Adicione O RH - GESTÃO DE PESSOAS aos favoritos!
RH - Gestão de Pessoas
RH - Gestão de Pessoas
sexta, 17 agosto, 2007
Eficácia na Contratação

A seleção de pessoal sofreu grandes transformações ao longo dosanos, tendo estas aumentado significativamente na última década.

A seleção que as empresas realizam hoje não tem como único fim opreenchimento das vagas em aberto, mas a adequação candidato-vaga-empresa.Hoje, sabe-se que um mesmo candidato pode ser indicado para uma empresa para opreenchimento de suas vagas e não ser para outra, do mesmo ramo, por uma razãomuito simples: cada empresa tem um perfil de candidato, que se define a partirde sua cultura, e busca candidatos que estejam de acordo com este perfil.

Uma seleção realizada com eficácia traz como vantagens adiminuição da rotatividade e absenteísmo, redução nos custos que envolvem odesligamento de um funcionário e contratação de um novo. Também evita despesasextras referentes à necessidade de treinamento técnico do novo funcionário, bemcomo facilita a manutenção do ritmo de produção esperado, o que freqüentementenão ocorre quando do ingresso de um novo profissional na empresa, considerandoque este precisa de um período de adaptação.
Passamos de um período onde um candidato era avaliado apenas pelos seusconhecimentos técnicos da função, para outro onde características comomotivação, espírito de equipe e criatividade são tão ou mais importantes nahora da contratação. Tal fato se dá em função da consciência adquirida pelasempresas de que são estes os fatores que as levam para o maior desenvolvimento,aumentando a produtividade e o lucro, que é seu objetivo final.

Sabe-se que um funcionário auto-motivado é capaz de produzirmuito mais que outro, de mesmo nível de conhecimento técnico, porém com menorcapacidade de se motivar e de se envolver com o trabalho realizado. Tambémfala-se tanto em competitividade, que para muitos ainda é sinônimo de um passarpor cima do outro, reter o conhecimento, para se sobressair na empresa. Mas acompetitividade que tanto se discute hoje, é fundamentada na divisão doconhecimento (era da informação), no espírito de equipe (considerar a aquisiçãodos objetivos da empresa, como sendo a aquisição de seus objetivos pessoais).Como na velha história dos três mosqueteiros: "um por todos e todos porum".

E qual o papel do profissional de recursos humanos nesteprocesso? Ele é uma pessoa preparada para fazer esta análise de adequaçãocandidato-vaga-empresa. Somente a sintonia entre estes três elementos dará asegurança de se ter realizado uma boa contratação.


Fonte: Alessandra TalentiVargas / Psicóloga Organizacional



postado por 38656 as 17.08.07




0 comentários:
Comente este post
In�­cio
GESTORES DE RH

38656
Perfi do Edson
<

www.g1.com.br


Lista Telefônica


VISITEM OS LINKS

MAKING OF ISOLDINA
HD VIRTUAL
ABRH - MG
U N A
N O T Í C I A S
F O R M A T U R A
GOOGLE






Posts Anteriores
Liderança e o Processo de Mudança
A Essência do RH Estratégico
Coaching: O Melhor Amigo do RH
Danos à Empresa Originados pelo Alto Turnover
ATUALIZAÇÃO
Que tipo de profissional você é?
Acabou!!!
JORNAL HOJE - MERCADO DE TRABALHO
ISOLDINA - Guardem este nome
VAMOS CONTINUAR CONTANDO

Arquivos
01 agosto, 2007
01 julho, 2007
01 junho, 2007
01 abril, 2007
01 março, 2007
01 fevereiro, 2007
01 dezembro, 2006
01 novembro, 2006
01 outubro, 2006

11378 acessos


CRIAR BLOG GRATIS   
..