orquidea
orquidea
domingo, 18 julho, 2010
Pensar no ontem e no hoje

“Na verdade, temos a mania de ter tudo sob nosso controle!

Experimente colocar seus sentimentos no lugar certo. Isso significa que estes devem estar a serviço de nosso crescimento como cristãos e como seres humanos.

Preste atenção! Quando somos machucados, costumamos nos rebelar, invadir espaços, desrespeitar pessoas, perder o controle... E somos capazes de muitas coisas! Por isso, será nosso contínuo exercício educar os sentimentos, e isso significa colocá-los sempre a serviço de nosso crescimento, santidade.... Eles podem ser, na verdade, o nosso caminho de perfeição exatamente porque estão sempre revelando alguma verdade sobre nós mesmos.”  Ricardo Sá

 

Estive meditando e na verdade ainda estou procurando algumas certezas em meu coração. Decisões que tomei no passado e hoje tem peso enorme na minha vida.

Tenho percebido que muitas coisas que sonhei e que desejo ate mesmo realizar preciso desistir ou ocultar por um bem que não sei se é tão maior assim... Mas em nome da privacidade de minha família o que deveria ser alegre e natural tem se tornado um peso que não tenho suportado carregar sozinha... O peso dos meus sentimentos...

Esses tempos atrás fui questionada se me arrependi do que fiz, a minha resposta foi não, minha decisão foi verídica e seria a mesma no dia de hoje, mas as conseqüências e o rumo de como as coisas foram se dando foi completamente diferente do que imaginei.

Confesso que tem sido uma luta perene colocar meus sentimentos no lugar devido, ainda que muitos pensem e afirmem que agiria diferente de mim.

Preciso encontrar dentro do meu coração a Barbara de ontem e a Barbara que hoje tem os mesmos princípios anteriores, enfrentando a ela mesma pelo que acredita.

Infelizmente sou como muitos que em certos momentos perdem o controle, se rebela, sofre... Mas como mulher de Deus sabe que é necessário parar e colocar os sentimentos a serviço da santidade. Se ninguém percebe o quanto se passa em meu coração e a dimensão dessa realidade que me dói, Deus vê e recolhe minhas lagrimas. Já nem sei mais me explicar a tantos que procuram me compreender ou me julgam por essa luta.

 Se um dia ela terá fim, eu já nem sei, a única coisa é que não posso me perder pelo bem da minha família. Que meu sim seja sempre sim e meu não sempre não.

Talvez você esteja padecendo pelas conseqüências de suas decisões no passado, mas se você acreditou e ainda acredita que fez o melhor e o correto siga em frente, mesmo que todo o mundo esteja mostrando o que deveria ser feito ontem e hoje, siga o seu coração. Admito que não será fácil, mas você terá a felicidade de ser autentico, de ser quem realmente é.

Estou gerando uma vida, daqui a pouquinho minha estrelinha estará em meus braços porque já está em minha vida... Serei o espelho dela, ensinarei a compreender as verdades que professo,não posso dar qualquer coisa para meus filhos mas testemunhar com minha vida que vale a pena crer.

Assumamos as verdades e nossas decisões, vamos em frente mesmo sofrendo, mesmo que de alguma forma ou em algum momento dê vontade de jogar tudo para cima. Fiquemos com o que é justo,verdadeiro,nobre e santo...Deus estará até o fim conosco.

 Há uma musica que sempre rezo com ela e que traduz o que sinto nessa minha luta e quero partilhá-la com você:

Deus Me Ama

 

Ziza Fernandes

 

Deus sabe muito bem
Como eu sou
E não se impressiona
Com o que eu faço

Deus sabe muito bem
Como estou
Lutando pra acertar
Em cada passo

Conhece bem as noites mal dormidas
E as lágrimas tão caras nesta vida
Mas há esperança pra quem quer buscar
Amor verdadeiro é querer amar

Hoje eu sei que Deus me ama
Muito mais que eu possa cantar
Mais além dessas palavras
Que o vento vai levar

Barbara Cardoso



postado por 17987 as 06:58:58 0 comentários




terça, 22 junho, 2010
Quem ama não perde tempo II

Quem ama não perde tempo

                                                                        Pe. André Luna

Fique descalçoum pouco
Para sentir o chão
A alma precisa inspirar a vida
Que nasce abrindo a terra
E vai procurar a Luz de Deus

A vida viroucorreria
E perdeu a leveza da inspiração
A alma precisa abrir os olhos
Porque a fé se alimenta de esperança

Ainda temtempo de viver melhor
É nas pequenas coisas que Deus fala
O pai que vê o filho crescer
Descobriu o melhor da vida
É dentro de casa que o céu começa
Nas pequenas coisas de quem ama
E não perde tempo
Quem ama não perde tempo

Retomo a essa musica para partilhar diante desse tempo um pouco de como estou vivendo.

Há seis meses estou gestando uma vida dentro de mim, uma preciosidade de Deus que se movimenta e traz mais alegria e sentido a minha vida e ao matrimonio. Sempre soube que as boas coisas muitas vezes acontecem dentro de casa e tenho experimentado essa realidade com mais freqüência do que nunca.

Como muitos sabem estou casada há nove meses, nosso namoro foi um desafio, e o casamento tem sido uma descoberta diária. Mudei de cidade, de estado e acima de tudo de hábitos... Nesse tempo tenho ficado mais em casa do que propriamente vivendo as aventuras de trabalho e estudo, tenho tentado dedicar-me a família e criar bases solidas para tudo que virá numa nova etapa que está para começar em agosto com inicio das aulas e setembro com o nascimento da nossa pequena Maria Isabel.

Hoje, fim de junho, estou na Bahia sendo amada ecuidada pelos meus pais e irmãos. Aí está o sentido de casa novamente... É um tempo de ser cuidada e aproveitar para motivar os avós e tio para esse período de espera por mais um membro da família que há muito foi desejada e esperada..

Quero reter-mea célebre frase: Quem ama não perde tempo...

Ao meu esposoque me faz feliz a cada dia, que me completa, que faz surgir em mim o que é essencial e puro desde as virtudes quanto minhas limitações. Ao amor da minha vida que diariamente me permite olhar frente a frente com meus grandes medos eperceber o quanto ele (meu esposo) é importante para mim, o quanto a saudade e temor de perdê-lo para qualquer coisa ou pessoa é tão grande que me permite dar o melhor de mim para fazê-lo feliz.

Compreendo em você e com você que quem ama não perde tempo e nem pode perder, pois temos o hoje e o agora para sermos felizes. O passado não volta e nem é mutável o presente é tudo o que temos já o futuro é tão incerto que não podemos empregar o tempo no que há de vir se nem sabemos se ele virá.

Te amo meu amor e essa é a maior verdade que posso te dizer agora!

A minha filha que comigo caminha nesse tempo eu já há amo e não quero perder tempo com sonhos de amanha, mas viver cada experiência com você que se move e se manifesta acada instante e me permite descobrir a alegria de ser mãe e poder  te-la aqui dentro de mim!

Retorno para rematar as alegrias do meu coração com pedacinho da canção: “... Ainda tem tempode viver melhor
É nas pequenas coisas que Deus fala
O pai que vê o filho crescer
Descobriu o melhor da vida
É dentro de casa que o céu começa
Nas pequenas coisas de quem ama
E não perde tempo
Quem ama não perde tempo”

Estamosjuntos...sempre!

Bárbara Cardoso

Quero reter-mea célebre frase: Quem ama não perde tempo...

Ao meu esposoque me faz feliz a cada dia, que me completa, que faz surgir em mim o que é essencial e puro desde as virtudes quanto minhas limitações. Ao amor da minha vida que diariamente me permite olhar frente a frente com meus grandes medos eperceber o quanto ele (meu esposo) é importante para mim, o quanto a saudade e temor de perdê-lo para qualquer coisa ou pessoa é tão grande que me permite dar o melhor de mim para fazê-lo feliz.

Compreendo em você e com você que quem ama não perde tempo e nem pode perder, pois temos o hoje e o agora para sermos felizes. O passado não volta e nem é mutável o presente é tudo o que temos já o futuro é tão incerto que não podemos empregar o tempo no que há de vir se nem sabemos se ele virá.

Te amo meu amor e essa é a maior verdade que posso te dizer agora!

A minha filha que comigo caminha nesse tempo eu já há amo e não quero perder tempo com sonhos de amanha, mas viver cada experiência com você que se move e se manifesta acada instante e me permite descobrir a alegria de ser mãe e poder  te-la aqui dentro de mim!

Retorno para rematar as alegrias do meu coração com pedacinho da canção: “... Ainda tem tempode viver melhor
É nas pequenas coisas que Deus fala
O pai que vê o filho crescer
Descobriu o melhor da vida
É dentro de casa que o céu começa
Nas pequenas coisas de quem ama
E não perde tempo
Quem ama não perde tempo”

Estamosjuntos...sempre!

Bárbara Cardoso

Hoje, fim de junho, estou na Bahia sendo amada ecuidada pelos meus pais e irmãos. Aí está o sentido de casa novamente... É um tempo de ser cuidada e aproveitar para motivar os avós e tio para esse período de espera por mais um membro da família que há muito foi desejada e esperada..

Quero reter-mea célebre frase: Quem ama não perde tempo...

Ao meu esposoque me faz feliz a cada dia, que me completa, que faz surgir em mim o que é essencial e puro desde as virtudes quanto minhas limitações. Ao amor da minha vida que diariamente me permite olhar frente a frente com meus grandes medos eperceber o quanto ele (meu esposo) é importante para mim, o quanto a saudade e temor de perdê-lo para qualquer coisa ou pessoa é tão grande que me permite dar o melhor de mim para fazê-lo feliz.

Compreendo em você e com você que quem ama não perde tempo e nem pode perder, pois temos o hoje e o agora para sermos felizes. O passado não volta e nem é mutável o presente é tudo o que temos já o futuro é tão incerto que não podemos empregar o tempo no que há de vir se nem sabemos se ele virá.

Te amo meu amor e essa é a maior verdade que posso te dizer agora!

A minha filha que comigo caminha nesse tempo eu já há amo e não quero perder tempo com sonhos de amanha, mas viver cada experiência com você que se move e se manifesta acada instante e me permite descobrir a alegria de ser mãe e poder  te-la aqui dentro de mim!

Retorno para rematar as alegrias do meu coração com pedacinho da canção: “... Ainda tem tempode viver melhor
É nas pequenas coisas que Deus fala
O pai que vê o filho crescer
Descobriu o melhor da vida
É dentro de casa que o céu começa
Nas pequenas coisas de quem ama
E não perde tempo
Quem ama não perde tempo”

Estamosjuntos...sempre!

Bárbara Cardoso

Quero reter-mea célebre frase: Quem ama não perde tempo...

Ao meu esposoque me faz feliz a cada dia, que me completa, que faz surgir em mim o que é essencial e puro desde as virtudes quanto minhas limitações. Ao amor da minha vida que diariamente me permite olhar frente a frente com meus grandes medos eperceber o quanto ele (meu esposo) é importante para mim, o quanto a saudade e temor de perdê-lo para qualquer coisa ou pessoa é tão grande que me permite dar o melhor de mim para fazê-lo feliz.

Compreendo em você e com você que quem ama não perde tempo e nem pode perder, pois temos o hoje e o agora para sermos felizes. O passado não volta e nem é mutável o presente é tudo o que temos já o futuro é tão incerto que não podemos empregar o tempo no que há de vir se nem sabemos se ele virá.

Te amo meu amor e essa é a maior verdade que posso te dizer agora!

A minha filha que comigo caminha nesse tempo eu já há amo e não quero perder tempo com sonhos de amanha, mas viver cada experiência com você que se move e se manifesta acada instante e me permite descobrir a alegria de ser mãe e poder  te-la aqui dentro de mim!

Retorno para rematar as alegrias do meu coração com pedacinho da canção: “... Ainda tem tempode viver melhor
É nas pequenas coisas que Deus fala
O pai que vê o filho crescer
Descobriu o melhor da vida
É dentro de casa que o céu começa
Nas pequenas coisas de quem ama
E não perde tempo
Quem ama não perde tempo”

Estamosjuntos...sempre!

Bárbara Cardoso

Fique descalçoum pouco
Para sentir o chão
A alma precisa inspirar a vida
Que nasce abrindo a terra
E vai procurar a Luz de Deus

A vida viroucorreria
E perdeu a leveza da inspiração
A alma precisa abrir os olhos
Porque a fé se alimenta de esperança

Ainda temtempo de viver melhor
É nas pequenas coisas que Deus fala
O pai que vê o filho crescer
Descobriu o melhor da vida
É dentro de casa que o céu começa
Nas pequenas coisas de quem ama
E não perde tempo
Quem ama não perde tempo

Retomo a essa musica para partilhar diante desse tempo um pouco de como estou vivendo.

Há seis meses estou gestando uma vida dentro de mim, uma preciosidade de Deus que se movimenta e traz mais alegria e sentido a minha vida e ao matrimonio. Sempre soube que as boas coisas muitas vezes acontecem dentro de casa e tenho experimentado essa realidade com mais freqüência do que nunca.

Como muitos sabem estou casada há nove meses, nosso namoro foi um desafio, e o casamento tem sido uma descoberta diária. Mudei de cidade, de estado e acima de tudo de hábitos... Nesse tempo tenho ficado mais em casa do que propriamente vivendo as aventuras de trabalho e estudo, tenho tentado dedicar-me a família e criar bases solidas para tudo que virá numa nova etapa que está para começar em agosto com inicio das aulas e setembro com o nascimento da nossa pequena Maria Isabel.

Hoje, fim de junho, estou na Bahia sendo amada ecuidada pelos meus pais e irmãos. Aí está o sentido de casa novamente... É um tempo de ser cuidada e aproveitar para motivar os avós e tio para esse período de espera por mais um membro da família que há muito foi desejada e esperada..

Quero reter-mea célebre frase: Quem ama não perde tempo...

Ao meu esposoque me faz feliz a cada dia, que me completa, que faz surgir em mim o que é essencial e puro desde as virtudes quanto minhas limitações. Ao amor da minha vida que diariamente me permite olhar frente a frente com meus grandes medos eperceber o quanto ele (meu esposo) é importante para mim, o quanto a saudade e temor de perdê-lo para qualquer coisa ou pessoa é tão grande que me permite dar o melhor de mim para fazê-lo feliz.

Compreendo em você e com você que quem ama não perde tempo e nem pode perder, pois temos o hoje e o agora para sermos felizes. O passado não volta e nem é mutável o presente é tudo o que temos já o futuro é tão incerto que não podemos empregar o tempo no que há de vir se nem sabemos se ele virá.

Te amo meu amor e essa é a maior verdade que posso te dizer agora!

A minha filha que comigo caminha nesse tempo eu já há amo e não quero perder tempo com sonhos de amanha, mas viver cada experiência com você que se move e se manifesta acada instante e me permite descobrir a alegria de ser mãe e poder  te-la aqui dentro de mim!

Retorno para rematar as alegrias do meu coração com pedacinho da canção: “... Ainda tem tempode viver melhor
É nas pequenas coisas que Deus fala
O pai que vê o filho crescer
Descobriu o melhor da vida
É dentro de casa que o céu começa
Nas pequenas coisas de quem ama
E não perde tempo
Quem ama não perde tempo”

Estamosjuntos...sempre!

Bárbara Cardoso

Quero reter-mea célebre frase: Quem ama não perde tempo...

Ao meu esposoque me faz feliz a cada dia, que me completa, que faz surgir em mim o que é essencial e puro desde as virtudes quanto minhas limitações. Ao amor da minha vida que diariamente me permite olhar frente a frente com meus grandes medos eperceber o quanto ele (meu esposo) é importante para mim, o quanto a saudade e temor de perdê-lo para qualquer coisa ou pessoa é tão grande que me permite dar o melhor de mim para fazê-lo feliz.

Compreendo em você e com você que quem ama não perde tempo e nem pode perder, pois temos o hoje e o agora para sermos felizes. O passado não volta e nem é mutável o presente é tudo o que temos já o futuro é tão incerto que não podemos empregar o tempo no que há de vir se nem sabemos se ele virá.

Te amo meu amor e essa é a maior verdade que posso te dizer agora!

A minha filha que comigo caminha nesse tempo eu já há amo e não quero perder tempo com sonhos de amanha, mas viver cada experiência com você que se move e se manifesta acada instante e me permite descobrir a alegria de ser mãe e poder  te-la aqui dentro de mim!

Retorno para rematar as alegrias do meu coração com pedacinho da canção: “... Ainda tem tempode viver melhor
É nas pequenas coisas que Deus fala
O pai que vê o filho crescer
Descobriu o melhor da vida
É dentro de casa que o céu começa
Nas pequenas coisas de quem ama
E não perde tempo
Quem ama não perde tempo”

Estamosjuntos...sempre!

Bárbara Cardoso

Hoje, fim de junho, estou na Bahia sendo amada ecuidada pelos meus pais e irmãos. Aí está o sentido de casa novamente... É um tempo de ser cuidada e aproveitar para motivar os avós e tio para esse período de espera por mais um membro da família que há muito foi desejada e esperada..

Quero reter-mea célebre frase: Quem ama não perde tempo...

Ao meu esposoque me faz feliz a cada dia, que me completa, que faz surgir em mim o que é essencial e puro desde as virtudes quanto minhas limitações. Ao amor da minha vida que diariamente me permite olhar frente a frente com meus grandes medos eperceber o quanto ele (meu esposo) é importante para mim, o quanto a saudade e temor de perdê-lo para qualquer coisa ou pessoa é tão grande que me permite dar o melhor de mim para fazê-lo feliz.

Compreendo em você e com você que quem ama não perde tempo e nem pode perder, pois temos o hoje e o agora para sermos felizes. O passado não volta e nem é mutável o presente é tudo o que temos já o futuro é tão incerto que não podemos empregar o tempo no que há de vir se nem sabemos se ele virá.

Te amo meu amor e essa é a maior verdade que posso te dizer agora!

A minha filha que comigo caminha nesse tempo eu já há amo e não quero perder tempo com sonhos de amanha, mas viver cada experiência com você que se move e se manifesta acada instante e me permite descobrir a alegria de ser mãe e poder  te-la aqui dentro de mim!

Retorno para rematar as alegrias do meu coração com pedacinho da canção: “... Ainda tem tempode viver melhor
É nas pequenas coisas que Deus fala
O pai que vê o filho crescer
Descobriu o melhor da vida
É dentro de casa que o céu começa
Nas pequenas coisas de quem ama
E não perde tempo
Quem ama não perde tempo”

Estamosjuntos...sempre!

Bárbara Cardoso

Quero reter-mea célebre frase: Quem ama não perde tempo...

Ao meu esposoque me faz feliz a cada dia, que me completa, que faz surgir em mim o que é essencial e puro desde as virtudes quanto minhas limitações. Ao amor da minha vida que diariamente me permite olhar frente a frente com meus grandes medos eperceber o quanto ele (meu esposo) é importante para mim, o quanto a saudade e temor de perdê-lo para qualquer coisa ou pessoa é tão grande que me permite dar o melhor de mim para fazê-lo feliz.

Compreendo em você e com você que quem ama não perde tempo e nem pode perder, pois temos o hoje e o agora para sermos felizes. O passado não volta e nem é mutável o presente é tudo o que temos já o futuro é tão incerto que não podemos empregar o tempo no que há de vir se nem sabemos se ele virá.

Te amo meu amor e essa é a maior verdade que posso te dizer agora!

A minha filha que comigo caminha nesse tempo eu já há amo e não quero perder tempo com sonhos de amanha, mas viver cada experiência com você que se move e se manifesta acada instante e me permite descobrir a alegria de ser mãe e poder  te-la aqui dentro de mim!

Retorno para rematar as alegrias do meu coração com pedacinho da canção: “... Ainda tem tempode viver melhor
É nas pequenas coisas que Deus fala
O pai que vê o filho crescer
Descobriu o melhor da vida
É dentro de casa que o céu começa
Nas pequenas coisas de quem ama
E não perde tempo
Quem ama não perde tempo”

Estamosjuntos...sempre!

Bárbara Cardoso

                                                                        Pe. André Luna

Fique descalçoum pouco
Para sentir o chão
A alma precisa inspirar a vida
Que nasce abrindo a terra
E vai procurar a Luz de Deus

A vida viroucorreria
E perdeu a leveza da inspiração
A alma precisa abrir os olhos
Porque a fé se alimenta de esperança

Ainda temtempo de viver melhor
É nas pequenas coisas que Deus fala
O pai que vê o filho crescer
Descobriu o melhor da vida
É dentro de casa que o céu começa
Nas pequenas coisas de quem ama
E não perde tempo
Quem ama não perde tempo

Retomo a essa musica para partilhar diante desse tempo um pouco de como estou vivendo.

Há seis meses estou gestando uma vida dentro de mim, uma preciosidade de Deus que se movimenta e traz mais alegria e sentido a minha vida e ao matrimonio. Sempre soube que as boas coisas muitas vezes acontecem dentro de casa e tenho experimentado essa realidade com mais freqüência do que nunca.

Como muitos sabem estou casada há nove meses, nosso namoro foi um desafio, e o casamento tem sido uma descoberta diária. Mudei de cidade, de estado e acima de tudo de hábitos... Nesse tempo tenho ficado mais em casa do que propriamente vivendo as aventuras de trabalho e estudo, tenho tentado dedicar-me a família e criar bases solidas para tudo que virá numa nova etapa que está para começar em agosto com inicio das aulas e setembro com o nascimento da nossa pequena Maria Isabel.

Hoje, fim de junho, estou na Bahia sendo amada ecuidada pelos meus pais e irmãos. Aí está o sentido de casa novamente... É um tempo de ser cuidada e aproveitar para motivar os avós e tio para esse período de espera por mais um membro da família que há muito foi desejada e esperada..

Quero reter-mea célebre frase: Quem ama não perde tempo...

Ao meu esposoque me faz feliz a cada dia, que me completa, que faz surgir em mim o que é essencial e puro desde as virtudes quanto minhas limitações. Ao amor da minha vida que diariamente me permite olhar frente a frente com meus grandes medos eperceber o quanto ele (meu esposo) é importante para mim, o quanto a saudade e temor de perdê-lo para qualquer coisa ou pessoa é tão grande que me permite dar o melhor de mim para fazê-lo feliz.

Compreendo em você e com você que quem ama não perde tempo e nem pode perder, pois temos o hoje e o agora para sermos felizes. O passado não volta e nem é mutável o presente é tudo o que temos já o futuro é tão incerto que não podemos empregar o tempo no que há de vir se nem sabemos se ele virá.

Te amo meu amor e essa é a maior verdade que posso te dizer agora!

A minha filha que comigo caminha nesse tempo eu já há amo e não quero perder tempo com sonhos de amanha, mas viver cada experiência com você que se move e se manifesta acada instante e me permite descobrir a alegria de ser mãe e poder  te-la aqui dentro de mim!

Retorno para rematar as alegrias do meu coração com pedacinho da canção: “... Ainda tem tempode viver melhor
É nas pequenas coisas que Deus fala
O pai que vê o filho crescer
Descobriu o melhor da vida
É dentro de casa que o céu começa
Nas pequenas coisas de quem ama
E não perde tempo
Quem ama não perde tempo”

Estamosjuntos...sempre!

Bárbara Cardoso

Quero reter-mea célebre frase: Quem ama não perde tempo...

Ao meu esposoque me faz feliz a cada dia, que me completa, que faz surgir em mim o que é essencial e puro desde as virtudes quanto minhas limitações. Ao amor da minha vida que diariamente me permite olhar frente a frente com meus grandes medos eperceber o quanto ele (meu esposo) é importante para mim, o quanto a saudade e temor de perdê-lo para qualquer coisa ou pessoa é tão grande que me permite dar o melhor de mim para fazê-lo feliz.

Compreendo em você e com você que quem ama não perde tempo e nem pode perder, pois temos o hoje e o agora para sermos felizes. O passado não volta e nem é mutável o presente é tudo o que temos já o futuro é tão incerto que não podemos empregar o tempo no que há de vir se nem sabemos se ele virá.

Te amo meu amor e essa é a maior verdade que posso te dizer agora!

A minha filha que comigo caminha nesse tempo eu já há amo e não quero perder tempo com sonhos de amanha, mas viver cada experiência com você que se move e se manifesta acada instante e me permite descobrir a alegria de ser mãe e poder  te-la aqui dentro de mim!

Retorno para rematar as alegrias do meu coração com pedacinho da canção: “... Ainda tem tempode viver melhor
É nas pequenas coisas que Deus fala
O pai que vê o filho crescer
Descobriu o melhor da vida
É dentro de casa que o céu começa
Nas pequenas coisas de quem ama
E não perde tempo
Quem ama não perde tempo”

Estamosjuntos...sempre!

Bárbara Cardoso

Hoje, fim de junho, estou na Bahia sendo amada ecuidada pelos meus pais e irmãos. Aí está o sentido de casa novamente... É um tempo de ser cuidada e aproveitar para motivar os avós e tio para esse período de espera por mais um membro da família que há muito foi desejada e esperada..

Quero reter-mea célebre frase: Quem ama não perde tempo...

Ao meu esposoque me faz feliz a cada dia, que me completa, que faz surgir em mim o que é essencial e puro desde as virtudes quanto minhas limitações. Ao amor da minha vida que diariamente me permite olhar frente a frente com meus grandes medos eperceber o quanto ele (meu esposo) é importante para mim, o quanto a saudade e temor de perdê-lo para qualquer coisa ou pessoa é tão grande que me permite dar o melhor de mim para fazê-lo feliz.

Compreendo em você e com você que quem ama não perde tempo e nem pode perder, pois temos o hoje e o agora para sermos felizes. O passado não volta e nem é mutável o presente é tudo o que temos já o futuro é tão incerto que não podemos empregar o tempo no que há de vir se nem sabemos se ele virá.

Te amo meu amor e essa é a maior verdade que posso te dizer agora!

A minha filha que comigo caminha nesse tempo eu já há amo e não quero perder tempo com sonhos de amanha, mas viver cada experiência com você que se move e se manifesta acada instante e me permite descobrir a alegria de ser mãe e poder  te-la aqui dentro de mim!

Retorno para rematar as alegrias do meu coração com pedacinho da canção: “... Ainda tem tempode viver melhor
É nas pequenas coisas que Deus fala
O pai que vê o filho crescer
Descobriu o melhor da vida
É dentro de casa que o céu começa
Nas pequenas coisas de quem ama
E não perde tempo
Quem ama não perde tempo”

Estamosjuntos...sempre!

Bárbara Cardoso

Quero reter-mea célebre frase: Quem ama não perde tempo...

Ao meu esposoque me faz feliz a cada dia, que me completa, que faz surgir em mim o que é essencial e puro desde as virtudes quanto minhas limitações. Ao amor da minha vida que diariamente me permite olhar frente a frente com meus grandes medos eperceber o quanto ele (meu esposo) é importante para mim, o quanto a saudade e temor de perdê-lo para qualquer coisa ou pessoa é tão grande que me permite dar o melhor de mim para fazê-lo feliz.

Compreendo em você e com você que quem ama não perde tempo e nem pode perder, pois temos o hoje e o agora para sermos felizes. O passado não volta e nem é mutável o presente é tudo o que temos já o futuro é tão incerto que não podemos empregar o tempo no que há de vir se nem sabemos se ele virá.

Te amo meu amor e essa é a maior verdade que posso te dizer agora!

A minha filha que comigo caminha nesse tempo eu já há amo e não quero perder tempo com sonhos de amanha, mas viver cada experiência com você que se move e se manifesta acada instante e me permite descobrir a alegria de ser mãe e poder  te-la aqui dentro de mim!

Retorno para rematar as alegrias do meu coração com pedacinho da canção: “... Ainda tem tempode viver melhor
É nas pequenas coisas que Deus fala
O pai que vê o filho crescer
Descobriu o melhor da vida
É dentro de casa que o céu começa
Nas pequenas coisas de quem ama
E não perde tempo
Quem ama não perde tempo”

Estamosjuntos...sempre!

Bárbara Cardoso

Fique descalçoum pouco
Para sentir o chão
A alma precisa inspirar a vida
Que nasce abrindo a terra
E vai procurar a Luz de Deus

A vida viroucorreria
E perdeu a leveza da inspiração
A alma precisa abrir os olhos
Porque a fé se alimenta de esperança

Ainda temtempo de viver melhor
É nas pequenas coisas que Deus fala
O pai que vê o filho crescer
Descobriu o melhor da vida
É dentro de casa que o céu começa
Nas pequenas coisas de quem ama
E não perde tempo
Quem ama não perde tempo

Retomo a essa musica para partilhar diante desse tempo um pouco de como estou vivendo.

Há seis meses estou gestando uma vida dentro de mim, uma preciosidade de Deus que se movimenta e traz mais alegria e sentido a minha vida e ao matrimonio. Sempre soube que as boas coisas muitas vezes acontecem dentro de casa e tenho experimentado essa realidade com mais freqüência do que nunca.

Como muitos sabem estou casada há nove meses, nosso namoro foi um desafio, e o casamento tem sido uma descoberta diária. Mudei de cidade, de estado e acima de tudo de hábitos... Nesse tempo tenho ficado mais em casa do que propriamente vivendo as aventuras de trabalho e estudo, tenho tentado dedicar-me a família e criar bases solidas para tudo que virá numa nova etapa que está para começar em agosto com inicio das aulas e setembro com o nascimento da nossa pequena Maria Isabel.

Hoje, fim de junho, estou na Bahia sendo amada ecuidada pelos meus pais e irmãos. Aí está o sentido de casa novamente... É um tempo de ser cuidada e aproveitar para motivar os avós e tio para esse período de espera por mais um membro da família que há muito foi desejada e esperada..

Quero reter-mea célebre frase: Quem ama não perde tempo...

Ao meu esposoque me faz feliz a cada dia, que me completa, que faz surgir em mim o que é essencial e puro desde as virtudes quanto minhas limitações. Ao amor da minha vida que diariamente me permite olhar frente a frente com meus grandes medos eperceber o quanto ele (meu esposo) é importante para mim, o quanto a saudade e temor de perdê-lo para qualquer coisa ou pessoa é tão grande que me permite dar o melhor de mim para fazê-lo feliz.

Compreendo em você e com você que quem ama não perde tempo e nem pode perder, pois temos o hoje e o agora para sermos felizes. O passado não volta e nem é mutável o presente é tudo o que temos já o futuro é tão incerto que não podemos empregar o tempo no que há de vir se nem sabemos se ele virá.

Te amo meu amor e essa é a maior verdade que posso te dizer agora!

A minha filha que comigo caminha nesse tempo eu já há amo e não quero perder tempo com sonhos de amanha, mas viver cada experiência com você que se move e se manifesta acada instante e me permite descobrir a alegria de ser mãe e poder  te-la aqui dentro de mim!

Retorno para rematar as alegrias do meu coração com pedacinho da canção: “... Ainda tem tempode viver melhor
É nas pequenas coisas que Deus fala
O pai que vê o filho crescer
Descobriu o melhor da vida
É dentro de casa que o céu começa
Nas pequenas coisas de quem ama
E não perde tempo
Quem ama não perde tempo”

Estamosjuntos...sempre!

Bárbara Cardoso

Quero reter-mea célebre frase: Quem ama não perde tempo...

Ao meu esposoque me faz feliz a cada dia, que me completa, que faz surgir em mim o que é essencial e puro desde as virtudes quanto minhas limitações. Ao amor da minha vida que diariamente me permite olhar frente a frente com meus grandes medos eperceber o quanto ele (meu esposo) é importante para mim, o quanto a saudade e temor de perdê-lo para qualquer coisa ou pessoa é tão grande que me permite dar o melhor de mim para fazê-lo feliz.

Compreendo em você e com você que quem ama não perde tempo e nem pode perder, pois temos o hoje e o agora para sermos felizes. O passado não volta e nem é mutável o presente é tudo o que temos já o futuro é tão incerto que não podemos empregar o tempo no que há de vir se nem sabemos se ele virá.

Te amo meu amor e essa é a maior verdade que posso te dizer agora!

A minha filha que comigo caminha nesse tempo eu já há amo e não quero perder tempo com sonhos de amanha, mas viver cada experiência com você que se move e se manifesta acada instante e me permite descobrir a alegria de ser mãe e poder  te-la aqui dentro de mim!

Retorno para rematar as alegrias do meu coração com pedacinho da canção: “... Ainda tem tempode viver melhor
É nas pequenas coisas que Deus fala
O pai que vê o filho crescer
Descobriu o melhor da vida
É dentro de casa que o céu começa
Nas pequenas coisas de quem ama
E não perde tempo
Quem ama não perde tempo”

Estamosjuntos...sempre!

Bárbara Cardoso

Hoje, fim de junho, estou na Bahia sendo amada ecuidada pelos meus pais e irmãos. Aí está o sentido de casa novamente... É um tempo de ser cuidada e aproveitar para motivar os avós e tio para esse período de espera por mais um membro da família que há muito foi desejada e esperada..

Quero reter-mea célebre frase: Quem ama não perde tempo...

Ao meu esposoque me faz feliz a cada dia, que me completa, que faz surgir em mim o que é essencial e puro desde as virtudes quanto minhas limitações. Ao amor da minha vida que diariamente me permite olhar frente a frente com meus grandes medos eperceber o quanto ele (meu esposo) é importante para mim, o quanto a saudade e temor de perdê-lo para qualquer coisa ou pessoa é tão grande que me permite dar o melhor de mim para fazê-lo feliz.

Compreendo em você e com você que quem ama não perde tempo e nem pode perder, pois temos o hoje e o agora para sermos felizes. O passado não volta e nem é mutável o presente é tudo o que temos já o futuro é tão incerto que não podemos empregar o tempo no que há de vir se nem sabemos se ele virá.

Te amo meu amor e essa é a maior verdade que posso te dizer agora!

A minha filha que comigo caminha nesse tempo eu já há amo e não quero perder tempo com sonhos de amanha, mas viver cada experiência com você que se move e se manifesta acada instante e me permite descobrir a alegria de ser mãe e poder  te-la aqui dentro de mim!

Retorno para rematar as alegrias do meu coração com pedacinho da canção: “... Ainda tem tempode viver melhor
É nas pequenas coisas que Deus fala
O pai que vê o filho crescer
Descobriu o melhor da vida
É dentro de casa que o céu começa
Nas pequenas coisas de quem ama
E não perde tempo
Quem ama não perde tempo”

Estamosjuntos...sempre!

Bárbara Cardoso

Quero reter-mea célebre frase: Quem ama não perde tempo...

Ao meu esposoque me faz feliz a cada dia, que me completa, que faz surgir em mim o que é essencial e puro desde as virtudes quanto minhas limitações. Ao amor da minha vida que diariamente me permite olhar frente a frente com meus grandes medos eperceber o quanto ele (meu esposo) é importante para mim, o quanto a saudade e temor de perdê-lo para qualquer coisa ou pessoa é tão grande que me permite dar o melhor de mim para fazê-lo feliz.

Compreendo em você e com você que quem ama não perde tempo e nem pode perder, pois temos o hoje e o agora para sermos felizes. O passado não volta e nem é mutável o presente é tudo o que temos já o futuro é tão incerto que não podemos empregar o tempo no que há de vir se nem sabemos se ele virá.

Te amo meu amor e essa é a maior verdade que posso te dizer agora!

A minha filha que comigo caminha nesse tempo eu já há amo e não quero perder tempo com sonhos de amanha, mas viver cada experiência com você que se move e se manifesta acada instante e me permite descobrir a alegria de ser mãe e poder  te-la aqui dentro de mim!

Retorno para rematar as alegrias do meu coração com pedacinho da canção: “... Ainda tem tempode viver melhor
É nas pequenas coisas que Deus fala
O pai que vê o filho crescer
Descobriu o melhor da vida
É dentro de casa que o céu começa
Nas pequenas coisas de quem ama
E não perde tempo
Quem ama não perde tempo”

Estamosjuntos...sempre!

Bárbara Cardoso



postado por 17987 as 06:28:28 0 comentários




segunda, 21 junho, 2010
Para refletir...

Passando férias na casa dos meuspais numa cidadezinha do interior da Bahia vivenciei algo que parece comum nascidades grandes e em todo mundo, um assassinato. Para uma cidade de 31.133habitantes um morador desta é o protagonista desta tristerealidade.

Nos noticiários descreve-se:

Taxista é assassinado comrequinte de crueldade em Camacan

Duas pessoas foram presas na tarde desta segunda-feira,21, e confessaram o assassinato do taxista E. P. Silva, 52 anos. O corpo davítima foi encontrado nesta manhã às margens da BA 002, no km 11, trecho entreCamacan e o distrito de Jacareci, numa área da Fazenda Vila Vitória.

Segundo a polícia, o taxista foi morto com requinte decrueldade, com vários golpes de faca no tórax, costas, braços e pernas. Odelegado Jackson Silva não divulgou os nomes dos presos e disse que asdiligências continuam, porque há informações de que mais pessoas estãoenvolvidas no crime.

A hipótese inicial é que tenha sido vingança. Odelegado suspeita que os assassinos sejam os três passageiros que o taxistalevava para passar as festas juninas em Jacareci. A polícia ainda investigainformações sobre a possibilidade de o taxista também ter atuado comoagiota. 

Grande, como era conhecido, conduzia um Fiat Siena, corvermelha, quando foi atacado. Após matar o taxista, os criminosos abandonaram ocorpo em um matagal. O Siena foi jogado numa ribanceira e será levado paraperícia, em Itabuna, sul do Estado. A polícia suspeita que a vítima foi morta eteve o corpo jogado em local de difícil acesso, nas imediações da fazenda.

Taxista há mais de 20 anos, E. Silva era uma pessoa bemrelacionada e, aparentemente, não teria inimigos. Sua morte levou muitostaxistas à porta da delegacia, na tarde desta segunda, quando souberam daprisão de dois dos assassinos. Para evitar linchamento, no entanto, a polícialevou os dois presos para a Companhia de Polícia Militar.

Fonte: www.atarde.com.br/cidades/noticia.jsf?id=4293325

                                                                                                                                                                                                                       

O que me chama atenção não é o fato do assassinato, do homemser “aparentemente” bom e  amigo de quasetoda a cidade, mas o que me leva a escrever esse post é o retrato do ser humanoa cada dia que passa.

Espanta-me a crueldade e a frieza em não olhar o outro, nãoperceber a vida das pessoas que fazem parte de um ciclo familiar, que há muitosque dependem dele ou o amam. A cegueira pelo dinheiro ou pela cede de vingança avançapela mente de homens e mulheres que planejam ou não suprimir a vida de alguém.

Parece-me que estamos perdendo a noção de tudo... De vida ede morte, de verdade e mentira, estamos perdendo a grande arte da conversa, doentendimento, do ouvir e dar a oportunidade ao outro se explicar.

Sempre afirmei que acredito no ser humano, na possibilidadede mudanças e me pergunto hoje, será que essa realidade está lúcida dentro demim? A resposta é, se eu não lutar para crer nas novas oportunidades de mudaras nossas atitudes, deixo de crer que se possa viver nesse mundo e ser feliz.

Recorro emmuitos aspectos a psicologia ou melhor rsrsr a Freud que diz: "PERSONALIDADE É A ORGANIZAÇÃODINÂMICA DOS TRAÇOS NO INTERIOR DO "EU", FORMADOS A PARTIR DOS GENESPARTICULARES QUE HERDAMOS, DAS EXISTÊNCIAS SINGULARES QUE SUPORTAMOS E DASPERCEPÇÕES INDIVIDUAIS QUE TEMOS DO MUNDO, CAPAZES DE TORNAR CADA INDIVÍDUOÚNICO EM SUA MANEIRA DE SER E DE DESEMPENHAR O SEU PAPEL SOCIAL."

Ou seja,uniformizar o mundo e a humanidade,achando que todos são iguais e nuncamudaram, que todo homem age do mesmo jeito e toda mulher é tão igual que sómuda de endereço é o nosso grande erro, a espaçada que nos fecha as portas defazer a diferença na vida do outro,de agir com coerência e caridade.

Todos são passíveisa erros,mas punir ou melhor corrigir é antes de tudo uma ato de extrema consciência,reponsabilidadee ponderação.

Um assassinoprecisa sim ser penitenciado, porem cada julgamento,cada ação contra o melianteprecisar andar de braços dados com a justiça e a sabedria.

Que possamosnos rever, falar menos e observar mais cada pessoa, cada circunstância eaprender a agir no momento certo, da forma correta para podermos tornarmos omundo melhor.

BarbaraCardoso



postado por 17987 as 09:43:16 0 comentários




terça, 23 fevereiro, 2010
Viver

“A arte de viver é simplesmente a arte de conviver... simplesmente, disse eu? Mas como é difícil!” Mario Quintana

 

É certo que viver bem é uma aventura das mais deliciosas que se existe.

No entanto é necessário perceber que nessa trilha muitas vezes arriscada somos acompanhados por pessoas, seres humanos, conhecidos ou não que fazem com que a aventura se torne divertida, exaustiva e certamente dolorida. Viver com o outro não é fácil...Porque? É obvio, porque somos diferentes, pensamos de modo diferente e julgamos as possibilidades de encarar a vida de forma diferente.

O que não podemos perder de vista é que mesmo o outro sendo o nosso antônimo dentro dele há sempre algo interessante na qual completara a nossa caminhada rumo à felicidade.

A gente aprende a viver bem, quando damos qualidade a nossas conversas, as nossas atitudes e comportamentos. Você pode ate pensar diferente do outro e não concordar com que está lhe sendo oferecido, por isso a sabedoria de Salomão dizia que saber CALAR também é uma arte.

Se o outro durante o seu percurso te olha diferente, sente-se superior, continue o seu caminho sendo quem você é... superioridade não é quem tem mais ou sabe mais, porem é quem ama mais.

Não estou usando aqui de demagogia, eu também às vezes não sei viver bem com algumas pessoas, principalmente quando ferrenhamente me machucam e não percebe em meio a sua autovivencia que o pé que me pisa pode um dia tropeçar e a queda sempre será maior. O que faço? Às vezes caio na besteira de me afastar e não querer trilhar os mesmos caminhos... é impossível que isso aconteça a vida inteira, pois planeta Terra é pequeno e como o mundo da voltas um dia certamente eu e essa pessoa acabaremos cruzando pela vida, mas nesse tempo de afastamento vou trabalhando o meu interior para ser uma pessoa cortês, educada e acima de tudo oferecer o que há de bom em mim, como no perfume das flores.

Nem sempre retiramos as flores do caminho, mas sentimos o seu perfume por onde passamos, quando alguém que não me dou cruza meu caminho preciso deixar uma boa impressão de que eu sou superior, não por sou melhor, mas porque há amor em mim.

Madre Tereza de Calcutá dizia que não podemos permitir que ninguém saia da nossa presença sem se sentir bem.. é assim que eu quero e procuro viver.

Conviver é e sempre será estar com o outro, dar-se ao outro e está aberto a receber do outro, mesmo que aparentemente o outro nada tenha a me ofereçer, procure lá no fundo há sim, algo a acrescentar.

 

“Desejo que você

Não tenha medo da vida, tenha medo de não vivê-la.

Não há céu sem tempestades, nem caminhos sem acidentes.

Só é digno do pódio quem usa as derrotas para alcançá-lo.

Só é digno da sabedoria quem usa as lágrimas para irrigá-la.

Os frágeis usam a força; os fortes, a inteligência.

Seja um sonhador, mas una seus sonhos com disciplina,

Pois sonhos sem disciplina produzem pessoas frustradas.

Seja um debatedor de idéias. Lute pelo que você ama.

 

Augusto Cury”



postado por 17987 as 07:12:26 0 comentários




terça, 26 janeiro, 2010
Uma Flor Rara

 " Havia uma jovem muito rica, que tinha tudo: um marido maravilhoso, filhos perfeitos, um emprego que lhe pagava muitíssimo bem, uma família unida.

O estranho é que ela não conseguia conciliar tudo isso, o trabalho e os afazeres lhe ocupavam todo o tempo e a sua vida estava deficitária em algumas áreas.

Se o trabalho lhe consumia muito tempo, ela tirava dos filhos, se surgiam problemas, ela deixava de lado o marido...

E assim, as pessoas que ela amava eram sempre deixadas para depois. 

 Até que um dia, seu pai,um homem muito sábio,lhe deu um presente:uma flor muito cara e raríssima,da qual havia um apenas exemplar em todo o mundo. 

 E disse a ela: - Filha, esta flor vai te ajudar muito mais do que você imagina!

Você terá apenas que regá-la e podá-la de vez em quando, ás vezes conversar um pouquinho com ela, e ela te dará em troca esse perfume maravilhoso e essas lindas flores.

A jovem ficou muito emocionada, afinal a flor era de uma beleza sem igual.

Mas o tempo foi passando, os problemas surgiam, o trabalho consumia todo o seu tempo, e sua vida, que continuava confusa, não lhe permitia cuidar da flor.

Ela chegava em casa, olhava a flor e as flores ainda estavam lá, não mostravam sinal de fraqueza ou morte, apenas estavam lá, lindas, perfumadas. Então ela passava direto.

Até que um dia, sem mais nem menos, a flor morreu.

Ela chegou em casa e levou um susto! 

 Estava completamente morta, suas raízes estavam ressecadas, suas flores caídas e suas folhas amarelas.

A jovem chorou muito, e contou a seu pai o que havia acontecido.

Seu pai então respondeu: - Eu já imaginava que isso aconteceria, e eu não posso te dar outra flor, porque não existe outra igual a essa, ela era única, assim como seus filhos, seu marido e sua família.

Todos são bênçãos que o Senhor te deu, mas você tem que aprender a regá-los, podá-los e dar atenção a eles, pois assim como a flor, os sentimentos também morrem.

Você se acostumou a ver a flor sempre lá, sempre florida, sempre perfumada, e se esqueceu de cuidar dela.

Cuide das pessoas que você ama! "



postado por 17987 as 04:39:37 0 comentários




terça, 12 janeiro, 2010
tempo de abrir o coração

"Somente um coração livre do peso do passado pode dar espaço para as novidades que a vida oferece a cada amanhecer."

 

 É com essa frase que começo 2010. É um novo ano e pode realmente ser novo se deixarmos o que foi passado no passado.

 Eu sei que infelizmente algumas situações ainda parecem atreladas a nós, como sujeiras difíceis de sair, mas encará-las para que elas possam ser retiradas de nosso presente o mais rápido possível é a melhor opção.

  Entendam queridos, não fugir das situações desagradáveis, não esconder debaixo do tapete, não fingir que deixou no passado uma situação ainda não resolvida é certamente a via para começar bem esse novo tempo.

  Criar a ótica real das situações, respirar fundo e não empurrar com a barriga algo que pode ser resolvido é o que pretendo fazer!

  Saber dizer - se ao outro que está ao nosso lado, pedir ajuda, é de suma importância para trilhar um caminho de conquistas e realizações. Não podemos nada sozinho e o que nos parece aparentemente difícil Deus tem a resposta e certamente a solução para você e eu.

  Meu coração precisa está livre, há muitas novidades me esperando para esse ano de 2010 e se eu entulhar meu coração com decepções, mágoas e tantos sentimentos ruins perco a oportunidade de receber as maravilhas que o Senhor reservou para mim!

 Vamos assumir quem somos e como estamos e começar bem essa nova oportunidade de ser feliz

Feliz 2010!

 

Carinho, Bá



postado por 17987 as 06:51:36 0 comentários




sexta, 23 outubro, 2009
Intuição Feminina

Oi gente! Saudades de postar aqui, é que é tanta coisa acontecendo que mal tenho tempo para colocar as idéias em ordem.

Mas hoje quero partilhar com você uma frase que partilhei ontem, dizendo a ele: Olha confia em mim, acredite no que eu te digo porque eu sinto que não é por aí...

Ao escrever esse post vi uma frase interessante do Ricardo Sá que comprova o que digo:

Por que as mulheres estão sempre certas?

Na verdade, não é bem assim, embora elas demonstrem uma habilidade especial para exibir uma intuição toda particular a respeito de quase tudo que existe neste mundo!

Caso você não saiba, existe uma estatística que mostra um índice incrivelmente menor de acidentes automobilísticos quando elas estão no volante. Sabe por quê? É que elas foram presenteadas com a possibilidade de gerar a vida dentro de seus corpos e, desta forma, preservá-la é uma força maior nas mulheres do que em nós homens.”

Fui mais alem dessa tal intuição feminina e descobri que um dos especialistas,o Dr. Portner ,neurologista descreve:

“Pressentimento, feeling, sexto sentido. A nomenclatura não importa pois todos os sinônimos remetem à mesma coisa: a intuição, aquela percepção que não sabemos de onde vem, mas sabemos que existe. Um estalo, uma voz, um eco interior... E isso não tem absolutamente nada de sobrenatural! A ciência explica até o porquê dessa característica estar atrelada ao adjetivo "feminina". Quer ver?

"Temos cinco sentidos tradicionais (visão, audição, paladar, gustação e tato); a intuição seria uma sexta maneira de "sentir" algo. Na verdade, é a integração de todos os cinco - os estados internos do organismo e a mente racional - todos voltados para nos dar uma informação preciosa", explica o médico neurologista Martin Portner. E o determinante para que a intuição seja característica feminina tem nome e sobrenome: corpo caloso. "A ligação entre os dois hemisférios do cérebro é feita por uma ponte chamada de "corpo caloso". Cientistas de vários países já verificaram que nas mulheres, o tráfego de impulsos nervosos por esse canal é maior", explica o especialista. Isso não exclui a realidade dos homens também viverem esse processos,mas culturalmente, os homens têm maior dificuldade quando o assunto são as emoções. Desde bem pequenos são educados para reprimirem seus sentimentos para que se tornem fortes. Porem, rapazes, não fiquem tristes! É possível desenvolver um pouquinho desta percepção, tão comum entre as mulheres.

Uma boa parcela das mulheres pode integrar os circuitos cerebrais que detectam a possibilidade de que um dos filhos, que mora longe, pode estar precisando dela naquela instante. Esse é o mecanismo da intuição .

A intuição é, então, uma capacidade do cérebro que envolve o cruzamento de informações dos dois hemisférios: o esquerdo, que é racional, e o direito, emocional. "Se alguém se aproxima e sentimos um aperto no coração porque pressentimos uma má notícia, e se esta pessoa se prepara para acoplar o sentimento de aperto com informações mentais, poderá "saber" que a notícia tem relação com a saúde de alguém da família, por exemplo", descreve o Dr. Portner!”

Se eu tenho essa habilidade de ter intuição eu não posso comprovar, mas eu sinto muitas coisas e quase nunca erro quando afirmo algo.

É Senhores, escutem mais as mulheres que estão ao seu lado, certamente muitas adversidades podem ser evitadas... Nós, meninas, captamos o estado emocional de uma pessoa ouvindo o que ela diz e observando seus gestos e atitudes muito mais facilmente que muito homens.

“A mulher, mais do que o homem, é capaz de prever o curso dos factos e de dar conselhos, no sentido de harmonizar a conduta humana com o destino. Essa é a razão da sua invulnerabilidade e da sua santidade sacerdotal, como pode ser provado entre os címbrios." 

E. Neuman.”

                                                           Bárbara Cardoso

Sites pesquisados: http://www.cancaonova.com/musica/

http://msn.bolsademulher.com/estilo/materia/intuicao_feminina/51277/1



postado por 17987 as 03:59:24 0 comentários




segunda, 12 outubro, 2009
Aparecida e sua mensagem

             Deus se encantou com esta mulher e a fez sua Mãe!

 

   Bem escreveu Dom Helder Câmara, saudoso arcebispo de Recife e Olinda: "Não nos basta tua sombra, ó Mãe, comove-nos tua imagem!" É assim que nos sentimos diante da pequenina imagem da Senhora Aparecida. Como aconteceu esta "aparição"? A história é muito comentada, mas podemos nos perder nos detalhes e, por isso, arrisco contá-la numa pequena síntese.

   Em 1717, iria passar pelo nosso Vale do Paraíba o Conde de Assumar, uma visita ilustre para os pobres moradores da região ribeirinha. Fazia parte da viagem, passar pelo Porto de Itaguaçu, hoje cidade de Aparecida. Conta-se que iriam servir uma refeição para o Conde. O que tinham de melhor? Os peixes do Rio Paraíba. Mas o rio não estava para peixe. Com receio de não terem o que servir, pediram ajuda aos céus. Lançaram as redes, e nada. Até que pescaram o corpo de uma pequena imagem e, em seguida, veio para a rede à cabeça, da mesma imagem.

   Que imagem era essa? Uma imagem barroca, de terracota, da Imaculada Conceição. Acredita-se que esta imagem tenha sido lançada no Rio Paraíba na altura da cidade de Jacareí. Por sinal, bem junto à ponte que liga a Praça dos Três Poderes ao bairro São João, existe uma antiga capela dedicada a Nossa Senhora Aparecida. Mais um detalhe, a padroeira da Matriz de Jacareí é a Imaculada Conceição. A partir daí a pequenina imagem de cor morena, devido ao lodo do fundo do rio, passou a ter como casa a casa dos pescadores. Tempos depois improvisaram uma pequena capela.

   A fama da imagem foi crescendo. Qual imagem? Aquela "aparecida" nas águas do rio. Daí vem o nome, que se tornou nome de tantos e tantas: Aparecida. Alguém poderia se perguntar: qual a mensagem deixada? Como tantos outros já disseram, aqui registro o seguinte: a mensagem de Aparecida está ligada ao modo como apareceu e ao contexto histórico.

   A imagem da Imaculada Conceição traz Maria grávida de Jesus. É de uma mulher grávida. Maria vem para nos apresentar Jesus, para nos apresentar a Jesus. Isto é o que importa. A imagem está de mãos postas, como que rezando. A nós ela pede que façamos o que Jesus nos disser, a Ele ela intercede por nós: "Eles não têm mais vinho", como no Evangelho de João, no capítulo segundo. A cabeça e o corpo precisam ser unidos, como a Igreja Corpo Místico de Cristo precisa estar unida a "Cristo Cabeça". Sem Ele, cabeça deste corpo, nada somos e nada podemos. Ainda, a imagem vem para a barca dos pescadores. A barca é símbolo da Igreja nos Evangelhos. Maria entra na história do nosso povo, da Igreja no Brasil. A imagem brota das águas, como nós brotamos para a Igreja pelas águas purificadoras do Batismo. A imagem vem para os pequenos, para os pobres, e num período em que os negros viviam no regime da escravatura. Aí vem uma outra "coincidência": só em 1888 a imagem recebe uma "casa digna", que hoje chamamos de Basílica Velha. Parece-nos que ela esperou seus pobres filhos serem libertos para aceitar um presente melhor. A casa só veio quando seus filhos foram libertos. Ela é a Mãe Morena do povo brasileiro.

   Também quero sublinhar os presentes que o povo deu à imagenzinha: uma coroa, uma capa. Assim ela foi ornamentada. Deus se encantou com esta mulher e a fez sua Mãe. Ela, por sua vez, também nos encantou. Contemplando a pequenina imagem, vemos um esboço de sorriso em seus lábios. Ela é, sem dúvida alguma, o sorriso de Deus para a nossa gente, para todos nós!

 

Pe. Rinaldo Roberto de Rezende

Cura da Catedral de São Dimas

Retirada do Site: http://www.cancaonova.com/



postado por 17987 as 05:53:12 0 comentários




quarta, 16 setembro, 2009
Os alicerces de uma vida a dois

   Posso dizer que agora realmente começa mais uma etapa da minha vida... Deixei de ser a menininha do Papai para ser a Srª. Martins...Ainda não vivi quase nada da vida de casada, mas tenho aos poucos percebido que casar é viver a historia do outro é estar imersa(o) no que o outro tem de bom e de ruim.

   Partilho com você que estou muito feliz e que meu esposo é uma benção designada por Deus. Tenho muitos medos e ele, meu amado, sabe de cada um que angustia meu coração.

   Hoje posso dizer que o tripé do meu relacionamento é o Amor, o Respeito e a Fidelidade. Sem esse alicerce fincado ao chão, seguro e firme não poderíamos construir a partir de agora uma história de felicidade.

   Quero partilhar sobre esse Tripé, a começar pelo AMOR - Todo relacionamento se não tiver amor já não consegue sustentar-se por muito tempo. A Palavra de Deus diz: O amor é paciente, bom, tudo crer, suporta e espera, arrogância não tem, nem vaidade também, o amor é puro e somente sabe amar.

   Quando um relacionamento é baseado em sexo e interesses, ou pautado na fuga de não ficar só, ou fato de se não der certo separa, está fadado ao fim. Amar é um exercício constante de morrer muitas vezes para si mesmo para fazer o outro feliz. É perdoar a queda, é ter paciência com o tempo do outro, suportar muitas vezes a intempestividade do amado(a) e esperar para que Deus realize a obra restauradora.

   Aprendi em meu tempo de namoro e noivado a decidir-me pelo amor, com tudo q ele traz ao qual citei acima e hoje celebro a vitória de Deus por meio desse amor que ainda está em construção, mas que já tem alicerce fincado ao chão do meu coração.

   A segunda  perna do tripé é o RESPEITO - Na convivência a dois é preciso  aprender a respeitar o outro, respeitar o tempo de maturidade, respeitar a historia do parceiro, suas idéias, seus sonhos e projetos. Respeitar a identidade e acima de tudo respeitar o outro como ser humano.

   A frase típica de boa convivência é: Não faça ao outro o que não gostaria que fosse feito a você. Tentar se por no lugar do parceiro(a) é uma forma de respeito, de saber que cada pessoa merece que você de o melhor diariamente. Quem ama respeita, não sufoca, não invade, mas sim, valoriza o ser amado. Respeito é a expressão concreta do amor.

   E a terceira e ultima perna do tripé é a FIDELIDADE - A Deus, a seus princípios e principalmente ao seu cônjuge. É a peça fundamental para o bom relacionamento dos casais ou seja, a fidelidade é o íntimo compromisso que assumimos de cultivar, proteger e enriquecer a relação com outra pessoa, por respeito à sua dignidade e integridade, garantindo uma relação estável em um ambiente seguro e confiável, que favorece ao desenvolvimento integral e harmônico do casal. Sem esse tripé saudável  e consciente é impossível construir uma relação, ela está destinada ao fracasso por desvirtuar o propósito da mesma.

   Ser fiel custa trabalho, porque não existe a disposição a dar e a dar-se. É preciso não esquecer também que devemos ser cautelosos em nossos afetos e tratar com delicadeza e respeito às pessoas do sexo oposto, principalmente se já temos outra relação ou compromisso com alguma pessoa em particular. Uma coisa é a cortesia e o trato amável, outra muito diferente dos agrados, as excessivas atenções e a comunicação de sentimentos e inquietude pessoais; esses intercâmbios fazem crescer um afeto que irá mais além da amizade e da convivência profissional, ou da amizade porque a pessoa é envolvida em nossa vida, em nossa intimidade e sempre terá a mesma conseqüência: faltar com a fidelidade. Por isso é necessário ser muito cuidadoso com nosso trato no trabalho, na escola, com os amigos, com os familiares e em todos os lugares que freqüentamos.

   A fidelidade não é somente a emoção e o gosto de estar com uma pessoa, é a luta por deixarmos de pensar unicamente em nosso benefício, é encontrar nos defeitos e qualidades de ambos a oportunidade de ser melhores e assim levar uma vida feliz.

   Viver a fidelidade se traduz na alegria de compartilhar com alguém a própria vida, procurando a felicidade e a melhora pessoal de nosso companheiro, gerando estabilidade e confiança perduráveis, tendo como resultado o amor verdadeiro.

   É baseado nessas três realidades que eu e meu esposo buscamos estabelecer e construir nossa história de vida a dois.

   Rezem por nós, contamos com  o carinho e a presença espiritual de cada um em nosso matrimônio.

Estamos juntos, sempre!

Bárbara Cardoso

 



postado por 17987 as 01:06:49 0 comentários




segunda, 14 setembro, 2009
Deus nos uniu

Deus nos uniu

Parando e num instante olhar você
Eu posso tanta coisa perceber
E sei que ninguém mais, no mundo é capaz
De ver, tudo que eu vejo em você

A vida inteira passa num instante
Mas com você eu vivo muito mais
E sei que tanto fez, e sei que tanto faz
As lutas que nós temos que enfrentar
Foi o Espírito de Deus que é amor
Que nos uniu, e um dia enviou
Pra uma vida inteira, fazer acontecer
Amor eu só consigo com você

Tanta coisa veio e já passou
Eu sei também o tempo me roubou
Os sonhos que sonhei
Muito que eu desejei,
O amor permaneceu, e é você

O que a gente pode construir
Trazemos bem em nosso coração
Ninguém pode roubar, só nós vamos levar
O amor que cultivamos e cresceu.

Cd-Cantai Louvores- Laercio Oliveira

Amados, agora estou...CASADA!

Tempo Novo de Lutas e vitórias!

Obrigadão pelo carinho e pelas orações!

Bj,Bá



postado por 17987 as 11:31:25 0 comentários




quarta, 19 agosto, 2009
CASAMENTO

"Aonde quer que tu fores, irei eu e onde quer que pousares a noite, alí pousarei eu.O teu povo é o meu povo,o teu Deus é o meu Deus." Rute1,16

          Casamento do Deiber e da Barbara em SETEMBRO

                   Você é o nosso convidado!



postado por 17987 as 03:33:55 0 comentários




domingo, 09 agosto, 2009
Quando o sofrimento bater à sua porta

"Sofrer é como experimentar as inadequações da vida. Elas estão por toda parte. São geradas pelas nossas escolhas, mas também pelos condicionamentos dos quais somos vítimas.

Sofrimento é destino inevitável, porque é fruto do processo que nos torna humanos. O grande desafio é saber identificar o sofrimento que vale a pena ser sofrido.

Perdemos boa parte da vida com sofrimentos desnecessários, resultados de nossos desajustes, precariedades e falta de sabedoria. São os sofrimentos que nascem de nossa acomodação, quando, por força do hábito, nos acostumamos com o que temos de pior em nós mesmos.

Perdemos a oportunidade de saborear a vida só porque não aprendemos a ciência de administrar os problemas que nos afetam. Invertemos a ordem e a importância das coisas. Sofremos demais por aquilo que é de menos. E sofremos de menos por aquilo que seria realmente importante sofrer um pouco mais.

Sofrer é o mesmo que purificar. Só conhecemos verdadeiramente a essência das coisas à medida que as purificamos. O mesmo acontece na nossa vida. Nossos valores mais essenciais só serão conhecidos por nós mesmos se os submetermos ao processo da purificação.

Talvez, assim, descubramos um jeito de reconhecer as realidades que são essenciais em nossa vida. É só desvendarmos e elencarmos os maiores sofrimentos que já enfrentamos e quais foram os frutos que deles nasceram. Nossos maiores sofrimentos, os mais agudos. Por isso se transformam em valores.

O sofrimento parece conferir um selo de qualidade à vida, porque tem o dom de revesti-la de sacralidade, de retirá-la do comum e elevá-la à condição de sacrifício.

Sacrifício e sofrimento são faces de uma mesma realidade. O sofrimento pode ser também reconhecido como sacrifício, e sacrificar é ato de retirar do lugar comum, tornar sagrado, fazer santo. Essa é a mística cristã a respeito do sofrimento humano. Não há nada nesta vida, por mais trágico que possa nos parecer, que não esteja prenhe de motivos e ensinamentos que nos tornarão melhores. Tudo depende da lente que usamos para enxergar o que nos acontece. Tudo depende do que deixaremos demorar em nós.

Spinoza escreveu: "Percebi que todas as coisas que temia e receava só continham algo de bom ou de mau na medida em que o ânimo se deixava afetar por elas". O filósofo tem razão. A alegria ou a tristeza só poderão continuar dentro de nós à medida que nos deixamos afetar por suas causas. É questão de escolha. Dura, eu sei. Difícil, reconheço. Mas ninguém nos prometeu que seria fácil.

Se hoje a vida lhe apresenta motivos para sofrer, ouse olhá-los de uma forma diferente. Não aceite todo esse contexto de vida como causa já determinada para o seu fracasso. Não, não precisa ser assim.

Não aceite todo esse contexto de vida como causa já determinada para o seu fracasso. Não, não precisa ser assim.

Deixe-se afetar de um jeito novo por tudo isso que já parece tão velho. Sofrimentos não precisam ser estados definitivos. Eles podem ser apenas pontes, locais de travessia. Daqui a pouco você já estará do outro lado; modificado, amadurecido.

Certa vez, um velho sábio disse ao seu aluno que, ao longo de sua vida, ele descobriu ter dentro de si dois cães – um bravo e violento, e o outro manso, muito dócil. Diante daquela pequena história o aluno resolveu perguntar- E qual é o mais forte? O sábio respondeu – O que eu alimentar. O mesmo se dará conosco na lida como os sofrimentos da vida. Dentro de nós haverá sempre um embate estabelecido entre problema e solução. Vencerá aquele que nós decidirmos alimentar..."

Pe.Fabio de Melo



postado por 17987 as 02:22:28 0 comentários




sábado, 25 julho, 2009
Aprendiz

" Eu fico atento às pessoas que aprenderam a chorar
Eu sempre aprendo das pessoas que aprenderam a sorrir
De cada gota derramada, uma história pra contar
E da semente adormecida eis o fruto que colheu
Eu acredito nas pessoas que aprenderam a rezar
Eu hoje espero da pessoa que aprendeu acreditar

Se toda prece é uma espera quem espera acreditou
Numa presença escondida que no silêncio nos amou.
Quem aprendeu a chorar
Quem aprendeu a sorrir
Saboreou o fruto da presença que partiu
Ganhou maturidade e hoje pode ensinar:
Que choro e o riso passam qual poeira pelo ar."


Se toda prece é uma espera quem espera acreditou
Numa presença escondida que no silêncio nos amou.
Quem aprendeu a chorar
Quem aprendeu a sorrir
Saboreou o fruto da presença que partiu
Ganhou maturidade e hoje pode ensinar:
Que choro e o riso passam qual poeira pelo ar."

Paulo César



postado por 17987 as 03:51:55 0 comentários




sexta, 10 julho, 2009
Só o amor convence

 O homem sábio não quer apenas ser feliz, mas fazer o outro feliz. A sabedoria contagia e se apresenta com doçura. Se você faz as coisas com doçura as pessoas vão amá-lo profundamente, pois você as terá conquistado.

Dom Bosco diz que o jovem não precisa simplesmente saber que é amado, ele precisa de gestos concretos de amor. Existem coisas que são extremamente doces neste mundo, uma delas é o nosso nome. Como é bom quando alguém se lembra da gente, quando não só nos admira, mas nos ama!

Nós não trazemos as pessoas para Deus por meio da exortação, mas sim, por meio de gestos concretos de amor. Só o amor cura, só o amor transforma, só o amor convence. É esse sentimento nobre que nos leva a ultrapassar os nossos limites. "Nada pela força, tudo pelo amor!" afirma São Francisco de Sales. Nisso está o verdadeiro poder.

Quando nós nos colocamos a serviço de alguém essa pessoa entende que estamos lhe dando amor. As coisas simples e os gestos pequenos de carinho fazem grande diferença. Muitas vezes o que os seus familiares mais querem é a sua atenção. O que você pode fazer é se colocar ao alcance das pessoas. Se você quer atingi-las deve antes descobrir do que elas estão precisando.

Eu tenho quase certeza de que você já teve a oportunidade de ter sido colocado numa roda na qual o acusaram. É difícil quando as pessoas que consideramos como amigas participam de tal acusação. Isso dói no mais profundo da alma!

O que mais me impressiona na passagem que narra o encontro da mulher pecadora com Jesus (cf. João 8,1-11) é a maneira doce com que Nosso Senhor a trata. Ele não lançou nenhum olhar de acusação nem para a mulher nem para as pessoas que armaram aquela emboscada. Ele faz um desafio. Não foi Cristo quem os acusa, são suas consciências. O Senhor presta àquela mulher o maior serviço que alguém poderia prestar: Ele salva a vida dela.

Jesus conversa com aquela mulher, e ao fazê-lo ela O compreende. Não existe maneira de compreender as pessoas sem conversar com elas. Há quanto tempo você não pergunta à sua mãe como ela está?

Existe uma colaboração que só você pode dar, escute as pessoas que estão à sua volta. Só sabemos o quanto um sapato aperta o pé quando o calçamos. “Calce o sapato” do seu irmão para saber onde está apertando; entre na vida dele, seja participativo!

Você vai conseguir trazer as pessoas para Deus a partir da sua experiência. A nossa missão é fazer com que as pessoas amem a Jesus, que se tornem sensíveis ao Seu amor. Quando a gente ama, até o nosso silêncio fala.

Márcio Mendes



postado por 17987 as 09:36:11 0 comentários




Pedaços da amizade

Amizades são feitas de pedacinhos.

Pedacinhos de tempo que vivemos com cada pessoa.

Não importa a quantidade de tempo que passamos com cada amigo,

mas a qualidade do tempo que vivemos com cada um.

Cinco minutos podem ter uma importância muito maior do que um dia inteiro.

Assim, há amizades que são feitas de risos e dores compartilhados;

outras de escola; outras de saídas, cinemas, diversões;

há ainda aquelas que nascem à gente nem sabe de quê, mas que estão presentes.

Talvez essas sejam feitas de silêncios compreendidos,

ou de simpatia mútua sem explicação.

Hoje em dia, muitas amizades são feitas só de e-mails

e essas não são menos importantes.

São as famosas "amizades virtuais.

" Diferentes até, mas não menos importantes.

Aprendemos a amar as pessoas sem que possamos julgá-las

pela sua aparência ou modo de ser, sem que possamos

(e fazemos isso inconscientemente às vezes) etiquetá-las.

Há amizades muito profundas que são criadas assim.

Saint-Exupéry disse: "Foi o tempo que perdestes com tua rosa que fez

tua rosa tão importante." E eu digo que é o tempo que ganhamos

 com cada amigo que faz cada amigo tão importante.

Porque tempo gasto com amigos é tempo ganho, aproveitado, vivido.

São lembranças para cinco minutos depois ou anos até.

Um amigo se torna importante pra nós, e nós para ele, quando somos capazes,

mesmo na sua ausência, de rir ou chorar,

de sentir saudade e nesse instante trazer o outro bem pertinho da gente.

Dessa forma, podemos ter vários melhores amigos de diferentes maneiras.

O importante é saber aproveitar o máximo cada minuto vivido e ter depois

no baú das recordações horas para passar com os amigos,

mesmo quando estes estiverem longe dos nossos olhos.

Letícia Thompson



postado por 17987 as 08:18:09 0 comentários




terça, 30 junho, 2009
Auxiliar

“ Importante tratar os outros seres humanos exatamente como gostaríamos que eles nos tratassem...”

Tirado do livro o Monge e o Executivo



postado por 17987 as 08:06:33 0 comentários




sábado, 27 junho, 2009
Podemos mudar nossa história

Sim, esse título não é uma sugestão, mas uma concreta e alegre afirmação. É possível, é sempre possível mudar nossa história!

Percebo que o conformismo e a acomodação são dois grandes parasitas que perspassam o DNA de muita gente em nosso tempo, tempo por vezes tão confuso, que em várias situações acaba instaurando nas pessoas uma intensa letargia e um profundo sentimento de incapacidade.

Sim. Incapacidade diante dos problemas, das fraquezas, diante de fatos dolorosos que desejam – levianamente – definir o curso de nossa história.

É necessário que se creia que não se é aquilo que se sente, e que mesmo quando a tristeza e a incapacidade quiserem nos aprisionar, podemos e devemos resistir, acreditando na força que existe dentro de cada um de nós, no poder de superação, que muitos já definiram como: “Força dinâmica que anima a vida”.

Ao contrário do que muitos pensadores contemporâneos afirmaram, o homem não é um nada atirado no vazio da exitência, sem um “porquê” de existir, e sem “uma finalidade na existência”. O homem é um ser prenhe de significado, um ser que porta uma enorme capacidade de se superar e se autotranscender em cada instante de sua vida.

As contrariedades que enfrentamos não têm o poder de definir aquilo que seremos, nem mesmo nossos erros e fragilidades o têm. Tudo isso pode se tornar matéria-prima para realizarmos uma bela e contínua resignificação em nossa história, superando dores e conquistando vitórias. A vida se torna amiga de quem sabe observá-la...

Basta atentamente perceber o movimento presente na existência para compreender que dificuldades nem sempre são inimigas, mas, na maioria das vezes, elas vêm à luz com o intuito de fazer a vida ser mais e não menos. O sofrimento traz consigo uma força de novidade que infunde no coração capacidades que antes nem eram imaginadas por aquele que o vivencia.

Não é preciso temer o sofrimento, mas é preciso saber como reagir, como responder a ele. Ele pode e deve sempre formar e ensinar, e não se tornar uma muleta, na qual nos escondamos a vida toda. Ele tem o dom de nos fazer compreender a vida de uma forma como nunca a entenderíamos antes. Ele nos purifica e tira de nós o melhor. Por isso, diante de qualquer dor e derrota, o importante é sempre nutrir a certeza: “É possível mudar minha história!”, é possível crescer com as dores sempre aprendendo com elas.

Por maior que sejam as muralhas que se levantaram contra nós, essa esperança deve sempre povoar nosso coração: "Sou um vencedor, possuo em mim essa Força dinâmica de superação, que anima minha vida; posso vencer, pois essa Força de Deus habita em mim".

E mesmo quando somos nós os culpados, mesmo quando padecemos por conta de nossos próprios erros e fraquezas, é necessário entender que em Deus misericórdia não é passatempo, mas verdade eterna e derramada como perene possibilidade de recomeço e novidade, em qualquer fase ou circunstância da vida.

Quando se entende que a vida não pode ser subtraída a momentos isolados de limitação e que ela nasceu para sempre ser mais, para sempre crescer, a esperança pode fixar morada – mesmo em meio ao cansaço dos dias – naquele que caminha, alimentando-o com sua primavera e dando sabor e alegria a cada fragmento de tempo e presença que nessa terra empregamos.

Enfim, podemos mudar nossa história!, aliados à Graça, sempre poderemos!

Adriano Zandoná



postado por 17987 as 04:36:09 0 comentários




Diálogo, ato crucial para o entendimento

“A habilidade em saber expressar uma ideia, de maneira clara, elimina qualquer possibilidade de um mal-entendido. Como já foi citado em outros artigos (Comunicação pobre, relacionamentos vazios; A verdade não usa máscaras e O momento para se falar a verdade) quando algo não está progredindo, a melhor saída é o diálogo. Não há como duvidar da eficácia de uma conversa franca para estabelecer um bom nível dentro do relacionamento, necessidade que, além de fortalecer nossos objetivos, facilita a realização do propósito comum.

Na vida conjugal, as coisas que nos fazem investir em mudanças são aquelas que sabemos que vão ao encontro dos anseios de nosso cônjuge. Muitos casais, às vezes, conversam sobre tudo o que diz respeito à casa, aos filhos, entre outras coisas; contudo, falar das necessidades íntimas é que permite mostrar quem realmente somos.

Se percebermos uma infiltração no alicerce de uma casa e não tomarmos nenhuma providência, em breve, este imóvel estará com suas estruturas comprometidas. Da mesma maneira, no convívio a dois, é preciso falar daquilo que está nos consumindo por dentro. Mas, comentar sobre aquilo que não nos agrada nem sempre é fácil, pois, na necessidade de esclarecer nosso ponto de vista, naturalmente, teremos de confrontar opiniões.

Dentro das exigências do relacionamento está também o compromisso em conhecer e acolher o nosso cônjuge e sua opinião sobre aquilo que achamos provocar seu descontentamento. Nesse diálogo equilibrado teremos a oportunidade de defender ou justificar nossas atitudes e apresentar nossas objeções.

Nossos problemas podem parecer difíceis se tentarmos resolvê-los sozinhos. Há coisas que não mudam de um dia para o outro; tampouco podemos corrigir algo se desconhecemos o que desagrada a outra pessoa.

Todos nossos impasses têm solução e os desgastes emocionais podem ser aliviados quando contamos com a disposição e o comprometimento do nosso cônjuge para eliminar tudo aquilo que traz desequilíbrio no convívio. Entretanto, se uma possível desavença de opinião nos parece um obstáculo, maiores serão os desafios se – por medo ou insegurança – optarmos pelo silêncio.

Todos esses aprendizados e conquistas permitem ao casal se conhecer melhor para, juntos, alcançar seus propósitos. Uma boa conversa pode ser crucial para restabelecer a retomada do bom convívio, pois, a partir dos argumentos apresentados pela pessoa com quem nos relacionamos, novas estratégias poderão ser traçadas em comum acordo para equacionar uma situação delicada. Infelizmente, há pessoas que preferem recuar diante da necessidade de confrontar seus pontos de vista. Tentar se acomodar dentro de uma situação inaceitável poderá ser um engano, induzindo o outro a pensar que tudo está bem.

Particularmente, considero importante não nos conformarmos com aquilo que nos desagrada no relacionamento, pois o nosso cônjuge precisa saber daquilo que trazemos como preocupações, assim como dos desejos e prioridades acalentados em nosso coração.

Muitas vezes, podemos conversar sobre muitas outras coisas, mas não sobre aquelas situações que passam pelos anseios de nossa alma.

Abrir-se ao diálogo é o caminho que levará muitos casais ao sucesso de uma vida conjugal assumida em comum, sem, no entanto, perder o entusiasmo.

Deixar as coisas como estão, para descobrir aonde vão chegar, poderá ter um desfecho contrário ao que havíamos previsto para o tão sonhado convívio a dois.

Deus os abençoe! “

Dado Moura



postado por 17987 as 04:28:39 0 comentários




segunda, 22 junho, 2009
A história do outro atrapalha o namoro?

" Conhecer a "história" e o "coração" da pessoa que está hoje ao seu lado. Quem ele é? Logo que a criança entra na escola e aprende a ler, já começa a estudar a história do Brasil. É para que ela conheça o país; e conhecendo-o, compreenda-o, ame-o, ajude-o... O mesmo se dá entre as pessoas. Quando você mergulha na história do outro, conhece os seus dramas e os fatos que a determinaram, então você o compreende melhor e tem mais motivações para entendê-lo, tem mais paciência para ouvi-lo, perdoá-lo e ajudá-lo. 

   Aí está o segredo de um relacionamento profundo e que propicia um conhecimento interior adequado de ambas as partes. E aqui você percebe porque é importante que o relacionamento seja maduro; cada um vai expor ao outro o seu coração, as suas reservas mais secretas. É por isso que o namoro não pode ser uma brincadeira sem qualquer responsabilidade. Você precisa saber guardar as confidências do outro, mesmo amanhã se o namoro terminar. Há coisas que temos de ter a grandeza de levar para o túmulo conosco, sem revelar a ninguém. Quando alguém abre-lhe o coração está depositando toda a confiança em você, e espera não ser traído. Portanto, cuidado com o que você conta a terceiros sobre o seu namoro; nem tudo poderá ser contado aos outros. Você não gostaria que ele revelasse aos outros as suas confidências, então não revele as confidências dele. 

    Jesus nos manda não fazer aos outros aquilo que não queremos que seja feito conosco.   É uma regra de ouro. Quando conhecemos o interior de uma caverna vemos coisas belas, mas, outras assustadoras. Há belos lagos escondidos, com águas cristalinas, e formações calcárias bonitas; mas há também cantos escuros com morcegos e outros bichos. Nem por isso esse local deixa de ser atraente e rico.

   Da mesma forma a pessoa que está a seu lado. No seu interior há belas passagens, mas pode haver também recantos escuros. Saiba valorizar o que há de belo no interior da pessoa, antes de se deter nos seus pontos escuros. 

    Saiba ver no outro, primeiro, o que ele tem de bom, e só depois encare o seu lado difícil. Saiba elogiar e fazer crescer o que há de bom nele e cure com carinho as feridas que precisam ser tratadas. Isso mostra-nos que não há o chamado "amor à primeira vista". O amor não é um ato de um momento, mas se constrói "a cada momento". Não se pode conhecer uma pessoa "à primeira vista", é preciso todo um relacionamento. Só o tempo poderá mostrar se um namoro deve continuar ou terminar, quando cada um puder conhecer o interior do outro, e então, avaliar se há nele as exigências fundamentais que você fixou.

   Um indício de que o relacionamento começou bem é a ausência de brigas e desentendimentos, por pequenas coisas sobretudo. Se nessa fase feliz do namoro, quando as preocupações de cada um são poucas, já existem muitas brigas, creio que isso seja umsinal de que a coisa não vai bem.

   Não há que se ter escrúpulos para terminar um namoro; basta que haja sinceridade e delicadeza para que o seu término não deixe feridas em cada um. Eis aqui uma questão importante: você não pode criar uma esperança vazia no outro, levá-lo às alturas nos seus sonhos, e depois, de repente, jogar tudo no chão. Isso seria uma covardia!

   Não brinque com os sentimentos e com a vida do outro, da mesma forma que você não quer que ele faça assim com a sua. Não alimente no outro esperança falsa. É válido tentar prolongar um pouco aquele namoro difícil, para tentar ainda um discernimento melhor; mas você não deve iludir o outro, nem um dia a mais, se chegou à conclusão de que não é com essa pessoa que você vai poder construir uma vida a dois.

    Conhecer a família é imprescindível para você conhecer a história da pessoa, já que esta é fruto dela. Em todas as famílias há valores próprios, denominadores comuns, frutos da cultura familiar e da educação, isso que o povo chama de "berço". Ali você encontrará valores e desvalores; e saiba que o seu namorado vai trazê-los para o relacionamento com você. Isso é certo. 

   Portanto, para conhecer bem e poder escolher bem, você terá que olhar "de olhos abertos" a realidade familiar do outro que se põe diante de você; não para discriminar, mas para conhecer. É um grave engano pensar que você vai namorar, e quem sabe casar-se com ele ou com ela e não com a sua família; e que, portanto, a família dessa pessoa não importa. 

   A voz do sangue fala muito forte em todos nós; e, se não soubermos lidar com ela, muitos estragos podem acontecer. Toda família tem uma série de valores e também de problemas. Você terá que avaliar também isso para chegar ao discernimento sobre o seu namoro. 

    Não se trata de "julgar" a família do outro, e muito menos de menosprezá-la; mas você tem o direito de construir a sua vida e a sua família sobre valores que lhe são caros.

   Tudo isso é importante para que o seu casamento, no futuro, não seja "um tiro no escuro". O importante é ter os olhos abertos e não se fazer de cego. O coração não pode cegar o espírito. Não deixe de ouvir a opinião de seus pais. Muitos namoros e casamentos foram mal porque os jovens não quiseram ouvir os pais. Eles são experientes e amam você de verdade. Não se faça de surdo às suas advertências. Eles conhecem os perigos da vida muito melhor do que você."

Prof.Felipe Aquino



postado por 17987 as 05:15:09 0 comentários




Escolho escolher

"Como você acordou hoje?

Cansado? Com vontade de dormir mais 3 horas?

Quais foram as primeiras vontades que você teve?

De ficar na cama curtindo o frio da manhã e aquele sono que é o melhor.

Quais as escolhas que fez nas primeiras horas de hoje?

Escolhi levantar, pegar minha toalha e tomar um banho e fazer minha higiene e começar mais um dia de trabalho.

Dormir, acordar, trabalhar, estudar... parece que nossa vida gira em torno de um círculo vicioso que tende à rotina.... e parece que temos vontade de estar em qualquer lugar, menos neste em que estamos agora.

Se alguma vez você teve essas reações, se fez essas perguntas, bem-vindo(a) à vida normal de ser gente...

Mas o que fazer com tudo isso?

Escolha...

Em tudo se pode escolher...

E quando parece que a vida me aperta de um lado e de outro e as possibilidades se perdem nos compromissos e nas respostas a serem dadas?

Escolha...

Sempre podemos escolher, até escolher em não escolher.

Mas acredito que estou num completo vir a ser e que a cada escolha que faço imprimo um pouco de meu mistério de ser pessoa.

Mistério que vai se revelando em meio às minhas escolhas e assim vou mostrando e descobrindo um pouco de mim.

Tecendo esta colcha de retalhos de escolhas vou me percebendo e me vendo. Mas em cada escolha, escolho escolher por Deus que vai me direcionando nas consequências de minhas opções.

E hoje agir como escolhido e podendo fazer escolhas vejo que não vivo de rotina...mas vivo de escolhas! Pois na verdade sou escolhido! "

Adriano Gonçalves



postado por 17987 as 04:50:21 1 comentários




sexta, 19 junho, 2009
O sentido do matrimônio!

A arte da convivência familiar!

Inspirado em algumas leituras e meditações feitas no dia a dia pastoral, passando por diversas comunidades, resolvi colocar em síntese algumas idéias, que vejo como importantes como reflexão para o enriquecimento da vida conjugal e familiar. Em primeiro lugar, é importante ter consciência de que o casamento é o encontro de duas pessoas que são diferentes, que se amam porque diferentes, que permanecerão diferentes. Um se abre ao outro com suas diferenças, para enriquecer a vida e a história do outro.

 Tem gente que passa a vida inteira querendo que o seu cônjuge seja como ele (a). Nesta convivência existem alguns pormenores fazem a diferença. Existe um sinal inconfundível entre os que se amam de verdade, e é a dedicação de um ao outro.  Alguém único e irrepetível foi confiado a mim. A esta pessoa devo dedicar minha vida, meus esforços, meu ser. Partilharemos um destino em comum, formaremos família, um tem que produzir vida no outro para que a plenitude da vida aconteça em seu lar. Têm atitudes que se tornam como que combustíveis do amor, alimentam e fazem crescer o amor. Estas se traduzem nas palavras afetos e delicadezas. Um carinho a mais, uma atenção maior em determinados momentos, um gesto de delicadeza.

 Tudo isto conta e muito! Já o inimigo principal do amor é o egoísmo. Uma pessoa centrada em si, individualista, que só pensa nos seus afazeres e satisfações, impossibilita a felicidade dos outros e, por tabela, se torna infeliz. Nossa vida é um chamado à comunhão e não ao isolamento. Fazer os outros felizes é dever de todos.

 Outras duas palavras que não poderão faltar na arte de amar: paciência e perdão!

 A convivência humana exige isto.

 Nós somos mistério para nós mesmos, como conhecer o outro sem restrições?

 Surpreendemo-nos com nossos pensamentos e ações. Todos estamos em busca de um equilíbrio perfeito. Mas, isto não quer dizer que as imperfeições estejam superadas. A paciência é sinal de força e poder. Esperar contra toda esperança é sinal de sabedoria. Por outro lado, ser misericordioso é carregar em si o distintivo do discípulo de Cristo. Não perdoar é, como dizem por aí, “beber veneno achando que o outro é que vai morrer”! Como bem diz uma canção: “O lar é um lugar de se  viver e dialogar”.

 Não tenho dúvida de que o casal é o lugar do Amor no mundo, e se é o lugar do Amor, é o lugar de Deus!

 Precisamos honrar isto na prática de nossa vida, para a transformação de nossa história. Queridos casais, queridas famílias, estas palavras nascem do meu coração de pastor.

 Desejo muito que o amor seja visto em cada lar de nossas paróquias. Que Maria, Mãe do Divino Amor, interceda por nós!

 

Pe.Rinaldo Roberto de Rezende

Pároco da Catedral de São Dimas

 

São José dos Campos - SP



postado por 17987 as 07:59:28 0 comentários




terça, 16 junho, 2009
Em se tratando de amor

   Bom, não sou experiente no processo de cura interior, mas nesse tempo que tenho de caminhada e estudos sobre o assunto, sei que: A cura interior ou restauração da personalidade ou restauração da alma ou santificação são como sinônimos e significam o caminho para conquistar a mente, vontade e emoções. 

- Conquistar a mente: A mente é a sede da alma, portanto ela deverá estar renovada para se enquadrar nos padrões expressos na Palavra de Deus;

- Conquistar a vontade: O Criador deu ao homem uma vontade livre e nunca coage força ou controla, mas o inimigo escraviza, coage e força, portanto a reconquista da nossa vontade para expressar as nossas decisões em conformidade com a vontade de Deus é imprescindível. Esta etapa depende da conquista da mente, pois uma vontade livre exige uma mente livre;

 - Conquistar as emoções: Temos acumulado feridas na alma desde a mais tenra idade, e essas feridas são geradoras de sofrimento que podem permanecer a nível emocional (angustia, depressão, complexo, amargura, rejeição...) e/ou se transformar em doenças físicas (gastrite, pressão alta, diabete, dores de cabeça,...).

   A cura interior explica as carencias, mas não justifica a pessoa passar por cima dos outros, não respeitar os sentimentos do proximo e pensar somente em sí, pelo fato de não ter sido amado na infancia, juventude...

   Infelizmente tenho me deparado com esses tipos de pessoas que de tão feridas perderam a noção do que é correto e por migalhas de amor são capazes de sujeitar-se a condições tão baixas que nenhum filho de Deus merece ser subjulgado pela carência.

   Tenho tentado encontrar respostas para o seguinte questionamento: quem sai mais ferido com essa história: o carente, ou os alvos dessa pessoa?

   Confesso não ter resposta ainda, mas olhando de fora, são duas situações que se não bem resolvidas pode abrir portas para a falta de perdão, de diálogo e de amor.

   E como podemos então tentar resolver essa situação? Bem. talvez uma conversa franca,honesta e madura é um bom começo.Mas para que isso aconteça é necessário que amabas as partes estejam dispostas a assumirem suas condições e aprenderem o respeito mutuo.

   Reconhecer que precisa de ajuda, que precisa de cura e que as carências são o ponto forte da nossa vida é outro passo para a cura e para a vida libertadora de amabs as partes.

   Se por acaso houver uma treceira pessoa na história é preciso que ela entenda o lugar dela nessa situação e coloque em ordem cada pessoa em seu grau de importancia e de realidade em sua vida. Ter o cuidado para não criar ilusões, é de extrema importancia,já que a pessoa carente agarra-se a pequenos fios de palavras,sejam de elogios,ou até pequenas ações desprovidas de intenções sentimentais.

   Muitas vezes no impeto de quere ajudar o outro vamos abrindo uma ferida sem tamanho. cuidado,muitas vezes ajuda da proximidade ao invez de curar a falta de amor,não permite que precisa ser curada ir embusca do verdadeiro amor que é o de Deus,Ele é a fonte da cura.

   É importante então saber que para o processo de cura interior as nossas feridas por serem frutos do nosso pecado e do pecado dos outros, estão ligadas diretamente a nossa vida com Deus. Pela ação da graça divina em nós somos iluminados para o conhecimento da verdade, somos esfriados para o desejo do mal, somos inflamados pelo amor as virtudes, somos comprometidos com a messe do Senhor, enfim amamos a Deus e aos irmãos com o perfeito amor.

   Vamos então entender que somos criaturas frageis, mas que uma boa ação pode conduzir a um mau efeito se não estiver em Deus.

Estamos juntos.

Barbara Cardoso



postado por 17987 as 03:08:12 0 comentários




terça, 02 junho, 2009
Enamorar-se

Os namorados precisam do amor puro, um do outro. Precisam antes, e acima de tudo, ser amigos, grandes amigos, verdadeiros amigos, com tudo aquilo que a amizade comporta. Pena que muitas vezes não seja assim.

  “Namorar”, “namoro” e “namorados”, vêm de “enamorar”. Este é um verbo interessantíssimo. Veja que a palavra é en+amor+ar.

A raiz e o centro é amor. Este amor está precedido da partícula grega “em”, que indica ação de envolver. Portanto, enamorar é envolver o outro em amor. Você entendeu? É um verbo lindo. É uma palavra forte.    Enamorar é envolver o outro em amor. Amor puro. Amor desinteressado. Amor verdadeiro. Namorados são aqueles que “se enamoram”, que se envolvem um ao outro neste amor.

   Você já percebeu como rapazes e moças mudam radicalmente quando começam um verdadeiro namoro? Há namoros que conseguem verdadeiros milagres de transformação. O que nada havia conseguido antes, um namoro consegue... e a transformação acontece. Por quê?

   Porque o amor verdadeiro traz o segredo da transformação: o amor. No namoro verdadeiro um envolve o outro no amor e isso muda, corrige, amadurece, faz crescer, transforma, converte, consegue verdadeiros milagres!

   Preste bem atenção: o enamorar não pode ser apenas para o tempo de namoro e noivado. Ele precisa adentrar o casamento. Os casados precisam ser eternos namorados. Mas isso não é só romantismo. Isso precisa ser realidade. No casamento os dois precisam de um contínuo envolver-se no amor.

   O enamoramento que aconteceu no namoro e no noivado era apenas um ensaio. Era um treinamento. Entrar para o casamento é como entrar para o campo. Acabou o treino e agora começa o jogo. Agora é pra valer. Agora é para ganhar ou ganhar! Pena que muitas vezes acontece justamente o contrário.

   O casamento é o tempo certo, é o ambiente propício para os dois se envolverem um ao outro no amor. Por que vocês se casaram? Porque no tempo do namoro e noivado vocês dois se envolveram tanto no amor que perceberam que não conseguiriam viver separados. Não podiam mais estar longe um do outro. Não eram mais capazes de ficar separados. Então se uniram em matrimônio. Perceberam que Deus os havia escolhido um para o outro no amor e para o amor.

   Por isso, no dia em que vocês se casaram, começou o verdadeiro namoro de vocês. Um enamoramento que exige continuidade. Garantia de continuidade. A certeza de que dure para sempre. E foi justamente por isso que Deus quis marcar a união de vocês com a graça do sacramento do matrimônio. A garantia da continuidade. A certeza do “para sempre”.

   Também os casados precisam do amor puro um do outro. O marido precisa do amor puro da esposa. A esposa precisa do amor puro do seu marido. Amor que inclui relacionamento sexual pleno, mas puro. Veja bem: sexo e pureza não são contraditórios. Ao contrário. Os esposos é que são chamados a viver um amor puro na plenitude do seu relacionamento sexual.

   O amor puro entre os casados não exclui as relações sexuais. Exclui, sim, a infidelidade, o adultério.

   Marido e mulher precisam do amor puro um do outro. Precisam de um contínuo enamoramento. E por que isso? Porque Deus é amor, e nós fomos feitos à imagem e semelhança de Deus, que é amor.

   Podemos dizer sem medo que, na Trindade, um enamora o outro, no verdadeiro sentido de enamorar. Um envolve o outro no amor, e assim as três pessoas se tornam uma. E assim, verdadeiramente, Deus é AMOR. A vida das três pessoas é um contínuo enamorar-se, tão fecundo, que acabou produzindo esse universo maravilhoso, e nele, nós homens e mulheres, feitos à sua semelhança.

   Você entendeu? É principalmente no casamento que homens e mulheres realizamos à imagem e semelhança de Deus e povoam o mundo de filhos. É na família que marido, mulher e filhos se põem num contínuo treinamento de enamorar-se; nela acontece, por excelência, a imagem e a semelhança de Deus amor.

   É na família que eles, envolvendo-se uns aos outros no amor, atingem a semelhança da Trindade. A família é a imagem do céu. Ela pode e precisa antecipar o céu na terra.

Pe. Jonas Abib



postado por 17987 as 08:22:41 0 comentários




“Como Jesus, jamais perder tempo com discussões”.

   "Nada melhor do que a prática para ensinar e desafiar (a gente mesmo). Nada melhor do que a pessoa do outro para espelhar quem a gente é ou vai se tornando. Talvez, o melhor jeito de se conhecer seja pela janela do olhar dos que vivem junto com a gente. Depois, a gente se reconhece a partir do olhar de Deus.

   Muito particularmente, penso que, dos três princípios, não discutir é o mais difícil de se aprender e praticar. Eu até posso abraçar e me deixar abraçar sem gratuidade, mas por puro interesse de carência. Eu até posso me esforçar para sorrir e fazer boas caras diante dos outros, pra manter uma imagem e não contrariar alguém. Mas, fechar a boca e não retrucar, conter as tempestades do meu gênio, aceitar a diferença do outro (e aqui vêm as riquezas e misérias dele) sem ver isso como uma ameaça pra mim, exige um grande sacrifício e humildade.

   Na convivência é que vamos vivenciando tudo isso e temos a chance de aprender a arte de dialogar. É claro que os conflitos aparecem onde existe gente, é claro que deve haver espaço para o confronto, para conhecer o outro e se dar a conhecer. Aprendemos a duras penas, porque erramos muito até polirmos nossas arestas. É bem do jeito que o Léo partilha e ensina no Viver Bethânia: “Precisamos priorizar cada vez mais a prática do diálogo, da valorização do outro e do respeito pela dignidade da pessoa humana. O diálogo exige considerar o outro igual ou superior a nós mesmos. Nunca podemos menosprezar e humilhar o outro... Nunca gritar e nunca usar de nenhuma forma de violência”.

   Aprender a calar é muitas vezes um caminho exigente, mas que tem que ser feito, porque, do contrário, daremos vazão ao velho coração de pedra e nunca mudaremos.

   Alguém tem que ter a coragem de não devolver palavras ou gestos que ofendem e machucam. Algum lado tem que ceder – mas, é claro, com inteligência, caridade e coragem – para que os dois lados não saiam perdendo. Alguém tem que deixar cair a máscara da prepotência e da falsa maturidade. Somos imaturos, e isso prova que devemos pensar 10, 20 e 30 vezes antes de levantar a voz ou perder o equilíbrio da razão.

   Meu Deus, quanta energia gastamos para recuperar alguns relacionamentos e concertar algumas situações que estragamos tudo porque não fomos capazes de controlar nosso ímpeto, nossa mania de querer dizer sempre a última palavra, nosso medo de nos sentirmos menos que o outro.

   Fico pensando se o melhor é sempre sair “por cima”, “ganhando”, “com a razão”, num enfrentamento de idéias, gênios e temperamentos... Como cansa e desgasta uma velha discussão. O melhor é ser feliz, não perdendo. Não perdendo a chance de deixar passar o que não vale a pena.

   Peçamos a Deus um coração em paz e que só brigue pela paz!!! "

Pe. André Luna



postado por 17987 as 07:51:23 0 comentários




domingo, 31 maio, 2009
É preciso saber viver

"Quem espera que a vida
Seja feita de ilusão
Pode até ficar maluco
Ou morrer na solidão
É preciso ter cuidado
Pra mais tarde não sofrer
É preciso saber viver

Toda pedra no caminho
Você deve retirar
Numa flor que tem espinhos
Você pode se arranhar
Se o bem e o mal existem
Você pode escolher
É preciso saber viver

É preciso saber viver
É preciso saber viver
É preciso saber viver
Saber viver ..."

Roberto Carlos



postado por 17987 as 03:00:57 0 comentários




Perfil
17987
Meu Perfil

Meus Links
Hotéis no Brasil
DNS Grátis
Blog Grátis
Criar Blog
Hoteis

Palavras-Chave
reflexão

Favoritos
orquidea
mais...

adicionar aos meus favoritos


Colaboradores do Blog


Comunidades
Não há comunidades.

Posts Anteriores
Pensar no ontem e no hoje
Quem ama não perde tempo II
Para refletir...
Viver
Uma Flor Rara
tempo de abrir o coração
Intuição Feminina
Aparecida e sua mensagem
Os alicerces de uma vida a dois
Deus nos uniu

Arquivos
01 julho, 2010
01 junho, 2010
01 fevereiro, 2010
01 janeiro, 2010
01 outubro, 2009
01 setembro, 2009
01 agosto, 2009
01 julho, 2009
01 junho, 2009
01 maio, 2009
01 abril, 2009
01 março, 2009
01 fevereiro, 2009
01 janeiro, 2009
01 dezembro, 2008
01 novembro, 2008
01 outubro, 2008
01 setembro, 2008
01 agosto, 2008
01 julho, 2008
01 junho, 2008
01 maio, 2008
01 abril, 2008
01 março, 2008
01 fevereiro, 2008
01 janeiro, 2008
01 dezembro, 2007
01 novembro, 2007
01 agosto, 2007
01 julho, 2007
01 junho, 2007
01 maio, 2007
01 abril, 2007
01 março, 2007
01 fevereiro, 2007
01 janeiro, 2007
01 dezembro, 2006
01 novembro, 2006
01 outubro, 2006
01 setembro, 2006
01 agosto, 2006
01 julho, 2006
01 junho, 2006
01 maio, 2006
01 abril, 2006
01 março, 2006
01 fevereiro, 2006
01 janeiro, 2006

24068 acessos


CRIAR BLOG GRATIS   
..