Blog da Mostra Cinema Conquista
Blog da Mostra Cinema Conquista
domingo, 18 novembro, 2007
   
Abertura da Mostra

Abertura da Mostra Cinema Conquista: homenagens, cinema e música.

por Michele do Carmo

Cinema, oficinas, seminário, lançamento de livros, shows e muita arte e cultura. Vitória da Conquista é palco da III Mostra Cinema Conquista – Um olhar para o novo cinema que começou ontem (dia 17/11) no Centro de Cultura Camilo de Jesus Lima.

Depois de duas edições com sede no tradicional Cine Madrigal, a Mostra 2007 excede as outras em números e grandeza. Com uma estrutura superior no quesito extensão, o Centro de Cultura dispõe de um espaço que possibilitou ampliar as atrações do evento. No foyer do local estão expostos cartazes de filmes, um quiosque para venda de livros, mostragem de material reciclado, além do bar vendendo lanches e bebidas. Tudo isso se transformou em um ponto agradável de encontro e até mesmo uma área mais que descontraída para jornalistas realizarem suas entrevistas e anotações. Na parte externa, foi montado um palco onde terão apresentações de atrações musicais locais todos os dias após as projeções da noite.

Na entrada do Teatro foi distribuído um folder com toda a programação do Centro de Cultura, da Cine Tenda Brasil (montada no BairroBrasil) e da Mostra Cine Cidadão (que percorrerá vários bairros da cidade). Os espectadores também receberam uma edição especial do Jornal- laboratório Oficina de Notícias produzido por estudantes do Curso de Comunicação Social –Jornalismo da Uesb com matérias sobre alguns filmes e vídeos, homenagem ao cineasta Glauber Rocha  e a Esmon Primo (coordenador do evento), entrevistas e depoimentos.

A abertura, marcada para as 19:30, teve início quase uma hora depois. Nada que comprometesse o evento, afinal estavam todos em clima de confraternização. A solenidade contou com a “comissão de frente” dos realizadores e apoiadores do evento: o prefeito professor José Raimundo Fontes,o reitor da Uesb, Abel Rebouças, o secretário de cultura e lazer do município Gildelson Felício, o coordenador geral da Mostra Esmon Primo, dentro outros.

O primeiro a se pronunciar foi o reitor da Uesb. Abel falou sobre a importância do apoio da universidade em eventos como a Mostra não sópara comunidade acadêmica mas como também para o incentivo à cultura para toda comunidade conquistense. O reitor ainda confessou ficar admirado com a valorização do cinema brasileiro na Europa, após ter prestigiado uma mostra de cinema latino-americano na Espanha.

Com um discurso caloroso, o prefeito José Raimundo Fontes saudou Esmon Primo pela presença incessante na cultura da cidade e arrancou aplausos do público em uma  homenagem póstuma a  Jorge Melquisedeque, idealizador juntamente com Esmon do Projeto Janela Indiscreta que há 15 anos leva o cinema para a comunidade, desenvolvendo debates e incentivando a apreciação da Sétima Arte. O Prefeito também comentou sobre a importância de valorizar o cinema nacional não só como entretenimento mas como uma forma de reconhecer a nossa própria identidade cultural e assim escapar do “imperialismo dos Estados Unidos” na questão cinematográfica.

Este ano a Mostra Cinema Conquista assumiu completamente sua brasilidade. Durante 8 dias serão projetados 22 longas e 42 curtas-metragem exclusivamente nacionais. Para começar as projeções o longa escolhido foi “Eu me lembro” (BA/BR 2006) do diretor baiano Edgard Navarro que marcou presença apresentando seu filme. Navarro (que ganhou um troféu em homenagem), ostentando um bom humor especial, foi aplaudido ao confessar que não conseguiu seguir o protocolo ao não cumprimentar a “comissão de frente”. Disse se sentir verdadeiramente lisonjeado por ser convidado a participar da Mostra em Vitória da Conquista, terra de Glauber Rocha, e segundo ele, uma cidade espiritualizada por estar mais perto do céu (devido a altitude). O diretor encerra contando que estava em “estado de graça, cheirando a bumbum de bebê” (fazendo alusão à música de Gilberto Gil, “Palco”).

Depois da projeção de “Eu me lembro” e das perguntas e respostas dos cinéfilos com o diretor, foi entregue um troféu ao teatrólogo Gildásio Leite, grande homenageado da Mostra.

O encerramento ficou por conta da banda de reggae Ramainaia.

Bom lembrar que para qualquer exibição de vídeos, longas ou curtas, a entrada é franca

Veja a programação completa clicando aqui

Fotos da noite, clique aqui.


postado por as 02:18:16 #
   
   
0 Comentários

Comente este post! | <<< Voltar para Início

   
   



Posts Anteriores
Filme Mostra
Homenagem
Inscrições
Mostra
Entrevista
entrevista
Grade de filmes
Mercado cinematográfico
Programação
Mesas

Arquivos
2007, 01 dezembro
2007, 01 novembro

6087 acessos
CRIAR BLOG GRATIS   
..