0 P03t4
0 P03t4

terça, 16 março, 2010
NA DISTÂNCIA

Que distância é essa? Ó meu doce encanto.
Querer tomá-la aos cuidados de meus braços.
Afagá-la, sob meu queixo, sobre meu manto.

Não minto nem mesmo menti.
Seus olhos, em minha mente, são só sorrir.

Até meu relógio a traz no olhar.
Não perdendo tempo…
Perdendo-se no amar.

Um desejo de teletransporte…
Um simples gesto de amor
Quem não teve lá essa sorte,
de, na distância, esperar?

E assim passamos o momento…
Não sei se ainda se lembra:
como que menta com pimenta,
um forte desejo de se encontrar.

Olhamos além-mar…
Ficamos sem saber como seria.
E mesmo que nada acontecesse…
inesquecíveis momentos de outro dia.

Saindo das letras, ficamos a apreciar
o som das nuvens
à visão de se apaixonar.

Como que querendo mais tempo,
mas o tempo não nos vai perdoar.

 

Alisson Francisco Rodrigues Barreto

Maceió, 16 de março de 2010.16h40



postado por 134295 as 03/16/2010 11:17:02
0 comentários:

Comente este post
Início
Perfil
134295
Meu Perfil
Meus Links
Blog Grátis
Criar Blog
Manta Absorvente de Óleo
Hoteis
Palavras-Chave
olhar
distância
paixão
amor
além-mar
longe
tempo
Favoritos
Não há favoritos.

adicionar aos meus favoritos

Colaboradores do Blog

Comunidades
Não há comunidades.
Posts Anteriores
Branquinha dos cabelos pretos
Ouço um toque à beira-mar
Às valentes em seus silêncios
ACIMA DO CHÃO
O POETA
Arquivos
2010, 01 julho
2010, 01 março
631 acessos
CRIAR BLOG GRATIS   
..