NOVA TEBAS
NOVA TEBAS
25 fevereiro 2010
Noticias


Nova Tebas decreta situação de emergência

As chuvas torrenciais que caíram na região central no sábado, dia 28 de novembro, causaram muita destruição no município de Nova Tebas.
Praticamente todas as comunidades rurais foram afetadas, com a destruição de bueiros, queda de barreiras e pontes, além de prejuízos nas lavouras.
Mas o maior número de famílias afetadas foi na comunidade de Bairro dos Martas, próximo a divisa com o município de Arapuã.
O forte volume de chuvas fez com que as águas do Rio Corumbataí, que divide Nova Tebas e Arapuã subiu aproximadamente 15 metros, acima do seu nível normal, causando um rastro de destruição por onde passou. A força da correnteza arrancou árvores das margens e invadiu as propriedades rurais. Casas que ficam a mais de 80 metros do rio chegaram a ser invadidas pela água. Em alguns pontos o leito do Corumbataí avançou mais de 150 metros além da calha normal
Moradores contaram que a água do Rio Corumbataí começou a subir de repente. O agricultor Manoel Schemoller contou que água começou a subir por volta das 19h00. No início ele chamou os vizinhos para ajudar a levantar os móveis, mas não acreditava que a água fosse subir tanto. “Quando nós terminamos de erguer tudo, fomos pra o outro lado da casa e quase que não conseguimos sair, a correnteza foi tão forte que começou a arrastar a gente, para nossa sorte, nos conseguimos segurar em um arame farpado que servia para pendurar a roupa e nós agarramos nele, para conseguir sair daqui”, contou o agricultor.
A água chegou a aproximadamente 1,70 metro dentro da casa, arrancando parte de uma parede de madeira. Todos os móveis, eletrodomésticos, roupas e pertences pessoais foram atingidos pela inundação. Até uma motocicleta Yamaha XTZ 125 ficou totalmente submersa. Ele comentou que a chuva parou por volta das 18h30 e até este momento o nível do rio estava normal. “O rio estava normal, estava subindo, mas de forma normal, foi como coisa de 15 minutos, nós começamos a arrastar as coisas e daí não deu tempo de mais nada”, citou.
O senhor Jose Barbosa também ficou assustado com a força da natureza. Ele comentou que mora há 40 anos às margens do Corumbataí e jamais havia visto uma situação como está. A água não chegou a entrar em sua residência, que fica há pelo menos 70 metros do leito, mas parte de uma plantação de uva, que já estava em ponto de frutificação, horta e estufa foram totalmente destruídas pela água.
A prefeita Heloisa Jensen já decretou a situação de emergência e está em contato com as autoridades estaduais para conseguir recursos para apoiar as famílias atingidas pelas enchentes. Além disso, pelo menos 10 pontes e diversos bueiros rodaram em todo o município. Duas pontes sobre o rio Vorá, com mais de 40 metros também foram destruídas. Pelo menos 3 localidades estão isoladas.
Segundo informações apenas na tarde e início da noite do sábado, choveu cerca de 180 milímetros em Nova Tebas, o que é quase o volume total do mês de novembro todo. (Paraná Centro)

Postado por Junior Dias às 13:38 1 comentários

Já pode passar... a ponte foi reconstruída...


postado por 115380 as 09:29:03 #
1 Comentários

Érikinha:
esse foi o dia em que a população viveu um dos maiores dramas
segunda, agosto 23, 2010 02:46  

Comente este post!   |    <<< Voltar para Início

 
Perfil
115380
Meu Perfil



Links
Hotéis no Brasil
DNS Grátis
Criar Blog
Blog Grátis
Hoteis

Palavras-Chave
Noticias

Favoritos
NOVA TEBAS
mais...

adicionar aos meus favoritos


Colaboradores do Blog


Comunidades
Nova Tebas

Posts Anteriores
Noticias
Coral
congresso
enquete
Hino de Nova Tebas
Caminhada
COMUNIDADES DO ORKUT NOVA TEBAS
Festa em Comemoração ao Padroeiro São Pedro Apóstolo
São Pedro Apóstolo
Lista Telefonica Nova Tebas

Arquivos
2011, 21 abril
2010, 31 outubro
2010, 03 outubro
2010, 01 setembro
2010, 08 março
2010, 26 fevereiro
2010, 25 fevereiro
2009, 23 outubro
2009, 03 julho
2009, 29 junho
2009, 14 maio
2009, 13 maio
2009, 29 abril
2009, 03 abril
2009, 02 abril

5483 acessos
CRIAR BLOG GRATIS   
..