POWER ZIRE
TROCANDO A BATERIA DO ZIRE 72

Quem esta lendo isso conheçe esse palm, e sabe o como que ele é bom. Tambem sabe que o calcanhar de Aquiles dele é a bateria. Mesmo assim, sempre achei muito possivel viver com a duração que a bateria tinha (por volta de 4 Horas). Mas depois de 1 ano de uso, carregando ele praticamente todo dia a bateria do meu Zire pediu arrego.
Esse mês comecei a usar o Battery Graph para ver quanto tempo ela estava aguentando. Para minha surpresa ela não aguentava mais de 2 horas para música e com o cartão WiFi não bateu 30min.
Com essas informações à mão começei a minha busca por uma bateria. Procurei em inúmeros forums e afins e por incrível que pareca, a quantidade de informação relativa ao zire72 e trocar a sua bateria foi nula. Então passei a concentrar meus esforços em achar uma bateria que funcionasse para o zire72. Depois de muita procura achei um site que vendia uma bateria compatível, mas essa tinha apenas 820mAh, a bateria do zire72 tem 920mAh. Como não me interessava ter todo esse trabalho por uma bateria de menor duração que a original do proprio palm, descartei essa opção.
Depois de ainda mais procura achei essa , finalmente uma bateria compatível com o zire72 com alta capacidade (1100mAh), foram US$ 26,00 bem gastos, e, ainda por cima, o site mandava para o Brasil. Com o frete e tudo mais ficou US$ 32,00.
Começou então a espera pela bateria. Foram 19 dias para ela chegar. Ela veio de Hong-Kong.

Agora a parte boa começa. Vamos abrir o Zire 72 e trocar a bateria.

Para minha comodidade, acompanhando a bateria, vieram 2 chaves que acredito eu sejam para abrir palms.


essa é a pobre vítima


Começando a tirar os parafusos, na verdade não é nescessária uma chave de fenda especial para abrir o Zire, ele tem 2 parafusos diferentes que são os que estão vísiveis. Esses podem ser tirados usando uma chave normal bem pequena (logo mais colocarei as ferramentas que usei), tirar o adesivo de traz do palm vai da habilidade e sorte de cada um, eu não sabia onde que o parafuso estava, então tive que tirar todo o adesivo, mas, como pode ser visto na foto, só 1 parafuso atráz do adesivo. Ele fica bem no meio na parte superior do palm, segurando a tela do alto falante.

Depois de tirada a tela do alto falante existem mais dois parafusos embaixo da tela, ambos no alto, no canto esquerdo e direito. Feito isso, todos o parafusos foram tirados.


Agora, para abrir o palm você vai ter que aplicar uma certa força. Pelo oque eu observei não adianta forçar na parte de baixo (perto dos conectores USB e de energia), Use de preferência sua propria unha e puxe ele por cima, na parte do botão de ligar e do cartão SD, ali é onde ele vai abrir com mais facilidade, o meu caso, ele abriu muito de repente, feito isso ele vai ser como na foto acima.

Tirar a bateria antiga do lugar foi na minha opnião a parte mais difícil de todo o processo. A bateria original do palm é colada nele. Pela força bruta não teve como tirar a bateria fora. Tive que ir gradualemente empurândo para um lado e outro, até que ela afrouxasse o suficiente para que eu pudesse forçar uma faca de manteiga (aquelas de plástico sem ponta e bem larga) por baixo da bateria e gradualmente fui puxando a bateria até que ela soltou. Lembre de antes de tudo desconectar o plug da bateria para evitar qualquer trauma no conector ao tirar a bateria.



Palm aberto com a bateria antiga junto


Bateria antiga, veja a colola que está nela

Bateria nova


Palm ainda aberto com a bateria nova junto. Note que a bateria apesar de possuir maior capacidade de carga é menor que a bateria antiga do palm, isso se torna mais visível ao colocar a bateria no lugar. Ela não “encaixa” como a antiga, fica sobrando espaço. O uso da cola na bateria antiga era logico, pois como isso é um dispositivo portátil não podemos ter partes soltas no seu interior pra lá e pra cá, ainda mais baterias de Li-Ion, que se sofrem curto circuito, poder pegar fogo.

Aí está o palm com a bateria nova no lugar e conectada, como a gente não pode ter a bateria pra lá e pra cá eu usei cola “super-bonder” para coloca-la presa no lugar. Acredito que ela não venha a soltar, usei uma quantidade razoalvel na parte da bateria que toca na carcaça do palm.


Esse é o Zire72 montado. É possível ver as sequelas de minha pequena cirurgia. O adesivo ficou danificado, mas acho que isso é um pequeno preço a pagar.


A Bateria original do palm (uma curiosidade, se você ler na bateria) é feita pela samsung.


Esses são os equipamentos que eu usei: as duas chaves (azul e rosa) foram as que vieram com a bateria. Tem a pinça e a chave do meu canivete, junto a esta o canivete e o superbonder, e claro, a faca de manteiga, o mais importante foi o kit de chaves de joalheiro que eu usei. Na verdade, dava para ter aberto o palm apenas usando esse kit.

Pronto, a bateria foi trocada. Vou fazer o teste para ver o quanto tempo a bateria do palm está durando agora, mas acredito que seja bem mais de 2 horas. Consequentemente o palm ficou relativamente mais leve, apesar de não ser uma diferença perceptível.

Bom, com a nova bateria, usando o clock normal, ela durou exatas 4h12mim, e com um under clock para 156Mhz ela chegou a 6h02mim, isso tudo é com um uso muito variado

Algumas fotos do Zire72 aberto, para matar a curiosidade dos demais


postado por 29204 em 10:37:51 :

0 comentários:Comente este post!
CRIAR BLOG GRATIS   
..