BLOG DA PROFESSORA SIL
BLOG DA PROFESSORA SIL
quinta, 14 junho, 2012
Educar com liberdade para a liberdade


Esta tarja me faz parar e refletir:
_Quanta verdade há nisso...
Podemos colocar coisas e pessoas em gaiolas!
Elas ficarão lá. Exatamente como desejamos...
Como "precisa" ser!
Precisa?
Diremos:
_ Pulem...
 Pularão!
Diremos:
_Cantem...
Cantarão!
 Muito agradável e bonito de se ver!
Mas, com que alegria farão?
Até onde os "meus" limites são os limites certos?
Qual  termômetro devo usar para medir a aplicação de limites?
Exatamente...
 A alegria e a satisfação !
Faz melhor e bem feito, quem quer fazer, não quem é obrigada...
A motivação não pode ser o medo, precisa ser o amor...
DEIXA VOAR!
 PORÉM, FICA A OLHAR...
PALPITA, INDICA,
MAS NÃO OBRIGA...
Permita que voltem, ou que vão com suas próprias pernas...
Não age teu Deus exatamente assim?
Educa, ensina, seja exemplo,
depois solta,
fica a olhar...
Vai ver, e ter a satisfação de saborear
o voar alegre e digno daqueles a quem quer bem.
(Silvana Cervantes)

postado por 92015 as 12:44:27 # 2 comentários
segunda, 27 fevereiro, 2012
PROJETO: ALIMENTANDO-SE


PROJETO---- MARÇO/ABRIL

TEMA: Alimentando-se...

JUSTIFICATIVA:

 

Trabalharemos este tema, por achar importante oferecer às crianças, oportunidades de conhecer, saborear, tatear, cheirar e confrontar diversos tipos de alimentos, bem como receitas para preparações dos mesmos. Acreditamos que seja importante despertar o desejo por degustar alimentos sadios e que percebam a importância dos mesmos  para seu desenvolvimento.

EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGENS:

Para tanto, temos as seguintes expectativas:

CUIDADO DE SI E DO AMBIENTE:

* Conscientizar a criança da importância de se manter a higiene das mãos na hora do preparo dos alimentos, bem como lavar os mesmos antes de ingeri-los.

* Incentivar o cuidado com a nossa horta: Plantio, rega, colheita.

BRINCAR E IMAGINAR:

* Preparar “cantos”, na sala 3 em que apareçam diversos alimentos em forma de brinquedos plásticos, como frutas, verduras e legumes para que imaginem preparação de pratos em cozinha experimental, comprem os mesmos numa “feira” ou “ mercadinho”.

LINGUAGEM CORPORAL:

* Explorar movimentos que representem o crescimento das plantas, equiparar ao seu próprio desenvolvimento.

*Desenvolvimento da coordenação motora fina, usando tintas feitas a base de legumes como a cenoura e a beterraba, bem como massinhas de modelar feitas de farinha de trigo.

LINGUAGEM VERBAL:

  • Explorar listas de ingredientes e cardápios incentivando o contato com o mundo letrado e sua importância para a vida.
  • Utilizar nomes de legumes para comparar letras com seus próprios nomes e iniciar pseudo leituras.
  • Explorar rótulos de alimentos.
  • Despertar a importância da escrita para o uso de receitas

    .

    EXPLORAÇÃO DA NATUREZA E CULTURA:

    *Apresentação da vida na zona rural ( como vivem as pessoas que vivem do plantio de hortaliças em geral).

    *Incentivar o cultivo da horta da escola.

    *Manusear hortaliças na construção de carimbos e tintas naturais.

     APROPRIAÇÃO DO CONHECIMENTO MATEMÁTICO:

    *Explorar quantidades para a realização de receitas

    *Estimular a atenção nas atividades de experimentação, enfatizando volume, massa, quantidades, cor e textura dos alimentos.

    LINGUAGEM ARTÍSTICA:

  • Explorar as cores de tintas extraídas de vegetais.
  •  Desenvolver a criatividade com o uso de carimbos feitos com batatas e cenouras.
  • Incentivar a criação através de recortes, pinturas e colagens.

    SUGESTÕES DE ATIVIDADES:

  • Horta
  • Carimbos de legumes
  • Extração de tintas
  • Lista de alimentos naturais e industrializados
  • Incentivar a reproduzirem o que mais apreciaram a cada refeição tomada na escola.
  • Rótulos de alimentos em ordem alfabética
  • Listas de nomes próprios comparando iniciais aos das hortaliças
  • Receitas simples de sucos, bolos, gelatinas e bombons de chocolate(páscoa).
  • Noção de quantidade e volume nas receitas.
  • Fabricação de massa de modelar comestível
  • Confecção de cartazes a serem usados no refeitório e apreciados por outras crianças.
  • Observação de jornais de mercados( comparar preços)
  • Comparações entre a vida na zona rural e urbana.

    ATIVIDADE PERMANENTE:

  •  Registro diário em forma de desenho ou escrita, do que foi saboreado durante o jantar.

    Feito em folha própria logo após o jantar.

  • ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

  • PROFESSORAS: SANDRA E SILVANA PARA O (6C)EMEI LEONARDO ARROYO 2012


  • postado por 92015 as 10:44:46 # 0 comentários
    CRIANÇAS


    ESTUDEI QUASE UMA VIDA INTEIRA
    TUDO, SOBRE CRIANÇAS,
    MAS NADA, ME ENSINOU TANTO
    QUANTO A PRÁTICA DE AMÁ-LAS.
    Silvana Cervantes

    postado por 92015 as 10:41:59 # 0 comentários
    quarta, 07 dezembro, 2011
    BRINCAR BRINCAR E BRINCAR


    BRINCAR DE BRINCAR

    SIM!

    Quero parabenizar esta mãe!

    Situações como esta são raras hoje em dia.

    Pezinhos no chão e mãos na terra....

    É assim que se brinca!

    Assim que a criança descobre as diferentes texturas, não é fazendo um (x) na figura mais áspera....

    É assim que descobre o mundo.

    Fazendo uso dos cinco sentidos e nesta fase o tato é o mais usado por eles...

    Infelizmente, ainda hoje noto que muitas mães ao buscarem os filhos na escola, se assustam com as "sujeiras" das camisetas...

    Tintas, massinhas, papael crepon, lama impressas no tecido e na alma de quem viveu um dia intenso na escola...

    Vamos pensar mais sobre isso?

    Prô Sil


    postado por 92015 as 12:09:15 # 0 comentários
    sábado, 26 novembro, 2011
    TEATRANDO


    TEATRO

     Produto final:

    Peça baseada em episódio

    do Sítio Do Pica Pau Amarelo

    de

    Monteiro Lobato


    postado por 92015 as 06:26:37 # 0 comentários
    quarta, 23 novembro, 2011
    Teatrando


    O teatro na educação

    infantil

    Não é de hoje que o teatro é usado nas escolas como importante meio de manifestação cultural.

    Crianças em idade de educação infantil são mestres nesta arte. ( Acredite!)

    O professor deve explorar desde a escolha do tema, que deve ser envolvente e partir de um projeto ou atividade trabalhada, bem como ordenar o roteiro escrito e personagens junto com sua turma.

    Quanto maior o envolvimento das crianças nas emoções e decisões das produções melhor será o resultado final, que pode em culminar não numa produção Hollyoodiana, mas no gosto deles por esta arte.

    Prô Sil


    postado por 92015 as 12:23:06 # 0 comentários
    Teatrando


    O teatro na educação

    infantil

    O protagonismo infantil que vai desde a confecção do cenário...


    postado por 92015 as 12:19:00 # 0 comentários
    Teatrando


    Teatro

    Ensaio


    postado por 92015 as 12:14:52 # 0 comentários
    Teatrando


    Teatro

    Até a escolha do figurino apropriado...


    postado por 92015 as 12:12:53 # 0 comentários
    segunda, 04 julho, 2011
    EQUILÍBRIO


    Equilíbrio....
    Tenho notado o quanto a falta deste elemento pode acarretar em danos para a educação.
    Com relação a educação infantil, era notório as intermináveis cópias de desenhos para pintar (tiradas em mimiógrafos) oferecidas pelas professoras todos os dias....
    Se o objetivo  era o de enriquecer uma história com o prazer de pintar um personagem conhecido, ou se era apenas delimitar um espaço e fazer bom uso das cores e dos diversos lápis, tudo se perdia com a quantidade oferecida. O objetivo maior era então o de  entreter a criança por mais tempo sentada e de preferência, calada.
    Assim, na educação infantil hoje, oferecer um desenho pronto para uma criança pintar soa como um verdadeiro palavrão. E as crianças passam três anos dentro de uma escola sem ter o prazer de pintar um único desenho de um personagem favorito sequer.
    O que falta?
    Equilíbrio....
    Não há nada de errado em um professor que planeja oferecer um desenho pronto para enriquecer uma aula bem estruturada vez por outra....
    O mesmo vem acontecendo com as ditas "falas".
    Meu trabalho de conclusão de curso falava das relações de  gênero na educação.
    Meninos & meninas, e travava todas as linhas de discussões neste aspecto.
    Mas, na prática, uma coisa vem me chamando a atenção.
    Os melindres....
    É notória esta característica entre as crianças de hoje.
    Não importa se menina ou menino joguem futebol, o que noto é que quando um deles faz um minúsculo machucadinho no joelho, o choro denota a beira da morte.
    Um exagero de melindres!
    Ora, futebol tem encontro de corpos, tem boladas, tem chutes... É natural que um esbarre no outro.
    Precisamos encontrar o equilíbrio entre amaciar os egos melindrados e ensinar uma criança que cair faz parte da vida e nada neste mundo pode impedir que uma criança saudável se machuque.
    Uma boa dose de equilíbrio também pode ajudar neste caso.
    Saber a hora certa de acalentar e de dizer:
    _ Levanta! Isso não é nada!
    Faz parte da educação baseada no amor de quem prepara um ser para a vida!
    Prô Silvana

    postado por 92015 as 12:08:06 # 0 comentários
    segunda, 15 novembro, 2010
    ELOGIE MAIS, MUITO MAIS....


    O poder do elogio!

    Era minha primeira reunião de pais.

    D. Olga, pedagoga e psicóloga, diretora de uma escola do Estado, era muito amiga da minha mãe.

    As visitas dela em casa eram esperadas por mim como quem recebe o papai Noel em fim de ano.

    Em seu "saco", sempre havia muita sabedoria e ela era boa, me dava sem pestanejar...

    Naquele dia ela disse:

    _ Você está preparando uma reunião de pais?

    _ Comece ELOGIANDO!!!

    Sempre há algo magnífico em cada criança a ser muito elogiado!

    Comece SEMPRE, por ai...

    Quem não gosta de ouvir boas coisas a cerca de seus filhos?

    Só então, se houver, passem-lhes os problemas...

    Eu levei o conselho a sério!

    Vinte anos se passaram e eu agradeço a D. Olga.

    Aproveitei e estendi para a sala de aula.

    Uso o elogio como válvula mestra no meu dia -dia.

    Uma criança elogiada sente-se estimada...

    Com boa auto-estima ela acredita que pode dar conta de tudo...

    E dá!

    Crianças mais rebeldes podem recuperar-se facilmente com a SINCERIDADE amorosa de um elogio dado na hora certa.

    Pense nisso professor!

    Silvana Cervantes


    postado por 92015 as 07:21:08 # 2 comentários
    quinta, 14 outubro, 2010
    SER PROFESSOR


    Ser professor é acima de tudo lembrar da própria história de vida,  é remeter-se a própria infância, resgatando anseios  e "querencias". É dar o que nos foi negado, é dosar o que nos foi encharcado e negar o que foi mal aplicado...

    É facilitar o complicado,

    é amar e ser amado!

    Silvana Cervantes 


    postado por 92015 as 11:40:51 # 0 comentários
    sexta, 12 março, 2010
    OBSERVAÇÃO


    Observar, observar, observar...
    "O observar" se torna  mero julgamento, quando "o olhar" de quem observa
    não vivencia a prática enquanto ser atuante...
    É como ir todos os dias a uma academia de ginástica  observar as pessoas
    se exercitando...Pode-se dizer:
    _ Aquela não faz o exercício corretamente, aquela outra não tem postura,
    ou ainda, aquela não respira como se deve...
     No final da semana quantas calorias o observador conseguirá queimar?
    Exatamente.
    Zero! Nenhuma...
    A fé sem obras está morta?
    A observação sem empatia também....
    Pensando bem sobre isso...

    postado por 92015 as 01:22:55 # 1 comentários
    O RESGATE DA MAGIA, POR FAVOR!


    O RESGATE DA MAGIA, POR FAVOR!
    No alto dos meus vinte e tantos anos (dentro) de salas de aula, tenho visto e vivido muitas coisas.
    Teorias entram, encantam, vão por água abaixo,  saem de cena, retornam....
     Mas o que impressiona de verdade é o radicalismo. A tendência de achar que o que se fazia deve ser descartado,
    como se nada de bom houvesse, como se fazer uso de alguma coisa antiga fosse trazer de volta o " horror"
     de fazer a atual teoria vir também por água abaixo também....
    É assim, como temer a volta da ditadura!!!!
    Como se a moda não fosse mais o amarelo e então a partir de hoje ele devesse ser repudiado....
     Trazendo isso para o campo pedagógico, nota-se uma tendência a contribuir para que a criança
    seja um cidadão crítico e reflexivo.
    Sim, ótimo!
    Concordo!
    Perfeito!
    Mas, por onde anda o lirismo? A tradução do belo pela poesia? Por onde anda a emoção?
    E mais....
    Por onde anda a magia, que contagia e  faz sonhar?
    Como desenvolver a imaginação sem magia?
    Por onde andam os brilhos nos olhares das crianças esperando desvendar um mistério?
    Será mesmo que o encantamento é uma forma ingênua de alienação?
    Até que ponto as crianças, simmmmmmmm lembram?
    Crianças!
    Até que ponto tudo exatamente tudo, precisa de explicação razoável baseada em fatos ou hipóteses
    refletidas em reuniões de salas de professores?
    Uma coisa não exclui, ou não deveria excluir a outra!
    Jamais!
    Não é como no nosso tempo, que fantasiavam a reprodução com sementinhas e repolhos... Não!
    Se a criança quer a verdade, damos a verdade....
    Mas qual a diferença da infância para a fase adulta além das responsabilidades?
    Indubitavelmente, pra mim, a diferença está no pleno exercício da fantasia, da magia e do lirismo.
    A mescla entre o real, crítico e ativo, e o imaginário, o lúdico e mágico!
    Pense sobre isso....

    postado por 92015 as 01:02:53 # 0 comentários
    quinta, 17 dezembro, 2009
    BONITEZA


    ...A necessária promoção da ingenuidade à criticidade não pode ou não deve ser feita à distância de uma rigorosa formação ética ao lado sempre da estética. Decência e boniteza de mãos dadas...

    ( PAULO FREIRE)

    Uma boa escola que promove educação de qualidade, preocupa-se com estes dois aspectos a saber:

    A ética ( decência)

    e

    a estética ( boniteza)

    Não há construção de conhecimento sem estes aspectos presentes...

    Com relação a educação infantil, ainda mais...

    A escola precisa ser um local muito agradável, que favoreça o lúdico,a imaginação inventiva, que ao mesmo tempo desperte a curiosidade...

    O educador, pode e deve tanto promover a "boniteza" produzida pelas próprias crianças, quanto surpreendê-las por vezes em ocasiões especiais como as festas.

    Aqui vemos mais um belíssimo e dedicado trabalho da educadora Rosângela, para a E.M.E.I Leonardo Arroyo.


    postado por 92015 as 01:55:24 # 0 comentários
    segunda, 12 outubro, 2009
    UM CARINHO PARA QUEM ME DÁ TANTOS...


    Quando penso em emoção,
     assobio uma canção,
    quando preciso acalmar meu coração,
    e aprender uma nova lição...
    Quando fala mais alto a voz da razão,
    e tudo parece ruir ao chão...
    É você quem me dá a mão!
    O empurrão,
    a certeza de que
    viver ainda vale a pena, Não?
    E assim, tenho certeza que
    a criança aqui sou eu,
    e que você é tão somente
    o anjo,
     com que Deus me abençoou!
    Felizes sejam todos os teus dias,
    amor da minha vida,
    CRIANÇA BENDITA!
    Silvana Cervantes

    postado por 92015 as 01:19:28 # 0 comentários
    segunda, 27 julho, 2009
    "O CAMINHAR" SEM FILAS


     Dias destes fizemos uma excursão ao SESC...

    As crianças visitaram uma  exposição sobre o ar que respiramos( muito interessante). A monitora, pedia a todo momento que fizessem fila para caminhar... Eles não obedeciam e a moça me olhava espantada!!!!

    Infelizmente, não houve tempo para eu explicar-lhe que:

    ...
    As filas são frutos do exercício militar e foram criadas para que cada um andasse olhando apenas na cabeça do outro, sem ver o amigo, com apenas uma pessoa importante a olhar na frente, o comandante, no nosso caso, o professor....
    Isso está completamente fora da nossa realidade! Trabalhamos com crianças que aprendem umas com as outras, que dialogam e que tem no professor um mediador, não um "ser" a ser seguido cegamente.
    Na prática, eu digo as crianças: _ Ninguém caminha em fila num shopping. Filas são boas para ordenar chegada, não para caminhar....
    Nosso trabalho, é dar autonomia responsável suficiente para que a criança por si só caminhe lentamente, sem correr e conversando baixinho, assim como faz ao andar nas ruas. É um trabalho cansativo, confesso que ordenar fila é bem mais fácil, porém, quais trabalhos garantirão uma vida mais saudável em sociedade?
    "Prô" Silvana Cervantes

    postado por 92015 as 10:46:15 # 0 comentários
    sábado, 20 junho, 2009
    Os filhos de Papais...




    Os filhos de 'papais'... por Silvana Cervantes

    Há tempos venho observando as contradições presentes em alguns pais... De uns anos pra cá, as famílias têm 'acobertado' os erros de seus filhos, como quem acoberta os seus próprios.
    É preciso achar um culpado para atos maldosos e fora de propósitos,
    e não raro a 'culpa' recai sobre os professores, ou sobre quem estiver mais próximo.
    Semana passada, ouvi de uma mãe que foi chamada para um papinho:
    - Meu filho me conta tudo o que acontece aqui na escola, conta que os amiguinhos batem nele, e o que vocês professoras dizem, ele conta realmente tudo.
    Eu respondi:
    - Pois é mãe, acontece que ele também conta tudo o que acontece em casa, na sua casa!
    A senhora empalideceu... Eu continuei:
    - Esta semana ele nos contou, como a senhora resolveu uma questão com o filho mais velho, enfiando a cabeça do menino na privada!


    Não preciso nem contar com que cara ela ficou...


    Não importa o nível cultural, nem social, o que venho notando é que valores como assumir o próprio erro, ficou no passado.
    Os pais  seguem encobrindo e pior, seguem ensinando os filhos a burlar a verdade.
    Antigamente, quando um filho chegava em casa e mostrava um bilhete da professora, recebia advertência em consonância com a escola.
    Agora o que se ouve é:
    - Vou lá tirar isso a limpo com a 'louca' da sua professora!
    Ela terá o que merece!
    E eu pergunto:
    - Como afinal isso vai acabar?
    Quando a humildade de se reconhecer um erro, retroceder, pedir desculpas, pedir ajuda para se endireitar, reerguer e se tornar 'gente' de verdade vai prevalecer?
    A resposta é simples...
    Quando os pais servirem de EXEMPLO aos filhos.
    Simmmmmmmmmmmmmmmmmm, atenção:
    Filhos aprendem com exemplos mais que com palavras!
    Quando os pais através de atos, se auto condenarem por seus erros,
    assumirem suas culpas, quando condenarem os atos errados de seus filhos, e os fizerem também assumir suas culpas.
    Senhores pais, ouçam o apelo de quem vive para educar:
    Proteger seus filhos, não é isentá-los de culpa!
    Proteger é fazê-los saber que humanos erram,

     E QUE ACERTAM,
    TODA VEZ QUE ASSUMEM SEUS ERROS COM TODAS AS SUAS CONSEQÜÊNCIAS....

    "Prô" Silvana Cervantes


    postado por 92015 as 12:02:04 # 0 comentários
    quinta, 11 junho, 2009
    Cantos de atividades diversificadas


    CANTOS DE ATIVIDADES DIVERSIFICADAS
    Os cantos proporcionam às crianças experiências de brincar, imaginar,
    conhecimento matemático, desenvolvimento artístico, além da possibilitar
    a exploração da natureza, cultura, linguagem verbal e escrita.
    Sendo que as aprendizagens acontecem de forma autônoma,
    as crianças escolhem o canto de atividade e o tempo que passará nele.
    O professor, mediador deste tempo e dos espaços proporciona a aprendizagem
    de forma lúdica e funcional.
    A seguir, alguns exemplos de cantos de atividades diversificadas:
    *
    *
    O mundo do faz de conta no
    CANTO DAS FANTASIAS.
    Fadas, bruxas, piratas e princesas.
    O bandido e o mocinho.
    O bem e o mal.
    A imaginação desenhando os valores
    e colorindo a infância
    ( FANTASIAS DIVERSAS)
    *
    *
     O CANTO DOS JOGOS
     As regras, as táticas e estratégias,
    o desenvolvimento do raciocínio.
    O ganhar e o perder.
    O exercício de concentração como regra primordial.
    ( PEGA-VARETAS, DAMA, DOMINÓ, JOGO DA MEMÓRIA, TANGRAN...)
    *
    *
    O CANTO DA CASINHA
     A brincadeira simbólica,
    a reprodução do lar, da família
    e seu papel na sociedade.
    O exercício de organização de uma casa
    e o espírito de união em prol desta.
     (PANELINHAS, BONECAS, ROUPAS DE BONECAS, BANHEIRAS, CARRINHOS...)
    *
    *
    O CANTO DO MERCADO
     A função do comércio, a compra e venda de produtos.
    O desempenho das crianças nos papéis de consumidores
    e fornecedores.
    A prática da matemática com utilização das operações
    básicas.
     ( EMBALAGENS VAZIAS DE PRODUTOS DIVERSOS)
    *
    *
    O CANTO DO INSTITUTO DE BELEZA:
     Desenvolvimento da coordenação motora,
    interação com os colegas e incentivo às profissões.
    A vida real, o trabalho remunerado reproduzido
    no mundo infantil.
    ( ESCOVAS DE CABELO, PENTES, SECADORES, ESMALTES...)
    *
    *
    O CANTINHO DO BANCO:
    O contato com o sistema monetário brasileiro.
    Utilização prática do dinheiro (fictício).
    As operações matemáticas básicas.
    O valor e o poder de compra do dinheiro.
    ( DINHEIRINHO DE  MENTIRA)
    *
    *
    O CANTO DO ESCRITÓRIO:
     O respeito à hierarquia, (o chefe e os empregados).
    A importância da  utilização da escrita no trabalho.
    O respeito pelo trabalho alheio.
    A interação de idéias...
     TECLADOS VELHOS, MOUSES, PAPÉIS, CANETAS...)
    *
    *
     ALÉM DESTES CANTOS DE ATIVIDADES,
     cabe ressaltar a importância dos cantos fixos
    LEITURA E COMPUTAÇÃO,  importantes para
    o desenvolvimento do letramento e da inclusão digital
    respectivamente.
    Também, é necessário ressaltar os cantos  sempre presentes
    das tintas, da escrita, e do recorte e colagem.
     OS CANTOS DE ATIVIDADES DIVERSIFICADAS:
     A ordem, o aprendizado, o exercício, não pela imposição
    mas sim pelo prazer, pela vontade de participar do "aprender".
    O fazer, não pela determinação, mas sim pelo desejo de
    aprender .
    Os cantos de atividades diversificadas, constituem na
    educação infantil uma  das formas mais eficazes de fazer o
    aluno aprender, o prazer de ser CRIANÇA!
    "Prô" Silvana Cervantes

    postado por 92015 as 09:04:33 # 0 comentários
    O "NÃO" TEM RAZÃO?


    Paulinho estava com o brinquedo de montar inteirinho na boca,

    eu disse severamente:

    _ Engole, vai!

    E ele cuspiu rapidamente sem pensar....

    Acreditem, se eu dissesse:

    __ Nãoooooooo, tira isso da boca, Paulinho!

    Talvez fosse o tempo necessário para que ele engolisse...

    O "não", definitivamente não funciona!

    A criança até pode obedecer, mas sem entender, voltará ao erro...

    Negar a ação indesejada, é reforçá-la!

    Trabalhe o positivo! Nas rodas de conversa, pare de dizer o que não se deve, ou não se pode fazer, mostre os bons efeitos de se realizar tudo da melhor forma para o bem comum....

     Sim, pode acreditar!

    "Prô" Silvana Cervantes


    postado por 92015 as 01:48:57 # 0 comentários
    quarta, 10 junho, 2009
    Estímulo


    Quer ser ouvida numa sala de 30 crianças de seis anos de idade?

    Arregale os olhos e diga:

    _ Escutem.....

    Estão ouvindo?

    ( Silêncio total)... Lá fora há pássaros cantando!

    Pronto, você já tem a atenção que precisa...

    Não grite!

    Quanto mais alto você falar, maior será o tom de voz da sala toda....

    Um índio nunca grita com seus pequenos, você sabia?

    E em seguida, parta para o estímulo...

    Desafie, instigue, motive, faça com que se sintam desejosos de saciar curiosidades. Não se canse de fazer isso...E nunca substime a criança. Qualquer atividade pode ser adaptada para os menores, até mesmo trabalhos de pesquisa com mapas... Basta que tenham a motivação certa e os materiais a mão....

    Acredite!

    "Prô" Silvana Cervantes


    postado por 92015 as 12:21:57 # 0 comentários
    terça, 09 junho, 2009
    Chegou a hora da "disciplina"


    Em todos estes anos de trabalho com a crianças na Educação Infantil, posso garantir que NUNCA  tive uma criança sequer "rebelde" ou "indisciplinada". Tive sim crianças, saudáveis e loucas por novidades.Todas as vezes que uma delas teve atitude ou comportamento indesejado ( por nós adultos), foram situações em que eu deixei de criar condições para esta criança expressar seus sentimentos.

    As crianças  nesta faixa etária, ainda não tem claramente estabelecido padrões de comportamento em grupo, e aqui falo de respeito.... Respeito pela vez do outro, respeito pelo colega que chegou na frente, respeito por se usar um tom de voz mais baixo a fim de que o colega se concentre em determinada atividade. Estas noções, precisam ser construídas... Cabe ao professor, mediador, proporcionar momentos, conversas, e exemplos para que percebam o que de fato é melhor no convívio em grupo.Tudo o que é construído, é entendido e o que é entendido e combinado dá certo!

    Por fim aviso aos navegantes:

    A ociosidade é a maior inimiga da tranquilidade na sala...

    Criança que não tem o que fazer, faz o que não quer fazer....

    O tempo precisa ser ricamente ocupado, pense nisso!

    "Prô" Silvana Cervantes


    postado por 92015 as 12:39:24 # 0 comentários
    domingo, 07 junho, 2009
    Invente


    Uma das habilidades do professor de Educação Infantil, deve ser o dom de criar, reinventar, imaginar, se superar a cada dia.

    Lógico, que todo trabalho precisa ser planejado, ter objetivos e estratégias delineadas, mas até para planejar, a criatividade é fundamental.

    Crianças são dinâmicas, odeiam o que é estático, absolutamente silencioso, rigorasamente adulto.

    Elas precisam de cores, sons, imagens, rimas, desafios constantes.

    Ou você cria, ou terá crianças desmotivadas, apáticas ou " rebeldes" ( depois vamos entrar neste assunto com mais calma).

    Você precisa imaginar tal qual uma criança, transformar um monte de papéis velhos, em brinquedos como bolas e petecas, precisa ao tempo que resgata brincadeiras antigas, criar condições para que  reinventem os próprios brinquedos e brincadeiras. Verá como os olhos deles brilham ao confecionarem seus próprios iôs-iôs...Suas pipas, suas bolas de meia....

    TENTE, INVENTE, FAÇA TODOS OS DIAS, ALGO DIFERENTE!

    "Prô" Silvana Cervantes


    postado por 92015 as 04:08:15 # 0 comentários
    BRUXA SIM


    Nunca fui considerada muito normal, nos tempos do ensino tradicional...

    As crianças que passavam um ano comigo, deveríam aprender a tentar resolver seus pequenos problemas sozinhas...

    É o que hoje chamam orgulhosamente de autonomia.

    O cuidado com seus pertences, saber a hora de colocar ou retirar uma blusa de acordo com a temperatura ambiente, o caminhar pela escola de forma livre sem filas, as decisões sobre qual atividade escolher, sempre fizeram parte das minhas dinâmicas em Educação Infantil.

    Até que a sala estivesse habituada a isso, passavam e (passam), por um processo, que a olhos nús, pode significar "bagunça".

    Daí, eu ser até bem pouco tempo, considerada as avessas, a bruxa da escola.

    Lógico que aos olhos dos adultos. No olhar da criança, e este sim é o que somente me importava e importa, eu devo ser uma fadinha dom bem...

    Hehehehehe...

    Hoje, é reconhecida a importância de se trabalhar a independência da criança logo cedo.

    Creia, é muito mais fácil fazer por ela do que ensiná-la a fazer, mas a longo prazo a consequência desta facilidade pode ser catastrófica...

    Experimente, ouse sem medo...

    Mostre os caminhos e permita que escolham, que participem dos processos decisivos.

    Sentindo-se parte deles como "fazedores" e não só como "recebedores", o que chamam de disciplina torna-se um exercício tranquilo de dinâmica interpessoal na escola.

    lembre-se:

    O medo é seu, não das crianças....

    "Prô"( Silvana Cervantes)


    postado por 92015 as 03:50:10 # 1 comentários
    Então...


    Quarenta e três anos de idade,

    dezenove dedicados à Educação Infantil,

    da rede pública de ensino,

    cinco ao ensino Fundamental da rede particular.

    Vinte e três turmas, vinte e três anos de profundo aprendizado.

    Este blog, tem o objetivo de compartilhar com vocês, um pouco

    do que vivi e muito do que ainda quero descobrir neste mundo

    fantástico da EDUCAÇÃO.


    postado por 92015 as 03:31:56 # 2 comentários
     
    Perfil
    92015
    Meu Perfil

    Links
    Hotéis no Brasil
    DNS Grátis
    Criar Blog
    Blog Grátis
    Hoteis

    Palavras-Chave
    SINOPSE

    Favoritos
    SILVANA CERVANTES
    mais...

    adicionar aos meus favoritos


    Colaboradores do Blog


    Comunidades
    Não há comunidades.

    Posts Anteriores
    Educar com liberdade para a liberdade
    PROJETO: ALIMENTANDO-SE
    CRIANÇAS
    BRINCAR BRINCAR E BRINCAR
    TEATRANDO
    Teatrando
    Teatrando
    Teatrando
    Teatrando
    EQUILÍBRIO

    Arquivos
    2012, 01 junho
    2012, 01 fevereiro
    2011, 01 dezembro
    2011, 01 novembro
    2011, 01 julho
    2011, 01 fevereiro
    2010, 01 novembro
    2010, 01 outubro
    2010, 01 março
    2009, 01 dezembro
    2009, 01 outubro
    2009, 01 julho
    2009, 01 junho

    4622 acessos
    CRIAR BLOG GRATIS   
    ..