Meu aluno é portador de Visão Subnormal
Meu aluno é portador de Visão Subnormal
sábado, 19 maio, 2007
Como seria o trajeto de um aluno portador de Visão Subnormal numa classe inclusiva?

       Vivemos em uma época em que Inclusão é a palavra chave e, por isso mesmo, nós professores devemos estar atentos e em busca constante de aperfeiçoamentos que nos possibilitem desenvolver um trabalho significativo com todos os nossos alunos. 

       Aqui em nosso Blog , você encontrará algumas dicas de como trabalhar em uma sala inclusiva onde existem  crianças portadoras de Visão Subnormal.Basta navegar entre nossos Posts Anteriores e também em Arquivos que estão no menu  à direita. ->

Seja Bem Vindo e aproveite!!!

 Eliane, Elizete, Jane e Natália.

Nós formamos o GRUPO A -  Visão subnormal, com perceptível déficit cognitivo.







postado por Núcleo de Tecnologia Educacional de Posse - GO as 05:59:37 1 comentários
É preciso todos fazerem sua parte!

     O funcionamento visual de um indivíduo portador de visão subnormal está relacionado com a maior ou menor capacidade para utilizar o resíduo visual na realização de tarefas cotidianas. A avaliação do funcionamento visual determina como um indivíduo usa a visão residual . Deve indicar a implicação de aspectos emocionais e cognitivos junto à baixa visual no desempenho escolar, nas atividades profissionais e na vida cotidiana .

            A habilidade visual depende não apenas da doença ocular, mas também, da eficácia do uso da visão. Por esse motivo não há "receitas" de atuação e nem é possível fazer generalizações na avaliação desses indivíduos.

           No que diz respeito aos alunos portadores de visão subnormal, a avaliação funcional deverá ser realizada inicialmente de modo informal, observando-se o desempenho visual e recolhendo todas as informações que a família e os professores possam fornecer. De posse dessas informações, deverá ser realizada a avaliação formal com a utilização de métodos clínicos . O resultado dessa avaliação funcional vai fornecer as informações essenciais à inclusão do deficiente visual no sistema regular de ensino.

       A atual política nacional de educação está baseada nos princípios da inclusão e igualdade de condições para o acesso e permanência do aluno portador de deficiência na escola comum, mas para que isso aconteça da melhor maneira possível, é necessário que todos nós estejamos empenhados neste processo!!!



postado por Núcleo de Tecnologia Educacional de Posse - GO as 05:55:09 0 comentários
Exercícios, tarefas de casa, avaliação...O aluno com Visão Subnormal tmbém faz!

            Para que o aluno com visão Subnormal não seja prejudicado em suas atividades os  professores regente  e de recurso/apoio devem trabalhar sempre em sintonia no intuito de desenvolverem um bom trabalho.

 No que diz respeito ao desenvolvimento de atividades dentro de sala de aula que necessite de materiais escritos, é interessante que com a maior antecedência possível,  o regente repasse cópias destes materiais  ao professor da sala de recursos/apoio para que ele possa adaptar conforme a necessidade da criança com deficiência além de poder localizar ledores, se for o caso.

            O aluno deficiente da visão geralmente precisa de tempo extra (um tempo e meio é considerado aceitável) para completar tarefas e exames. Pode-se permitir que o aluno complete o trabalho na sala de recursos ou na biblioteca da escola. Quando o aluno deficiente visual desenvolver habilidades adaptativas, suas expectativas em relação a ele devem aproximar-se da que tem em relação aos outros alunos.

Embora possa estar usando folhas de resposta para o resto da turma quando estiver dando um teste, pode ser mais fácil para a criança de visão subnormal responder diretamente na folha do teste. Folhas-respostas com questões de múltipla escolha em quadrados ou parênteses para serem preenchidos podem causar problemas ao aluno de visão subnormal. Substituir por uma folha de resposta na qual o aluno circunde a letra correta a, b, c ou d, geralmente elimina o problema mas, o mais correto mesmo é, antes de um período de prova, consultar o aluno deficiente da visão e o professor da sala de recursos/apoio para saber qual o melhor método a ser usado com esta criança.

Os alunos com Visão subnormal deverão ser capazes de ler e escrever corretamente no portanto, deve-se evitar aplicar exames orais, a menos que não haja outro modo para testá-los. É geralmente aconselhável consultar o professor de recursos/apoio para determinar a modalidade mais apropriada de leitura e escrita do aluno, assim como para estabelecer formas alternativas.

 

 



postado por Núcleo de Tecnologia Educacional de Posse - GO as 05:43:09 0 comentários
Perfil
nteposse
Meu Perfil
Meus Links
Palavras-Chave
Inclusão
Favoritos
Agend@ NTE - Anápolis
mais...

adicionar aos meus favoritos

Colaboradores do Blog

Comunidades
Não há comunidades.
Posts Anteriores
Como seria o trajeto de um aluno portador de Visão Subnormal numa classe inclusiva?
É preciso todos fazerem sua parte!
Exercícios, tarefas de casa, avaliação...O aluno com Visão Subnormal tmbém faz!
Nosso aluno comVisão Subnormal, também tem suas obrigações em sala de aula!
Desenvolvimento didático do aluno é importante.
Vamos ajudar nosso aluno a utilizar os dispositivos especiais?
Detalhes melhoram a sala de aula para nosso aluno portador de Visão Subnormal.
Não é só o professor que recebe o aluno. É a escola toda!
E o professor? Também tem que ser preparado.
Nosso aluno está chegando. Precisamos de informações prévias?
Arquivos
2007, 01 maio


6257 acessos
CRIAR BLOG GRATIS
..