<!--%ML><HEAD> %-->
SILVANA CERVANTES

sexta, 28 junho, 2013
BRINCA...

BRINCA....


postado por 92015 as 12:39:34 0 comentários
terça, 11 outubro, 2011
MeiaNoite & MeioDia

MeiaNoite & MeioDia
Silvana Cervantes
¨¨*¨¨
Uma vez a cada mil anos,
Meia Noite
encontra
Meio Dia...
O brilho deste encontro se confunde
ao encanto de milhões de estrelas
dançando no oceano,
o estrondo é tão intenso que
estoura os tímpanos dos desavisados...
Um cheiro de paz espalha-se
intensamente pelo ar
e o amor...
Ah!
O  inteiro mundo faz amor,
 na mescla,
na junção, na mistura
linda deste contraste
que sem nenhum contrato
assina em lençol
Lua & Sol


postado por 92015 as 10:15:00 0 comentários
domingo, 25 setembro, 2011
HOMEM PRIMAVERA

A primavera é o caminho que a natureza
precisa percorrer para vir a ser verão...
Homem,
 presta atenção!
Você precisa ser primavera antes
de qualquer transformação...
Silvana Cervantes


postado por 92015 as 11:50:16 0 comentários
terça, 13 setembro, 2011
Eu...

Eu não queria escutar o galo cantar e lembrar do campo...
Não queria ouvir aquela música e me emocionar...
Não queria chorar...
Não queria sorrir profundo para a criança que nem conheço,
sentir profunda admiração pelo moço que  mal reconheço,
não queria gargalhar da piada infantil,
sentir  o desejo a mil...
Não queria sentir tanto amor, nem dor...
Não queria sorver tanto,
nem sentir  prazer com a brisa do mar no rosto,
ou com o simples barulho da chuva caindo no chão...
Não queria perdoar tão depressa, esquecer tão rápido
Não queria ser tão intensa...
Mas sou!
Lamento...
Eu sou exageradamente sentimento...
Tudo ou nada,
muito quente ou muito frio,
um rio
que escorre na parede da vida
aprendendo a cada dia
 e imaginando-se querida...
Silvana Cervantes


postado por 92015 as 11:18:37 0 comentários
quarta, 07 setembro, 2011
MAS QUEM DISSE QUE SERIA?

Muitas vezes, quando dizemos:
_  Veja, sou querida!
Na verdade, estamos querendo dizer:
_ Socorro, estou carente!!!
O que parece ser arrogância, uma vaidade desnatural, na realidade, esconde um sentimento de inferioridade.
A pessoa não faz isso por mal, ou seja, não age assim de forma consciente, até sofrer algum dano
com a situação, parar e refletir.
Sim, é preciso maturidade para reconhecer este sentimento, mas é preciso maturidade, compaixão e brandura ainda maior
para entender e perdoar a pessoa que se esconde atrás de superlativos...
Viver não é fácil, conviver, muito menos....
Mas, quem disse que seria?
Silvana Cervantes


postado por 92015 as 11:52:17 0 comentários
segunda, 25 julho, 2011
Nunca diga:

Nunca diga a quem te tem desejo:
_ Sinto um enorme carinho por você!
Melhor dizer:
_ Te detesto!
Porque a amizade para quem deseja
é como uma migalha de pão velho
a quem morre de fome,
melhor nem comer...
(Silvana Cervantes)


postado por 92015 as 02:31:33 0 comentários
domingo, 24 julho, 2011
Bom jardineiro?



Os seres humanos

são as criaturas

mais insatisfeitas do mundo...

 Quantas vezes são presenteados com o que há de melhor?

A rosa mais formosa,

compreensiva,

boa,

bem cuidada, colorida,cheirosa...

Mas, são breves em dizer:

Deve haver uma ainda melhor...

 Jogam fora a felicidade e desprezam

o presente que Deus lhe preparou,

pelo simples fato de deixarem de ser um desafio...

  Hoje eu digo:

O Homem não quer rosa alguma,

ele  só quer desafiar os arames,

invadir os jardins e

nada,

nada mais...

O tempo vai continuar passando

e ao olhar para trás,

ele saberá que

despetalou a felicidade

e somente  espinhos lhe restou...

(Silvana Cervantes)



postado por 92015 as 11:02:07 0 comentários
sábado, 09 julho, 2011
NÃO HA ENGANO

Não há engano!
Silvana Cervantes
Quem ama quer ficar junto, quer estar perto,
quer abraçar, beijar, sentir o cheiro....
Quem ama não dá desculpas...
Não inventa histórias...
Quem ama quer dar bom dia, boa tarde, boa noite,
quer dar presentes e fazer a pessoa amada feliz....
Quem ama vê estrelas onde há pedras,
vê cor onde tudo é cinza.
Quem ama não te faz esperar, o tempo é agora,
quer você sem demora.
Quem ama não precisa que se use de truques, nem que se faça
jogos de emoções como ciúmes e falsas contendas...
Quem ama, ama e pronto!
Não há engano algum!
Não sendo assim, creia...
É só mais um...


postado por 92015 as 12:36:04 0 comentários
domingo, 03 julho, 2011
TIPO BOAZINHA

 

Tipo boazinha....
Silvana Cervantes
Aquele em extinção,
que sai pra suar o pão!
Chega em casa, lava o chão,
prepara o "rango"que comprou
e lava a louça toda sozinha.
É, um tipo  bem"boazinha".
A que presenteia toda gente,
sem nada em troca, ri de contente...
A noite, cheirosa e depilada,
ainda com cara de safada,
cavalga sem dizer que está cansada...
Amanhece suave,
leva o dia na boa, sem entraves
O que isto revela ou descortina?
NADA...
 Além de 40mg de Fluoxetina...
QUALQUER SEMELHANÇA,
NÃO É
MERA COINCIDÊNCIA...


postado por 92015 as 03:50:45 0 comentários
domingo, 26 junho, 2011
Falando

Falando sério
Sil Cervantes
A melhor definição de amor
é a que brinca de dizer verdades
que fazem bem à alma, ao tempo  em que remete à ações sérias, que divertem o espírito!
E eu andei...
Ah, eu caminhei...
Deus!
Como busquei quem falasse sério...
Mais que isso,
procurei quem agisse sério,
enquanto brincasse de  fazer felicidade!
Quantas vezes desacreditei...
Até um livro de agruras quase editei!
Então olhei!
Finalmente enxerguei...
Em meio a tantas diferenças,
ALGUÉM!
Que nem precisa mais dizer,
ou agir...
Porque, falando sério,
nos fundimos de forma tal,
que não há no mundo,
quem se queira de maneira tão igual!
 *


postado por 92015 as 12:20:17 0 comentários
domingo, 05 junho, 2011
NAMORANDO

 
NAMORANDO...
Sil Cervantes
"
Gerúndio abençoado!
Beijando, abraçando,
rindo,
dançando, caminhando,
dormindo,
dando, recebendo,
sorrindo,
trocando, conhecendo
indo...
Nem passado, nem futuro,
apenas gerúndio...
Perpetuando, flutuando!!!!!
Ai,
que me doem as pernas bambas,
galopando...
E a língua arde,
roçando...
Pálpebras cerradas,
sonhando...
Coração a mil, palpitando...
Ando,
NAMORANDO....
                    NAMORANDO....
                                      "GERUNDIANDO"!    


postado por 92015 as 09:24:22 0 comentários
domingo, 01 maio, 2011
VIDA

SEM DEMAGOGIA...
A PORRA DA VIDA É UM PALCO,
VIVER,  É REPRESENTAR PAPÉIS,
E SER FELIZ?
SER  FELIZ, É SER UM BOM ATOR!
SilCer


postado por 92015 as 10:55:18 0 comentários
segunda, 28 março, 2011
Entorpecida pelo mar dos olhos teus....

Entorpecida pelo mar dos olhos teus....
Silvana Cervantes
Não se sabe o que rege os destinos...
Dizem que anjos sondam os pensamentos
e fazem dos sonhos, bons momentos...
Eu acredito  na vontade,
na capacidade,
dos seres se quererem de verdade!
Acredito que quando isso existe,
o mal não persiste...
Há um PODER que emana do bem,
 e eu não posso viver sem...
Tão pouco você também...
O nome disso é AMOR,
e eu vou cavalgar cada centímetro
do teu corpo
até achar a morada da tua alma,
vou meter nela a felicidade
de quem sabe se dar de verdade!


postado por 92015 as 01:28:37 0 comentários
domingo, 27 fevereiro, 2011
MEU AMOR

Não é novidade
Por todo canto da cidade
é a minha vida, minha realidade...
Pouca idade?
Bobagem...
Esperança?
Muita responsabilidade... Que sacanagem!
Amanhã? Eu não sei,
mas hoje,
ah... Hoje é o meu maior amor
frutinha de doce sabor!
CRIANÇA,
meu passado
presente em meu dia-dia
O futuro?
Sei lá...
Ao lado dela, apenas  sorria!
Silvana Cervantes


postado por 92015 as 07:03:41 0 comentários
sábado, 19 fevereiro, 2011
SEDUÇÃO

 

O grande segredo da vida é a sedução...

Não aquele engodo sensual para proveito próprio

mas,

a sedução que transforma qualquer coisa em ação,

 produzida com satisfação e emoção...

Silvana Cervantes



postado por 92015 as 01:22:15 0 comentários
terça, 25 janeiro, 2011
PARA TODOS

Meu mais novo amor tem cara de desejo, de saudade...
Se alimenta de liberdade,
tem o riso estampado na cara,
um povo calmo e solidário...
Meu novo amor é volúvel desde o nome...
É para ti, para mim, para todos.
Tem cheiro de história no ar,
arte e cultura pelas pedras a bailar...
Meu novo amor tem cabelos longos e prateados
 onde se banham,  as crianças, os moços e as senhoras,
tem até a "Maria", anunciada com aplausos
quando chega nas praias, deixando
cheiro bom de erva no ar...
Meu novo amor, é romantismo puro!
Poesia, nostalgia...
É paz!
 E hoje, no dia do aniversário do meu antigo amor,
confesso!
Troco Sampa por ti,
PARATY!
Silvana Cervantes


postado por 92015 as 01:57:41 0 comentários
quinta, 13 janeiro, 2011
POR QUASE UM SEGUNDO

POR QUASE UM SEGUNDO
Parei!
Ar, cadê?
Chão, onde?
Morrer, pra quê?
Levitei...
Por quase um segundo,
vaguei sem órbita,
subi aos céus,
desci ao centro da Terra,
naveguei os oceanos,
visitei todos os buracos sem fundos
satisfiz todos os desejos fecundos
perdi a noção do tempo,
do elo que une e separa as eras,
liberei as feras,
encharquei as entranhas,
desamarrei as façanhas...
Beijei!
Tua boca,
tua alma...
 E por quase um segundo,
vivi  todo um mundo!
Silvana Cervantes
12/01/2011


postado por 92015 as 02:09:58 0 comentários
segunda, 10 janeiro, 2011
BALZAQUIANA

BALZIQUIANA
SilCer
Balzaquiana é o termo que se refere a mulheres com mais de 30 anos, uma alusão ao Romance,
"A mulher de trinta anos" de  Honoré  de Balzac, escritor francês.
Hoje, as de quarenta, cinquenta e sessenta também são enquadradas no termo pejorativo, quando
se referem a mulheres que ainda querem amar e serem amadas. Como se amor tivesse idade, sexo, raça,
planeta, tempo, órbita...
Então, você posta uma foto em algum lugar público, as pessoas do sexo oposto olham e dizem:
Meuuuuuuuuuuuuuuuuu Deus!
Você não tem 44 anos, não é mesmo?
Ai, você corre, se olha no espelho e pensa:
O que tem demais ou de menos entre as mulheres com mais de quarenta anos?
Eu dormi, vivi e acordei exatamente do mesmo jeito que ha vinte anos atrás...
É lógico que com algumas rugas ( eu amo cada uma delas, são dores que superei),
com alguns quilos a mais( eu detesto cada um deles, mas lembram as tortas de morangos, bolos e sorvetes que saboreei),
com celulites esparramadas pelas coxas(aprendi até ler em braile por causa delas),
mas tirando estas coisas que o Sr tempo dá de presente  A TODOS, eu vejo no espelho uma mulher que aprendeu a gozar, que sabe
como enlouquecer um homem, vejo uma mulher que tem seu próprio dinheiro, sua profissão constituida, vejo uma mulher divertida,
que sabe os nomes dos remédios para cada tipos de dores, as dicas para remover manchas de roupas, vejo uma mulher com conhecimento
histórico, normas de elegância, uma mulher que sabe ser fiel, leal, compreensiva, carinhosa. Uma mulher capaz de se dar por completo, sem egoísmos. Vejo uma mulher que conhece a dor da traição, da rejeição, uma mulher inteligente o suficiente para saber que nada sabe da vida.
Uma mulher humilde, capaz de se emocionar com um palhaço no circo, chorar numa cena de novela, brigar por justiças sociais...
 VEJO UMA MULHER!
 Que mesmo com menos curvas, e firmeza na pele, pode realizar qualquer homem...
Eu sou balzaquiana, e graças a Deus, minhas filhas jovens e lindas um dia também serão!
 E aos senhores "veteranos" que procuram somente pela graça das jovenzinhas desejo muita sorte, além de Neosaldinas em gotas, que  são ótimas para  aliviar pesos nas cabeças causados por artefatos identificados, ou não...
Silvana Cervantes


postado por 92015 as 12:16:54 2 comentários
quarta, 05 janeiro, 2011
R.A

JÁ PERMITI QUE ME MATASSEM TANTAS VEZES NESTA VIDA,
 QUE HOJE
ESTOU INAUGURANDO OS "RESSUSCITADOS ANÔNIMOS"
Sob o tema : Só por hoje, eu não vou amar...
SilCer





postado por 92015 as 12:50:08 0 comentários
segunda, 03 janeiro, 2011
VIRTUDE?

Dizer a verdade não é uma virtude, é rotina de quem tem bom caráter

(Silvana Cervantes)



postado por 92015 as 12:48:37 0 comentários
O MAS... E EU!

Mas....
Sil Cervantes
*
Há sempre um "mas" entre eu e o amor...
Alguém sempre chegou antes,
ou eu me adiantei e reinveitei algum sonho  que já estão sonhando!
O resultado?
Despedaçada alma...
E vem o que diz:
_ Calma!
Chegarás em tempo, um dia...
Lamento!
Confesso,
Não mais aguento esta guia...
Sr, "mas" me venceu!
Doeu!


postado por 92015 as 12:12:34 1 comentários
quarta, 24 novembro, 2010
AMOR

Arte: Silvia Filippo



postado por 92015 as 01:13:03 0 comentários
sexta, 19 novembro, 2010
FALA FREUD!

E falam da MULHER...
Quando as tem fácil,
 desdém,
quando se vão,
não vivem sem...
Sr Freud, diga-me:
_ Afinal, o que querem os HOMENS?
SilCer


postado por 92015 as 12:29:26 0 comentários
domingo, 14 novembro, 2010
FLOR DO DESERTO

FLOR DE DESERTO
Silvana Cervantes
E se ele finalmente um dia chegar?
Como vou saber?
Como identificar?
Foi tanto mal,
tanto sal
final, final, final...
Qual será o sinal?
Um ato, um fato?
Uma boa atitude, amiúde?
Foram tantas pedradas
facadas,
paixões desalmadas
pesadas, pesadas, pesadas...
Vive uma flor no árido deserto?
Sobrevive o amor por certo!!!
Sim,
decidi viver,
só pra ver!


postado por 92015 as 11:01:02 0 comentários
ADIANTA?

Adianta?

Sil Cervantes
Tanto amor,
tanto desejo,
tantos sonhos e poemas?
 Adianta fechar os olhos,
abrir todas as manhãs
 para o nada enxergar?
 Adianta o calor
a bronzear a palidez da alma,
o frio a teimar com a  polidez da calma?
Adianta chorar?
Ouvir esta melodia encarnada de saudade?
Encher a boca de saliva e vontade?
Fala pra mim...
Adianta tanto, tanto, tanto lamento
se não há em toda Terra uma só criatura
que mereça sequer um pensamento?
14/11/2010


postado por 92015 as 01:18:07 0 comentários
quinta, 11 novembro, 2010
DAQUI PRA FRENTE

DAQUI PRA FRENTE
SILVANA CERVANTES
Sim,
tudo vai ser diferente,
vou vomitar meu lado crente,
deixar fluir e ficar a faceta que renega,
nunca se entrega...
O lado ruim, teso, cruel, seco...
E quero que saiba,
foi você,
quem deflorou minha alma,
 difundiu a maldade e deu razão
a toda emoção que eu trazia no peito...
Hoje sou o nó
encardido na lama, cuspido na cama,
sou o gelo que queima sem dó
Daqui pra frente?
Nada...
Nada diferente de "só"!


postado por 92015 as 10:56:08 0 comentários
terça, 02 novembro, 2010
Leia tudo outra vez...

Leia tudo outra vez...
Silvana Cervantes
Amor da minha vida,
presente perfeito de Deus...
Você tem noção do bem que me faz?
Da paz que me traz?
Sabe do tremor que tua voz provoca em minhas pernas?
Das borboletas que brincam em meu estômago?
Do riso que foge da boca a todo instante?
Do olhar vidrado e brilhante?
Sabe que o sol brilha sem parar dentro
da minha alma?
Que a boca seca quando a saudade aperta?
Que minha vida sempre aberta,
doravante é a morada de um espírito
iluminado por tua vida?
Sabe que meu ar é colorido agora?
Que o mar das minhas entranhas,
nunca mais vai embora?
Amorzinho...
Sabe o quanto te amo?
Leia tudo outra vez...


postado por 92015 as 02:42:24 0 comentários
quinta, 30 setembro, 2010
VASO QUEBRADO

O encanto quebrou,
o vaso rachou,
o sonho ruiu,
a porta fechou,
o coração partiu...
Mais vale a paz que o nada me traz
que o amor perdido
que eu vivia correndo atrás...
SilCer


postado por 92015 as 10:56:41 0 comentários
sábado, 18 setembro, 2010
Sim, sou eu

Sim, sou eu...
Silvana Cervantes
 Em cada canto, cor, pinta e ruga...
Eu!
 Antítese tesa,
 clara confusão
do lado escuro de um ser em ebulição...
Sim e não,
o lado seguro da mão ,
 contradição
o lado que acena pro chão!
Você?
Muito mais simples...
A mais linda  e rara canção!


postado por 92015 as 01:30:03 0 comentários
quarta, 08 setembro, 2010
MARINHO

MINHA COR PREFERIDA É O MARINHO
 MARINHO MAR
MARINHO NINHO
MARINHO FLOR...
UM AMOR!
E MESMO ASSIM,
MORRENDO DE DOR,
SERÁ ATÉ EU MORRER
A MINHA MELHOR COR!
SilCer


postado por 92015 as 12:10:50 0 comentários
terça, 07 setembro, 2010
Prêmio

Este blog participou do concurso patrocinado pelo

Tallent Seekers.

Tenho  a honra de comunicar aos meus leitores,

que o mesmo, tinha como objetivo, premiar os 100 melhores autores inscritos de TODO O MUNDO.

Silvana Cervantes ficou em sexagésimo lugar, conquistando o prêmio almejado.

OBRIGADA A TODOS QUE PASSARAM E PASSAM POR AQUI, LENDO E COMENTANDO OS ESCRITOS...

SEM VOCÊS, NADA TERIA SIDO POSSÍVEL...

Silvana Cervantes



postado por 92015 as 01:30:45 0 comentários
segunda, 26 julho, 2010
IRONIA SEM AGONIA....

IRONIA SEM AGONIA....

Silvana Cervantes


Paixão é bom...
Sentir os pés flutuando, saindo do chão....
Coração a mil, "puta que pariu"!
Ops! Desculpa, saiu....
Não fosse como um Sonrisal( aquele antiácido)
que explode mas logo sossega, seria fatal,
tal qual um orgasmo genial....
O amor não...
Amor é chatice!
Amor cobra, esnoba...
Amor não causa ereção, não tira nada do chão...
Amor, é a estabilidade dos dias felizes e sempre iguais,
amor é calmaria...  Confirmação, auto afirmação,
cumplicidade, a certeza de ter alguém ao lado
apesar da  avançada idade, da pele caída, do bolso vazio...
Amor é mão na mão,
a mesma canção
aquela que sempre, sempre, sempre
toca... Não importa se chova, faça sol,
se tenha roupa no varal, ou nenhuma
camisa pra vestir...
O amor é mesmo muito, muito chato...
Ele está sempre do mesmo jeito, no mesmo lugar
a te esperar e esperar e esperar...


postado por 92015 as 11:04:49 0 comentários
sexta, 23 julho, 2010
PORCOS PODRES

 A DIFERENÇA ENTRE

 O HOMEM E A MULHER,

É QUE O HOMEM PENSA QUE CONSEGUE

DISFARÇAR

O QUE A MULHER PERCEBE ATÉ MESMO SEM VER...

(Silvana Cervantes)



postado por 92015 as 12:15:44 0 comentários
quinta, 03 junho, 2010
MEU SOBRENOME É DESEJO

MEU SOBRENOME É DESEJO
Silvana Cervantes
A luz, a escuridão
o céu, o chão
a boca, a mão...
Lugares, olhares,  frases, ares...
Tempos, pretéritos, futuros,
o presente embrulhado em forma de coração...
Uma oração!
Todas as rimas são
sinas...
Sinais da minha vida,
prazeres,
quereres pecadores,
odores,
cores...
!AMORES!
Meu nome é SilCer
de querer, de ensejo...
Meu sobrenome?
DESEJO!


postado por 92015 as 10:48:17 0 comentários
sábado, 08 maio, 2010
FOI VOCÊ

 
Foi você que pediu
 Silvana Cervantes
Quem mandou me aguçar,
afiar minhas garras,
apurar meus sentidos?
Você vacilou...
Pensou que fosse fácil,
dominar uma presa assim,tão ágil?
Não tenho coração...
Tenho uma tocha interminável
que arde e que queima eternamente
Um libidinoso pensamento,
que sem licença invade meu corpo
E me faz escrava das tuas vontades
das tuas mãos  de homem maduro
Acostumado a tocar-me
como a mais pura seda...
Ardo agora como a menta, meio doce
mas que queima, deliciosamente
dissolvida na tua boca macia
 pela tua quente língua envolvida.
É premente que me tome,outra vez!
E nunca esqueça meu amor,
Foi você que pediu...


postado por 92015 as 12:41:41 0 comentários
terça, 04 maio, 2010
MÃE... PÃE

 

MÃE, "PÃE", "VÃE"...

( Silvana Cervantes)

Mãe não é aquele ser do sexo feminino que pari!

Mãe,

 é todo ser que abraça como se tudo fosse mundo,

enche de esperança, como se buraco não tivesse fundo,

e ama como se mil anos fosse um segundo...

Mãe,

é todo ser que segura o barco para não balançar

 empurra, quando é preciso voar

e chuta quando a bola precisa entrar...

Mãe,

é todo grito desentalado da garganta,

todo espaço de uma Jamanta,

o ser que não atende por

_ "não adianta"...

Mãe,

é todo pai, toda avó,

todo aquele que desata o nó,

aquele que ama sem dó...

Mãe,

Substantivo simples,

que mais  poderia ser um adjetivo...

Infinito nada particular

representante do amor de Deus na Terra!



postado por 92015 as 11:38:17 0 comentários
domingo, 11 abril, 2010
FELIZ DO HOMEM

 

Feliz do Homem que sabe

valorizar a mulher...

Este sim pode chamá-la de sua,

não pelo sentimento de posse,

mas por ela não querer ser de

mais ninguém!!!!!!!!!

SILVANA CERVANTES



postado por 92015 as 03:38:18 0 comentários
sábado, 10 abril, 2010
DANÇA?

DANÇA?
Sil Cervantes
Sim,
vamos dançar...
O céu nos pede isso...
O mar implora a doce ginga
e a pele sua o ritmo quente...
Sim,
dançar é coisa de gente!
Semente da alegria,
do tempo em que se sorria,
da hora que é agora...
Sim,
vamos dançar
esta noite,
até o bendito dia clarear
e consigo
levar a alma pra lavar...
10/04/2010


postado por 92015 as 01:44:30 0 comentários
sexta, 02 abril, 2010
FUJÃO

Pastoreia minhas entranhas,
abocanha....
Arranha ,
assobia nossa canção,
Tira a dor com uma só mão...
Fujão!
Volta já pro meu coração...
SilCer


postado por 92015 as 11:08:30 0 comentários
ACORDA

É preciso coragem,
sair, vislumbrar outras paisagens...
É preciso mudar,
renascer,
vir a ser...
É preciso acordar,
sair do casulo,
voltar a amar...
A realização dos desejos,
pode estar a um segundo
desta hora,
a um centímetro
da próxima esquina...
É preciso acreditar...
Manter-se desperto,
pra hora que o sonho
vier
 te acordar!
Silvana Cervantes


postado por 92015 as 11:03:45 0 comentários
sexta, 26 março, 2010
HOMOSAPO

HOMO SAPO

SilCervantes

Em pleno século XXI,
o Homem se vangloria
do domínio da tecnologia a seu favor,
das curas de diversas doenças que descobriu,
dos carros que dirige,
dos cargos que assume,
dos edifícios que constroe,
das teses que sustenta...
Mas não posso deixar de dizer,
o quanto ainda são primitivos estes...
Homo sapiens?
Nem isso....
Sapos mesmo!
Vangloriam-se de mais uma
perereca engolida,
mais uma tosca iludida...
Colecionam orgasmos
como se algum dia, estes
não virassem sussurros antes da morte.
É isso mesmo!
Príncipes ou sapos,
estes tão primitivos seres
que vivem da satisfação
das primeiras necessidades,
um dia morrerão,
 assim como todo ser vivente sobre a Terra,
e deixarão apenas lembranças...
BOAS?


postado por 92015 as 01:09:48 0 comentários
quarta, 10 março, 2010
PENSO EM TI

Penso em ti
Silvana Cervantes
cada vez que os sinos badalam em aleluia,
cada vez que nasce um novo dia
cheio de esperança...
Penso em ti a cada árvore frondosa que derrama seus frutos 
 pela estrada da vida,
cada vez que as ondas do mar se derramam nas areias quentes das praias
trazendo refrigério...
Todas as vezes que fecho os olhos em oração,
a cada música que me faz recordar uma nação...
Penso em ti, a cada findar do dia,
porque sei que como a lua,
você virá enfeitar minha noite...
Penso em ti,
porque  céu sem estrelas
não tem graça,
assim como todo pensamento apartado
de sua existência!
Penso em ti mesmo quando sei que
já não pensa em mim,
porque amar,
vai além da inocência
de achar que todo querer é recíproco...
Penso em ti,
mesmo não sabendo quem
é você, onde mora,
quantos anos tem,
se por minha vida passou,
por onde andou...
Penso em ti  Sr AMOR,
porque viver sem você,
é morrer pra emoção pouco a pouco sem saber...


postado por 92015 as 12:47:11 0 comentários
segunda, 08 março, 2010
DIA DA MULHER

Pensando bem,
( mulheres também pensam além de cuidarem da casa e dos filhos)
Mas,
pensando bem mesmo,
quem tem dia ?
Sim, responda com sinceridade, quem tem dia definido?
Vamos lá:
Dia da mulher __8 de março
Dia da consciência negra__ 20 de novembro
Dia das crianças-- 12 de outubro
Dia de lembrar dos mais pobres e sermos solidários_ 25 de Dezembro
Por que será que só os tidos como " frágeis" e "desprotegidos"
precisam de dias definidos para serem lembrados?
CHEGA!
 Só vou comemorar o dia da mulher quando inventarem o dia do homem!
Tomei consciência hoje de que o movimento feminista do século IX não
serve mais para a mulher do século XXI!
Somos bem mais que aparelhos domésticos e cosméticos, e nossos dias
são todos os que compartilhamos nossa existência com dignidade!


postado por 92015 as 12:24:52 0 comentários
quinta, 04 março, 2010
TRISTE

É  alma,
que de tão triste
sangra pelas têmporas
através de dores sem fim...
Tem sido assim,
um eu que não sai de mim!
SilCer


postado por 92015 as 09:30:50 0 comentários
segunda, 01 março, 2010
TANTO

Eu amo tanto, com tanta intensidade,
tanto desejo, tanta vontade....
Mas o que fazer,
 quando se vem ao mundo pra ser querida,
somente como amiga  por toda vida?
É tentar sorrir,
deixar o tempo dizer
se já nasceu, ou ainda não morreu
um coração que possa me dar guarida!
(Silvana Cervantes)


postado por 92015 as 01:27:38 0 comentários
sábado, 27 fevereiro, 2010
EU TE AMEI

Eu te amei...
Sil Cervantes
Sim,
 te amei como quem não espera,
como quem se entrega.
Te amei do jeito mais louco,
por isso, tudo me parecia pouco...
Te amei,
como se não houvesse mundo,
e toda vida não tivesse fundo,
te amei,
como se fosse o único, o último
como se a nostalgia se chamasse alegria...
Te amei,
com a ânsia de uma virgem santa,
como uma selvagem no cio, pilantra
te amei,
como alguns homens
rogam ser desejados,
como se a chuva fosse o único refrigério,
com doçura e mistério...
Te amei,
como os anjos jamais amaram,
como os deuses antigos sonharam...
Pena !
 Em vão...
Andorinha sozinha, ainda
 não faz verão...


postado por 92015 as 01:19:01 1 comentários
quinta, 11 fevereiro, 2010
TOQUE

ME TOCAR PENSANDO EM VOCÊ, NÃO É UM CONSOLO...
É UM SONHO....
PRELIMINAR DE UM "POR VIR"
E QUER SABER?
TE CONHECER,
É O QUE TEM ME FEITO SORRIR...
BENDITA MÚSICA
QUE MEU PEITO ESCUTA,
BENDITO ANJO
QUE FEZ SANTO
O ATO
O AMOR
QUE RENASCE PARA
A VIDA DE FATO!
Silvana Cervantes


postado por 92015 as 11:30:10 0 comentários
segunda, 01 fevereiro, 2010
AO TEU AMOR...

 
AO TEU AMOR...
Sil Cervantes
Contudo,
 ao teu novo amor desejo  sorte...
Que te esquente na medida certa
e que te assopre para longe as dores...
Que te ame,
metade do que eu  te amo hoje,
pois se amasse assim como eu por completo,
é certo,
explodiria o mundo!!!
Que te componha versos melhores,
 e de tão belos se tornem músicas
para teus olhos dançarem...
Não são versos que apetecem tua alma?
Cansou de calma?
 Bravo!!Palmas!!!!!
Tão pouco apetecem a mim...
Hoje pertenço ao céu,
vôo ao léu,
 e descanso aqui,  ali...
  Mas, te agradeço os ensinamentos:
_ Não são os olhos, é o olhar!
_ Não é a boca, é o sorriso!
_ Não é o corpo, é o prazer...
Nasci no dia em que te conheci,
aprendi no dia em que te amei pela primeira vez,
e morri quando atrás de ti não corri...
01/02/2010


postado por 92015 as 02:38:15 0 comentários
sábado, 23 janeiro, 2010
PASTOREANDO

PASTOREANDO
*
Entre tantas danças
uma piscada,
um chamado
tímido,
quase calado,
um passo dobrado,
um beijo roubado...
Tempo pra sonhar?
Que lindo!
A chama que inflama
arde no peito que hora conclama
esse amor,  esse amor, esse amor,
uma canção  mesmo sem violão...
E eu tão descrente,
hoje
vivo sorridente, contente, contente...
Sil
vana
 Cer
vantes
23/01/2010


postado por 92015 as 08:09:43 1 comentários
terça, 05 janeiro, 2010
LUA

LUA?
Sil Cervantes


Você é responsável,
por este brilho em meu olhar,
por esta falta de ar,
por eu ser, e mais ainda estar...
É culpa tua,
este riso bobo na minha boca,
e mais ainda a cabeça oca...
A falta de originalidade,
ah!
As vezes o amor tem um "q"
de crueldade...
Vai, encharca logo teu olhar
de saudade,
lamba teu dedo,
ele ainda tem o gosto
do meu maior segredo...
E fala,
fala pra todo mundo ouvir:
_  Não é a lua  que me faz sorrir!


postado por 92015 as 11:39:55 0 comentários
domingo, 03 janeiro, 2010
VITRINE

VITRINE
Silvana Cervantes
De modelo não tem nada!
Fada?
Muito menos...
 Talvez, carísma algum jeito,
trabalha bem seus defeitos...
E eles... Todos eles com suas damas ao lado,
passam, olham, encaram...
Esticam seus pescoços,
disfarçam...
Piscam, ascenam e dizem baixinho:
_ Ah, se...
Se...
Se pudessem, se quisessem, se coragem tivessem...
Outros, ( sempre acompanhados)
dizem ou deixam recados disfarçados:
_ Dá pra alugar por um dia?
Só um dia!!!
Outros ainda sussurram:
_ Mas, por que ela  ainda está ai?
Não é possível!
Inacreditável!
Mas... Ela continua...
Implacavelmente só
atrás do vidro
limpinho, limpinho...


postado por 92015 as 12:59:15 0 comentários
sexta, 25 dezembro, 2009
Terra do nunca

 CRESCER

é aprender que amadurecer,

não é sinônimo

de envelhecer!

Silvana Cervantes

          



postado por 92015 as 01:13:39 0 comentários
terça, 22 dezembro, 2009
ESTRANHOS NO MUNDO

 
ESTRANHOS NA NOITE
Silvana Cervantes
Ainda somos estranhos,
almas a procurar...
Ainda somos fantasmas a vagar...
Não tente negar!
Fossemos felizes,
sentiríamos tanta falta do
 "nem tocar"?
A noite nos apresentou,
em seus braços
 nossos sonhos acalentou,
alcoviteira lua
nos brindou...
Mas ainda assim,
 somos estranhos de nós mesmos!
Não conhecemos o futuro e já tememos o presente...
Negar o desejo então parece o mais decente!
Continuarei crente...
Por que?
Porque você não sai um só segundo da minha mente...
Quem sabe, numa  noite estranha
destas, não cruze o céu outra estrela rouca e sopre em teus ouvidos:
_ É ela!
Não deixa partir e cor mais louca da aquarela!
O mundo não tem graça sem pessoas como ela...


postado por 92015 as 10:16:40 0 comentários
Idade....

O que importa a idade dos teus olhos 
se teu olhar
é mais antigo que o  desejo
de
amar?
Silvana Cervantes


postado por 92015 as 03:15:11 0 comentários
segunda, 21 dezembro, 2009
UM LUGAR NO TEMPO

Silvana Cervantes
Há um lugar lindo pra gente viver...
Lugar pra sorrir e ser muito feliz!
Há um lugar onde amar é tão
somente como abrir os olhos depois de sonhar!
Lá, a música é viva
e dança sem parar...
Há um lugar...
Tão único e indivisível
que se faz público e permissível!
Um espaço,
sem laço,
sem amarras,
onde a liberdade nem conhece a utopia
e a paixão não tardia...
Um lugar que por vezes se faz mar,
inunda,
avança feito ondas a engolir a alma
e por outras se faz calma,
brisa leve bem como muitos acham que se deve...
O lugar?
Onde está teu pensamento, 
 teu coração, cada ato e ação...
Teu julgamento,
teu jeito de lidar  com as coisas
em cada momento...
Alí está teu livramento!


postado por 92015 as 10:51:19 0 comentários
terça, 08 dezembro, 2009
O SHOW TERMINOU

 
O SHOW JÁ TERMINOU
Silvana Cervantes

Porque azul?
Se daqui, parece tão cinza?
Onde se escondeu a magia?
Que parte da vida fazia?
Recolheram a fantasia
Apagaram as luzes
Fecharam a cortina
Nenhum mísero espectador
E eu, que meu canto de dor
Ensaiara com afinco e vigor
Rodopio e danço sem par
E me ponho alto a cantar
Um quase desesperado gritar
Hei mundo!
Eis me aqui bem no fundo
Do teatro a chorar
Bem baixinho pra não acordar
Quem dorme cansado
Do gozo, e regozijante bailado
Inconcluso aviso desesperado
De um coração melancólico
Que vê seu teatro fechado


postado por 92015 as 11:28:05 0 comentários
ENLOUQUEÇO

ENLOUQUEÇO
Sil Cervantes
E como tesão sem amor,
é como dieta sem pão,
ENLOUQUEÇO
cada vez que teu olhar
engole meu prazer,
cada vez que a música da tua voz
se espalha por meus poros,
inundando meu desejo mais louco,
cada vez que teus ouvidos
escutam meus gozos roucos...
ENLOUQUEÇO
porque já não há dia,
nem noite
que não  me arranho
encharcando a respiração de espanto,
dilatando as entranhas tanto,
me tocando
como fosse você!


postado por 92015 as 11:25:07 0 comentários
sábado, 28 novembro, 2009
SUA VEZ AGORA

Sua vez agora!
Silvana Cervantes
*
Pelo amor de Deus eu imploro,
onde você está?
Por que não vem me buscar?
Sinto que caminho em vão,
vagueio, perambulo,
sobrevivo pelas ruas,
pelas estrelas,
completamente sem bagagem,
sem memória...
Não há lembranças, quando não há  uma história...
Eu preciso de um conto de amor,
legítimo, único, absolutamente verdadeiro e nosso...
Aqui!
Ali!
Acolá!
Quantas vezes ainda terei que errar pra poder te encontrar?
Hoje decidi!!!
Não vou mais procurar!
Eu estou aqui,
se quiser,
SABERÁ ONDE ME ACHAR...
 Siga as letras,
chegará a alguém
que sabe
verdadeiramente amar!


postado por 92015 as 12:15:21 0 comentários
quarta, 25 novembro, 2009
BELO SEM ALMA

O BELO SEM ALMA
Silvana Cervantes
A beleza vinha da fala,
tão simples,
tão pura...
Assim, como uma jura:
 _ Seríamos uma só carne,
um só espírito
que não mais procuraria,
não mais vagaria
por castelos mal assombrados
de  amores passados ...
Um só corpo,
bem cuidado, bem amado
 e muito estimado!
Uma só música,
embalando nossas danças...
Um só amor que não precisaria viver de lembranças...
Mas,
a grande verdade,
a vida traria na palma...
o Belo,
de tão sublime, perderia o elo...
Era sem alma,
sem calma,
sem nada,
e sem nada, também me deixou...


postado por 92015 as 10:50:33 0 comentários
Engano?

AS PESSOAS NÃO NOS ENGANAM...
 SOMOS NÓS QUE NOS ENGANAMOS COM AS PESSOAS
Silvana Cervantes


postado por 92015 as 08:55:36 0 comentários
segunda, 23 novembro, 2009
SONHO

SONHO
Silvana Cervantes
*
Um rock do bom,
um violão,
simplicidade
um chimarrão...
Romantismo puro
quatro pés no chão...
Bom caráter família
coração!
Euforia,
música e paixão...
Fotos, planos
bollhas de sabão...
Riso solto,
alegria no salão...
Acorda guria,
era só um sonho bom!


postado por 92015 as 01:32:59 0 comentários
domingo, 22 novembro, 2009
WELL

Amor não existe,
paixão não existe,
sinceridade não existe,
verdade não existe,
fidelidade não existe,
sonhos, não existem,
planos, não existem,
almas gêmeas, não existem,
acasos, não existem,
poesias, não existem,
são apenas palavras que inventaram
quando não tinham mais mentiras pra dizer...
Silvana Cervantes


postado por 92015 as 10:38:49 0 comentários
sábado, 07 novembro, 2009
EM MIM

Onde estiver o teu pensamento, estará o teu coração...
A boca, derrama o que transborda do peito carregado de emoção...
Eu só peço a Deus que um coração pulse pelo meu...
E que sua boca fale então, a meu respeito...
Silvana Cervantes


postado por 92015 as 07:49:05 0 comentários
sexta, 06 novembro, 2009
Quem diria?

Na verdade eu sempre imaginei sim...

Há tempos eu dizia:

_  A lua que brilha ai,

é a mesma daqui...

Só não imaginava

tremer

só em pensar

em te ver...

Silvana Cervantes




postado por 92015 as 01:14:31 0 comentários
segunda, 02 novembro, 2009
NUMA NOITE DE LUAR

NUMA NOITE DE LUAR
DUAS BRUXINHAS A BRINCAR...
CARAS E CARETAS,
RISO SOLTO PELO AR!
SilCer
&
Gabi


postado por 92015 as 12:54:50 0 comentários
quinta, 29 outubro, 2009
Meninice

A MENINICE DA MULHER,
TEM QUE VIR DA  ALMA ADOLESCENTE
NÃO DA VULGARIDADE INDECENTE!
SilCer
Rugas, devem ser encaradas como sinais de amadurecimento,
marcas de crescimento...
 Muito mostra a bunda quem não tem nada na cabeça!
SilCer


postado por 92015 as 12:48:16 0 comentários
domingo, 25 outubro, 2009
CARETA

O meu amor, eu mesma invento,
depois choro
quando descubro que nunca existiu...
Mas,
essa gente careta,
não tem a minha coragem...
Não vim pro mundo
pra perder a viagem...
Vou amar, até o dia do meu trem parar!
Eu não preciso de álcool pra me embriagar,
nem cheirar pra delirar,
meu entorpecente,
é o ridículo vício de amar...
Silvana Cervantes


postado por 92015 as 02:32:35 0 comentários
sábado, 24 outubro, 2009
MEL OU FEL?

Nem dê mel,

se a próxima colherada for fel!

Silvana Cervantes



postado por 92015 as 11:18:27 0 comentários
terça, 20 outubro, 2009
AMOR

A MINHA VIDA SE DIVIDE EM DOIS TEMPOS:
O DIA QUE TE CONHECI
E UM SEGUNDO DEPOIS...
SilCer


postado por 92015 as 02:05:42 0 comentários
sábado, 17 outubro, 2009
PENSANDO EM VOCÊ....

ME TOCAR PENSANDO EM VOCÊ, NÃO É UM CONSOLO...
É UM SONHO....
PRELIMINAR DE UM "POR VIR"
E QUER SABER?
TE CONHECER,
É O QUE TEM ME FEITO SORRIR...
BENDITA MÚSICA
QUE MEU PEITO ESCUTA,
BENDITO ANJO
QUE FEZ SANTO
O ATO
O AMOR
QUE RENASCE PARA
A VIDA DE FATO!
Silvana Cervantes


postado por 92015 as 02:31:56 0 comentários
terça, 13 outubro, 2009
DEIXAR ROLAR?

Deixar rolar,
fluir,
caminhar sem notar?
O perigo está em desbotar,
sem  nunca
 ter provado este amar...
Quer saber?
Nem deixar rolar, nem escapar...
O certo, é a medida
exata, o meio termo,
o centro da balança,
desde que regado a vinho, boa música,
e muita pele na pele...
Ai sim, se confere!
Sil Cervantes


postado por 92015 as 09:17:26 0 comentários
BEBEZINHO

A cada decepção,
renovo meu estoque de cremes
anti-rugas
com certeza até o dia da minha morte terei virado
um bebê! 
Silvana Cervantes


postado por 92015 as 12:51:22 0 comentários
segunda, 12 outubro, 2009
Se Puder...

Se Puder...
                              Silvana Cervantes
Se puder, pensa em mim...
lembra que sou meiga, jeitosa,
que choro depois que gozo...
Sonha que sou pura, branca, santa...
Minhas loucuras?
Manda embora, espanta!
Tenho defeitos, muitos...Todos!
Mas, se puser na balança
vai ver que me alcança...
Não sou tão exigente,
só um pouco de atenção (rs)
está bem, muita então...
Mas, vá lá, não é pedir tanto assim...
Um beijo cheio de desejo,
e você, só pra mim...
Se puder, tá?


postado por 92015 as 10:26:03 0 comentários
sábado, 10 outubro, 2009
FIDELIDADE?

Fidelidade é uma "coisa" desnecessária
para quem sabe o que é o amor...
Porque  se dois corpos não
podem ocupar o mesmo lugar num espaço,
tão pouco duas almas um mesmo coração...
SilCer


postado por 92015 as 11:54:39 0 comentários
CHORÃO

OS HOMENS TAMBÉM CHORAM,

porque são e serão sempre meninos,

enquanto

sonharem,

 viverem 

e compreenderem

que a vida é nada sem

o amor...

OS HOMENS TAMBÉM

GOSTAM DE FLORES

porque as flores

embora frágeis e femininas são cultivadas

em jardins,

francamente masculinos...

E por fim,

saiba que certos homens nunca envelhecem,

PORQUE CULTIVAM FLORES

DENTRO DE SUAS ALMAS

E CHORAM DE EMOÇÃO

TODA VEZ QUE UMA DELAS

PASSA A SER SUA RAZÃO!

Silvana Cervantes

9/10/09



postado por 92015 as 01:34:02 0 comentários
quinta, 08 outubro, 2009
SIM

A louca e a santa,
água e vinho,
menina e mulher,
anjo e demônio,
sonho e realidade,
céu e inferno,
amor e tesão...
Duas em mim,
ambas te dizem
SIM!
Sil Cervantes


postado por 92015 as 10:20:54 0 comentários
terça, 06 outubro, 2009
Partir...

Não adianta que peçamos:
Senhor, senhor, que eu não morra!
Porque morrer é consequência da vida...
Então, peçamos:
Senhor, senhor, que eu suporte com dignidade
e alegria o que a mim estiver reservado até a hora da minha partida!
Silvana Cervantes


postado por 92015 as 10:55:34 0 comentários
domingo, 04 outubro, 2009
POETA

Poeta
Silvana Cervantes
Poeta é aquele ser que transforma
simples palavras
em lágrimas de emoções...
Aquele que anuncia
o dia
como se fosse o último
e seu amor como se fosse o único...
Poeta é uma mescla de anjo e demônio,
fere e assopra com o mesmo dom...
Canta lá e si no mesmo tom...
Poeta é o guardião dos sentimentos,
com as chaves certas abre
os corações
e faz das letras melodiosas canções...
Poeta é o porta voz do mundo,
tinta fresca que recobre as dores
 com novas e sublimes cores...
Poeta é um palhaço que
faz o povo rir e chorar,
mas o que faz melhor,
é perpetuar o dom de toda gente sonhar!

4/10/09 



postado por 92015 as 11:11:36 0 comentários
EU QUERO


Eu quero!
 Silvana Cervantes
*
Um toque diferente
no velho peito
chega de repente
sem licença,
mas com permissão
da sra solidão...
Vem de mansinho
um murmuriozinho
e eu quero!
Bendito coração,
sempre assim,
permitindo
que o amor
seja o ar,
a vida,
a única  e verdadeira
razão!


postado por 92015 as 02:06:09 0 comentários
domingo, 27 setembro, 2009
PRESENTE PRA VOCÊ

PRESENTE PRA VOCÊ
Silvana Cervantes

Fiz este presente pra você,
espero que goste!
Coloquei nele, muito carinho...
Escolhi a música que traduzisse meus desejos,
espero que escute...
As cores são ternas e calmas,
como tua presença impõe,
espero que veja...
A imagem reflete a forma como eu queria ser
vista e desejada por você,
espero que note...
O horizonte representa o futuro,
agraciado por Deus e por ele abençoado,
espero que também ore!
As palavras?
São as mesmas, sim!
 Para que nunca se esqueça e decore...
Espero, espero mesmo que goste!



postado por 92015 as 10:28:23 0 comentários
Anjo

ANJO SEDUTOR
Sil Cervantes
Doce coragem,
ousadia
da tua voz,
entrar assim em meus ouvidos,
instalar-se
confortavelmente
em minha mente...
Carente?
Hum...
Nãoooooo
Prefiro indecente!
Não fique ai parado,
invente...
Destesto o trivial
sem sal,
natural,
tão banal...
Lambo os dedos,
molhados
do teu prazer
engulo tudo,
e te beijo,
mesmo sem  você querer,
só pra teu gosto
você saber...
E ainda me chama de anjo,
senhor sedutor?
É mesmo muita ousadia!


postado por 92015 as 12:43:58 1 comentários
segunda, 21 setembro, 2009
TOQUE-ME ASSIM...

TOQUE-me assim...
Silvana Cervantes
Toque-me assim,
ora em sopro lento,
ora ágil  como um vento...
Toque para mim,
uma canção sem lamento,
eternize-se em meu pensamento...
 Toque,
um "q" de requinte, sofisticação,
contato da pele
ou
som produzido pelas batidas de um coração...
Dica, intuição,
todas as definições sim!
 Mas, por fim, 
toque-se bem gostoso
pensando em mim...


postado por 92015 as 11:46:59 0 comentários
domingo, 13 setembro, 2009
AMOR EM VERSOS

Amor em versos
Silvana cervantes
Ah! O amor...
Ah! meus versos...
Que seria de mim sem vocês?
Para quem iria contar meus segredos?
A quem confessar tantos desejos?
Está bem... Está bem...
Decepções, dores, dissabores também...
Mas, sejamos honestos,
quem se entrega aos sentimentos,
vislumbra momentos,
sabe que  há tormentos...
É mesmo assim!
Amar é não temer o JAMAIS,
é procurar nos jornais,
histórias iguais...
É escrever,
derreter sobre as letras,
a alma inteira, até esvaziar,
com o único propósito
de encher tudo outra vez!


postado por 92015 as 02:16:15 0 comentários
quinta, 10 setembro, 2009
NUM SÓ DIA

NUM SÓ DIA...
Silvana Cervantes
Espero que goste da minha simplicidade,
das coisinhas idiotas que as pessoas dizem
quando estão se conhecendo...
Lembra?
Quem quer muito amar,
torna-se tão ridículo!
Quer saber?
Acho isso lindo!
Quero é viver neste mar de tolices...
Dormir de conchinha,
preparar teu café,
te fazer cafuné,
tirar fruta fresquinha do pé,
ouvir uma antiga canção,
limpar as folhinhas do jardim,
acarinhar teu coração,
andar com os pés no chão,
ver as fotos do teu lindo passado,
e cochilar gostoso do teu lado...
Manteiga no pão,
um aconchego bom no coração...
Num só dia,
pode haver tanta alegria?
*
7 DE SETEMBRO/2009


postado por 92015 as 01:08:49 0 comentários
sábado, 05 setembro, 2009
Diga como come que te direi o quanto vale....

Quer saber como um homem é no sexo?
Observe sua maneira de comer...
 Por Silvana Cervantes
*
Senta a mesa, coloca pouco no prato, devora sem respirar muito depressa e levanta...
( Fuja deste, ele se satisfaz em dez segundos e te larga literalmente na mão! )
*
Senta a mesa, enche o prato, come  desesperadamente , fungando sem sequer
sentir o sabor e refestelado diz que faltou sal...
( Corre... Vai querer que você pague a conta do Motel)
*
Senta a mesa, belisca aqui, belisca ali, e ali e mais ali e não come é nada...
( Caia fora, este ou está dentro do armário, ou até se decidir você ja dormiu)
*
Senta a mesa, teme comer isto e também aquilo, diz que tal coisa é indigesta, outra ali, não presta...
(Pode esquecer, este vai ter medo de sentir medo e... Vai brochar, com certeza!)
*
Senta a mesa, olha o prato com desejo, sente o aroma e degusta cada pedacinho bem devegar
de onde se houve um murmurinho ( hummmmm )... Demora o necessário para deglutir,
respiração lenta, fala mansa e densa nos intervalos...
Acaba a sobremesa lambendo os lábios bem devegar...
*
É esse!
( Pode acender o cigarro e até pagar a conta, vale a pena!)


postado por 92015 as 10:42:53 0 comentários
QUÍMICA

QUÍMICA????

Silvana Cervantes
*

Combinação perfeita dos elementos e suas propriedades....

E que capacidade!!!!

Transformar os estados da matéria?
Fácil...

Mudar o estado de espírito,

passar do tépido ao quente,
calor
capaz de derreter a Lua?
Poucos...
E por falar em nua,
queixaram-se as estrelas...
Só ouviram os gemidos,
assim como os vizinhos...
Janelas fechadas sim!
Experiência única assim,
Faz-se a sete chaves...
Afinal,
explosões podem causar danos
aos de "alta" moral!
Os que outrora, foram reprovados na matéria!
...QUÍMICA...
Alquimia dos verdadeiros amantes!
Sampa
5/09/09


 



postado por 92015 as 12:17:54 0 comentários
terça, 01 setembro, 2009
UMA DIA PASSA



EU QUERIA MUITO PODER VOLTAR E DIZER:
_ RENASCI!
SOFRI MAS VENCI!
INFELIZMENTE  NEM SEMPRE QUERER É PODER...
TUDO BEM,
VOLTO  MESMO ASSIM,
PORQUE SOZINHA É AINDA MAIS DIFÍCIL PODER DIZER PARA A VIDA, SIM!
Silvana Cervantes


 



postado por 92015 as 10:56:10 0 comentários
domingo, 30 agosto, 2009
BOTA

BOTA

A

BOTA
QUE
"TA"
BOM...
MAS,
BOTA
TAMBÉM
BATOM
VÁ!
SÓ NÃO
BOTA
O QUE
ABOTOA
SENÃO
ABORTA
O TESÃO!
SilCer


postado por 92015 as 11:49:07 0 comentários
quarta, 26 agosto, 2009
A VIDA É BELA!

Apaixonado, amarrado, de quatro!
Completamente absorto!
Tão envolvido, que nem conseguia mais perceber que já não conseguia esconder...
A procura teria chagado ao fim?
Sossegaria seu ego agora?
Era capaz de conquistar!
Ainda mais e melhor que na flor da juventude...
Com os cabelos brancos, também veio a maturidade, o melhor da idade!
Sexo? Seu nome passou a ser capacidade!
E por falar em juventude, pra que lembrar?
Dela restaram  anjos e somente isso tem real importância.
A pessoa que com ele dividira todas as amarguras, perdas, sofrimentos, danos
estava ultrapassada, fazia parte de uma rotina, uma sina!
Passou a ser um estorvo, um entulho que precisava encontrar a noite no meio da sala...
Precisava?
Não....
Não precisava mais....
Iria recomeçar!
Felicidade total ao lado de quem tem a pele fresca, a carne nova. Alguém que não sabe nada de seu passado, não conhece sua infância,
sua família, seus defeitos... Nada...
Só a felicidade, total ampla e irrestrita o aguardava...
Não haveriam mais exigências, cobranças absurdas... Nada...
Só tesão, alegria, amor, uma cabana, flores...
Por que haveria necessidade de roer ossos, depois de vinte e sete anos de uso...
Gasta!
A primeira estava gasta! Tornarasse uma irmãzinha,
cheia de virtudes angelicais e defeitos não mais suportáveis...
Precisava de cheiro novo, gosto novo, tudo novo de novo...
E assim foi...
Saiu sem olhar para trás...Para a "gasta"!
Ela iria ficar bem... Afinal ela é forte, ela pode!
Ela iria esquecer facilmente que desde os dezesseis anos de idade dividia sonhos consigo, dividira o ar, a cama, as paredes, lindas filhas
esqueceria que por quase trinta anos ele havia sido o seu homem...
Afinal, ela tinha que compreender! Sempre fora tão afável a "gasta"!
É certo que ele sofreria a ausência de um lar... Ele também sofreria, sim!
Ah, mas a verdadeira vida o aguardava!
Tudo seria muito diferente!
E ele seria tão feliz, tão feliz que explodiria!
Quem diria?
As juras, os sussurros, as promessas, as fotos, as lembranças sumiriam com o tempo...
E se gastasse outra vez?
Ele já conhecia o caminho.... Bastaria trocar...
É como um sapato velho que acompanha a gente por muitos caminhos e depois jogamos no lixo para
calçar um novinho em folha...
A vida é bela e fácil.... Algumas pessoas a complicam....
( Baseado na IDADE DO LOBO onde a fera persegue incansável as chapeuzinhos vermelhos, em busca da felicidade eterna...)
Silvana Cervantes


postado por 92015 as 12:06:40 0 comentários
segunda, 17 agosto, 2009
ESQUECER É LEMBRAR....

Por vezes,
 eu esqueço de esquecer
e quando isso acontece,
lembro o quanto dói lembrar...
Silvana Cervantes


postado por 92015 as 11:45:20 0 comentários
Feliz do homem...

FELIZ DO HOMEM QUE SABE VALORIZAR A MULHER...
ESTE SIM PODE CHAMÁ-LA DE SUA
NÃO PELO SENTIMENTO DE POSSE,
MAS PORQUE ELA JÁ NÃO QUERERÁ SER DE NINGUÉM MAIS...
Silvana Cervantes


postado por 92015 as 11:29:16 0 comentários
domingo, 16 agosto, 2009
SOU MULHER

          A MULHER QUE TRAGO EM MIM...

 Sil Cervantes

Que a mulher que trago em mim,
possa ter
bravura e coragem,
qualidade de quem enfrenta
a vida de frente...
Que possa ter na mesma boca que beija
um sorriso brejeiro
e a mordida qual pimenta que arde...
Que possa estar em teus sonhos alucinados
e nos pesadelos mais assombrados...
Ser lua em plena luz do dia,
e a noite,  sol que queima em teu peito
Que possa fazer chover a cântaros
quando teus olhos secarem
e enxugar com os cabelos teu pranto
quando as lágrimas saltarem...
Que a mulher que trago em mim,
te baste sem saturar as medidas
e colha para ti o alimento qual colibri
sem nada de ti exigir...
E que por fim,
 suporte
com um pouco de sorte,
tanto amor cravado no peito


postado por 92015 as 01:05:36 1 comentários
CONFIANTE

Histórias e emoções seguindo em linhas paralelas,
desfilando em diferentes passarelas,
 unidas pelo tempo... 
Almas castigadas pelas batalhas da vida...
Sofrida?
Prefiro dizer VIVIDA!
Confiante,
caminhamos a diante!
É no teu semblante,
 que vejo o NOSSO horizonte,
bonito, bonito...
Sigamos, enquanto Deus
continuar sonhando...
Silvana Cervantes


postado por 92015 as 12:08:18 0 comentários
segunda, 10 agosto, 2009
ESPECIAL

 

Especial é tudo aquilo
que te faz feliz!
Os melhores presentes,
são aqueles que não esperamos...
MEU PRESENTE ESPECIAL É VOCÊ!
Silvana Cervantes


postado por 92015 as 11:06:45 0 comentários
ACORDA-ME!

A pior dor, é não poder dizer...
É ter que calar, quando o coração quer derreter.
Os sonhos escorrendo por entres os dedos,
fugindo do alcance da visão...
Anos vividos, e os por viver esparramados pelo chão...
Lembranças invadem a solidão!
Difícil acreditar,
pior ainda acostumar...
Pesadelo!
Pelo amor de Deus,
me faça acordar!
Acho que não vou suportar...
Silvana Cervantes


postado por 92015 as 12:58:23 0 comentários
sábado, 08 agosto, 2009
VOU TE ROUBAR...

É verdade!
Vou roubar você pra mim...
Eu sei fazer do teu jeito,
e mesmo com defeito,
posso te fazer muito feliz...
Vou roubar, acredite!
Para a pele não há limite...
Você não vê?
Não enxerga...
Fomos feito do mesmo barro,
moldados opostos a um jarro,
não viemos para a inércia,
estamos para o amor,
feito,
provado,
melado,
acariciado,
suado,
pecado...
Viemos para a vida
sentida pelos poros,
pela saliva,
vida ativa, curtida...
Viemos para o ar,
para dançar,
ou quem sabe, apenas caminhar...
Viemos do mesmo sopro,
do mesmo vento,
furacão ou lento...
 Um para o outro sim!
Escute!
Vou roubar você só pra mim...
 
**
Silvana Cervantes
Sampa
8/08/09
 


postado por 92015 as 12:49:39 0 comentários
segunda, 03 agosto, 2009
VOCÊ PODE ESPERAR?

Apenas um segundo,
pode fazer a diferença
entre a  total ausência,
 escuridão
que assola a alma
e o sopro infinito de vida
que vem com a chegada
 inesperada do amor...
SÓ MAIS UM SEGUNDO,
VOCÊ PODE ESPERAR?
Silvana Cervantes


postado por 92015 as 02:41:07 0 comentários
sábado, 01 agosto, 2009
OUÇA

OUÇAAAAAAA
Sil Cervantes
Ouça!
Este barulho infernal
vem aqui de  dentro...
São as batidas de um coração em tormento.
Uma febre, uma era,
dividindo tempos e espaços,
rompendo amarras, erguendo uma época
sem epílogo.
Hora de amar, e ser amado!
Hora de entregar e ser bem recebido
sonhar e ser concedido,
gritar e ser ouvido...
Ouça!
Até o mais impávido é capaz de
temer...
O impenitente dobrar os joelhos...
O herói, tremer...
O apático acordar...
Ouça...
É um coração a amar!
É uma inquietude, uma graça, uma fartura,
uma explosão,
tem cheiro de vida no ar!


postado por 92015 as 01:55:39 0 comentários
quinta, 30 julho, 2009
Que graça?

Não há graça na tristeza...
Aprendemos isso
quando somos causa ou consequência dela...
Mas, se  dá  para escolher,
prefiro a segunda,
pois faz-me sentir menos imunda!
Sil Cervantes


postado por 92015 as 02:12:31 0 comentários
Perfil
92015
Meu Perfil

Meus Links
Hotéis no Brasil
DNS Grátis
Blog Grátis
Criar Blog
Google
Hoteis

Palavras-Chave
>> Violinos

Favoritos
SILVANA CERVANTES
mais...

adicionar aos meus favoritos


Colaboradores do Blog


Comunidades
Não há comunidades.

Posts Anteriores
>> BRINCA...
>> MeiaNoite & MeioDia
>> HOMEM PRIMAVERA
>> Eu...
>> MAS QUEM DISSE QUE SERIA?
>> Nunca diga:
>> Bom jardineiro?
>> NÃO HA ENGANO
>> TIPO BOAZINHA
>> Falando

Arquivos

20787 acessos
CRIAR BLOG GRATIS   
..