There is a light that never goes out.
There is a light that never goes out.

quarta, 20 junho, 2007
Carnival of Rust (tradução).

Você respira o nome, de seu salvador, em sua hora de necessidade ?
E sente o gosto da culpa, se o sabor, te lembrar a ganância
De implicação, insinuação e o mal decidirá, até que você não possa mentir
Em meio a esse tumulto antes que ele escave e impeça, traga ele perto para mata-lo

Venha suprir a chuva
Pois anceio pelo seu amor, dançando sob os céus do desejo
Yeah alimente a chuva
Pois sem o seu amor minha vida não passa de um carnaval de ferrugem

É tudo um jogo, evitando falhar, quando as verdadeiras cores irão sangrar
Tudo em nome do mal comportamento e das coisas que nós não precisamos
Eu desejo que além nenhum desatre possa tocar, nos tocar nunca mais
E mais do que nunca, eu desejo nunca cair (em tentação)
Onde o bastante não é o mesmo que era antes

Venha suprir a chuva
Pois anceio pelo seu amor, dançando sob os céus do desejo
Yeah alimente a chuva
Pois sem o seu amor minha vida não passa de um carnaval de ferrugem

Não va embora, não va embora, oh, quando o mundo está queimando
Não va embora, não va embora, oh, quando o coração está desejando.



postado por 29579 as 02:05:48
0 comentários:

Comente este post
Início
Perfil
29579
Meu Perfil

Meus Links
>> Blog Grátis
Criar Blog
Manta Absorvente de Óleo
Hoteis

Palavras-Chave
>> sexo
>> drogas
>> e
>> poetas

Favoritos
Folha em Branco
DA CAATINGA AO DIMBÓ
All you feel.
Poetizando
Universo Paralelo
mais...

adicionar aos meus favoritos


Colaboradores do Blog


Comunidades
Não há comunidades.

Posts Anteriores
>> Você não me conhece.
>> Pure Morning (tradução).
>> Dia dos namorados.
>> Um lugar triste.
>> Losing ground (tradução).
>> Não o deixe ir.
>> Hope (tradução).
>> Para muitos...
>> O Papa é pop.
>> Jeremy (tradução).

Arquivos

17724 acessos
CRIAR BLOG GRATIS   
..