HISTÓRIAS SOBRE O CRISTIANISMO
HISTÓRIAS SOBRE O CRISTIANISMO
quarta, 15 outubro, 2008
A ORAÇÃO QUE O PRÓPRIO JESUS NOS ENSINOU.


A profundidade da oração do Pai Nosso.
“Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome”
(Mateus 6:9)

A Bíblia nos diz uma coisa: “…a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.” - (Hebreus 4:12). A Palavra de Deus é viva, e não somente um monte de letras escritas. Além do que podemos ler com nossos olhos há muita coisa por trás que o Senhor colocou, que só podemos ver e discernir pelo Espírito Santo, quando o temos dentro de nós e nos dispomos a buscar a Deus através de sua Palavra e a examiná-la.

E assim é a oração do Pai Nosso. Jesus ali nos revelou muita coisa acerca do plano de Deus para as nossas vidas; ensinando-nos como nos devemos dirigir ao Pai e qual deve ser a nossa posição diante Dele. Muitas pessoas utilizam a oração do Pai Nosso repetindo-a sem prestar atenção no seu significado e no seu valor, e isso não agrada a Deus. Não é errado orar o Pai Nosso, porém deve-se estar atento ao seu significado e estar disposto a se colocar debaixo de tudo que ele propõe.

Vamos, em Nome de Jesus, ir caminhando aos poucos nesta abençoada oração que o Senhor nos ensinou. Vejamos hoje a primeira parte dela: “Pai nosso”.

O Senhor Jesus nos ensinou a chamar “Pai Nosso”. A Palavra de Deus diz o seguinte: “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome” - (João 1:12). Aqui nós vemos como nós podemos nos tornar filhos de Deus: recebendo Jesus. Se Deus deu a estes o poder de serem feitos seus filhos, significa que existem os que não são filhos, mas podem se tornar. Mas, o que significa receber Jesus?

A Bíblia nos mostra no Antigo Testamento uma ordem de Deus, um ato profético que apontava para Jesus: o sacrifício do cordeiro.

“E falou o SENHOR a Moisés e a Arão na terra do Egito, dizendo: (…) Falai a toda a congregação de Israel, dizendo: Aos dez deste mês tome cada um para si um cordeiro, segundo as casas dos pais, um cordeiro para cada família. (…) O cordeiro, ou cabrito, será sem mácula, um macho de um ano, o qual tomareis das ovelhas ou das cabras. (…) E tomarão do sangue, e pô-lo-ão em ambas as ombreiras, e na verga da porta, nas casas em que o comerem. E naquela noite comerão a carne assada no fogo, com pães ázimos; com ervas amargosas a comerão. Não comereis dele cru, nem cozido em água, senão assado no fogo, a sua cabeça com os seus pés e com a sua fressura. E nada dele deixareis até amanhã; mas o que dele ficar até amanhã, queimareis no fogo. Assim pois o comereis: Os vossos lombos cingidos, os vossos sapatos nos pés, e o vosso cajado na mão; e o comereis apressadamente; esta é a páscoa do SENHOR.” (Êxodo 12:1-11)

Essa foi a ordem de Deus para a celebração da Páscoa, que foi criada naquele momento, caminhando para a libertação do povo de Israel da escravidão do Egito. O cordeiro também era sacrificado para o perdão dos pecados. Se continuarmos a ler os livros que Moisés escreveu (também conhecidos como o Pentateuco) veremos mais a respeito disso. Mas o importante aqui é que o cordeiro é uma sombra, um ato profético, um tipo do Senhor Jesus, que viria a ser sacrificado para a nossa libertação do pecado e da morte:

“No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.” (João 1:29)

“Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais, Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado” (1 Pedro 1:18, 19)

E também é importante observar que o Senhor, neste sacrifício de Êxodo, instrui o povo a comer o cordeiro completamente e a não deixar nada; até aqui que não agrada comer, como a cabeça, os pés e a fressura (vísceras). E assim é com o Senhor Jesus: para recebê-lo e nos tornarmos filhos de Deus, temos que estar dispostos a comer por inteiro o que Jesus propôs; que é tudo o que está em sua palavra. Entre elas:

  • Amar e servir a Deus com todas as forças (Mt 22:36-38)
  • Amar o próximo (Mt 22:39)
  • Andar em santidade (1Pe 1:16)
  • Não andar de acordo com o mundo e com a carne (1Jo 5:19; Mt 26:41; Rm 8; Gl 5:16-23)
  • Confiar em Deus; e não em si mesmo (Pv 3:5-10)
  • Andar no espírito, e na direção do Espírito Santo (Jo 14:26; Jo 7:38,39; At 1:8)
  • Ainda tem mais; não se esqueça disso! Vale a pena gastar ainda um tempinho lendo Êxodo 20…

  • Querido, deixe-me dizer uma coisa: se você não está disposto a comer de Jesus por inteiro, a praticar tudo o que ele mandou, você não é um filho de Deus.

    Jesus é o filho unigênito de Deus. Para nos tornarmos filhos de Deus, temos que ser como Ele; ou você acha que Deus chama qualquer um de seu filho só porque é um ser humano? Não; senão o sacrifício de Jesus não teria sentido aqui. Isso é um engano do diabo! Jesus disse: “Na verdade, na verdade vos digo que, se não comerdes a carne do Filho do homem, e não beberdes o seu sangue, não tereis vida em vós mesmos.” (João 6:53). Tem que comer de Jesus por inteiro; senão a sua vida e a sua Salvação não estará em nós.

    Ser santo não é um privilégio de apenas algumas pessoas que morreram; ser santo é para todos os filhos de Deus; porque Deus é santo.

    “Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo.” (1 Coríntios 3:17)

    Quando o apóstolo Paulo falou isso, ele se dirigia aos santos da igreja; sim aos membros, aos convertidos! E mais, para ser um filho de Deus, tem que ter o Espírito Santo:

    “Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus. Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai. O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus.” (Romanos 8:14-16)

    É realmente necessário ser limpo e se encher do Espírito Santo de Deus, e andar na direção Dele; essa é uma característica do filho de Deus. Você como filho dos seus pais naturais herda as características genéticas deles; e assim também, os filhos Deus herdam seu Espírito e suas características.

    “Aba Pai”, que está nesta passagem da carta de Paulo aos Romanos, é um chamado carinhoso, como “paizinho”, “papai”. Deus te chama para ter essa intimidade com Ele; para ser seu verdadeiro filho, como Jesus o é. Deus tem um plano para a sua vida como filho Dele. Deus te ama é neste momento está te chamando. Mas não se firme nos seus conceitos, se endurecendo diante da voz de Deus. Para ser um filho de Deus, você vai ter que se negar a si mesmo! A você, o Senhor Jesus diz:

    “Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me” (Mateus 16:24)

    Você que ir atrás de Jesus, ser o próximo filho de Deus? Esse é o caminho…

    “Assim, pois, qualquer de vós, que não renuncia a tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo.” (Lucas 14:33)

    Da próxima vez que você pensar em começar uma oração do Pai Nosso, lembre-se de saber se sua oração toda vai chegar a Deus, ou vai parar nessa primeira parte, o “Pai Nosso”. Olhe para a sua vida e responda a você mesmo: quem está sendo o seu pai?

    “Disse-lhes, pois, Jesus: Se Deus fosse o vosso Pai, certamente me amaríeis, pois que eu saí, e vim de Deus; não vim de mim mesmo, mas ele me enviou. Por que não entendeis a minha linguagem? Por não poderdes ouvir a minha palavra. Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.” (João 8:42-44)

    “Se me amais, guardai os meus mandamentos.” (João 14:15)

    Amado, recentemente li em um livro uma frase interessante, que diz “a vida cristã não é difícil - é impossível”. Realmente, é impossível seguir tudo rigorosamente sem ajuda do Espírito Santo. Portanto, não se desanime. Não é sozinhos que alcançaremos tudo o que precisamos. Deus estará proposto a nos ajudar se firmarmos um propósito de se voltar. Jesus disse “o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora” (João 6 : 37). Portanto, se você quiser ser um filho de Deus, basta começar por Jesus que ele te ajuda a conseguir o resto. Estimulo você, leitor, a acompanhar as próximas mensagens deste estudo, que terá prosseguimento, e a ir para o seu quarto, fechar a porta (ou aí mesmo aonde você está, se não for possível), orar a Deus e dizer “Deus, fala comigo. Eu creio que Jesus veio a terra como homem, morreu e ressuscitou e quero me tornar seu filho. Deus, se faça real para mim.”.

    Deus te abençoe!

    fonte: http://www.adrianoweb.com.br/prospero/modules/wordpress/2006/05/14/a-profundidade-da-oracao-do-pai-nosso-parte-1/


    postado por 4988 as 15.10.08 #
    0 Comentários

    Comente este post!   |    <<< Voltar para Início

     
    Perfil
    4988
    Meu Perfil

    Links
    Hotéis no Brasil
    DNS Grátis
    Criar Blog
    Blog Grátis
    Hoteis

    Palavras-Chave
    PAI-NOSSO
    ORAÇÃO

    Favoritos
    Não há favoritos.

    adicionar aos meus favoritos


    Colaboradores do Blog


    Comunidades
    Não há comunidades.

    Posts Anteriores
    RETORNANDO ...
    SEMPRE VOLTO ...
    MEU DIREITO DE RESPOSTA!
    PADRE LEO
    HOMENAGEM AO PADRE LÉO - PRIMEIRO ANO DE VIDA ETERNA!!!!
    ANO NOVO FELIZ, É ANO NOVO COM CRISTO!
    RESPONDENDO - AOS CATÓLICOS - APÓS A COMUNHÃO, O SINAL DA CRUZ!!!!
    SOBRE E-MAILS E RESPOSTAS!!!!
    O DOM DA INTERPRETAÇÃO DAS LÍNGUAS.
    ESTUDO SOBRE PREDESTINAÇÃO (pastor Silas Malafaia)

    Arquivos
    21/06/2010 29/06/2010
    06/07/2009 22/07/2009
    16/03/2009 22/03/2009
    19/01/2009 29/01/2009
    06/10/2008 18/10/2008
    30/06/2008 08/07/2008
    07/04/2008 25/04/2008
    24/12/2007 09/01/2008
    05/11/2007 15/11/2007
    16/07/2007 22/07/2007
    26/03/2007 03/04/2007
    19/02/2007 01/03/2007
    05/02/2007 23/02/2007
    22/01/2007 09/02/2007
    11/12/2006 21/12/2006
    13/11/2006 23/11/2006
    06/11/2006 20/11/2006
    11/09/2006 27/09/2006
    10/07/2006 22/07/2006
    26/06/2006 06/07/2006
    19/06/2006 07/07/2006

    18777 acessos
    CRIAR BLOG GRATIS   
    ..