orquidea
orquidea
segunda, 21 junho, 2010
Para refletir...

Passando férias na casa dos meuspais numa cidadezinha do interior da Bahia vivenciei algo que parece comum nascidades grandes e em todo mundo, um assassinato. Para uma cidade de 31.133habitantes um morador desta é o protagonista desta tristerealidade.

Nos noticiários descreve-se:

Taxista é assassinado comrequinte de crueldade em Camacan

Duas pessoas foram presas na tarde desta segunda-feira,21, e confessaram o assassinato do taxista E. P. Silva, 52 anos. O corpo davítima foi encontrado nesta manhã às margens da BA 002, no km 11, trecho entreCamacan e o distrito de Jacareci, numa área da Fazenda Vila Vitória.

Segundo a polícia, o taxista foi morto com requinte decrueldade, com vários golpes de faca no tórax, costas, braços e pernas. Odelegado Jackson Silva não divulgou os nomes dos presos e disse que asdiligências continuam, porque há informações de que mais pessoas estãoenvolvidas no crime.

A hipótese inicial é que tenha sido vingança. Odelegado suspeita que os assassinos sejam os três passageiros que o taxistalevava para passar as festas juninas em Jacareci. A polícia ainda investigainformações sobre a possibilidade de o taxista também ter atuado comoagiota. 

Grande, como era conhecido, conduzia um Fiat Siena, corvermelha, quando foi atacado. Após matar o taxista, os criminosos abandonaram ocorpo em um matagal. O Siena foi jogado numa ribanceira e será levado paraperícia, em Itabuna, sul do Estado. A polícia suspeita que a vítima foi morta eteve o corpo jogado em local de difícil acesso, nas imediações da fazenda.

Taxista há mais de 20 anos, E. Silva era uma pessoa bemrelacionada e, aparentemente, não teria inimigos. Sua morte levou muitostaxistas à porta da delegacia, na tarde desta segunda, quando souberam daprisão de dois dos assassinos. Para evitar linchamento, no entanto, a polícialevou os dois presos para a Companhia de Polícia Militar.

Fonte: www.atarde.com.br/cidades/noticia.jsf?id=4293325

                                                                                                                                                                                                                       

O que me chama atenção não é o fato do assassinato, do homemser “aparentemente” bom e  amigo de quasetoda a cidade, mas o que me leva a escrever esse post é o retrato do ser humanoa cada dia que passa.

Espanta-me a crueldade e a frieza em não olhar o outro, nãoperceber a vida das pessoas que fazem parte de um ciclo familiar, que há muitosque dependem dele ou o amam. A cegueira pelo dinheiro ou pela cede de vingança avançapela mente de homens e mulheres que planejam ou não suprimir a vida de alguém.

Parece-me que estamos perdendo a noção de tudo... De vida ede morte, de verdade e mentira, estamos perdendo a grande arte da conversa, doentendimento, do ouvir e dar a oportunidade ao outro se explicar.

Sempre afirmei que acredito no ser humano, na possibilidadede mudanças e me pergunto hoje, será que essa realidade está lúcida dentro demim? A resposta é, se eu não lutar para crer nas novas oportunidades de mudaras nossas atitudes, deixo de crer que se possa viver nesse mundo e ser feliz.

Recorro emmuitos aspectos a psicologia ou melhor rsrsr a Freud que diz: "PERSONALIDADE É A ORGANIZAÇÃODINÂMICA DOS TRAÇOS NO INTERIOR DO "EU", FORMADOS A PARTIR DOS GENESPARTICULARES QUE HERDAMOS, DAS EXISTÊNCIAS SINGULARES QUE SUPORTAMOS E DASPERCEPÇÕES INDIVIDUAIS QUE TEMOS DO MUNDO, CAPAZES DE TORNAR CADA INDIVÍDUOÚNICO EM SUA MANEIRA DE SER E DE DESEMPENHAR O SEU PAPEL SOCIAL."

Ou seja,uniformizar o mundo e a humanidade,achando que todos são iguais e nuncamudaram, que todo homem age do mesmo jeito e toda mulher é tão igual que sómuda de endereço é o nosso grande erro, a espaçada que nos fecha as portas defazer a diferença na vida do outro,de agir com coerência e caridade.

Todos são passíveisa erros,mas punir ou melhor corrigir é antes de tudo uma ato de extrema consciência,reponsabilidadee ponderação.

Um assassinoprecisa sim ser penitenciado, porem cada julgamento,cada ação contra o melianteprecisar andar de braços dados com a justiça e a sabedria.

Que possamosnos rever, falar menos e observar mais cada pessoa, cada circunstância eaprender a agir no momento certo, da forma correta para podermos tornarmos omundo melhor.

BarbaraCardoso



postado por 17987 as 09:43:16




0 comentários:
Comente este post
Início
Perfil
17987
Meu Perfil

Meus Links
Hotéis no Brasil
DNS Grátis
Blog Grátis
Criar Blog
Hoteis

Palavras-Chave
comportamento

Favoritos
orquidea
mais...

adicionar aos meus favoritos


Colaboradores do Blog


Comunidades
Não há comunidades.

Posts Anteriores
Viver
Uma Flor Rara
tempo de abrir o coração
Intuição Feminina
Aparecida e sua mensagem
Os alicerces de uma vida a dois
Deus nos uniu
CASAMENTO
Quando o sofrimento bater à sua porta
Aprendiz

Arquivos
01 julho, 2010
01 junho, 2010
01 fevereiro, 2010
01 janeiro, 2010
01 outubro, 2009
01 setembro, 2009
01 agosto, 2009
01 julho, 2009
01 junho, 2009
01 maio, 2009
01 abril, 2009
01 março, 2009
01 fevereiro, 2009
01 janeiro, 2009
01 dezembro, 2008
01 novembro, 2008
01 outubro, 2008
01 setembro, 2008
01 agosto, 2008
01 julho, 2008
01 junho, 2008
01 maio, 2008
01 abril, 2008
01 março, 2008
01 fevereiro, 2008
01 janeiro, 2008
01 dezembro, 2007
01 novembro, 2007
01 agosto, 2007
01 julho, 2007
01 junho, 2007
01 maio, 2007
01 abril, 2007
01 março, 2007
01 fevereiro, 2007
01 janeiro, 2007
01 dezembro, 2006
01 novembro, 2006
01 outubro, 2006
01 setembro, 2006
01 agosto, 2006
01 julho, 2006
01 junho, 2006
01 maio, 2006
01 abril, 2006
01 março, 2006
01 fevereiro, 2006
01 janeiro, 2006

24068 acessos


CRIAR BLOG GRATIS   
..