Dicas para aprender a desenhar

Muita gente me pergunta como que eu aprendi a desenhar, há quanto tempo eu desenho e eu pretendo fazer mais artigos sobre esses assuntos mais pra frente. No artigo de hoje você vai conferir dicas para aprender a desenhar melhor e aprimorar suas técnicas.

Antes de começar, vale lembrar que não sou nenhuma profissional, então tudo que eu falar nesse artigo de hoje é baseado nas minhas experiências, em coisas que eu aprendi, em coisas que vi que deram certo com outras pessoas e é claro, coisas que não deram tão certo assim. Vamos lá?

Primeiro de tudo, pra vocês começarem a aprender a desenhar vocês vão precisar de duas coisas que eu não sei se todo mundo vai conseguir ter, é bem difícil, nem todo mundo tem em casa, e essas duas coisas são um lápis e um papel.

Vocês não precisam de materiais super complexos, papeis especiais pra começar a desenhar. Um bloquinho de anotação, o caderno de vocês, aquelas páginas da agenda que não estão sendo usadas.

Qualquer tipo de papel que você vai jogar fora, não joga mais, usa pra rascunho de desenho, aí a gente aprende a desenhar e ajuda o planeta ao mesmo tempo.

Dicas para aprender a desenhar

Existem algumas dicas básicas que vão te ajudar a manter o foco e não abandonar seus desenhos no meio do caminho.

Confira abaixo as 5 dicas mais importantes para você que quer aprender a desenhar:

Pratique: desenhe sempre que você puder

Mas vamos lá para a dica número um, sempre que você puder, desenhe. Vocês precisam tentar desenhar todo dia ou quase todo dia, sempre que possível. É como quase tudo na vida, com prática, vocês chegam aonde vocês quiserem.

Com o tempo vocês vão perceber que sua mão vai ficar mais firme, o seu traço vai ficar mais leve, mais bonito e mais solto. Mas vocês precisam tentar treinar todo dia.

Não adianta fazer um desenho hoje, um desenho mês que vem. Não adianta você desenhar uma vez por mês, você não vai evoluir.

E na verdade se você tiver com preguiça ou sem inspiração para desenhar você não precisa nem desenhar.

Vocês podem fazer alguns exercícios que ajudam a melhorar o traço e a firmeza na mão, por exemplo desenhar bolinhas e linhas retas de uma vez só, sem ficar parando.

Mas de qualquer forma, se vocês estiverem sem inspiração eu recomendo vocês a procurarem desenhos pelo Pinterest ou pelo Instagram.

Mesmo porque quando a gente vê vários desenhos legais a gente acaba ficando inspirado e com vontade de aprender e melhorar.

Então fica essa dica como bônus: sempre busquem inspiração.

Não apague o que você desenhar

A segunda dica é: não use borracha. Aí você me pergunta: se eu não usar  borracha como que eu vou apagar o que eu fizer de errado? A resposta é muito simples: você não vai!

Você vai continuar o seu desenho como se nada tivesse acontecido. O certo é começar o seu desenho com traços bem leves e fracos e aí você vai ter noção do que tá dando certo e do que não tá dando.

Você não precisa se preocupar se o traço está certo, se não está, se está reto. Você precisa saber onde está o erro para evitar fazer de novo. E é aí que entra a borracha.

Se você usar a borracha, você não vai enxergar. Você vai apagar e você não vai ver onde você errou e se você apagar o erro, você vai repetir ele.

Então deixa lá o traço errado, o traço feio, ele não está fazendo nada de mal, pelo contrário, ele está te ajudando a enxergar o que não pode fazer. Quanto mais você usa a borracha, mais você quer usar a borracha.

Vocês já devem ter reparado que quando vocês estão fazendo um desenho, vocês passam a borracha em algum traço que vocês não gostaram, a tendência é vocês fazerem o traço de novo e apagar, desenhar, apagar, desenhar.

E isso vira um ciclo vicioso, parece que quanto mais você apaga, mais você desenha errado. Você não acerta nunca.

E esse ciclo vicioso de ficar apagando o papel é outro motivo pra não usar a borracha. Você está estragando o papel usando a borracha desse jeito.

Vocês já devem ter percebido que quando a gente usa a borracha o papel vai ficando cada vez mais fino até começar a soltar uns fiapos. E aí quando você desenhar ali em cima vai ficar muito horrível.

E se você borrar o grafite nesse pedaço vai ficar uma mancha no papel e vai estragar o seu desenho inteiro por causa de uma borracha.

Tentem usar a borracha cada vez menos até vocês se acostumarem a não usar ela.

Desenhe até o fim

A minha terceira dica é sempre terminem os desenhos, mesmo que não esteja perfeito.

A gente tem uma mania desgraçada de querer fazer tudo perfeito de primeira, e não vai acontecer isso, tira esse ideia da sua cabeça, você não vai fazer um desenho lindo, maravilhoso de primeira.

É muito melhor terminar o desenho e não achar ele tão bom assim do que você nunca terminar o desenho e ele ficar lá parado na metade porque você ficou apagando e refazendo ele quinhentas vezes, queria tanto deixar ele perfeito que acabou não terminando.

Terminem o desenho e aí façam outro, porque aí pelo menos terminando o desenho você vai ter uma noção da sua evolução com o tempo.

A gente tem essa ideia na nossa cabeça que a gente tem que fazer as coisas perfeitas. Mas não vai ficar perfeito, aceita que dói menos.

É muito melhor você ter na mão um trabalho pronto que não está perfeito do que você ter um trabalho que não está pronto e muito menos perfeito.

Não parem um desenho no meio porque vocês não estão gostando do resultado. Terminem o desenho.

Evite comparações com terceiros

A quarta dica e uma das minhas preferidas: não compare o seu início com o meio de outra pessoa.

A gente tem mania de se comparar com as outras pessoas, você está começando a aprender a desenhar e aí você olha para o lado e seu amigo fez um desenho maravilhoso em cinco minutos.

E aí você pensa que é um desastre, que você não consegue desenhar. Mas não é o primeiro desenho do seu amigo, ele já praticou muito pra chegar até lá.

Então parem de se comparar, vocês não sabem o que as outras pessoas fizeram pra chegar onde estão hoje. Não importa se a pessoa é mais nova ou mais velha que você, ela teve um longo caminho pra atingir seus objetivos, e você está só começando.

E vale lembrar também que cada indivíduo é totalmente diferente um do outro, cada um tem suas facilidades, suas dificuldades, então para de se comparar com os outros e foca em você, foca na sua evolução.

Não desista no meio do caminho

A quinta e última dica que eu tenho pra dar pra vocês hoje é não desistam de aprender a desenhar, se você realmente quer aprender a desenhar não desista, pratique todo dia, sigam todas essas dicas e as outras que eu vou dar mais pra frente, assistam outros vídeos de desenho mas não desistam.

Vocês vão precisar se esforçar, se dedicar muito para aprender a desenhar, mas vale muito a pena.

E se você começar hoje, você vai começar a ver seu progresso semana que vem, mês que vem e cada dia que passa você só vai ficar melhor.

Curso Método Fan Art

Existem alguns cursos de desenho disponíveis no mercado que são realmente interessantes.

O Curso de Desenho Método Fan Art é um desses cursos onde você realmente vai aprender a desenhar. Além do mais o curso Método Fan Art é extremamente barato  comparado aos outros cursos que vemos por aí.

Na minha opinião a maior vantagem desse curso é que você pode fazê-lo de qualquer lugar, sem sair de casa. Você só precisa de um celular, um tablet ou um notebook com internet para começar a fazer o curso.

Fora isso você pode rever as aulas dos módulos quantas vezes quiser. Para mim essa é a melhor maneira de aprimorar minhas técnicas!

O que é o Método de Desenho Fan Art?

O Método Fan Art foi criado pela youtuber Mayara Rodrigues com a finalidade de ajudar qualquer pessoa que queira aprender a desenhar ou que precise desenvolver e aprimorar ainda mais suas técnicas de desenho.

No curso você aprenderá a fazer desenhos de personagens de anime e histórias em quadrinhos.

Se você nunca desenhou antes as aulas iniciais oferecem uma ótima base e um passo a passo completo para começar hoje mesmo.

Se você já desenha alguma coisa existe módulos no curso Método Fan Art 2.0 que te farão aprimorar suas técnicas de desenvolvimento e criação dos desenhos.

Confira alguns desenhos feitos por mim depois que comecei o Curso de Desenho Método Fan Art 2.0:

Como comprar o Método Fan Art 2.0 com desconto?

Quem é que não gosta de desconto, não é? Nós da redação do Uniblog conseguimos conversar com a Mayara Rodrigues e ela decidiu oferece um desconto especial ao leitores do nosso blog.

Você tem garantia de satisfação, o que quer dizer que se você não gostar do curso por algum motivo pode solicitar reembolso e pedir seu dinheiro de volta, sem burocracia ou transtornos.

Para comprar seu curso de desenho Método Fan Art com um desconto especial basta clicar no botão abaixo.

 

*O desconto é LIMITADO, então aproveite, não sabemos por quanto tempo ele será mantido!

Espero que esse artigo tenha ajudado ou inspirado vocês a começarem a desenhar, não esqueçam de procurar maneiras e formas de evoluir, sempre! Até a próxima!