com a Kim!-falei, abraçando Nessie.

-Eu vou fazer, assim que me acertar com o pai dela e pedir ela oficialmente a ele, antão casaremos no papel.-ele disse, empolgado.

-Preciso ir. Amanhã tenho aula, vou ligar para a Andie e perguntar o que eu perdi. Nos vemos amanhã, pode ser?-Renesmee encarava meus olhos.

-Tudo bem, não quer que eu te leve para casa?-ofereci, querendo parar um pouquinho na floresta.

-Não precisa. Amanhã então nos falamos.-ela aproximou sua boca da minha bochecha e eu desviei para capturar seus lábios. Ela ficou vermelha e depois que eu a soltei, houve vários “hum...” na cozinha e ela saiu mais vermelha do que estava.

CONTINUE LENDO AQUI.



postado por 121594 as 01:46:40
39 comentários:

Débora Camilla:
PERFEITOOOOOOOOOOOOOOO, Li todos os cap em apenas 2 dias, lindo, lindo , lindo, Termina a historia, aii tem q ter o filme tbm, parabéns !!! =)
sábado, março 05, 2011 05:47
valeria dorneles medeiros machado :
por favor continua!!! presiso saber o final logo logo urgenteeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
segunda, janeiro 31, 2011 11:26
valeria dorneles medeiros machado :
por favor continua!!! presiso saber o final logo logo urgenteeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
segunda, janeiro 31, 2011 11:26
mAyYh:
Pelo amor de deus! posta posta postaaaaaaaa!!!!!!!!!!!!!!!!!!
segunda, novembro 08, 2010 09:01
simone:
moneluca@ig.com.br
quarta, agosto 04, 2010 04:45
Gaby Oliveira:
N aguardem mas vao ler neste blog: Livroderenesmeeouluacheia.blogspot.com
domingo, agosto 01, 2010 02:22
Gaby Oliveira:
oi gente eu ja terminei de ler pq o livro completo esta neste blog: Livroderenesmeeouluacheia.blogspot.com
ok e perfeito!!!!!!!!!!!!!
domingo, agosto 01, 2010 02:22
Gaby Oliveira:
oi gente eu ja terminei de ler pq o liver completo es neste blog: Livroderensmeeouluacheia.blogspot.com
ok e perfeito!!!!!!!!!!!!!
domingo, agosto 01, 2010 02:21
Juliana Marcelino .:
CAPITULO 22 CADÊ VOCÊ ?
muuuito ansiosa, huashuas *-*
domingo, julho 18, 2010 09:42
Lilly Black:
Caraka genteeeeeeeeeee....estou a 3 dias, e já li todos os capítulos potados até agora...eu estou impressionada com seu talento! Eu leio, e sinto Steph escrevendo cada linha! Você é ótima! Não pare, por favor! Por mim e por seus fãs q estou vendo q ja´são muitos! Também sou escritora, mas de contos infantis; adoro a saga e vejo em você um futuro brilhante! Um abraços caloroso de lobo!!! Auuuuuuuuuuu...
sábado, julho 17, 2010 10:30
Mary:
Aiin *-*

Cadê os outros capítulos ???
:X
sábado, julho 17, 2010 10:00
natalia:
Cara essa historia taa muitoo legal...vc precisa continuar....vc escreve muito bem e tem varia fas entao continueee....Sem o Alec!
Olha todo dia venho ver se vc posta alguma coisa e nada...eu vou chorar se vc para!
bjoooooossssss
sábado, julho 17, 2010 05:16
Lela:
Nossa... estou adorando a sua história... vc escreve muito bem... PARABÉNS!!!!
Mais eu tô muuuuito anciosa pra ler os próximos capítulo... posta logo o capítulo 22, por favor...
sábado, julho 17, 2010 02:51
Dey:
CADÊ O RESTO DO LIVRO?
EU TÔ ESPARANDO A UM TEMPÂO
JATOU DESESPERADA
sexta, julho 16, 2010 01:10
thami:
kara eu to adorando essa historia
ta muito boa mesmo
espero q vc na tenha parado de escrever,espero q vc poste o resto da historia e de preferensia com o casamento da renesme e do jacob mais no estilo alice ,q seria muito mais divertido
sexta, julho 16, 2010 11:49
bella:
pfpfpf posta eu nao aguento mais nenhuma historia é igual a sua............
sexta, julho 16, 2010 11:01
BreeS2Lautner:
Concordo com vc Babi's!Guii oq seria de nós se não fosse vc?
Kra sua fic é muiiito boa!E eu preciso ler mais,não queria te apressar,mas é impossível!!!POSTAPOSTAPOSTA!!
PS:Ideia perfeita Aline!!Gui faz isso!
sexta, julho 16, 2010 10:50
Biia *-*:
aaaaaaa Meeus Deuus !
Vc neem pode parar aki ... por favoor '
escreve mais alguma coisa, tipo que o Alec vai procurar ela, e ela fica varios dias deprimida, e quando ele vai procurar ela na escola, seei láa ; mais faaz mais alguuma coisa !
Poor favor !
Beijokas !
quinta, julho 15, 2010 10:11
bella:
acabou gui? pf dis q nao se nao eu e mais um monte de gente vamos pira pf fas mais eu sei q eu livro sempro tem q acabar mas...
quinta, julho 15, 2010 08:33
Aline Lemos Ferreira:
Gui!! Oiê !!

Vc podia fazer o casamento da Nessie e do Jake tendo 2 festas, Uma no estilo Quilheute e outra no estilo, ham... Alice! kkk
Beijocas !
quinta, julho 15, 2010 08:00
Malu Esteves:
Muiito, muito bom *--*
Ai meu Deus, não demora pra postar não! please!
Beijos, estou amando a fic
quarta, julho 14, 2010 07:33
nagle:
adorei !!!!
quando vai colocar o capitulo 22..
estou ansiosa.
bjus
segunda, julho 12, 2010 04:23
Danii:
Güii, to ansiooooooooooooosa, POSTA MAIS pleeeeeeease

bjos
domingo, julho 11, 2010 10:08
Kátia Nunes:
Olá Gui,
Descobri o q vc escreve por acaso, mas em pouco tempo me viciei..... Vc tem um enorme talento garota !!! Sabe montar perfeitamente a história e q história......... Está d+ só não vai parar agora não é??? O cap 21 ficou com gostinho de quero mais, como se ainda faltasse um grand finale !!!
Se inspira logo e volta a postar.
Agora não tem mais jeito, vc tens fãs e precisa nos nutrir com suas histórias....... Vê se não demora, ok?!
Bjus
domingo, julho 11, 2010 08:59
Kátia Nunes:
Olá Gui,
Descobri o q vc escreve por acaso, mas em pouco tempo me viciei..... Vc tem um enorme garota !!! Sabe montar perfeitamente a história e q história......... Está d+ só não vai parar agora não é??? O cap 21 ficou com gostinho de quero mais, como se ainda faltasse um grand finale !!!
Se inspira logo e volta a postar.
Agora não tem mais jeito, vc tens fãs e precisa nos nutrir com suas histórias....... Vê se não demora, ok?!
Bjus
domingo, julho 11, 2010 08:57
Amanda Laryssa:
Aaaaahhh eu gostei dela não ter se tornado humana com a porção mas eu queria ela um pouco mais com o Alec tadinho deu pena dele...Acho que ela ainda deveria encontrar com ele depois mesmo que ela va ficar com Jacob mas teria que ter um reencontro deles dois tipo ele conseguindo ser liberado da guarda e abandonar tudo por ela e ela ficar meio indecisa...Sei la so sei que ela deveria voltar a ver o Alec pois ele foi muitissimo fofo *-*
domingo, julho 11, 2010 05:27
Jessyka:
Perfeitoooooo... Adorei. No final a Nessie tem que ter um baby do Jake... Ficaria muito lindo os dois e um bebe.
sábado, julho 10, 2010 05:12
livia:
Nossssssssssssssssssa é assim mesmo que tem de ser.O Jake é da Nessie e a Nessie é do jake simples assim. E não pare de postar.Ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii bjks.
sábado, julho 10, 2010 02:32
Mary:
Adoreeei ^^
Tipoo está PERFEITOOOOO :D

Aii não pode demorar para os novos capitulos nao

se nao vou ter um atque cardiaco
:D :D :D
sábado, julho 10, 2010 02:23
Malu:
A nããããããoooooooo eu qeria a Nessie com o Alec!!!!!
Mas ficou até legal.
sexta, julho 09, 2010 08:31
Lissa:
ameeeeeeeeeiii..Jake e Nessie juntos..
Gue..vc tem q colocar mais capitulos de pegação do Jake com a Nessie..
i pliiiiiiiiiiz.. arranja uma parceira pro Alec??..ele ér um fofo..
i continue postando sempre i para sempreeee..
vc escreve mt beiiim...
sexta, julho 09, 2010 02:18
Raysa:
Chorei! *-*
Ela e o Jake juntooos, td que eu qeria !
Ahh, a fic tah perfeitaa, Parabens ;P
quinta, julho 08, 2010 08:59
Patricia:
GUII EU AMO NESSIE E JAKE MAS TO COM DO DO ALEC ARRUMA UMA PARCEIRA PARA ELE OK E POSTA MAS CAP CALIENTES DE NESSIE E JAKE OK
quinta, julho 08, 2010 06:48
Danii:
Güii, eu vejo que as pessoas estao divididas com quem a Nessie tem que ficar, porém o meu voto eh para que ela fike com o Jake. Eu me simpatizei pelo Alec, e a atitude dele no cap 20 foi super fofa, mas o Jake merece ser feliz com quem ele ama dessa vez, já basta na saga da Steph. ele ter ficado chupando o dedo huahuahua. Fora que o contraste entre eles (um lobisomem e uma vampira) é o que os deixam mais interessantes como casal.
Fora, que os dois estão por viver uma aventura emocionante
juntos, quando eles enfrentarem os Volturi (estou deduzindo), rsrs, então Güi essa é a minha opinião.

Beeeeeeeeeeeeeeeejos
adoro vc, e tbm sou sua fã!
quinta, julho 08, 2010 06:23
stephanie:
aah... você escreve tão beem, estooou amando mt a história, coontinua ... *-*
quinta, julho 08, 2010 03:36
eduarda:
ta muito boa a historia tu precisa continuar escrevendo, mais eu ainda gostaria q nessie ficasse mais um pouco com ALEC coitadinho ficou sem ninguém deu muita pena dele.E por favor continua escrevendo, a historia nao pode parar agora q ta ficando bom JACOB e NESSIE vão se casar.Poe por favor a primeira noite deles juntos antes de se casarem mais ta muito bom
quinta, julho 08, 2010 02:07
Geovanna:
Nossa! Parabéns, Güe! Mas a história já acabou ou vai mais?!

Sou sua fã!
quinta, julho 08, 2010 10:18
Renesmee Eduarda Cullen:
aaaaah amei tbm!!!!!
mtu booom!!!
quinta, julho 08, 2010 12:13
Danii:
Ameeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei
quarta, julho 07, 2010 09:01
Comente este post
Início
Perfil
121594
Meu Perfil

Meus Links
Hotéis no Brasil
DNS Grátis
Blog Grátis
Criar Blog
Hoteis

Palavras-Chave
>> Cap
>> 21

Favoritos
Continuação do Livro de Renesmee
O LIVRO DE RENESMEE ou LUA CHEIA
mais...

adicionar aos meus favoritos


Colaboradores do Blog


Comunidades
Não há comunidades.

Posts Anteriores
>> Não há posts anteriores.

Arquivos
2011, 01 fevereiro
2010, 01 julho
2010, 01 janeiro

53433 acessos
CRIAR BLOG GRATIS   
..