VIVENDO INTENSAMENTE
VIVENDO INTENSAMENTE

terça, 06 fevereiro, 2007
SOU DELE

   

Esperei por tanto tempo
Esse tempo agora acabou
Demorou mas fez sentido
Fez sentido que chegou

Eu pensei que não fosse nunca
Mas agora já se foi
Nunca mais parece triste
Triste eu era agora passou

Por que eu estou com ela
Sou dela
Sem ela
Não sou

Por que eu preciso dela
Só dela
Com ela
Eu vou

Sempre olhei à mim nos outros
Estava em toda a multidão
Sendo muito e tendo pouco
Dando muita explicação

Quero olhar para esse mundo
Ver o mundo em seu olhar
Quero ser, te quero muito
Ficar junto e respirar

Por que eu estou com ela
Sou dela
Sem ela
Não sou

Por que eu preciso dela
Só dela
Com ela
Eu vou

Estava tão longe
Num outro lugar
Trancado e distante
Na esfera lunar
Na superfície ou no deserto
No asfalto ou no avião
Na pratileira de um depósito
Na cordilheira, num vulcão

Não vou te inundar
Não vou te inundar
Não vou te inundar
Não vou te inundar

A alegria é um presépio
A tristeza é tentação
Três Marias de um mistério
A surpresa em procissão

Trocaria a eternidade
Pela noite que chegou
Luz do dia realidade
De mãos dadas eu estou

Por que eu estou com ela
Sou dela
Sem ela
Não sou

Por que eu preciso dela
Só dela
Com ela
Eu vou

Por que eu estou com ela
Sou dela
Sem ela
Não sou

Por que eu preciso dela
Só dela
Com ela
Eu vou

NANDO REIS - SOU DELA

PARA O MEU SILVIO QUE ME ATURA EXATAMENTE COMO EU SOU. AMO VOCÊ



postado por 38849 as 12:21:49 0 comentários
2007
    

É 2007 chegou.

Junto com ele algumas coisas novas, outras nem tanto.

Começo o ano, não sei se a palavra é essa, mas livre dáSpal, é estou desempregada, mas feliz aliviada, um pouco fudida, mas bem no fimdas contas.

Não sei se esse é um jeito legal de começar o ano, masestamos ai né? Vamos ver o que Deus está preparando pra nós. Sai de lá commuita magoa, mas já estou dando um jeito nisso. Frustrações a parte as coisasfluem.

Cada dia gosto mais do Silvio e entre erros e acertos,perdas e ganhos hoje fazem 4 meses que nós estamos juntos, e eu  posso te dizer em 201 frases o que elerepresenta pra mim, mas não sei explicar o porque eu o amo tanto. São aspequenas coisas que me conquistam, me cativam, é a sutileza do carinho pra eudormir, a paciência com que ele me acode nas madrugadas de insônia, nas crisesfamiliares, na doença, não sei explicar sei gostar dessa pessoa linda me mudoucompletamente, e hoje eu sei o significado de um EU AMO VOCÊ! Agradecer tudo oque ele faz por mim seria pouco, acho que gratidão com gratidão se paga. Seique as vezes sou fria, distante, desligada, mas esse é meu jeito de ser.

Entre as realizações pessoais reformei meu quarto e modéstiaa parte isso me faz ter muito orgulho, embora tenha rendido um rombo no bolso euma horrível dor nas costas.

 

Estou com saudades, vou voltar a postar, já que tenho umimenso tempo livre agora, preciso descobrir um novo hobby, álbuns de figurinhas,talvez. Rs.

 

Amor te amo cada dia mais. Obrigada por tudo que você me proporciona.

 

Te mais, vou rascunhar o próximo post.

 

Bjão



postado por 38849 as 11:49:38 0 comentários
quinta, 11 janeiro, 2007
Ah o Amor..

Eu não sei o que me domina
E mesmo assim não penso em me livrar
Num fascínio de alma gêmea
Você em mim constrói o seu lugar

O amor se fez me levando além onde ninguém mais
Criou raiz, ancorou de vez, fez de mim seu cais
Lendo a rota das estrelas

Nesse abraço se fez um ciclo
Que não tem fim e é todo o meu viver
É como alcançar o infinito
Reflete em mim e volta pra você

O amor se fez me levando além onde ninguém mais
Criou raiz, ancorou de vez, fez de mim seu cais
Lendo a rota das estrelas

O amor surgiu como um em mil, por você eu vim
E assim será a me conduzir, sem mandar em mim
Como o vento e o barco a vela, que nos leva sem fim


Ciclo - Jorge Vercilo

postado por 38849 as 02:02:58 2 comentários
quarta, 10 janeiro, 2007
Escuta aqui

Acho engraçado quando as pessoas culpam umas as outras pra se isentarem de peso na consciência.

Me pergunto: isso funciona? Você está enganando quem?

Já decepcionei algumas pessoas, mas em nenhum momento achei que culpa-las pelo meu erro me tiraria o peso das costas ou me faria melhor.

Creio eu que você só conhece alguém depois que este te decepciona, ou melhor, é ai que você conhece o outro lado.

Muito fácil eu dizer que você me enganou, me decepcionou, me iludiu, sendo que o que aconteceu foi o contrário, isenção de culpa momentânea? Só pode, porque mais cedo ou mais tarde isso virá á tona, e lá no fundo você saberá que não adianta culpar o outro, isso não diminuirá o sentimento de vazio ou amargor que a decepção trás, de maneira alguma mudará o que passou ou seus erros.

Pense bem, não é mais fácil admitir que errou e tocar a vida em frente?

Enquanto você me culpa pelos SEUS erros, minha vida segue e eu que tenho plena convicção que dei o meu melhor e não sou culpada, continuo a viver sem que nada vindo disso me faça peso extra.

Sou a favor de parar de usar essa armadura e olhar de frente, é tão simples, assuma suas perdas, seus desmerecimentos.

Pare de atrasar sua própria vida achando que culpar os outros pelos seus desastres vai te fazer melhor, não seja cruel com seu coração.

Qualquer dia desses quando cair na realidade verá que foi uma terrível perda de tempo, que o brilho no olhar terá se perdido, que a culpa nem é tão grande assim, e que a outra parte envolvida segue com seus sentimentos, novos amores, novas perdas e ganhos.

Erros acontecem na tentativa de acerto, e sinceramente é difícil quando só uma parte quer tentar, quer arriscar.

Levantar vôo solo, aterrissar com o nariz no asfalto, sofrer, morrer, ajoelhar e martirizar-se, nada disso adiantou..

E agora até quando vai continuar a tormenta? Saiba que deste lado as coisas fluem não como um mar de rosas, porém sem muitos espinhos, e que não adianta gorar a felicidade alheia, isso só te trará mais decepção.

Que tal viver seu mundinho real e parar de viver nesse castelo de farsas?

A princesa presa na torre, mais dia menos dia vai querer um lugar melhor pra viver e ai talvez perceba que vive no reino encantado de fantasias dos seus desejos, acordaa, para de usar mascaras, pois o meu carnaval já acabou.

No mais fica aqui meu descontamento com tanto sentimento desperdiçado.

Entre as perdas e ganhos, ao contrário do que possa parecer, isso vai para os meus ganhos. Ganhei experiência, novos horizontes, passei não criei raízes, embora um dia esse tenha sido nosso mais fiel desejo, mas agora vejo que tudo acontece realmente no seu momento e que não adianta o quanto você queira apressar seu destino, ele vai vir em sua direção, suave e simples como um temporal, e embora muitas vezes você queira abrir um imenso guarda-chuva, boa parte da água vai cair e te encharcar, mesmo que seja de baixo pra cima, não importa, quando tiver que acontecer será do jeito que Ele preparou.

Nada mais vindo de você me afeta, mas veja bem, segue sua vida porque eu estou seguindo a minha, me deixa, me esquece, demorei para escrever isso, achei que não devia perder meu precioso tempo, mas quem sabe assim você se toca, e tenta TOCAR (se é que me entende), sua vida de vez.

(Post escrito para uma única pessoa cuja identidade prefiro não revelar, mas como eu o tenho como leitor assíduo o recado será dado.)



postado por 38849 as 02:32:14 0 comentários
segunda, 08 janeiro, 2007
Sexo é escolha amor é sorte.

Costumo dizer que não é difícil gostar de alguém, difícil é fazer isso crescer e continuar existindo.

Num relacionamento amoroso, você percebe que depois que a paixão passa, sobra o outro exatamente como ele é, com todos aqueles defeitinhos e imperfeições que a paixão tem a incrível capacidade de ocultar. E nesse momento que você olha  e diz agora somos eu e você com todo isso ai que eu não via, o que faremos?

Já vi muitos relacionamentos terminarem nesse momento. Ás vezes é complicado , olhar para o outro e perceber que ele tem uma estranha mania de ficar horas arrumando o cabelo, que gasta mais dinheiro com produtos de beleza que você, ou que te troca todo sábado a tarde por um bando de amigos loucos pra beber e falar besteira no buteco mais próximo, ou quando ele diz “menas” ao invés de menos (argh!).

E de repente: PUFT! O príncipe (leia-se princesa também) vira sapo, pois é meu amigo se fosse com você o que seria?  Corta o mal pela raiz ou deixa ele crescer?

Bom eu como boa samaritana sempre dei uma chance, por afinal de contas eu tenho um monte de imperfeiçõezinhas, quem não tem teto de vidro que atire a primeira pedra né?

A melhor parte é que depois da paixão vem o amor, ah o amor!

Acordar de madruga e ver o seu amor dormindo do seu lado, ganhar um sorriso no fim de um estressante dia de trabalho, passar o domingo fazendo nada ao lado dele, ganhar um cafuné enquanto vê aquele filme numa noite fria embaixo do cobertor.

Não vou negar que tive a fase em quem eu escolhia com quem eu saia, e quando atendia ou não o telefone, mas cá entre nós, tô muito melhor agora.

Tive a sorte de encontrar um amor, a gente sempre quer que seja pra vida toda né, mas se não for que seja eterno enquanto durar, não lembro direito como aconteceu, mas é magnífico. Entre defeitos, crises, pequenas desavenças, percebemos que a gente sempre se aceita e mesmo não gostando muito deixa o outro ser o que for afinal o que seria da beleza da rosa se não fossem os espinhos.

Os dias passam e entre erros e acertos haverá sempre um dia seguinte para recomeçar.



postado por 38849 as 05:52:00 0 comentários
segunda, 18 dezembro, 2006
Aniversário – parte 2 – A festa.

Da parte boa.

Tem sempre aquelas pessoas que você convida e aquelas que você convida mas faz questão que estejam presentes né? Pois bem as que eu fazia questão estavam quase todas lá, faltaram alguns, mas mesmo assim foi perfeito! Tirando a parte ruim claro, muito bom estar com quem se ama, fazendo algo que se gosta né, ri e me diverti como a muito não fazia, acho que a última vês que eu ri assim foi assistindo o filme da chapeuzinho no cinema.

A família que escolhi pra mim é fantástica e cada dia fica maior.

Impossível descrever a felicidade que eu senti no momento que cheguei, é bom se sentir amada né? Sentir calor, energia boa.

Sei que as pessoas que estavam presentes fizeram pequenos sacrifícios por mim, né Silvio?

 

Da parte ruim

Como diria a Lou nada sai como a gente planeja.

Um mal entendido gera outro, o ciúme gera desconfiança, são feitas acusações e punições, vingancinhas particulares, pequenos castigos..

Ontem um desentendimento com meu namorado começou a tarde a varou a madrugada, tudo por um motivo idiota, sabe aquelas coisas do tipo:

- Porque você não me disse? Resposta: Porque você não perguntou?

Pois bem, passei da conta, um desentendimento levou ao outro e a briga começou. A não ser pela reconciliação depois, eu odeio brigas, odeio ter que falar alto, quando estou de cabeça quente ajo por impulso, falo sem pensar, agrido as pessoas, sou vingativa, preciso me regenerar.

Então começo assumindo a minha parcela de culpa, fiz pirraça, bebi todas; precisava extravasar poxa, meus últimos dias foram só estres, custava na minha festa de aniversário, ser diferente? Não num deu, fazer o que? Senão quebra a tradição dos outros anos que foram ruins.

Tô com uma ressaca do cão, bebendo coca (odeio coca) já devo ter tomado 3 litros de água, eu achava que smirnof ice não deixava bêbado, mas quando se bebe 8 é inevitável.

Me sinto péssima, chorei que nem criança, não consigo ser cruel. E até porque eu não queria isso, a ressaca e gente cura com coca e doril, o estragos causados pela noite anterior não. Entre mortos e feridos, todos se salvaram e a maldição do aniversário acaba amanhã, ta louco, parece coisa feita..afê.. exorciza, a propósito vou na minha essa semana, de cura e libertação pra ver se sai essa zica.

 

 

Mas como eu não tenho bola de cristal, as vezes um gesto de amor ganha outras proporções, e o pior é que por orgulho, a história fica pior ainda. Alguém tem que ceder, então, eu, como sempre cedi, tentei salvar as coisas antes que elas tomassem grandes proporções, (ando nervosa, vou voltar pros calmantes, me dá sono, mas pelo menos fico mansinha, mansinha) Não adiantou, o volume da discussão ainda soa na minha cabeça, como um enorme badalo, perdi a hora, cheguei atrasada hoje, e no caminho enquanto todos me ligavam pra perguntar como eu estava, me perguntava  se ano que vêm haverá outra festa.

 

Saldo:

Ganhei dois presentes que amei, um monte de coisas boas, uma enorme ressaca e uma bela briga. Até que num foi tão ruim né?

 

Não bastasse eu só querer minha cama, hoje tem jantar com o pessoal aqui do escritório, e eu com essa cara de ontem. Ow shipet!

 

Enfim, um enorme obrigada a todos que de alguma forma tentaram me fazer ter um feliz aniversário (Keila, Dedé, Lou, Cleyton, Rafa, Dautinho, Digo, Dani, Gabi, Camila, Fé, Marcel, Gafa, Thiago, Aimam, Silvio,Denis, Dennão). Dos amigos, desculpa mas eu tenho os melhores.



postado por 38849 as 01:01:46 2 comentários
quinta, 14 dezembro, 2006
Aniversário - parte 1

Incrivel o fato de que eu escrevo melhor quando estou triste.

Uma vez ouvi que você não precisa deixar de amar alguém se entende que esse alguém muda.

Complicado né?

Minha fase ruim parece não acabar, e esse é o pior inferno astral do qual tenho lembrança.

Logo eu que sempre enfrento tudo, agora deixo essa crise no meu trabalho abalar tudo em minha vida. Talvez minha irmã tenha razão, preciso voltar pra terapia.

Odeio aniversários sabia? Tenho lembrança de anivesários até meus 5 anos de idade, bolo guaraná, brigadeiro, cajuzinho, humm. Minha vó, mamãe, meus amiguinhos da rua...

Depois deste lembro que o do ano passado me fez ficar feliz como ha muito não ficava, fiz uma festa e todos meus amigos próximos estavam lá, meus irmãos, nossa muito bom, sentir que você é amado, mesmo não gostando de aniversário toda vez que decidi comemora-lo queria pelo menos que meus amores estivessem lá, não ligo se eu não receber presente, mas fico triste se alguém querido esquecer (hoje na era do orkut fica mais fácil vai?)

Este ano resolvi comemorar num barzinho que costumava bater cartão com meus amigos, no começo do ano, vai ser bom ter todo mundo perto, lembrar a bagunça de tempos atrás, e quem sabe recarregar as baterias.

Minhas férias coletivas estão chegando, mas eu nunca quis tanto ser demitida de algum lugar como eu quero agora, sinto que só quando isso acontecer as coisas voltam ao normal, envelheci uns dez anos nesse ultimo mês, tudo me irrita, vivo pedindo desculpas para as pessoas que amo, por algo que fiz ou que falei, cá entre nós isso é péssimo né?

Tento manter as minhas relações pessoas, que afinal não tem nada a ver com isso, mas o meu trabalho tem me sugado, sabe quando você joga sal em uma lesma? Me sinto assim, já disse que não vou desistir agora, até porque não quero perder quem está a minha volta, por causa das minhas crises. Mas sinceramente não sei mais o que fazer, acho que a paciência de todo mundo tem limite né?

Todo dia quando acordo peço a Deus forças pra encarar mais um dia, paciência, e discernimento, porque já estou perdendo a noção dos acontecimentos.

Uso meu blog pra desabafar, mas tenho muito medo de como as pessoas que lêem ele possam interpretar o que escrevo.

Bom chega por hoje né, (vou concertar a minha asa quebrada e descansar), talvez seja melhor eu ficar no meu cantinho, e não dizer nada para não magoar ninguém, até que isso tudo passe.

 

“ Estamos tão longe e tão perto também/ e anjos nos dizem amém/ fiquei trabalhando até tarde/ mas não vou dormir sem dizer/ que eu juro/ te juro amor eterno/eu juro, te juro amor eterno/ sem você aqui paraíso sem cor/sem você aqui primavera sem flor.. “

 

Amor, já nem sei mais como te pedir desculpa pela forma como estou me comportando, espero que meu olhar te diga todas as coisas que não consigo mentir, só posso dizer mil vezes obrigada por toda a compreensão.



postado por 38849 as 12:13:17 0 comentários
Reecontro

Quanto eu esperei!
Ansioso queria te ver
E te falar o que há em mim
Já não podia me conter

Me decidi, Senhor
Hoje quero rasgar meu viver
E te mostrar meu coração
Tudo que tenho e sou

E por mais que me falem, não vou desistir!
Eu sei que nada sou, por isso estou aqui
Mas eu sei que o amor que o Senhor tem por mim
É muito mais que o meu, sou gota derramada no mar

Quanto tempo também o Senhor me esperou
Nas tardes encontrou saudade em meu lugar
Mas ao me ver na estrada ao longe voltar
Num salto se alegrou e foi correndo me encontrar

E não me perguntou nem por onde eu andei
Dos bens que eu gastei, mais nada me restou
Mas olhando em meus olhos somente me amou
E ao me beijar, me acolheu
num abraço de pai


Abraço de Pai -  Composição:Walmir Alencar/ Voz: banda Vida Reluz

Essa musica marcou há alguns anos atrás o meu reencontro com Deus, ainda hoje me emociono ao ouvi-lá, e toda vez que estou triste ela me conforta.

Entaum um poquinho dela pra vcs..

Bjos



postado por 38849 as 11:35:03 1 comentários
quarta, 06 dezembro, 2006
Everything - o clipe

Cutaaaaaaaa...

http://www.youtube.com/watch?v=Oao58LsKn64



postado por 38849 as 05:28:20 0 comentários
Everything

I can be an asshole of the grandest kind
I can withhold like it's going out of style
I can be the moodiest baby
And you've never met anyone as negative
As I am sometimes

I am the wisest woman you've ever met
I am the kindest soul with whom you've connected
I have the bravest heart that you've ever seen
And you've never met anyone who is as positive
As I am sometimes

You see everything you see every part
You see all my light and you love my dark
You dig everything of which I'm ashamed
There’s not anything to which you can't relate
And you're still here

I blame everyone else not my own partaking
My passive-aggressiveness can be devastating
I’m terrified and mistrusting
And you've never met anyone who is as closed down as I am sometimes

You see everything you see every part
You see all my light and you love my dark
You dig everything of which I'm ashamed
There’s not anything to which you can't relate
And you're still here

But I resist persist and speaks none of them i know
But I resist your love no matter how low or high i go

I'm the funniest woman that you've ever known
I'm the dullest woman that you've ever known
I'm the most gorgeous woman you've ever known
And you've never met anyone as everything as I am sometimes

You see everything you see every part
You see all my light and you love my dark
You dig everything of which I'm ashamed
There’s not anything to which you can't relate
And you're still here


Everything - Alanis Morissette

Para meu amor.. porque isso é tudo o que eu acho que sou..!!



postado por 38849 as 05:23:53 0 comentários
Perfil
38849
Meu Perfil

Meus Links
>> Blog Grátis
Criar Blog
Manta Absorvente de Óleo
Hoteis

Palavras-Chave
>> Mudando

Favoritos
There is a light that never goes out.
Universo Paralelo
VIVENDO INTENSAMENTE
orquidea
°°°Wany§am°°°
mais...

adicionar aos meus favoritos


Colaboradores do Blog


Comunidades
Não há comunidades.

Posts Anteriores
>> SOU DELE
>> 2007
>> Ah o Amor..
>> Escuta aqui
>> Sexo é escolha amor é sorte.
>> Aniversário – parte 2 – A festa.
>> Aniversário - parte 1
>> Reecontro
>> Everything - o clipe
>> Everything

Arquivos
02/01/2007
01/01/2007
12/01/2006
11/01/2006
10/01/2006

5529 acessos
CRIAR BLOG GRATIS   
..