TEXTOS JORNALÍSTICOS E POEMAS
TEXTOS JORNALÍSTICOS E POEMAS
sábado, 12 julho, 2008
O NAMORO DO SOL COM A CHUVA (POEMA)

Do terraço-mirante da casa do sítio
Que apelidei de Vale Luminoso
Homenagem ao “Sendero...”
Vejo um espetáculo brilhante
Lá no horizonte da Serra Geral.
São, talvez, centenas de quilômetros que minhas vistas
Percorrem em fração mínima de segundo.
Testemunho quando o sol e a chuva dão as mãos
Para um passeio matutino.
A chuva são lágrimas de emoção do azul celeste
Em contemplar a paisagem das alterosas.
O sol, esse sedutor maduro e vivido,
Mas incansável no labor de produzir vida,
Usa o seu manto luminoso e seus beijos quentes
Tentando sorver as gotas voláteis.
A emoção que emana desse fenomenal namoro
Surge na forma de um inefável espectro multicolorido.
Eu, espectador mudo
Assisto embasbacado a tudo
Mergulho no meu desejo infrene de viver
Este momento em sua plenitude.


postado por 81534 as 09:12:09




0 comentários:
Comente este post
Início
Perfil
81534
Meu Perfil

Meus Links
Blog Grátis
Criar Blog
Manta Absorvente de Óleo
Hoteis

Palavras-Chave
Paisagem
Espectro
Viver

Favoritos
TEXTOS JORNALÍSTICOS E POEMAS
mais...

adicionar aos meus favoritos


Colaboradores do Blog


Comunidades
Não há comunidades.

Posts Anteriores
JARDIM DE ILUSÕES (POEMA)
OSMOSE (POEMA)
QUEM SOU EU (POEMA)
PREDESTINAÇÃO
O ESTRESSE BOM E O ESTRESSE MAU
FIDEL, O INTELECTUAL
ESCRAVOS DA MÍDIA
AS MULTINACIONAIS E O DESTINO DO MUNDO
A “LEI ÁUREA” REALMENTE TROUXE A ABOLIÇÃO?
EDUCAÇÃO DOMÉSTICA PARA A DESONESTIDADE E O EGOÍSMO

Arquivos
2009, 01 julho
2009, 01 março
2008, 01 julho
2008, 01 junho
2008, 01 maio
2008, 01 abril
2008, 01 março
2008, 01 fevereiro
2008, 01 janeiro
2007, 01 dezembro
2007, 01 novembro

24986 acessos


CRIAR BLOG GRATIS   
..