Administração do Secúlo XXI
Administração do Secúlo XXI
segunda, 28 dezembro, 2009
FATURAMENTO HOSPITALAR


A IMPORTÂNCIA DA AUDITORIA INTERNA NO FATURAMENTO DAS UNIDADES HOSPITALARES CONVENIADAS AO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE DA REGIAO METROPOLITANA DA CIDADE DO RECIFE.

  

Pré-projeto apresentado na Disciplina de Trabalho de Conclusão de Curso como requisito básico para a apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso de Pós-graduação em Auditoria em Sistema de Saúde.

RECIFE/PE

2009

1.     INTRODUÇÃO

Pode-se dizer que todo hospital bem administrado é o resultado de vários esforços, sendo produto do intelecto de um conjunto de indivíduos organizados que agem de comum acordo. Sendo assim, a gestão permanente do hospital fornece um mecanismo para direcionar as responsabilidades e esforços de forma que as tarefas necessárias sejam executadas. Como também todo o trabalho seja gerenciado e controlado para atingir os objetivos do hospital de maneira eficaz.

Em uma administração hospitalar é necessário conhecimento para tomada de decisão em áreas especificas, a fim de oferecer um serviço de excelência fazendo-se necessário que se invista de forma constante em processo de gestão tecnológico, melhorando o gerenciamento de custos, técnicas de auditoria, finanças, incluindo comunicação e capital humano.

Sob esse enfoque, as atribuições de uma auditoria interna hospitalar tem se destacado como instrumento de controle e fiscalização às necessidades de gerenciamento das informações no sistema hospitalar, sendo considerada como uma área da empresa que fornece ao processo decisório as informações necessárias.

Nas considerações apresentadas, o presente projeto propõe-se a discutir qual a importância da auditoria interna nos faturamentos hospitalares, principalmente no que se diz respeito a legitimidades das informações apresentadas para cobrança e prevenção de desperdícios das atividades desenvolvidas pelos colaboradores.

O projeto tem como objetivo geral mostrar que a auditoria interna hospitalar pode auxiliar no resultado financeiro e operacional das organizações hospitalares conveniadas ao SUS. Os objetivos específicos são demonstrar os fundamentos de uma gestão hospitalar, auditoria hospitalar a fim de discutir os aspectos conceituais, bem como as formas de procedimentos, gestão estratégica e faturamento hospitalar, analisarem de forma prática a aplicabilidade da auditoria hospitalar no cumprimento de suas diretrizes.

Não caberá a este estudo, com relação à auditoria hospitalar: direcionar nenhum modelo de auditoria interna hospitalar para hospitais seja ele público.

Desta forma Audita controlar prontuários e procedimentos, de formar correta nos serviços prestados, são formas que levam à necessidade de um gerenciamento das informações muito melhor para que todos os procedimentos das mais diversas áreas e alternativas sejam adequadamente conhecidas e mensuradas. Sendo assim, em função disso, a atividade da auditoria interna tem se destacado como instrumento de controle e fiscalização das não conformidades e no gerenciamento de informações no ambiente hospitalar, sendo considerada como uma área da empresa.

Segundo Vergara (2000) as pesquisas podem ser classificadas, quanto aos fins e quanto aos meios. Trata-se de uma pesquisa com abordagem exploratória, certa vez que os questionamentos a respeito da auditoria interna em hospitais são de 1945. Pois o objetivo e formular novos conhecimentos, técnico, bibliográfico e documental a respeito do tema.

“O saber está dentro das pessoas. Cabe metodicamente despertá-lo. Os grandes mestres não ensinam, pois nada tem a ensinar. Eles fazem com que o saber, que a priori está dentro de cada um, seja despertado.”

                  Pensamento Socrático

 

2. Justificativa

O referido projeto enfoca a importância da Auditoria Interna Hospitalar, mostrando o conhecimento em auditoria que permita identificar a sua importância para os Hospitais conveniados ao SUS . Em virtude das mudanças ocorridas, e da evolução da ciência e da sociedade, tornaram–se cada vez mais complexas as situações vivenciadas pelas organizações. Como conseqüência imediata, exige–se cada vez mais a qualificação do profissional em auditoria para atender, de forma satisfatória, às exigências SUS.

2.1.  Definição do Problema

Os Hospitais públicos, e de diversos tipos de associação, enfim todas as organizações que interajam no mercado precisarão munir–se de profissionais cada vez mais qualificados na área de auditoria. Para isso, essa qualificação deve ser de forma abrangente com novos conhecimentos tecnológicos, de maneira a permitir que os auditores consigam identificar as diversas inadequações organizacionais.

3. OBJETIVO

Obter informações das perspectivas e da importância da auditoria em saúde pública e privada, buscando informações importantes que permitam analisar o grau de desempenho das unidades de saúde, visando à importância da Auditoria Interna Hospitalar no controle das não conformidades com o SUS.

3.1. GERAL

Demonstrar um maior conhecimento sobre a importância da auditoria em saúde.

3.2.OBJETIVOS ESPECÍFICOS

A fim de atingir o objetivo geral, foram definidos os seguintes objetivos específicos:

a)      Contextualização histórica da auditoria examinando as não conformidades e avaliar a eficiência da gestão administrativa e dos resultados alcançados.

b)       Apresentar subsídios para o aperfeiçoamento dos procedimentos administrativos e controles internos das unidades da administração direta e entidades supervisionadas.

c)      Identificar quais os métodos e rotinas praticadas nas atividades de auditoria em saúde pública.

4. METODOLOGIA DA PESQUISA

Como parte do processo de pesquisa se faz necessário definir os procedimentos metodológicos que serão utilizados, este será a forma dedutiva associada a técnica de análise documental direta e indireta.

A fim de atingir os objetivos já descritos, a pesquisa se desenvolverá a partir de combinações de pesquisas cientificas:

Pesquisa Bibliográfica

A pesquisa bibliográfica obteve seus dados, a partir de fontes diversas, como os dos livros artigos.

4.1UNIVERSO

4.1.1 Delimitação do Universo

Para que uma pesquisa obtenha êxito, e de extrema relevância definir o universo que será estudado. Como bem afirma Marconi & Lakatos (2003, p. 223)

É através do universo que se tem a delimitação do universo consiste em explicar que pessoas ou coisas, fenômenos etc. são seres pesquisadores, enumerado suas características comuns, como, por exemplo, sexo, faixa etária, organizações a que pertencem comunidade onde vivem etc.

Considerando-se a afirmação acima os Hospitais conveniados ao Sistema Único de Saúde – SUS localizados nas Regiões metropolitana do Recife constitui o universo desta pesquisa.

REFERÊNCIAS

VERGARA. S.C. Projetos e Relatórios de Pesquisa em Administração. 3. ed. São Paulo

Atlas, 2000.

GIL. Antonio Carlos. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 4. ed. São Paulo Atlas, 2002.

LAKATOS. Eva Maria; MARCONI, Mariana de Andrade Fundamentos de Metodologia

Cientifica. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2003.


postado por 64737 as 06:32:59 #
0 Comentários

Comente este post!   |    <<< Voltar para Início

 
Perfil
64737
Meu Perfil

Links
Hotéis no Brasil
Encontra Brasil
Guia MT
Encontra Mato Grosso
DNS Dinâmico
Blog Grátis

Palavras-Chave
auditoria
finanças
incluindo
comunicação
e
capital
humano

Favoritos
Administração do Secúlo XXI
mais...

adicionar aos meus favoritos


Colaboradores do Blog


Comunidades
Não há comunidades.

Posts Anteriores
AS NÃO CONFORMIDADES NO FATURAMENTO HOSPITALAR
Os três pilares do sucesso profissional
RESPONSABILIDADE SOCIAL E CIDADANIA: UM ESTUDO SOBRE A FUNDAÇÃO ALTINO VENTURA
Uma Questão de Desafio
Os 4 A’s de Marketing
Liderança, Perfil e Perspectiva

Arquivos
2010, 01 setembro
2009, 01 dezembro
2009, 01 agosto
2008, 01 julho
2007, 01 outubro
2007, 01 setembro
2007, 01 julho
2007, 01 junho

3853 acessos
CRIAR BLOG GRATIS   
..