JANCOM Agência da Informação
JANCOM Agência da Informação
sexta, 19 junho, 2009
IGUALDADE SOCIAL

por José Amaral Neto, jornalista – Coordenador Executivo do MAIPO-Movimento de Articulação e Integração Popular - www.cql.com.br/jancom

Artigo publicado no Jornal CORREIO (impresso) de 19 de junho de 2009, em Uberlândia/MG

 

Há no mínimo dois séculos a instituição associativa – antes eram comerciais, industriais e agropecuárias – em alguns lugares ainda o é; e isso não impede que co-existam federações da indústria, clubes lojistas e sindicatos rurais – que só caminham juntos quando existe um interesse comum.

A citação acima é para exemplificar que essas entidades existem e formalmente são ouvidas individualmente. Não se exige delas uma unidade – uma uniformidade de pensamento. Entretanto, quando o assunto é Movimento Negro, a primeira coisa que vem a cabeça é que é uma “manifestação”. Um universo de desorganização e de muitos capitães e poucos soldados. E isso não é verdade. A história mostra que não é bem assim.  Esses também precisam e devem ser ouvidos individualmente.

Recentemente na cidade de Uberlândia, em Minas Gerais, um desses órgãos associativos assistiu junto à instituição competente uma verba para a consolidação de sua estrutura afirmando que não possuía condições de assumi-la sozinho. O interessante é que seus membros negociam contratos privados acima dos milhares de reais com lucros claros e objetivos. Mesmo assim receberam um dinheiro que não precisarão devolver.

Uma entidade negra que buscasse esse mesmo apoio é sempre chamada de aproveitadora e dirigida por pessoas sem competência de gestão. Dois pesos e duas medidas. Isso já ocorreu. É fato.

O Movimento Social que trabalha através de inúmeras agremiações em favor da população negra tem identidade – e isso torna cada uma delas – célula de seus ideais.

A cultura é do povo e de responsabilidade do estado em fazê-la permanente. Não se pode misturar estações imputando essas manifestações em detrimento de ações afirmativas urgentes. Essas não são acionadas quase sempre por haverem tratado o dinheiro como instrumento de realização de carnaval, festas populares que em nome do povo preto nada acrescentam, a não ser a diversão.

Muito se fala em melhorar a Educação. Pouco se fala daqueles que defendem essa mudança e continuam a legitimar o que se apresenta para não perderam seu status acadêmico.

Muitos são os negros e negras com diploma universitário, pós-graduados, mestres e doutores – onde eles estão? Quem são eles? Por que não se apresentam? Não adianta ter discurso é preciso colocar a mão na massa – fazer acontecer – invadir espaço e ocupá-lo.

Sim, muitos estão aí. Mas, mesmo estes e estas, precisam de outros. Um grupo é formado por muitas pessoas. Não dá pra agir sozinho. As boas intenções devem vir ungidas de ação.

As leis só valem se forem defendidas e executadas. Elas estão aí. Quem se habilita?

É preciso engrossar as fileiras junto daqueles que trabalham por mudanças claras - o povo preto se prepara para ir a Brasília de 24 a 29 de junho. Muitas serão as falas. Relatórios estaduais serão mostrados e a plenária irá decidir, tal qual em 2005, o que se quer enquanto políticas públicas em favor da população negra. Pergunta: o que se fez de 2005 até agora? Resposta: esperou-se a II CONAPIR – e só.

O MAIPO – Movimento de Articulação e Integração Popular não nasceu em 2005 para liderar, mas para ser mais um no movimento social em favor da população negra. É apenas uma agremiação que viceja negritude. O MAIPO sempre respeitou e manteve informadas todas as outras representações que buscam trabalhar pela melhoria da qualidade de vida da população negra e, que lutam pelo fim da discriminação racial que ainda é latente.

Muitas vezes, essas representações foram usadas para fragilizar o movimento social que quer legitimar conquistas, colocando-as em contraste com a luta real. O MAIPO e seus integrantes em momento algum as desmereceram. Recuou para observar o avanço que não aconteceu, ainda. O MAIPO não tem e não quer alimentar atividade político-partidária. Sua única política é o labor solidário e concretização de ações afirmativas propositivas socialmente. É ver cumpridas promessas de campanha publicadas em livretos de plano de governo.

Nesse momento o MAIPO prepara para apresentar a população de Uberlândia e as entidades e órgãos competentes, um esboço do que pode vir a se tornar o Plano Municipal de Promoção da Igualdade Social.

O Estado de Minas Gerais navega em águas de marketing. Até o momento não existe uma política pública realista que corrobore para a inclusão social, econômica e política do negro. O Governo Estadual descaracterizou o Conselho da Comunidade Negra e não apresentou nada que demonstre disposição sua em executar a portaria 992 do Ministério da Saúde de 13 de maio de 2009.

A cidade de Uberlândia recebeu quase dois mil médicos de 10 a 14 de junho 2009 – cirurgiões dermatológicos que ousaram definir como referência de seus estudos em seu vigésimo primeiro congresso, a questão étnica – isso foi decidido em 2008. O Dr. José Edmundo Pereira, conceituado médico da sociedade uberlandense, e presidente deste importante evento, quando lutou para imprimir essa marca de discussão e debate cientifico, não imaginava que o Ministério da Saúde iria publicar a portaria instituindo uma Política Nacional de Saúde Integral da População Negra.

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica tornou-se pioneira, e roga-se seja copiada.

O MAIPO foi parceiro desse congresso brasileiro, com convidados internacionais, que contou com a presença da cantora e atriz Zezé Mota, e da cantora Margareth Menezes.

postado por 29007 as 02:19:51




26 comentários:
FNHFiKPJfdu:

dlgpydcq yujzvgwm mkqbtyzx

sexta, agosto 07, 2009 06:00
FNHFiKPJfdu:

dlgpydcq yujzvgwm mkqbtyzx

sexta, agosto 07, 2009 06:00
BQHABFLIFrXIRWohl:

iuqcaifw alrzjbtn yrilzxox

sexta, agosto 07, 2009 03:39
BQHABFLIFrXIRWohl:

iuqcaifw alrzjbtn yrilzxox

sexta, agosto 07, 2009 03:39
bettQEPdSJIPI:

atabkzch xfrfjhjh tcbdrrkp

sexta, agosto 07, 2009 01:16
bettQEPdSJIPI:

atabkzch xfrfjhjh tcbdrrkp

sexta, agosto 07, 2009 01:16
RjenEbGtyuZdmkTia:

xkgvzsqx amxffvva ntrxmkji

sexta, agosto 07, 2009 10:55
RjenEbGtyuZdmkTia:

xkgvzsqx amxffvva ntrxmkji

sexta, agosto 07, 2009 10:55
HzRaqptBOXegrLqkni:

cewsdbbz heayuvsh wzwptmfh

sexta, agosto 07, 2009 08:32
HzRaqptBOXegrLqkni:

cewsdbbz heayuvsh wzwptmfh

sexta, agosto 07, 2009 08:32
clTJWgtx:

dmyjceqo lzjraaye ocsugxqp

sexta, agosto 07, 2009 06:08
clTJWgtx:

dmyjceqo lzjraaye ocsugxqp

sexta, agosto 07, 2009 06:08
ElRRQqHVeBJewXoRrO:

iivowkkt camzjzxk gluuajjc

sexta, agosto 07, 2009 03:46
ElRRQqHVeBJewXoRrO:

iivowkkt camzjzxk gluuajjc

sexta, agosto 07, 2009 03:46
cJMNmHNHHnGw:

xuzjqxla gjddgxlz tauxbgtx

sexta, agosto 07, 2009 01:25
cJMNmHNHHnGw:

xuzjqxla gjddgxlz tauxbgtx

sexta, agosto 07, 2009 01:25
jqSOJxcJkGn:

tqnrvhuz ccmsmhue puegmvfw

quinta, agosto 06, 2009 11:05
jqSOJxcJkGn:

tqnrvhuz ccmsmhue puegmvfw

quinta, agosto 06, 2009 11:05
QPxUmkcyLm:

iaxfajen yrlpgiba pxdfwjkt

quinta, agosto 06, 2009 08:47
QPxUmkcyLm:

iaxfajen yrlpgiba pxdfwjkt

quinta, agosto 06, 2009 08:47
TERESINHA DE JESUS FERREIRA:

Caro amigo, permitá-me enviar este artigo para comentários pois precisamos ficar alerta com certas informações.Axé Teresinha


O que aconteceu, Miriam ? Confusão na matemática ?


Deu no Azenha:

Eduardo Guimarães flagra Leitão com a “boca na botija”

Atualizado em 24 de junho de 2009 às 11:32 | Publicado em 23 de junho de 2009 às 13:49

Denúncia

Míriam Leitão mente no “Bom Dia Brasil

por Eduardo Guimarães, no Cidadania

No vídeo acima, comentário de Miriam Leitão sobre a criação de 131 mil empregos em maio último – os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). O comentário foi feito na edição desta terça-feira do “Bom Dia Brasil”.

Segundo Leitão, estamos mal. Ela opina que deveríamos ter criado 190 mil empregos no mês passado, segundo a média dos últimos dez anos para o mês de maio. Ou seja, a analista econômica global pega todos os meses de maio de 1999 até hoje e divide por dez.

Faltou informar que, se a média for calculada só durante o governo Lula, será muito maior, e que se for calculada só no segundo mandato de FHC, será muito menor do que 190 mil empregos. Vejam:

FHC

Maio de 1999 – 97.182

Maio de 2000 – 162.837

Maio de 2001 – 161.898

Maio de 2002 – 155.813

LULA

Maio de 2003 – 140.313

Maio de 2004 – 291.822

Maio de 2005 – 212.450

Maio de 2006 – 198.837

Maio de 2007 – 212.217

Maio de 2008 – 202.984

Maio de 2009 – 131.557

Conclui-se, então, o seguinte: a média de empregos criados no mês de maio durante o segundo mandato de FHC, foi de 122.432 empregos, e durante o primeiro mandato de Lula, foi de 210.855 empregos.

Estamos falando quase do dobro de empregos do segundo mandato do tucano para o primeiro mandato do petista. Ou seja: ao misturar o fim do governo FHC com o governo Lula, Leitão faz parecer que a forte criação de empregos que se vê no Brasil desde 2003 começou na era tucana.

Mas a questão nem é essa. O grande problema (para usar um termo leve) da fala de Leitão na tevê é que ela mentiu descaradamente ao dizer o seguinte:

E, ao todo, desde a crise, o Brasil perdeu 800 mil empregos nos primeiros três meses, até janeiro, e criou 180 mil nos últimos quatro meses.

Miriam Leitão mente. Nos últimos quatro meses, o Brasil não criou 180 mil empregos coisa nenhuma. Criou 281.754, ou seja, cerca de cem mil empregos a mais do que disse a analista econômica da Globo. Vejam os números do Caged de fevereiro para cá:

Fevereiro de 2009 – 9.179

Março de 2009 – 34.818

Abril de 2009 – 106.200

Maio de 2009 – 131.557

Leitão mentiu para milhões de telespectadores. Não dá nem para dizer que foi um engano. Eu que não sou nem jornalista, nem economista, nem apresentador de tevê, soube que o número de 180 mil empregos de fevereiro a maio era mentira assim que ela o proferiu.

Como se vê, está valendo até mentir para o público na tentativa estúpida de fazê-lo acreditar que o Brasil não está dando um show de competência diante do mundo em meio à maior crise econômica dos últimos oitenta anos. Para mim, isso é desespero de causa.

Se quiser ir ao blog de Leitão para protestar, clique aqui

Leitão se retrata

Miriam Leitão pôs a seguinte nota em seu blog:

Alguns leitores comentaram que existe um equívoco nos dados de geração de empregos referentes aos últimos quatro meses. E eles têm razão. Foram gerados cerca de 280 mil postos nesse período, e não 180 mil. O número de 180 mil refere-se à geração de empregos nos cinco meses, o que desconta uma queda de 100 mil em janeiro. Fica aqui a correção.

Ela se retratou depois de ter sido desmascarada aqui. Bem, mas e como ficam os milhões de telespectadores que ela desinformou na Globo hoje pela manhã? Será que na próxima edição do “Bom Dia Brasil” ela irá reparar o “engano”? E como é possível uma “sumidade” como Leitão se enganar dessa forma se eu, um simples comerciante, pude detectar a farsa no exato momento em que foi proferida?






REPERCUSSÃO DO FATO

Zero Fora: Miriam Leitão mente no 'Bom Dia Brasil'

23 Jun 2009 ... Será que na próxima edição do “Bom Dia Brasil” ela irá reparar o “engano”? E como é possível uma “sumidade” como Leitão se enganar dessa ...
zerofora.blogspot.com/.../miriam-leitao-mente-no-bom-dia-brasil.html -Em cache

segunda, junho 29, 2009 11:09
Glênio Oliveira da Silva:

Olá!!! meu precioso amigo.
li seu texto. É bem insticante e provocativo. Você cita vários pontos importantes. Que infelizmente, nós ainda, aqui em Uberlândia, não temos maturidade necessária para agirmos como um corpo diante das lutas. Mas, há ainda querreiros como você que luta por um ideal.

Abraços.
(*) Sugiro que levantemos uma bandeira prioritária, diante das várias demandas nas áreas de saúde, educação, trabalho etc. para que possamos planejar e definir ações concretas.

sexta, junho 26, 2009 10:14
TERESINHA DE JESUS FERREIRA:

olá caro Amigo José Amaral Neto permita-me chamá-lo de amigo

veja a profundidade deste poema

Antes, ou para além dos militantes, estão os seres humanos que se
tornam militantes.
Nossa causa deve ser um ato generoso de amor pelos seres humanos.

Este poema de Agostinho Neto, dirigente da Revolução de Libertação
Nacional de Angola (MPLA), escritor e poeta, militante marxista,
revolucionário humanista
TERESINHA DE JESUS FERREIRA -JORNALISTA 24 de junho de 2009


A BARCA

(Agostinho Neto)Não basta que seja pura e justa
a nossa causa.
É necessário que a pureza e a justiça
existam dentro de nós.

Dos que vieram
e conosco se aliaram
muitos traziam sombras no olhar
intenções estranhas.

Para alguns deles a razão da luta
era só ódio: um ódio antigo
centrado e surdo
como uma lança.

Para alguns outros era uma bolsa
bolsa vazia (queriam enchê-la)
queriam enchê-la com coisas sujas
inconfessáveis.

Outros viemos.
Lutar para nós é ver aquilo
que o Povo quer realizado.
É ter a terra onde nascemos.
É sermos livres para trabalhar.

É ter para nós o que criamos
Lutar para nós é um destino -
é uma ponte entre a descrença
e a certeza do mundo novo.

Na mesma barca nos encontramos.
Todos concordam - vamos lutar.
Lutar pra que?
Pra dar vazão ao ódio antigo?
ou pra ganharmos a liberdade
e ter pra nós o que criamos?

Na mesma barca nos encontramos
Quem há de ser o timoneiro?
Ah as tramas que eles teceram!
Ah as lutas que aí travamos!

Mantivemo-nos firmes: no povo
buscáramos a força e a razão
Inexoravelmente
como uma onda que ninguém trava
vencemos.

O Povo tomou a direção da barca.
Mas a lição lá está, foi aprendida:
Não basta que seja pura e justa a nossa causa.
É necessário que a pureza e a justiça existam dentro de nós.









quinta, junho 25, 2009 03:44
Sandra Grilo:

Acredito que a afirmação do Alan vem corroborar a frase do artigo "as boas intenções devem vir ungidas de ação", o que falta em muitos (pessoas ou organizações). Uma pena....



quarta, junho 24, 2009 10:08
jorge pereira da silva:

me alegro em ver uma uberlandia progressista mais tambem e entristece vendo que si os nossos governantes quisece estariamos melhor .mais quando tem o apoio do propio povo que sofre debaixo de sofrimento fica comodo para quem esta no comando2012 vem ai??????????????

terça, junho 23, 2009 11:01
Alaor Barbosa Jr:

Nesse seu artigo, você deveria ter citado claramente: Sindicato dos Produtores Rurais de Uberlândia; e dito também que os demais não recebem nada por causa de uma turma de picareta que andou e ainda anda por ai. Assim, pensando assim e com pés em ovos, não se chega a lugar algum!


terça, junho 23, 2009 03:56
Comente este post
Início
Perfil
29007
Meu Perfil



Meus Links
Blog Grátis
Criar Blog
Manta Absorvente de Óleo
Hoteis

Palavras-Chave
raça
etnia
cor
negro
previdência
saúde
carreira
educação
social

Favoritos
Unegro-União de Negros Pela Igualdade
JANCOM Agência da Informação
mais...

adicionar aos meus favoritos


Colaboradores do Blog


Comunidades
Não há comunidades.

Posts Anteriores
TRAGÉDIA ANUNCIADA
O NOVO MERCADO MUNICIPAL
II CONFERÊNCIA DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL
Juliano Pereira no Blog do AMARAL NETO
ATENÇÃO: Fui Assaltado e Perdi Meu Celular
Bracileiras e Brasileiros
CONVITE
FPM e o Poder Político
IVECO CURINGA - Em Meio A Crise, Investimento
SÔNIA RIBEIRO no Blog do Amaral Neto

Arquivos
01 setembro, 2011
01 junho, 2010
01 maio, 2010
01 abril, 2010
01 março, 2010
01 setembro, 2009
01 agosto, 2009
01 julho, 2009
01 junho, 2009
01 maio, 2009
01 abril, 2009
01 março, 2009
01 fevereiro, 2009
01 janeiro, 2009
01 dezembro, 2008
01 novembro, 2008
01 setembro, 2008
01 agosto, 2008
01 junho, 2008
01 maio, 2008
01 abril, 2008
01 março, 2008
01 fevereiro, 2008
01 janeiro, 2008
01 dezembro, 2007
01 novembro, 2007
01 outubro, 2007
01 setembro, 2007
01 agosto, 2007
01 julho, 2007
01 junho, 2007
01 maio, 2007
01 abril, 2007
01 março, 2007
01 fevereiro, 2007
01 janeiro, 2007
01 julho, 2006
01 junho, 2006

29023 acessos


CRIAR BLOG GRATIS   
..