Política e Atualidades
Política e Atualidades

sábado, 02 agosto, 2014
'OS TEMPOS SÃO OUTROS'. QUE OUTROS?

O ser humano não é mais humano?Cada ser humano, independente do estado onde reside, ou da condição econômica individual, já ouviu o clichê “Os tempos são outros”, quando alguém se refere às mais variadas situações, como por exemplo: Não compare o que você aprendeu, com o que aprendem agora, porque “Os tempos são outros”. Ora, quer dizer que nós temos que nos conformar, e ponto final?Se todas as situações comparativas, forem analisadas por esse prisma, não há mais o que fazer para o bem do desenvolvimento intelectual e humano? O que significa mudar para melhor? Onde está a verdadeira educação? Como ficam os valores que aprendemos em casa? Devemos nos curvar diante de algumas aberrações humanas, em prol da bestialidade?Muitos conceitos devem ficar nas gavetas, de fato; mas não deveria existir receio em aprender com as grandes lições. De que maneira? Pesquisar, ler, colocar-se no lugar do outro etc. Isto, posto, por que não tentar melhorar com os ensinamentos caseiros, dos quais não encontramos em livros, tampouco, em uma lanchonete, ou na passarela de um baile funk?E se em casa o que aprende não faz da pessoa um cidadão dotado de um comportamento que não compromete, ouça melhor, e atente-se para uma realidade que não fira, que não agrida, que não desabone, que não constranja.Claro, que há casos, em que a família considerada “pra frente”, moderna, atualizada “em outro sentido”, permite:1. Que a filha durma no quarto com o namorado.2. Que falar os chamados “palavrões” fazem parte da vida atual dos mais jovens: homens ou mulheres.3. Que se preocupar com o bem do outro é atraso de vida, ou seja, “Cada um pra si, e Deus pra todos”.4. Que a morte de uma pessoa pode ser considerada como a de um suíno, ou seja, para que chorar, ou se sentir mal?5. Afirma, realmente, que filho (a) não precisa se preocupar em estudar. “Os tempos são outros”, a Progressão continuada ou Aprovação automática nas escolas fazem um “bem” danado aos jovens.6. Sair hoje e voltar amanhã é normal. São “outros tempos”, então, que promovam noitadas, e que voltem quando o sol raiar.7. Pensar no futuro é bobagem, o negócio é viver o presente. “Os tempos são outros”. De que adianta, por exemplo, fazer poupança, se pode morrer daqui a alguns segundos?8. Xingar seja quem for, é normalíssimo: a boca é livre, os tempos mudaram. O importante é “não levar desaforo pra casa”, principalmente se for menor de idade. As leis são amigas dos menores; e o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) é “mui amigo”.9. Pegar algo emprestado de alguém, e não pagar, é normal: se a pessoa emprestou, é porque tem, então, que espere!10. Cometer erros é algo tão banal, “faz parte”! Quem nunca, cometeu, “que atire a primeira pedra”!Infelizmente, muitas famílias servem de modelos positivos aos filhos; outras, nem tanto; em que pese a desestruturação de algumas. Os exemplos citados fazem parte do cotidiano em diversos lares. Tudo em nome de “Os tempos são outros”.Os valores humanos precisam ser reciclados, aprendidos, reaprendidos. E quem os têm, que os utilizem, de maneiras sutis e robustas, ou menos conceituadas, quando houver necessidade. Quem os adquiriu em casa ou em alguma escola, ou com alguns colegas, faça dessa cultura, uma revolução: demostre que você não é mais um cidadão qualquer, e prove a si mesmo, do que é capaz. Mostre que seus pais, ou amigos, ou avós, ou tios, ou padrinhos, ou vizinhos que te auxiliaram, mesmo que indiretamente, não estavam errados, quando disseram a você, que os tempos eram outros, mas que a educação caseira de ser humano, continua humana!Quer outra sugestão? Experimente beliscar alguém, e note se a reação dela é de um ser humano, ou de um vegetal.Prof. Nilceu Francisco

postado por 3846 as 01:30:01 0 comentários
quarta, 25 junho, 2014
OS SEUS DIREITOS HUMANOS SÃO RESPEITADOS?

QUEM DEVE OU DEVERIA ZELAR PELOS NOSSOS DIREITOS?No sentido amplo da palavra, direitos humanos nada mais são do que normas que regem as relações entre as pessoas, para que tenham um vida plena, vivida, respeitada; seja no campo civil, político, religioso, administrativo etc.A Declaração Universal dos Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas afirma que: “Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade”.Parece que a palavra mais propagada é a “dignidade”, porque os seres humanos do bem, dificilmente são respeitados na íntegra; daí, mais direitos jogados no lixo, porque ocorrem abusos no trabalho, nos bairros, nas ruas, nos botecos, nos clubes de futebol, nos espaços sociais;e em diversas camadas governamentais.Quem reside numa região periférica e depende de maior atenção, têm seus direitos desrespeitados todos os dias: muitos residem precariamente em suas casas (outros nem as têm) e faltam saneamento básico, iluminação, segurança, acesso aos serviços públicos (nem os carteiros chegam perto), e mais: o cidadão começa de manhã, ao utilizar os serviços de transporte coletivo, quando depara em quase todas ocasiões, com veículos lotados. Depois divide espaço com vários passageiros. Há dificuldades como onde colocar o pé, onde segurar, onde sentar-se etc. Ocorre na ída e na volta, independente do destino. A população cresce, há expansão das linhas e da frota de ônibus, mas esquecem também dos pontos e das coberturas dos mesmos. Como podem não pensar na população e nas consequências?Diante do conhecido trânsito caótico na avenida John Boyd Dunlop, diariamente, os direitos se “ausentam”, como o tempo no interior dos ônibus (prejudica os passageiros, os motoristas e os cobradores através do barulho, falta de ventilação, os minutos ali dentro, a preocupação com os atrasos etc).Destaca-se também os acidentes (muitos poderiam ser evitados) e as consequências.Um outro desrespeito bastante discutido em outras publicações, e que merece registro neste, trata-se dos inúmeros problemas em relação à Saúde, com a constante falta de médicos, medicamentos e de resoluções, mesmo que temporárias.Desrespeito aos direitos humanos estão presentes nas escolas, principalmente nessa época da estação Verão, em que o aquecimento global castiga a todos. Na sala de aula o problema com o calor, torna-se quase insuportável, pois em muitas, faltam ventilação natural, ventiladores elétricos, e os profissionais que deveriam cuidar dos conflitos, fazem ouvidos moucos.Como alguém pode imaginar que num espaço como uma sala comum de escola, tendo mais de 20 alunos em cada uma, é possível manter a concentração dos alunos que não sabem, se cuidam de si ou das atividadespedagógicas? Nem sempre dá para promover aulas diferenciadas, porque espaço físico para esse fim, praticamente inexiste. E outra, seria possível que 10, 15 ou 20 turmas fossem ao mesmo tempo para aulas do gênero? Deveriam esquecer a quantidade de aulas ( diminuir), pelo menos enquanto durar o excesso de calor, e trocá-las por qualidades.Todos os seres humanos temos direito à liberdade não só para opinar, passear, respeitar, ter acesso à escola, estudar em condições bastante humanas e satisfatórias, mas também para ter segurança. Não dá para praticar ações positivas, se a insegurança está presente por todos os lados. Precisamos de maior atenção nesse quesito; se não, onde ficam os direitos? Que tal começar consertando a iluminação pública e distribuir melhores serviços no setor?Um dos capítulos mais atuais sobre Direitos Humanos refere-se ao comportamento da jornalista/comentarista do SBT, Rachel Sheherazade, e a infeliz ideia de incitar a violência, ao dar razões aos bárbaros, que acorrentaram um menor infrator, de 15 anos de idade, negro, e naquele momento indefeso, diante de vários justiceiros. Claro que o rapaz havia errado, mas ninguém tem o direito de fazer justiça com as próprias mãos. Não existe lei? Não há Casa do Menor? Se ele pecou e estava solto é porque a lei permite, é um problema do ultrapassado ECA, do Estado e dos políticos que não querem reformá-lo, está bom para eles assim, afinal, os filhos deles, dificilmente são flagrados cometendo barbáries, como a queima de mendigos, roubos a banco, práticas homofóbicas, por exemplos. Contra esses, poucos falam, a não ser para dar uma pequena satisfação; e pronto!E as condições dos presos nas cadeias superlotadas? Muitos pensarão que tanto faz cuidar ou não, afinal, cometeram crimes?! E o que diz a Constituição brasileira sobre isso? Já pensou nos inocentes que ficam anos eanos nas celas, quem arcaria com os prejuízos físicos e psicológicos? Algum governante demonstra preocupação com isso? Parece que não, não é mesmo?Percebe-se que os direitos humanos ficam muito bonitos no papel, mas na prática, a realidade é adversa. Nota-se que muitos “moralistas” na hora de defender os verdadeiros direitos humanos, pensam mais na política política pessoal, do que na dignidade humana. Está na hora de acordar, Brasil!Prof. Nilceu

postado por 3846 as 04:52:47 0 comentários
O MAIOR CASTIGO QUE OS JOVENS PAULISTAS PODERIAM TER. JÁ TÊM!

Não precisa se preocupar com acasos, pragas, castigos e afins. Você, jovem que estuda ou estudou em alguma escola pública do Estado de São Paulo já está sendo castigado o suficiente por tudo que já fez e por muito a fazer.Não perguntaram o que você queria aprender, onde desejaria estudar. Ofereceram estudos, sua família aceitou, efetuou matrícula, você assimilou, obedeceu, porque é boa pessoa, porque é bom filho, porque seus pais querem o melhor para vocês todos da família. Estou certo?Num desses dias, que não precisou ser belo, você imaginou que estava (ou está) numa escola para adquirir mais conhecimentos, uma vez que a verdadeira educação você aprende em casa, através dos hábitos dos seus entes queridos. A escola é um elo que serve para ligar o que você aprende nela, à sociedade e consequentemente, ao mundo. Aos poucos assimila mais saberes, sua mentalidade amadurece, seu senso crítico se apresenta, sua personalidade é formada e você, então, é uma pessoa contemplada de intelectualidade. Houve a conjugação do verbo estudar com a pretensão do verbo saber.O que você, talvez, inconscientemente não sabe, jovem, é que de você foi tirado o direito de aprender m ais na escola, de você foi extraída a oportunidade de adquirir muito mais saberes, de você foi negado o direito de enriquecer os seus próprios conhecimentos, de você foi subtraído o anseio e o hábito de querer mais, de você foi tirado o desejo de aprofundar e de aperfeiçoar cada vez melhor nos estudos e fazer com que a sua pessoa tornasse um ser humano muito mais eficiente.Por que negarm isso a você? Ora, o governo do Estado de São Paulo, através da Progressão Continuada e de outras ações, não permite que você alcance quase tudo comprovadamente melhor, porque pensa primeiro em si, pensa na política, pensa no próprio umbigo, pensa nas eleições seguintes, pensa em satisfazer o próprio ego etc.O revezamento do poder no estado de São Paulo(sempre a mesma sigla e ideologia), faz com que os vícios se repetem, faz com que as péssimas manias se multipliquem. Se você tem alguma dúvida, basta ler as notícias que chegam até o seu smartphone, seu celular individual, sua Televisão, seu link seguro na internet, sua revista confiável, seu jornal predileto, seu tabloide modernizado etc.A última notícia do governo, para citar um exemplo, pode atingir mais quem ainda estuda na rede Estadual, porque o governador Geraldo Alckmin (pasmem!) acabou de dizer que um professor poderá ministrar até 65 aulas semanais, ou seja, assumir13 aulas por semana( 5 dias x 13 aulas = 65). Pergunto: você, aluno consciente, faz ideia do que seja isso, o que significa essa medida, sabe quais poderão ser as consequências envolvendo você?Um professor com 13 aulas diárias, significa não ter horário suficiente para almoço ou para o jantar(já não tem), banhos, a parte psicológica 100 boa etc. Sobra para os alunos, que deixarão de ter o melhor do professor na sala. Não há malabarismo que dê jeito. Pense você mesmo, coloque-se no lugar de um professor(ficar o dia todo envolvido numa escola ou mais, sem ter horários adequados). Junte às ações práticas como leitura que o profissional faz fora da sala de aula, família, transportes, os gastos, os problemas de indisciplina nas salas, as reuniões e tudo que ocorrem numa Unidade Escolar.Uma escola com três períodos é como se fossem três escolas diferentes, porque o pessoal de um período não pensa igual ao do outro; a equipe gestora não trata todos iguais, os próprios professores têm comportamentos distintos de um período para o outro, porque há salas bem diferentes. Não pode comparar uma turma de alunos com idade média de 11 anos de idade com uma de 17 anos em média de idade. As necessidades são desiguais, o material, a mentalidade, os pais pensam e tratam os filhos de formas paradoxas, quando são chamados na escola.O Estado não considera essas diferenças, não ouve quem trabalha com os alunos, não comparece devidamente às escolas. Só pensam em estatísticas, evasão e em números em geral.Portanto, jovem, você continua sendo tão vítima quanto os professores: de você é tirado o direito de uma aprendizagem mais eficaz, dos professores, a oportunidade de trabalhar melhor, conforme a necessidade de cada aluno.A castração está presente!Prof. Nilceu

postado por 3846 as 03:57:53 0 comentários
quarta, 07 maio, 2014
O DIA DO TRABALHO; DIA DOS TRABALHADORES!

Para onde o pensamento mira, com o objetivo de produzir alguma ação que represente gana, briga, anseio, prosperidade, realização e elevação é considerado trabalho.Trabalhar é sinônimo de batalhar, lutar, marchar em busca de um ou mais objetivos; é promover o renascimento de forças e renovação de esperanças por dias melhores, por trabalhos prazerosos, por salários justos e compensadores.O trabalho, de um modo geral, passa por reformulação, devido às mudanças atuais, em todos os setores, campos, áreas, a começar pela roça, onde as máquinas insistem substituir a mão-de-obra humana. Em algumas fazendas, é fato consumado, mas o jeito peculiar e humano de fazer está presente, porque a máquina não tem como ser inteligente sozinha, tampouco ser acionada, através do sol ou de um relâmpago, ou com a mudança de lua. Se computadorizada e programada, também não tem como ser neutra e absoluta; o toque humano é, e será necessário, sempre; quer para apertar uma tecla, manipular um atalho; quer para configurar e finalmente promover o reinício de uma nova atividade.Observe as indústrias e o comércio, note as atualizações desde a matéria-prima e seus cuidados, até o fim da produção e comercialização. As transformações acontecem; e as novidades continuam, porque é preciso fazer, recriar, endeusar embalagens, produzir os diets e os lights;os afros e os russos; em nome da concorrência, da necessidade, da visibilidade, da propaganda, da opinião dos consumidores, e é claro, do retorno financeiro. O mercado exige essas atualizações constantes, criativas, chamativas, exuberantes, fortes, saudáveis e abundantes.Há muito trabalho, há milhões de trabalhadores ao redor desses fatos. Ttudo é gratificante.O trabalhador natural comprometido honra os seus compromissos, representa o que faz, dignifica a classe, produz, realça, faz emergir as suas ações, independente do que realiza; seja na venda de um produto, na compra, na produção, na emissão de notas, no preenchimento de papeis, na lida com o povo, na representação da empresa, na propaganda etc. O esforço compensa, a bravura enriquece, a perseverança ajuda amadurecer; e a realização é a glória!Hoje é O DIA MAIOR DO TRABALHADOR, e não há quem discorde, de que é mais um dia do trabalhador. A diferença é que em Primeiro de maio, o Brasil para, com a finalidade de destacar conquistas, de cobrar, de reclamar, de exigir, de reivindicar melhorias para a melhor relização das tarefas; é Dia de querer condições mais humanas de trabalho em várias áreas. É para comemorar e ter em mente, a continuação e aprofundamento das realizações, da melhor maneira, cada atividade.Festeje, você merece, merecemos; e não há melhor recompensa para um trabalhador, o reconhecimento de quem parece estar de fora, dessa grandiosa luta que cada ser humano promove. O maior objetivo é cada um sentir-se bem diante do que faz. O retorno virá e o Brasil agradece.PARABÉNS, CONTINUE NESSA MARCHA VITORIOSA! Prof. Nilceu Francisco

postado por 3846 as 03:16:55 0 comentários
domingo, 15 dezembro, 2013
CORPO DE NELSON MANDELA É ENTERRADO

15/12/2013==O corpo de Nelson Mandela foi enterrado neste domingo (15) em uma cova perto da casa da família em Qunu, na província de Eastern Cape, na África do Sul.O HERÓI AFRICANOPrêmio Nobel da Paz por sua luta contra a violência racial na África do Sul, Nelson Mandela - ou Madiba, como é chamado na sua terra natal - passou 27 anos preso e se tornou o primeiro presidente negro daquele país.O enterro contou com a presença de membros da família e líderes sul-Africanos, e seguiu-se a um funeral de Estado e dez dias de luto carregado de emoção para o ex-presidente e lengendário líder anti-apartheid, que morreu em 5 de dezembro, com 95 anos de idade.O caixão com o corpo de Mandela foi transportado em um cortejo militar da casa da família até o local do funeral, uma grande tenda montada na residência da família, e estava estava coberto com a bandeira sul-africana.Uma grande foto de Mandela estava na tribuna, com 95 velas dispostas em duas fileiras."Recordo o homem alto, saudável, forte, o boxeador", afirmou aos presentes seu amigo Ahmed Kathrada, que passou 18 anos na prisão de Robben Island ao lado de Mandela e fez um discurso emocionado."Caminhamos lado a lado pelo vale da morte, sempre nos apoiando. Perdi um irmão, não sei com quem vou falar".A neta Nani falou sobre os momentos de intimidade familiar e revelou que o avô era um "grande narrador de histórias", que também recordava a todos sobre as obrigações, "para nos prepararmos para sermos melhores na vida".Quase 4.500 convidados acompanharam a cerimônia, que começou com o hino nacional e as canções "Lizalis idinga khalo" ("Cumpre tua promessa") e "Jerusalem likhaya lami".Entre os presentes estavam o arcebispo e Nobel da Paz Desmond Tutu, velho amigo de Mandela, que no sábado afirmou não ter sido convidado, a viúva Graça Machel, assim como Winnie Mandela, que foi a segunda esposa do líder sul-africano.Também estavam em Qunu o reverendo americano e ativista dos direitos civis Jesse Jackson, o magnata britânico Richard Branson, o ex-primeiro-ministro francês Lionel Jospin, o político norte-irlandês Gerry Adams, a apresentadora de televisão americana Oprah Winfrey e os atores Forrest Whitaker e Idris Elba, que interpreta Mandela no cinema.O líder sul-africano, falecido em 5 de dezembro aos 95 anos, seria sepultado depois do funeral celebrado sob o ritual etnia xhosa, que inclui o sacrifício de um boi.A família, amigos, velhos companheiros de luta, militares e líderes tribais caminharam até o local da sepultura. No total, 450 pessoas estavam no grupo, incluindo Branson, Tutu e Winfrey.Em todo o país foram instalados telões para a transmissão da cerimônia.http://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-

postado por 3846 as 03:55:12 0 comentários
MORRE NELSON MANDELA

05/12/2013 ===Primeiro presidente negro sul-africano era símbolo da resistência contra o regime de segregação racial. Mandela morreu em decorrência de uma infecção pulmonarO ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela morreu nesta quinta-feira (5), aos 95 anos, em sua casa, em Johanesburgo, anunciou o presidente do país Jacob Zuma. "A nação perdeu seu maior filho", disse em pronunciamento. O admirado líder sul-africano que se tornou símbolo da resistência negra e da luta contra o apartheid (regime de segregação racial) havia sido internado no dia 8 de junho em um hospital de Pretória para tratar uma recorrente infecção no pulmão, mas continuou o tratamento em casa a partir de setembro. “Madiba”, apelido pelo qual é conhecido na África do Sul, era particularmente vulnerável a problemas respiratórios desde que contraiu tuberculose durante os 27 anos em que ficou preso sob o apartheid. Em 2001, ele se recuperou de um câncer de próstata.Em meses recentes, o ícone da luta antiapartheid foi internado várias vezes, tendo recebido a última alta médica em 6 de abril, depois que os médicos drenaram fluidos de sua região pulmonar após diagnosticarem pneumonia.Afastado da vida pública desde 2004, sua última aparição pública ocorreu em julho de 2010, durante a final da Copa do Mundo em Johanesburgo. Em julho de 2011, ele se mudou para uma casa em Qunu, lugar onde passou sua juventude, acompanhado de uma equipe médica.Mesmo longe da política e apesar da aparência cada vez mais frágil, Mandela continuou sendo uma figura importante para os sul-africanos, muitos dos quais consideravam o carismático líder uma representação do chefe de Estado ideal.Filho do chefe de uma tribo conhecida como thembu, Nelson Rolihlahla Mandela nasceu em 19 de julho de 1918, no território de Transkei, em Cabo Oriental. Estudou em escolas metodistas e em 1942 formou-se advogado pela Universidade da África do Sul.Dois anos depois, ao lado dos amigos Oliver Tambo e Walter Sisulo, fundou a Liga Jovem do Congresso Nacional Africano (CNA), partido criado em 1912 para lutar pelos direitos políticos dos negros na África do Sul.Em 1948, o Partido Nacional, rival do CNA, chegou ao poder e colocou em vigor o regime de separação racial conhecido como apartheid. Quatro anos mais tarde, Mandela tornou-se vice-presidente do CNA defendendo a resistência pacífica ao apartheid.Mas depois que um grupo de manifestantes foi massacrado em Sharpeville, em 1960, ele dirigiu uma campanha de desafio ao governo sul-africano e suas políticas. Um ano depois, Mandela foi um dos fundadores do braço armado do CNA.A campanha contra o governo foi executada por meio de ampla desobediência civil e sabotagem à economia do país. Como resultado, o CNA foi banido e Mandela foi preso. Em 1964, foi sentenciado à prisão perpétua por sabotagem.===Relembre a trajetória de Nelson Mandela===Durante o julgamento, uma declaração de Mandela entrou para a história como seu testemunho político: “Estimo o ideal de uma sociedade livre e democrática, na qual todas as pessoas convivam em harmonia e com oportunidades iguais. Esse é um ideal ao qual pretendo dedicar minha vida e que pretendo alcançar. No entanto, se for preciso, esse é um ideal pelo qual estou disposto a morrer.”===Vida pessoal tumultuada===A dedicação à causa representou obstáculos para a vida pessoal de Mandela. “Quando sua vida é uma batalha, como a minha foi, resta pouco espaço para a família”, escreveu, em autobiografia publicada em 1995. “Esse sempre foi o meu maior arrependimento.”A primeira das três mulheres de Mandela, Evelyn Ntoko Mase, deu um ultimato ao marido em 1955: escolher ela ou o partido. O líder escolheu a política e, no mesmo ano, o casal encerrou um relacionamento de mais de uma década."Não podia desistir da luta, e ela queria que minha devoção fosse apenas a ela e à família", escreveu Mandela na obra "Longo Caminho para a Liberdade". "Nunca deixei de admirá-la, mas não conseguimos fazer nosso casamento dar certo."No mesmo livro, o ex-presidente assume ter sido um pai "distante". Foi Evelyn quem criou os quatro filhos, dos quais apenas Makaziwe, nascida em 1953, está viva. Seu nome é em homenagem a uma irmã que morreu aos nove meses, em 1947. Mandela e Evelyn também perderam os filhos Madiba Thenberkile, que morreu em um acidente de carro em 1969, aos 25 anos, e Makgatho, que morreu de aids em 2005, aos 55 anos. Evelyn morreu em 2004, aos 82 anos.===Da prisão à presidência===Mandela se casou pela segunda vez em 1958, com Winifred Nomzamo Zanyiwe Madikizela. Winnie, como ficou conhecida, é ativista pelos direitos dos negros e também membro do CNA, tendo ocupado diferentes cargos no partido.O casal teve duas filhas: Zenani, nascida no mesmo ano do casamento, e Zindziswa (Zindzi), que tinha apenas 18 meses quando seu pai foi preso, em 5 de agosto de 1962.Foram 27 anos encarcerado na ilha Robben, na Cidade do Cabo, durante os quais, segundo Mandela, “Winnie foi um indispensável pilar de apoio e conforto". Foi de mãos dadas com a mulher que o líder deixou a prisão, em 11 de fevereiro de 1990.A libertação foi concedida pelo presidente Frederick Willem de Klerk, que legalizou o CNA e com quem Mandela negociou a transição da África do Sul para a democracia.===Disputa por Mandela transforma seu legado em troféu na África do Sul===Durante esse período, o líder enfrentou problemas em seu casamento, pois a postura de Winnie em relação à minoria branca que dominou o país durante o apartheid era menos conciliatória que a do marido. Além disso, ela foi acusada de infidelidade e de ter encomendado sequestros e assassinatos durante a luta contra o apartheid.O anúncio da separação foi feito em 1992, apenas dois anos depois de o líder ter voltado à liberdade. Mandela alegou "motivos pessoais" e o crescimento das divergências entre os dois em "inúmeras questões".Em 1993, Mandela e o presidente De Klerk receberam o prêmio Nobel da Paz pelas negociações multipardiárias. No mesmo ano a África do Sul realizou as primeiras eleições abertas a todos os cidadãos, que elegeram Mandela como o primeiro presidente negro do país.Como chefe de Estado, ele usou seu carisma e prestígio para evitar um confronto aberto entre negros e brancos, criando a Comissão de Verdade e Reconciliação, órgão encarregado de investigar os crimes cometidos pelos dois lados durante a luta travada em torno do apartheid.Lá, a verdade foi obtida através de uma solução simples: os agentes públicos que participaram das violações aos direitos humanos só escapariam dos tribunais se aceitassem contar a verdade, sem omitir nem deturpar os fatos. A comissão esclareceu os episódios relevantes do período do arbítrio, cicatrizou feridas e o país seguiu em frente.Mandela não buscou a reeleição e deixou o poder em 1999, quando Thabo Mbeki foi eleito seu sucessor. Ao se afastar da vida pública, em junho de 2004, pouco antes de seu 86º aniversário, disse a seus compatriotas: “Não me chamem. Eu chamarei vocês.”===Graça Machel===Desde então, Mandela levava uma vida tranquila em Johanesburgo ao lado da terceira mulher, a moçambicana Graça Machel, 65 anos. Ex-ministra de Educação e Cultura de seu país, ela é uma respeitada ativista pelos direitos de mulheres e crianças.Graça também é viúva de Samora Machel, ex-presidente de Moçambique, morto em um acidente de avião em 1986.Mandela e Graça assumiram o relacionamento em 1996 e se casaram dois anos depois, no dia em que o sul-africano completou 80 anos. Desde então, a moçambicana passou a acompanhar o líder em suas viagens humanitárias e se tornou sua grande companheira.Em uma entrevista ao jornal "The Washington Post", Machel disse que era "muito fácil" amar Mandela. "A parte mais maravilhosa da nossa história é o fato de termos passado por experiências dolorosas, para então nos conhecermos", afirmou.Em novembro de 2010, Graça recebeu uma homenagem da Universidade de São Paulo (USP), em nome do marido. O líder, que já não fazia viagens internacionais, foi reconhecido com o título de Doutor Honoris Causa, maior homenagem concedida a alguém que não fez carreira na USP.Em seu discurso de agradecimento, Graça disse “thank you very much” imitando a voz grossa do marido. Depois da brincadeira, afirmou estar emocionada e garantiu que Mandela receberia o título com “grande honra” por causa da participação das universidades na formação dos jovens.“A lei da natureza implica que ele poderá não apenas se retirar da vida pública, mas também deixar este mundo”, afirmou, em seu discurso. “Seu maior desejo é sentir que as instituições e a juventude, em particular do Hemisfério Sul, continuarão as lutas justas e criarão um mundo de igualdade para todos.”http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2013-12-05/morre-aos-95-anos-nelson-mandela-icone-antiapartheid-da-africa-do-sul.html

postado por 3846 as 03:48:43 1 comentários
Perfil
3846
Meu Perfil

Meus Links
>> Hotéis no Brasil
>> Encontra Brasil
>> Guia DF
>> Encontra Distrito Federal
>> DNS Dinâmico
>> Blog Grátis

Palavras-Chave
>> Carteira
>> Direitos
>> e
>> Deveres

Favoritos
MACUCO
mais...

adicionar aos meus favoritos


Colaboradores do Blog


Comunidades
Política e cotidiano
Sensualidade...sexo... erotismo...

Posts Anteriores
>> 'OS TEMPOS SÃO OUTROS'. QUE OUTROS?
>> OS SEUS DIREITOS HUMANOS SÃO RESPEITADOS?
>> O MAIOR CASTIGO QUE OS JOVENS PAULISTAS PODERIAM TER. JÁ TÊM!
>> O DIA DO TRABALHO; DIA DOS TRABALHADORES!
>> CORPO DE NELSON MANDELA É ENTERRADO
>> MORRE NELSON MANDELA
>> Senado aprova nova lei das domésticas e medida vai à Câmara
>> PSDB PROPÕE QUE ESQUEÇAM O QUE FEZ EM 1997
>> MÉDICOS ESTRANGEIROS NO BRASIL
>> Deputados arquivam PEC 37 por ampla maioria

Arquivos

86851 acessos
CRIAR BLOG GRATIS   
..