Conheça Moçambique e Ame!
Conheça Moçambique e Ame!

Segunda, 21 Novembro, 2005
Praias, flora e fauna

A costa de Moçambique, voltada ao Índico, pela sua extensão, orografia e clima, é rica em todo o tipo de praias e berço de muitas espécies marinhas, algumas das quais em vias de extinção.

No Norte predominam as praias rochosas, enquanto no Centro, junto das embocaduras dos rios, se localizam as praias lodosas confinadas por extensos mangais e no Sul prevalecem as praias arenosas, com dunas altas e cobertas de vegetação rasteira.

Paralelamente à Costa, ilhas isoladas ou agrupadas em pequenos arquipélagos, algumas dispondo de boas estruturas turísticas, proporcionam a observação de variada vegetação e fauna ímpar.

Nelas se podem encontrar monumentos históricos que assinalam a passagem de árabes e europeus, águas transparentes que convidam à natação e ao mergulho, barreiras de coral de uma beleza extraordinária com ecossistemas ricos espécies piscícolas cuja captura é o alvo mais desejado pelos amantes da pesca desportiva.

Entre as muitas praias que se estendem ao longo da costa, salientam-se, por mais conhecidas ou dispondo de melhores estruturas de apoio aos visitantes, as de Pemba, Bazaruto, Bilene, Inhaca, Inhambane Marracuene, Murrangulo, Ponta de Ouro, Ponta de Malongane, Tofo, Xai-Xai, Zongoene, Ilha de Moçambique, Fernão Veloso em Nacala, Chocas em Mossuril, Vilanculos, Inhassoro.
 


Moçambique é rico em fauna e flora, terrestres e marítimas. A orografia e o clima determinam três tipos de vegetação: floresta densa nas terras altas do Norte e Centro do País, floresta aberta e savana no Sul e, na zona costeira, os mangais.


Estes ecossistemas constituem o habitat de espécies selvagens como elefantes, leões, leopardos, chitas, hipopótamos, antílopes, tartarugas e grande número de aves.  A esta riqueza associam-se belas paisagens, quer nas zonas altas, quer nas zonas costeiras.

Para possibilitar aos visitantes uma vivência com esta riqueza, em grande parte afectada pela guerra, estão em recuperação parques, como o de Gorongosa que foi um dos melhores de África, reservas especiais de que se destacam a de Maputo, rica em elefantes, e a de Marromeu na foz do Zambeze onde predomina o búfalo, e reservas parciais como a de Gilé e a de Niassa respectivamente a nordeste de Quelimane e nas margens de rio Rovuma.


Também no parque da reserva natural de Bazaruto se podem avistar aves exóticas, recifes de corais e espécies marinhas protegidas como dugongos, golfinhos e tartarugas marinhas.

Fonte:www.turismomocambique.co.mz Begin Before  Next 

postado por 4414 as 12:14:08
0 comentários:

Comente este post
Início
Perfil
4414
Meu Perfil

Meus Links
>> Blog Grátis
Criar Blog
Manta Absorvente de Óleo
Hoteis

Palavras-Chave
>> Praias

Favoritos
Não há favoritos.

adicionar aos meus favoritos


Colaboradores do Blog


Comunidades
Fatinho

Posts Anteriores
>> UMA VENDA NÃO OCORRE AO ACASO
>> História de Moçambique
>> POTENCIALIDADES TURÍSTICAS DE MOÇAMBIQUE POR REGIÕES E PROVÍNCIAS
>> CONHEÇA MOÇAMBIQUE E AME!
>> Histórias
>> Próverbios
>> Anedotas
>> Textos

Arquivos
2007, 17 Setembro
2006, 20 Novembro
2006, 20 Março
2006, 09 Janeiro
2006, 02 Janeiro
2005, 19 Dezembro
2005, 21 Novembro
2005, 14 Novembro
2005, 07 Novembro
2005, 24 Outubro
2005, 09 Outubro
2005, 26 Setembro
2005, 19 Setembro
2005, 12 Setembro

29126 acessos
CRIAR BLOG GRATIS   
..