Suite das Letras
Suite das Letras
domingo, 02 agosto, 2009
O Oiro de Minas

EPIFANIAS DE OURO PRETO
 
 
Para E.M.
 
 
Passos nas pedras da ladeira escura
um homem sem rumos
a própria cabeça procura
 
Prisão, museu ou casa do povo
(cuidado, tiradentes! se você voltar
eles te enforcam de novo!)
 
Um descer e subir em vão
contando monólitos de dois séculos
manchados com o sangue da escravidão
 
Antes de descer uma ladeira
lembre-se que será preciso
subir aquela próxima inteira!
 
Antiguidades um guia aponta
uma fachada ameaça desabar
quando nossa câmera afronta
 
Ressequidos chafarizes petrificados
de boca aberta perplexos
esperam os sedentos do passado
 
Fotos da matriz marcam o caminho
esculpido pelos dedos disformes
do célebre mestre aleijadinho
 
Uma lady deseja ‘Have a nice day!’
enquanto decifra outra plaquinha
na Tiradentes Plaza , ‘Here we stay’
 
Jovens em flor olham os umbigos
e os hippies vendendo broches e pedras
com sinais cabalísticos e nomes gringos
 
Uma lan house assinala o virtual
e uma pedra no meio do caminho
apresenta a dor do mundo real
 
Numa república o estudante de farmácia
testa a química da sedução
a cada adolescente que passa
 
Luzentes pedras preciosas
atraindo os turistas en passant
às velhas miragens faustosas
 
Na beira do córrego estreito
a antiga casa da moeda
as masmorras causam efeito
 
O guarda municipal acelera
à sombra do excelso mártir
que aos novos heróis ainda espera
 
Dois microônibus se alisando
nas estreitas ladeiras ineptas
que ao trânsito seguem ignorando
 
Dentro do ônibus o angolano
traduz cachaça em dialeto
e destila seu sotaque lusitano
 
À sombra do herói outro casal
enche a praça de beijos e
assusta o Herr e sua Frau
 
De óculos o estudante antenado
abre um mapa da mina
na exploração do passado
 
Com um dicionário english-português
o jovem ianque ainda tenta
decifrar o nosso mineirês
 
O senhor escocês continua a descida
a tropeçar nos ângulos das pedras
se equilibrando nos tênis adidas
 
No clube da esquina revisitado
os ingressos já se esgotaram
deixando os turistas irritados
 
Um caldo quente reanima
o corpo trêmulo de frio
antes das flautas e buzinas
 
No palco o clown francês
(em sua nau de loucos)
regendo um músico por vez
 
Um poeta vende seus versos
aos estudantes bêbados
indiferentes ao seu universo
 
Enquanto um poeta e uma contista
compram e vendem livros alheios
com novas poses de turistas
 
Violões aveludados nas veias
vozes vazias voejam vorazes
no vento voam vagas ideias
 
Em névoa o dia amanhece frio
na solidão da erma colina
medita o olhar vazio
 
Ao longe o mar de morros
o crepúsculo sepulta o dia
o ser indefeso busca socorro
 
Cemitérios com cadeados em ferrugem
a lembrar a morte da jovem
sacrificada em ritual selvagem
 
Nas praças os versos rimados
na ponte os desejos tantos
do Poeta à Musa confessados
 
A hora de voltar nos espera
o passado se esfumaça
o presente novamente impera.


 
Ouro Preto, 24jul09
BH, 24/25jul09


  
 
Leonardo de Magalhaens


postado por 12542 as 09:19:52 #
0 Comentários

Comente este post!   |    <<< Voltar para Início

 
Perfil
12542
Meu Perfil



Links
Blog Grátis

Palavras-Chave
poema
Leonardo
Magalhaens
OPART

Favoritos
Suite das Letras
O Máximo pra ser Feliz
Blog do Carlos César
mais...

adicionar aos meus favoritos


Colaboradores do Blog


Comunidades
Não há comunidades.

Posts Anteriores
Horas Douradas
De um mestre a um aprendiz
A foto da primeira namorada
A alma concreta
Poemaremos sem fim em outra língua parte II
Cansaço e mais
Mosaico convida
OPA! na Lagoa do Nado
Tropofonia
Raízes

Arquivos
01 abril, 2014
01 maio, 2013
01 dezembro, 2010
01 novembro, 2010
01 setembro, 2010
01 agosto, 2010
01 julho, 2010
01 junho, 2010
01 maio, 2010
01 abril, 2010
01 março, 2010
01 fevereiro, 2010
01 janeiro, 2010
01 dezembro, 2009
01 novembro, 2009
01 outubro, 2009
01 setembro, 2009
01 agosto, 2009
01 julho, 2009
01 junho, 2009
01 maio, 2009
01 abril, 2009
01 março, 2009
01 fevereiro, 2009
01 janeiro, 2009
01 dezembro, 2008
01 novembro, 2008
01 outubro, 2008
01 setembro, 2008
01 agosto, 2008
01 julho, 2008
01 junho, 2008
01 maio, 2008
01 abril, 2008
01 março, 2008
01 fevereiro, 2008
01 janeiro, 2008
01 dezembro, 2007
01 novembro, 2007
01 outubro, 2007
01 setembro, 2007
01 agosto, 2007
01 julho, 2007
01 junho, 2007
01 maio, 2007
01 abril, 2007
01 fevereiro, 2007
01 janeiro, 2007
01 dezembro, 2006
01 novembro, 2006
01 outubro, 2006
01 setembro, 2006
01 agosto, 2006
01 julho, 2006
01 junho, 2006
01 maio, 2006
01 abril, 2006
01 março, 2006
01 fevereiro, 2006
01 janeiro, 2006
01 dezembro, 2005
01 novembro, 2005

154409 acessos
CRIAR BLOG GRATIS   
..