Jonas P. Barbosa
Jonas P. Barbosa
domingo, 01 janeiro, 2012
UMA IGREJA COM PROPÓSITOS - PARTE 1

É assim que chamarão nossa Igreja: Uma Igreja com propósitos.

Uma Igreja sem propósitos está predestinada a fracassar em sua missão primordial quanto ao resgate dos perdidos. Uma Igreja sem propósitos é uma igreja sem metas, sem objetivos, sem direção e sem uma missão. Portanto, uma Igreja com propósitos é uma igreja que sabe definir suas metas, sabe planejar seus objetivos e tendo uma sábia direção, a missão tornar-se-á possível, pois não há impossível para Deus (Gn. 18:14a).

A Palavra é clara ao dizer que “assim como é o sacerdote, é o povo” (Os. 4:9a), ou seja, a igreja, o povo é uma extensão exata do altar. Se no altar há fogo, haverá fogo no pátio e no arraial onde o povo se encontra. Se há ausência de fogo no altar, o pátio e o arraial irá se dispersar a procura de alguma faísca de fogo e o risco de se encontrar fogo estranho (leia-se um fogo que não saiu diretamente do altar) por aí é muito grande.

Em cartas enviadas às sete Igrejas da Ásia a Palavra também é clara em nos revelar a quem essas cartas foram dirigidas: Ao anjo da igreja em Éfeso (Ap. 2:1); ao anjo da igreja em Esmirna (Ap.2:8); ao anjo da igreja em Pérgamo (Ap. 2:12); ao anjo da igreja em Tiatira (Ap. 2:18); ao anjo da igreja em Sardes (Ap.3:1); ao anjo da igreja em Filadélfia (Ap. 3:7) e ao anjo da igreja em Laodicéia (Ap. 3:14). Todas as cartas forma dirigidas aos pastores dessas igrejas.

Aqui aprendemos uma lição: quando Deus tem algo para ser revelado, Ele busca comunicar aos seus líderes primeiro. “Ouçam as minhas palavras; Quando entre vocês há um profeta do Senhor, a ele me revelo em visões, em sonhos falo com ele. Não é assim, porém, com meu servo Moisés, que é fiel em toda a minha casa. Com ele falo face a face, claramente, e não por enigmas; e ele vê a forma do Senhor.” (Nm. 12:6-8)  Essa passagem é muito conhecida quando se fala sobre rebelião, todavia, há uma verdade incontestável que podemos encontrar nesses versículos além do mote rebelião. É quando Deus revela “(...) Com ele [Moisés] falo face a face, claramente, e não por enigmas (...)”. Eu posso ser o melhor crente do mundo, porém, quando Deus quer revelar algo que irá fazer ou que Ele quer pedir ao seu povo, Ele jamais irá procurar pelo melhor crente do mundo, nem também falará por boca de profeta (embora seja esse um canal entre Deus e o povo), mas fará conhecido o seu intento a um líder espiritual do povo, ou seja, ao anjo que está na igreja em Governador Valadares, ao anjo que está na igreja em Nova Lima, ao anjo que está na igreja em Belo Horizonte, ao anjo que está na igreja em Araguaína, ao anjo da igreja que está em Manaus e ao anjo que está na igreja no Distrito Federal.

Ele fala aos anjos – aos responsáveis por um rebanho, seja ele grande ou pequeno, não importa.

E por esses dias tem falado ao anjo que está na igreja em Gov. Valadares. Para ser bem preciso, no Núcleo da Fé.

Nosso pastor [Pr. Antônio] ministrou no dia 08/02/2009 uma das mensagens mais desafiadoras que já ouvi nesses últimos anos de vida cristã. Desde a introdução do sermão expositivo fomos confrontados até à conclusão do mesmo. O texto foi baseado no livro de Mc. 9:14-29[1] [ a cura de um menino endemoninhado] o qual gostaria de compartilhar alguns tópicos para que meus leitores possam recuperar na memória a passagem bíblica. O episódio é do pai que leva seu filho até Jesus para que o Mestre o curasse de certa enfermidade provocada por espírito que o impedia de falar após uma tentativa frustrada dos discípulos de exorcismar os espíritos malignos que atuava no corpo daquela criança.

Mas a passagem é bem intrigante em alguns aspectos. Vejamos o verso que introduz a história: “Quando chegaram onde estavam os outros discípulos, viram uma grande multidão ao redor deles e os mestres da lei discutindo com eles (...) Perguntou Jesus: O que vocês estão discutindo? (vv. 14 e 16) Bem nem os discípulos respondem a Jesus e aparece um homem no meio da multidão e apresenta o caso de seu filho alegando que nem mesmo os discípulos (será que discursavam com os mestres da lei os passos observados para uma libertação completa? Acho pouco provável...) puderam ajuda-lo,e completa “Se podes fazer alguma coisa, tem compaixão de nós e ajuda-nos”(v.22).

Primeiro ponto salientado pelo nosso pastor: Por qual motivo você tem vindo à Presença de Deus? Aquele homem tinha um motivo plausível: a cura de seu filho. E é grande o interesse das pessoas em receber curas, prosperidade, respostas de alguma petição, bênçãos, etc, etc, etc... É errado isso? Não... ressalta nosso pastor!!! E o seu motivo? Qual é?? O que te tem trago à igreja todos esses anos? É claro que o ambiente fraternal é maravilhoso, o clima de unção é contagiante... Mas olha... Não é tudo. Precisa haver um motivo para ir até à presença de Deus.

Um ponto curioso da mensagem nesse tópico: aprendi que até mesmo satanás quando se apresenta diante de Deus, ele o faz com um propósito. Lembrem-se do caso de Jó? Num dia em que os filhos de Deus vieram se apresentar perante o Senhor, veio no meio deles satanás (Jó 1:6-12). E ele veio com um propósito e o restante do livro de Jó revela-nos esse propósito.



[1] O título da mensagem era “O segredo do sucesso físico, emocional e espiritual”.


postado por 92252 as 04:50:46 # 0 comentários
UMA IGREJA COM PROPÓSITOS - PARTE FINAL

Voltando a história de Marcos 9, o pai daquela criança tinha um propósito específico, mas acabou descobrindo o que os discípulos não havia descoberto a priori.

Observe as etapas dessa cura:

·        O pai se apresenta no meio da multidão (sai do anonimato);

·        Apresenta o caso a Jesus e relata o fracasso dos discípulos (a culpa era dos discípulos que não puderam operar o milagre? Eu pensava antes que a culpa poderia ser dos discípulos...)

·        Jesus pede detalhes do episódio (Ele se importa com o problema alheio);

·        Jesus repreende aos discípulos e pede para trazer o menino à sua presença;

·        Jesus pergunta ao pai do menino: ‘há quanto tempo ele está assim?’

·        O pai responde: ‘desde a infância’ (Aqui está a chave do dilema – o pai convivia com o problema do filho desde a infância e só agora se apresentava a Deus);

·        O pai ao clamar pela cura revela que não conhecia a Jesus, pois disse “Se podes alguma coisa... ajuda-nos”;

·        Jesus devolve a pergunta para ele “Se podes? Tudo é possível àquele que crê”;

·        O homem dá a resposta mais dúbia que já ouvimos e lemos “Eu creio, ajuda-me na minha falta de fé!” (E vem me falar que nunca agimos assim? Afirmamos que cremos, mas logo em seguida estamos pedindo a Deus por fé...)

·        Após expulsar o espírito que provocava tudo aquilo, Jesus é interrogado pelos discípulos: Por que não conseguimos expulsá-lo?

·        Jesus responde: “Essa espécie (outra tradução diz ‘casta’) só sai pela oração e pelo jejum” (Mc.9:28-29 NVI).

O segredo do sucesso estava revelado. Está baseado em duas palavras: oração e jejum. Está disposto a ter sua bênção? Lembra do primeiro tópico da mensagem? Qual é o seu objetivo em vir à presença de Deus? Adorá-lo? Amém... Honrá-lo?? Aleluia... Mas para quê? Tem que haver um motivo... Se não há um motivo de se chegar à presença de Deus corremos o perigo de sermos consumidos por nossa presunção. Nadabe e Abiú que o digam...

Está se sentindo confrontado?? Eu também fui ao ouvir a mensagem, e olha que estava ao vivo sendo confrontado.

Onde estava o problema do pai do menino e também dos discípulos? Na falta de jejum e oração – a dupla inseparável que quando “atua” faz sucesso...

Onde está o problema da igreja contemporânea? Na falta da dupla dinâmica: o jejum e a oração.

Por isso trilhei todo esse percurso para chegar até aqui, e se você leu até aqui está entendo o que estou compartilhando o que também recebi do Senhor.

Nossa igreja está entrando em uma fase de conquista, uma fase de “separação”, uma fase de propósitos... O desafio? Orar e jejuar por quarenta dias. Eu disse sim ao chamado, e você? O que responde ao Senhor??

Na próxima edição falo mais sobre o jejum que está mudando os rumos do nosso povo...

Prepare-se para alargar as fronteiras... E prepare-se também para receber a Shekinah em nossos dias... Valadares vai esquentar ainda mais!!!

Pastor, o ar-condicionado será bem-vindo, pois ao final do propósito, o povo irá gritar em uma só voz “Valadares é do Senhor Jesus”. Pois se os efésios tiveram fôlego para gritar durante duas horas “Grande é a Ártemis dos efésios” e a maior parte do povo nem sabia por que estava ali (cf. At. 19:32-34) muito mais gritaremos pois sabemos porque estamos aqui e para que fomos chamados!!! 

Quem não lê, mal fala, mal ouve, mal vê e mal crê.

Oremos pela paz em Jerusalém, por Israel e pelo Brasil.

Jonas P. Barbosa[1]



[1] Membro do Núcleo da Fé (IBL) em Gov. Valadares, MG. Professor de Língua Portuguesa, produção de textos e literatura brasileira. Graduado em Letras pela PUC Minas e pós-graduado em Língua Portuguesa pela UFMG. É articulista, ensaísta, resenhista e crítico literário em jornais e revistas cristãs.


postado por 92252 as 04:49:08 # 0 comentários
quarta, 31 março, 2010
Agenda 2010

Agenda 2010: no dia 11/04 (segundo domingo de Abril) estarei no MIR (Ministério Internacional da Renovação) do bairro Paulo VI em Belo Horizonte.

O MIR, do pr. Vinícius está ligado ao M12 do apóstolo Renê Terra Nova.

Aos meus intercessores: Motivos de oração

Que a Graça de Deus mais uma vez seja manifesta em nossa vida;

Que a ministração seja impactante àqueles que estarão presentes na celebração;

Que haja salvação de almas, afinal, esse é o nosso maior objetivo: Ganhar, consolidar, discipular e enviar!!!

Gpaz!!!


postado por 92252 as 11:40:26 # 0 comentários
 
Perfil
92252
Meu Perfil

Links
Blog Grátis

Palavras-Chave
acampamento
jovens

Favoritos
Jonas P. Barbosa
mais...

adicionar aos meus favoritos


Colaboradores do Blog


Comunidades
Não há comunidades.

Posts Anteriores
UMA IGREJA COM PROPÓSITOS - PARTE 1
UMA IGREJA COM PROPÓSITOS - PARTE FINAL
Agenda 2010
Acampamento de Jovens Nucleo São Marcos
A Cabana: A perda da Arte do Discernimento
A Cabana: A perda da Arte do Discernimento
A Cabana: A perda da Arte do Discernimento
A Cabana: A perda da Arte do Discernimento
O PROFETA DAS NAÇÕES estará na reunião de casais no Núcleo IBL São Marcos
O legado da família

Arquivos
2012, 01 janeiro
2011, 01 março
2010, 01 julho
2010, 01 março
2010, 01 fevereiro
2010, 01 janeiro
2009, 01 dezembro
2009, 01 novembro
2009, 01 outubro
2009, 01 setembro
2009, 01 abril
2009, 01 março
2009, 01 fevereiro
2009, 01 janeiro
2008, 01 novembro
2008, 01 junho
2008, 01 maio
2008, 01 abril
2008, 01 março

3784 acessos
CRIAR BLOG GRATIS   
..