Loucos por Matematica
Loucos por Matematica
quarta, 21 abril, 2010
GESTAR II


PROJETO “REDUZIR, REUTILIZAR, RECICLAR E REPENSAR O LIXO – UMA QUESTÃO DE CIDADANIA

1.      IDENTIFICAÇÃO:

UNIDADE ESCOLAR: Escola Municipal de Ensino Fundamental Horácio de Matos Júnior

ENDEREÇO: Av. Rosentino Botelho de Assunção Filho, S/n – Bairro Norberto Odebrecht – Ituberá (BA)

GESTOR: Roquinaldo Pires Tiago

ELABORAÇÃO: Professores participantes do GESTAR II de Matemática: Lindaura, Daniela, Rita e Maria da Lapa e Língua Portuguesa: Rita Kátia, Sandra e Sonia.

2.      OBJETO DO CONHECIMENTO:

Todas as disciplinas dos Turnos Matutino, Vespertino e Noturno do Ensino Fundamental II da Escola Municipal da EMEF Escola Horácio de Matos Júnior.

3.      PARTICIPAÇÃO E EXECUÇÃO:

      Gestores, corpo docente e discente da EMEF Horácio de Matos Júnior.

4.      EIXO TEMÁTICO: Meio Ambiente e Saúde -         Trabalho e Consumo

5.      DURAÇÃO: Setembro de 2009.

6.      PROBLEMÁTICA:

      É sabido a preocupante situação em que se encontra o ambiente cotidiano devido o descaso e a falta de informação por parte de toda população, levando assim o ambiente a sofrer inúmeras conseqüências provenientes da irresponsabilidade do homem que, para evitar gastos, opta por despejar no ambiente materiais que o degradam.

      Todo cidadão produz vários quilos de lixo por dia. O que é feito desse lixo? Se as pessoas reconhecem os graves problemas causados pelo despejo desordenado de lixo no ambiente por que não adotam novos hábitos? Qual o destino do lixo no município de Ituberá? Se a reciclagem do lixo traz tantos benefícios por que ela não é adotada pelos órgãos governamentais?

      Partindo deste pressuposto nós, comunidade escolar da EMEF Horácio de Matos Júnior, preocupados com tal problemática, e alicerçados na necessidade de termos um futuro próspero, em que as futuras gerações possam desfrutar de um ambiente mais saudável decidimos dar a nossa parcela de contribuição não só na sala de aula, como também em nossas casas, na comunidade, no município, enfim onde pudermos alcançar.

7.      HIPÓTESES:

·         Se produzirmos menos de lixo e adotarmos novos hábitos teremos melhor qualidade de vida.

·         Se analisarmos o destino final do lixo do município de Ituberá estaremos contribuindo para a formação de um cidadão mais crítico e atuante.

·         Se trabalharmos a problemática do lixo de forma ativa e consciente estaremos contribuindo para a formação de uma nova consciência e comportamento ecológico.

8.      REFERENCIAL TEÓRICO:

            Este projeto tem como fundamento a corrente construtivista dos teóricos Lev Vigotsky, Henry Wallon e Jean Piaget, entre outros – que partem do princípio de que o desenvolvimento da inteligência é determinado pelas ações mútuas entre o indivíduo e o meio.

            Preocupados com o aumento acelerado do lixo e as conseqüências desse processo para o meio ambiente, este projeto pretende dotar o aluno de condições para que este problematize a realidade, formule hipóteses a cerca dos problemas, planeje e execute investigações, analise de dados, estabeleça e critique as conclusões. 

            Enquanto cidadãos esperamos que os alunos construam e reconstruam seus próprios conceitos com base na exploração intelectual constante do seu meio, bem como possam fomentar posturas críticas criadoras, construtivistas, comunitárias, solidárias e comprometidas que os levem ao exercício pleno da cidadania.

9.      OBJETIVO GERAL:

      Conscientizar os alunos sobre a importância de discutir a problemática do lixo, levando-os a adotar um comportamento ecológico que os levem ao exercício de uma cidadania plena e efetiva.

10.  DESENVOLVIMENTO:

  • LINGUA PORTUGUESA – Pesquisar, ler e interpretar textos; criar poesias; assistir, discutir e elaborar relatório de filmes que abordem a problemática do lixo.

  • MATEMÁTICA – Pesquisar dados estatísticos sobre o lixo do município de Ituberá, construindo tabelas e gráficos com os dados; realizar operações racionais ao analisar a renda familiar de pessoas que sobrevivem do lixo e o luxo obtido com o comércio da reciclagem.

  • GEOGRAFIA – Pesquisar a situação da Cascata Castro Alves que corta o município, como um dos maiores depósitos de esgoto e lixo a céu aberto.

  • HISTÓRIA – Resgatar a história do Bairro Norberto Odebrecht, onde está situada a Unidade Escolar, enfatizando a produção e coleta de lixo nesse período; entrevistar moradores do bairro.

  • CIÊNCIAS – Pesquisar os ecossistemas do município e as doenças resultantes da convivência com o lixo; visitar postos médicos e o lixão do município.

  • ARTES – Construir objetos a partir de materiais reutilizados.

  • 11. CRONOGRAMA:

  • 05 a 07 / 10      Assistir ao filme Ilha das Flores

  •                                  Estudo do Texto: Cidadania Ambiental

  • 08 a 16 / 10       Estudo e Pesquisa de temas relacionados ao lixo

  • 20 / 10              Visita ao lixão do município

  • 21 a 23 / 11       Entrevista com moradores

  • 26 / 10              Visita ao posto médico

  • 27/10 a 06/11    Confecção de objetos com material reutilizado

  • 09 e 10/11         Elaboração de mural, painéis e gráficos com produções dos alunos

  • 13/11                Culminância do projeto com exposição de objetos com material reciclado.

  • 12. AVALIAÇÃO

          Tendo em vista a relevância do desempenho do educando na execução das ações propostas, nos aspectos procedimentais, atitudinais e conceituais e o desenvolvimento de habilidades e conhecimentos básicos necessários para construir instrumentos de compreensão da realidade e de participação em relações sociais, políticas e culturais, a avaliação terá como base os seguintes critérios:

    ·         nível de sensibilização no referente à conservação do meio ambiente e na participação espontânea na melhoria do contexto social no qual se insere;

    ·         Grau de autonomia, entusiasmo e criatividade na execução das tarefas;

    ·         Controle emocional;

    ·         Conhecimentos sistemáticos dos conteúdos pesquisados;

    ·         Capacidade de integração e colaboração com colegas;

    ·         Nível de conscientização de que a cidadania requer participação social e política;

    ·         participação ativa na execução de todas as etapas do projeto.

    13. ANÁLISE DOS RESULTADOS

                A proposta do projeto foi muito bem aceita pela direção da escola, professores e alunos. Na verdade ele veio na hora certa (grifo de alguns alunos), pois há muito vínhamos nos questionamos a cerca do que estamos fazendo para preservar o nosso meio ambiente e, principalmente, o que podíamos fazer para melhor o aspecto físico da escola e diminuir a quantidade de lixo jogada ao chão na área da escola.

          Partimos de problematizações como: Quantos quilos de lixo o cidadão produz? O que é feito desse lixo? Como levar as pessoas a adotarem novos hábitos em relação ao lixo? Se a reciclagem traz tantos benefícios porque ela não é adotada pelos órgãos governamentais? Após a análise da problematização lançamos a proposta: Reduzir, reutilizar, reciclar e repensar. Nem todas as ações propostas puderam ser efetivadas como a visita ao lixão e ao posto médico e as entrevistas com moradores, haja vista mudanças no calendário escolar e, além disso, a escola não possui Coordenação Pedagógica o que dificultou um maior entrosamento entre os alunos. 

          As ações primeiras ações desenvolvidas foram leitura do texto “Cidadania Ambiental”, reflexão sobre o filme A Ilha das Flores. A partir daí a comunidade escolar foi sensibilizada a participar do projeto. Toda a comunidade escolar, com destaque para os alunos, participou de forma entusiasmada na execução do projeto.

          Os professores de Língua Portuguesa estudaram textos diversos sobre preservação ambiental e os alunos elaboraram uma cartilha contendo regras de limpezas a serem adotadas por toda a comunidade escolar. Os professores de Geografia levaram os alunos para visitar a Cascata Castro Alves que corta o município e as discussões giraram em torno de medidas para preservar a mata ciliar em volta da mesma para evitar escassez de água no município. Os professores de Ciências durante as aulas enfatizaram sobremaneira a preservação do ecossistema do município formado por remanescentes da Mata Atlântica e Manguezais. Na disciplina de Artes os professores realizaram oficinas para a confecção de objetos a partir de material reciclado mais comumente chamado de sucatas. Em Matemática foi trabalhada a questão da reciclagem e os números produzidos pelo lixo, com a elaboração de tabelas e gráficos.

          A culminância aconteceu com a exposição do material produzido pelos alunos, cartazes e murais. Toda a comunidade escolar visitou   a exposição que foi considerada um verdadeiro sucesso. Os alunos se sentiram valorizados ao expor seus trabalhos, o que efetivamente contribuiu para a melhoria da sua auto-estima. Mesmo após a culminância do projeto a proposta de: reduzir, reutilizar, reciclar e repensar continua, pois o exercício da cidadania ambiental é um processo permanente.


    postado por Lindaura Xavier as 04:59:17 #
    0 Comentários
    Comente este post!   |    <<< Voltar para Início

     
    Perfil
    loucospormatematica
    Meu Perfil

    Links
    Hotéis no Brasil
    Encontra Brasil
    Guia RJ
    Encontra Rio de Janeiro
    DNS Dinâmico
    Blog Grátis

    Palavras-Chave
    projeto

    Favoritos
    Loucos por Matematica
    mais...

    adicionar aos meus favoritos


    Colaboradores do Blog


    Comunidades
    Matemática é vida

    Posts Anteriores
    PROJETO INTERDISCIPLINAR
    LER E ESCREVER EM MATEMATICA
    Minha experiência com leitura
    FELIZ 2009!!!!
    A G R A D E C I M E N T O
    A Origem dos Números Negativos
    Poema com Números
    Cartoon
    Anjo e Professor
    Número de Ouro

    Arquivos
    2012, 01 maio
    2012, 01 abril
    2010, 01 agosto
    2010, 01 abril
    2009, 01 janeiro
    2008, 01 junho
    2008, 01 maio
    2008, 01 março
    2008, 01 janeiro
    2007, 01 novembro
    2007, 01 outubro

    9058 acessos
    CRIAR BLOG GRATIS
    ..