SILVA LEMES E PARENTES
SILVA LEMES E PARENTES

terça, 20 março, 2007
Os Germanos
OS GERMANOS.


Antônio Germano Filho e sua filha Geralda.


Este é ANTONIO GERMANO FILHO ao lado de sua filha Geralda.
Antônio Germano se casou duas vezes.

A primeira com sua prima Ana Francisca Maria de Jesus (filha de Justino da Silva Lemes e Joana Tertuliana de Jesus*) com a qual teve a filha:

1- Isabel da Silva Lemes (1905) esta se casou com o seu parente Olímpio da Silva Lemes, filho de Felício da Silva Lemes e Umbelina Maria de Jesus – com sucessão. E, viúvo casou-se com Maria José de Jesus, também seu parente.

* Joana Tertuliana foi filha de Antônio Joaquim da Silva Lemes, um dos principais benfeitores da Vila de Cambuquira e pai do Capitão Cláudio.

Com Maria José de Jesus, também pertencente ao tronco da família, embora ainda não identificado, teve mais nove filhos, totalizando um total de 10 descendentes diretos, sendo estes:

2_Alzira da Silva Lemes, em 1920 que veio se casar com o parente Joaquim da Silva Lemes (este filho de Amâncio da Silva Lemes e a prima Ana Francisca de Jesus, filha de Antônio Joaquim da Silva Lemes e Feliciana Maria de Jesus – [Borges da Costa]),

3_José da Silva Lemes, em 1920 que se casou com sua parente Maria Joana de Jesus, filha de Olimpio da Silva Lemes e Maria Antônia de Jesus, até o momento sem identificação das sucessões.

4- Otávio Germano Lemes, que cem 1924 se casou com sua parente Maria da Conceição Lemes (filha de Francisco Vicente da Silva Lemes e Maria Amália Lemes), e não teve sucessão.

5- Sebastião Germano Lemes, casado com Geralda... com geração, (foram os últimos moradores da sede da fazenda de Antônio Germano Filho, no lugar conhecido como Portão, hoje Fazenda Santa Rosa, de onde se mudaram para Campanha - MG, onde deixaram grande geração).

6- Benedito Germano Lemes, casado com Geraldina Lemes (filha de José Evandro da Silva Lemes, também conhecido como Juca Amâncio) com apenas uma filha como sucessora.

7 - Francisco Germano Lemes casado com Sebastiana Lemes (Esta, filha de Manoel Amâncio da Silva Lemes e Mariana Reis, também conhecida como “Nina” descendente de Antônio dos Reis da Silva Lemes e Marfisa da Silva Lemes) tiveram os seguintes filhos: Maria Nilda Borges (casada com Amâncio Borges, ex-proprietário da Fazenda dos Anjos – filhos: Neusa - reside em Nepomuceno, Neide, Norival e Nivaldo [Dinho] - residem em Três Corações, e Nilce - reside nos Estados Unidos.) e Nicéia Maria Lemes.

8 - Antônio da Silva Lemes (Toniquinho Germano) casado com Cândida Maria de Jesus (esta filha do português Antônio Fernandes e Ana Lemes, filha de Francisco Sebastião da Silva Lemes e Maria do Carmo Lemes) com sucessão representada por 6 (seis) filhos: Josefa, Ana, Maria, Antônio, Sebastião e José.

9 - Geralda da Silva Lemes, por ser a filha caçula dedicou a maior parte da sua vida para cuidar dos pais. Com o falecimento do pai, continuou com a mãe, vindo a se casar bem mais tarde já idosa com um também idoso com o qual não teve filhos. Uma das coisas tristes na sua história é que apesar da sua dedicação faleceu na Vila Vicentina de Cambuquira, só e longe dos parentes, apesar de ter herdado, com certeza, alguma coisa de seu querido pai.

10 – Etelvina da Silva Lemes casada com Pedro Machado com sucessão... (deste casal descende Pedrinho Germano, residente em Campanha - MG).


Na foto ao lado os irmaos Germanos (Chico à esquerda e Otávio á direita c/ sua esposa Maria e sogra Maria Amália Lemes. O menino é Niltom, a moça sentada é Nilda(Nilma) casada com Amâncio Borges)


Quem foi Antônio Germano Filho?

Filho de Antônio Germano da Silva Lemes e Gertrudes Rosa de Lima (Carneiro), ele era um homem de boa estatura que estimo, olhando a sua foto, em mais de 1,80 m.
Os que o conheceram dizem que ele era um caboclo tranqüilo e de fala mansa.
Ele gostava de ver reunida a família em longos e intermináveis papos que varavam a noite em torno de uma pequena fogueira que no inverno era acesa numa área coberta anexa à cozinha da casa, enquanto um carrilhão anunciava de quinze em quinze minutos o passar do tempo.
Lá fora num longo banco de madeira, todos se assentavam para conversar, ouvir os acordes das sanfonas e violas, enquanto comiam as batatas-doces assadas no braseiro, as broas de pau-a-pique e os biscoitos feitos pela avó Mariquinha, sua esposa que diferente dele era muito prosa e atenta a todos os fatos.
Antônio Germano Filho e Maria José, sua segunda esposa, tiveram diversos filhos (descritos acima) que asseguraram a sua descendência. Alguns dos seus netos hoje ostentam o sobrenome “Germano” e outros conservaram o nome do seu pai “Silva Lemes” hoje espalhados por Cambuquira, Campanha e outras cidades da região.
Na sua fazenda tinha muita fartura assegurada pela boa renda do engenho da rapadura, principal produto da época, além de outros produtos da propriedade rural, o que garantia um bom padrão de vida de acordo com os costumes da época.
Na Fazenda do Portão, divisa entre os municípios de Cambuquira e Três Corações, o Sr. Antônio Germano gostava de receber numa grande área contígua à cozinha da sede as folias de Reis e do Divino, continuando uma tradição vinda dos antepassados e até hoje praticada por alguns “foliões” cambuquirenses.
Nessa grande varanda, nos dias de inverno, ele acendia uma pequena fogueira. Num longo banco de madeira todos se sentavam para contar e recontar as histórias dos membros da nossa grande família Silva Lemes, enquanto rolava alguma cantoria reforçada pelos quitutes de D. Mariquinha (ou vó Ica, para os netos).

Como descobri que eu era um “Germano”?


Ô Germanadas!...

Quando criança eu e meus irmãos, quando passávamos perto da sua casa desse “Mane Gago”, ouvíamos dele:
“___Lá vai os “Germanadas”!... (dgêrmanadas, na sua pronuncia, que entendíamos como “demonhadas”). Aquilo foi motivo de uma queixa minha a minha mãe:
“__Eu não vou passar mais perto da casa daquele preto velho, pois quando nós passamos por lá ele nos chama de “demonhadas”!
Minha mãe riu muito e nos explicou que ele queria dizer “Germanadas”, pois nós éramos “Germanos”. Foi assim que descobri o sobrenome Germano.
Esse senhor, que parecia ter algum problema nas pernas, ficava assentado numa cadeira em frente a sua casa, no bairro da Lavra. Ele e sua filha, Maria Augusta, ambos mulatos, defendiam um parentesco originário de um relacionamento de uma escrava da família com um “Germano”, fato não muito aceito por alguns membros da família e nunca esclarecido.
Mas não era só esse “Mane Gago” que reivindicava o parentesco com os “Germanos”.
Alguns mulatos de sobrenome Carneiro, existentes no Congonhal, zona rural de Cambuquira, também defendiam esse elo, negado pela maioria dos descendentes de Antônio Germano da Silva Lemes.
Um senhor conhecido pelo apelido de “Cáca” dizia em bom tom que também descendia dos Germanos.
José Luiz Carneiro, da família de Cáca, dizia que os Carneiros teriam vindo da Bahia e que os Germanos, através de Gertrudes Rosa de Lima, descendia dessa família de caboclos baianos. E, que outros da mesma família teriam se unido a mulatos residentes na área rural do Congonhal formando a família dos mulatos Carneiros, alguns de olhos verdes, existentes naquele lugar. Fato esse, muito difícil de provar.



postado por 52876 as 09:29:58
13 comentários:

ibrahim carlos germano:
germano e sua historia em cada canto
vira conto que conto e um conto
aumento outro conto vira um milhao
germanos do brasil
orgulho de ser germano

Ibrahim botucatu sp
segunda, agosto 19, 2013 11:29
Oakley Sunglasses Cheap:
Who should I follow? sunglass enthusiasts regarding Tweets Oakley Sunglasses Cheap http://www.cheapoakleyglassesusa.com
sexta, agosto 09, 2013 03:33
ZHThSEBC:
9hdJ7z <a href="http://bbynjmwktihi.com/">bbynjmwktihi</a>, [url=http://evbuvnvcedcz.com/]evbuvnvcedcz[/url], [link=http://mhclsxxqkzuo.com/]mhclsxxqkzuo[/link], http://xrbgfpxclofh.com/
terça, julho 24, 2012 07:45
ZHThSEBC:
9hdJ7z <a href="http://bbynjmwktihi.com/">bbynjmwktihi</a>, [url=http://evbuvnvcedcz.com/]evbuvnvcedcz[/url], [link=http://mhclsxxqkzuo.com/]mhclsxxqkzuo[/link], http://xrbgfpxclofh.com/
terça, julho 24, 2012 07:45
Rita de Cássia Lemes :
Olá,

Sou filha de Fernando da Silva Lemes filho de Antonio da Silva Lemes (vô tunico), que foi casado com Maria Madalena de Carvalho da Familia dos Carvalhos de Campanha. Eles se separaram e ficou 5 filhos desse casamento, sendo que meu pai e dois irmão dele foi criado pelo vô tunico e os outros dois filhos pela vó Julia (avó de meu pai). Não tinha conhecimento do outro nome da esposa do vô Tunico.
Somente conheço as historias que minha mamãe conta, e todas com muito carinho pelo vô tunico que sempre a visitava com levando frutas e doces para criançada.

Abraços
sexta, março 11, 2011 08:39
jose luiz lemos simoes:
Sobre a familia germano tenho um pouco de conhecimento pois tive um tio chamado plinio germano que era filho de gustavo germano se nao me falha a memoria sua esposa se chamava maria que era chamada carinhosamente de vó marica falecida em jundiai .
Meu tio plinio germano era casado com maria de lemos germano(tia minica) .
Ela era irma de minha mãe(dulce de lemos simoes ) e irmã de joaquim soares de lemos casado com aurora germano de lemos .
A minha mãe me falava que a familia germano tinha ligaçao com um cartorio de registro na cidade de tiete .
Eu teho até hoje um livro de registro diario do cartorio que continha 200 paginas mais infelizmente foram retiradas 38 paginas.
As demais folhas estao em branco, porem na ultima pagina tem um termo de encerramento do livro datado 2 de janeiro de 1932 tiete .
Plinio germano tinha um filho que se chamava jose gustavo de lemos germano que residia em jundiai .
Na decada de 60 ele era sargento da força publica vindo a falecer no ano de 1964
sábado, fevereiro 12, 2011 10:43
ROBSON DIAS DA SILVA:
sou neto de um Germano e,gostaria de conhecer mais deta hito&#341;ia.meu avõ se chamava Antõnio Germano Da Silva;quém sabe ue não encontre algum parente ou vcs podem me encontrar,pois todos os filhos do meu avõ possui o sobrenome Germano.
terça, outubro 19, 2010 02:38
Maria Aparecida de Jesus:
Boas ,sou filha de um germano,meu pai chamava-se Geraldo Germano de Jesus,os pais deles vieram da bahia para minas gerais mais ou menos entre 1900 a 1916,ele nasceu em minas que bom saber que tem tanto Germano no mundo,e gostaria de saber da onde veio esse sobrenome..obrigada
domingo, julho 25, 2010 04:20
ibrahim c germano:
ESTOU HA PROCURA DE LUIS ANTONIO GEMANO FILHO
HA ULTIMA VEZ FOI VISTO EM RIBEIRAO PRETO SP

IBRAHIM C GERMANO

segunda, fevereiro 15, 2010 08:16
ibrahim carlos germano :
tarcisio germano de lemos fillho

estou esta semana indo a tiete buscar informaçoes
com parentes mais antigos.
quanto a joaquim do tobias amaral germano .
realmente eu sei onde fica arua ela tem dois quarteiroes
tarciso eu no momento tenho poucas informaçao
ha familia germano de tiete
vem de origem religiosa com formaçao presbitera

quanto a sua avo aurora eu me lembro de alguem com esse nome
quarta, dezembro 16, 2009 09:47
ibrahim c germano:
SOU NATURAL DE TIETE
RESIDO EM BOTUCATU
SOU GERMANO
MEUS AVOS BSAVOS
TODOS NATURAL DE TIETE
SER TIETEENSE E UM ORGULHO
TER NACIDO UM GERMANO UMA HONRA

SE QUISER SABER MAIS ENTRE EM CONTATO

UM FORTE ABRAÇO IBRAHIM C GERMANO
sábado, novembro 21, 2009 01:13
Tarcísio Germano de Lemos Filho:
Sou bisneto de Gustavo do Amaral Germano, que foi ~contador e partidor da comarca de Tietê, no início do século XX. Gustavo era filho de Joaquim Tobias do Amaral Germano, combatente da Guerra do Paraguai, nome de rua em Tietê. Gustavo era pai de minha avó, Aurora Germano de Lemos, que se mudou para Jundiaí, onde também é nome de rua, tendo nascido em Tietê em 19 de setembro de 1903. Não conheço os nomes dos ascendentes de Joaquim Tobias, mas creio que essas informações possam ser obtidas em Tietê.
sexta, julho 17, 2009 05:21
Demerval Germano:
Sou filho de Manoel Germano, que era filho de Antônio Germano, casado com Severina Hermínia. Todos naturais de Nova Cruz-PE. Achei muita coincidência de nomes. Sou oficial regente de Música do Exército Brasileiro, encontrando-me na reserva. Sou compositor de dobrados, hinos e canções. Licenciado em Música pela UFPE, Laboratório de Informática e Música pela UFPI, Mestre de Música pela EsiE. Estou aposentado e trabalho hoje confeccionando métodos de facilitação do ensino da Música.
***GOSTARIA DE SABER SE EXISTE ALGUM ELO REALMENTE ENTRE A MINHA FAMÍLIA E ESSA "GERMANADA?" Minha filha casou com um "BORGES" que sua mãe mora em Nepomuceno-MG. UM FORTE ABRAÇO AOS GERMANOS. (EXISTE MUITOS MÚSICOS NA MINHA FAMÍLIA, DANDO PRA FORMAR UMA BANDA DE VERDADE- EU SOU O PRIMEIRO MÚSICO DA FAMÍLIA)
sexta, maio 29, 2009 07:27
Comente este post
Início
Perfil
52876
Meu Perfil

Meus Links
Hotéis no Brasil
DNS Grátis
Blog Grátis
Criar Blog
DNS Grátis
Blog Grátis
Hoteis

Palavras-Chave
>> FAMILIAS

Favoritos
Não há favoritos.

adicionar aos meus favoritos


Colaboradores do Blog


Comunidades
cambuquira

Posts Anteriores
>> LEOPOLDO LUDOVICO LEMES E JOAQUIM DA SILVA LEMES
>> MINHA BISA QUE NÃO CONHECI

Arquivos
2008, 01 junho
2008, 01 janeiro
2007, 01 novembro
2007, 01 abril
2007, 01 março

5974 acessos
CRIAR BLOG GRATIS   
..