0 P03t4
0 P03t4

quinta, 08 julho, 2010
Tico e suas lições limítrofes

Tico e suas lições limítrofes.Com o Tico eu aprendio valor de uma companhia,de uma forma que nunca vi,como a amizade fica até o fim..Uma imagem não sai de meus olhos:ele veio e se deitou aos pés de meu PC, eu prestes a sair;enquanto ele dormia, tomei banho;e quando estava a calçar-me os pés, ele acordou..Tico me olhou e não suportou minha saída.Cambaleante, usou das reservas de suas forças para vir ao meu encontro.Como que suplicando minha presença, aos meus pés se deitou.E, tirando forças não se sabe de onde, girou a cabeça em minha procura..“Tico, the cat”, mostrou-me o valor de uma amizade.Sua debilidade lhe retirou até a vaidade e o instinto de caça.Mas aquilo que lhe tirara os instintos mais básicos de um gato tem seus limites.Nenhuma debilidade lhe tirou o querer estar conosco..No final de sua vida, todas as suas forças se voltam para um único propósito:estar perto dos que lhe são mais próximos.Não se interessa por usar suas forças nem para comer,mas não hesita em usá-las para nos ver, para ao nosso encontro vir..É mais uma lição que os animais nos dão:quando não se tem mais o que buscar,só o que nos resta é companhia daqueles que nos amam..Os limites da perda de vitalidade nos ensinam,chega um momento em que nem benesses nem vaidades interessam,ali subsistem só os sentimentos maiores, ainda que de forma lamentável..A humildade aparece como recurso natural.A amizade, como último bem.A companhia, como recurso final..E, assim, assistimos aos últimos suspiros,às últimas forças,aos últimos sinais de satisfação...Alisson Francisco Rodrigues Barreto.Maceió, 8 de julho de 2010.08h31

postado por 134295 as 07/08/2010 08:35:45
0 comentários:

Comente este post
Início
Perfil
134295
Meu Perfil
Meus Links
Blog Grátis
Criar Blog
Manta Absorvente de Óleo
Hoteis
Palavras-Chave
lição
vida
amizade
valor
iminência
morte
Favoritos
Não há favoritos.

adicionar aos meus favoritos

Colaboradores do Blog

Comunidades
Não há comunidades.
Posts Anteriores
Quaresma
Olhar brasileiro
NA DISTÂNCIA
Branquinha dos cabelos pretos
Ouço um toque à beira-mar
Às valentes em seus silêncios
ACIMA DO CHÃO
O POETA
Arquivos
2010, 01 julho
2010, 01 março
631 acessos
CRIAR BLOG GRATIS   
..